22 agosto, 2016

EM ROMA, SÊ DRAGÃO.


Estamos a poucas horas de uma deslocação à cidade eterna: Roma! Para os ultras em geral, Itália é a “mãe” das claques organizadas e, se uma deslocação a Itália já é histórica, ao Olímpico de Roma apoiar o clube do coração é algo que certamente não será esquecido. À hora que escrevo esta primeira crónica da temporada, cerca de 50 ultras (30 Colectivo e mais 20 SD) arrancam para Roma de autocarro. Com chegada prevista para terça-feira de manhã e à Invicta na quinta-feira(!!), juntam-se a mais 40 que viajam do Porto no dia do jogo e a mais emigrantes do centro da Europa.

Juntos estarão no sector visitante do estádio que visitámos pela última vez em 2003, nas meias-finais da taça UEFA, na segunda-mão frente à Lazio. Um jogo que ficou celebre para os ultras Porto que lá se deslocaram, com a famosa frase de boas-vindas por parte da claque da Lazio. Tudo isto aumenta ainda mais a vontade de estar presente. Por motivos profissionais não poderei comparecer, mas desejo boa viagem e que consigam fazer-se ouvir e honrar as nossas cores!


A época ainda agora começou, mas os jogos ao vivo e as aventuras já são muitas. No mês de Julho, como habitualmente, decorreu a pré-época. Com a equipa a estagiar na Holanda e na Alemanha, os emigrantes portugueses daquela zona da Europa aproveitaram para apoiarem a sua equipa! Do Porto, dois ultras viajaram para a Holanda para se juntaram aos núcleos dos Super Dragões e do Colectivo lá residentes e apoiar o FC Porto no torneio FOX Sports, em Arnhem, casa do Vitesse.

Tanto no primeiro como no segundo jogo, os adeptos portistas abafaram por completo o estádio, onde mais parecia estarmos a jogar no Dragão e tratar-se de um jogo oficial. Desde fotos a filmagem com os elementos das nossas claques, foram dias muito bem passados na Holanda, mais concretamente em Eindhoven, Amesterdão e Arnhem.


Ainda na pré-época jogámos em Guimarães. Mais uma vez, uma verdadeira invasão, como se tratasse de um jogo do campeonato. Topo Norte completamente cheio de ultras/adeptos do FC Porto. Vitória no torneio cidade de Guimarães, dos jogadores e dos seus seguidores.

Uma semana depois, já em Agosto, casa cheia na recepção ao Villarreal e respectiva apresentação da nossa equipa. A equipa está cada mais mais afinada e nós também.

Início do campeonato é com o FC Porto a jogar a uma sexta-feira. Saída do trabalho directo para Vila do Conde. Uma mudança radical no espaço de três meses. Em Maio, nas últimas jornadas do último campeonato e já sem nada para ganhar, a não ser três pontos, passei no estádio dos Arcos um dos jogos mais incríveis que me lembro. Uma chuva torrencial e um frio de rachar durante 90 minutos, ao ponto de muita gente ter de se refugiar na zona dos bares, sem conseguir ver o jogo. Uma das deslocações mais fracas na altura, não estávamos mais de 200.


No último dia 12/8 éramos milhares, lotamos a bancada de uma ponta à outra e debaixo de um sol abrasador apoiámos a equipa! Na primeira e na segunda jornada, forte apoio vindo das bancadas e 6 pontos conquistados. Melhor era impossível.

Pelo meio, recebemos a AS Roma e empatámos 1-1. Na está hipotecado, embora a passagem seja difícil. Vamos com tudo ao Olímpico, queremos o FC Porto na Liga dos Campeões. Para terminar, uma nota negativa à deslocação dos romanos, poucos e nada ruidosos, esperava bem mais, sinceramente.

Um abraço ultra.

0 comentários:

Publicar um comentário