29 dezembro, 2017

O REGIME ESTÁ PERDIDO.


As últimas semanas, principalmente aquela que antecedeu a Quadra Natalícia, têm demonstrado a desorientação completa e absoluta do Clube do Regime.

Mergulhado numa enorme crise Desportiva, Competições Europeias já eram e Taças Domésticas idem aspas, o Regime só com a preciosa ajuda da Arbitragem consegue estar hoje ainda na luta pelo Campeonato. Não fosse o Penalty sonegado na Vila das Aves e o Golo espoliado no Dragão no Clássico contra eles e o FC Porto hoje estaria com oito pontos de vantagem e os lampiões estariam, neste preciso momento, a preparar a próxima Temporada.

Mas o descalabro vai muito mais além da performance desportiva. No que diz respeito ao denominado “Caso dos E-Mails” o Regime entrou numa maré de contradições que parece não ter fim. Primeiro era Pirataria Informática, mas os E-Mails eram falsos, depois uns eram verdadeiros, outros falsos e outros manipulados, passado uns tempos pediam a abertura do Processo Apito Dourado e agora o Advogado do Clube diz que o Apito Dourado deve ser encerrado de vez, até chegarmos à cereja no topo do bolo que é ter o Dr. João Correia a dizer “Admito que um ou outro caso possa ser interpretado como Tráfico de Influências”.

As evidências são tantas, que até para o próprio Advogado do Regime é difícil disfarçar o embaraço que é defender um clube que está metido até à ponta dos cabelos num esquema de Tráfico de Influências e Viciação de Resultados que engloba as mais variadas vertentes da nossa Sociedade. É por isso natural que o Dr. João Correia tivesse tido um descuido como aquele que teve na Entrevista concedida à SIC, onde acaba por admitir que o Clube do Regime pode incorrer, na vertente Desportiva, numa Pena de Descida de Divisão, que é a moldura penal máxima a aplicar caso seja provado o tal Tráfico de Influências.

No entanto, e como é habitual, quando as coisas andam pelas Ruas da Amargura para os lados de Carnide, a Máquina de Propaganda tem de funcionar para branquear isso mesmo. A última manobra de diversão é o caso que envolve 4 jogadores do Rio Ave que, alegadamente, terão recebido dinheiro para permitir que a sua Equipa perdesse o jogo da Época passada contra o Feirense. Escândalo e Bomba foram algumas das palavras utilizadas para descrever o caso por muitos daqueles que, perante a pouca vergonha que são os E-Mails do Sr. Luis Filipe Vieira, do Sr. Paulo Gonçalves, do Sr. Pedro Guerra, do Sr. Nuno Cabral, do Sr. Adão Mendes, do Sr. Carlos Deus Pereira, do Sr. Mário Figueiredo, entre outras figuras e figurinhas do Futebol Português, permaneceram num silêncio e numa discrição que só demonstra a subserviência a que se prestam ao Clube do Regime, ao Clube que controla tudo o que gira à volta do Futebol e do Desporto Nacional.

Este estilo Norte-Coreano a que nos habituou a nossa Imprensa é vergonhoso e, se vivêssemos num Pais com gente séria e intelectualmente honesta, certamente levaria muito boa gente a dedicar-se a outro tipo de atividades que não o Jornalismo pois um Jornalista tem de ter aquilo que eles não têm: Isenção e Independência.

No que ao Futebol diz respeito, estamos prestes a terminar a primeira metade da Época da melhor forma, caso confirmemos o apuramento para a Final Four da Taça da Liga no próximo Sábado em Paços de Ferreira. Foram uns excelentes 4 Meses onde o nosso Mister conseguiu montar uma Equipa com um poder ofensivo tremendo, muito por culpa da exponencial progressão de alguns jogadores que para outros Treinadores pouco ou nada contaram. Naturalmente o balaço em termos Desportivos só não é melhor devido aos dois assaltos que fomos alvo e que já referenciei lá em cima, ainda assim, estando em todas as frentes e a praticar um Futebol convincente e com momentos de brilhantismo, temos todas as condições para encarar o que resta da Época com otimismo e esperar que 2018 nos traga aquilo que por tanto ansiámos: O Titulo de Campeão Nacional.

Desejo a todos os Portistas umas ótimas entradas e um excelente ano de 2018!

Um Abraço Azul e Branco,
Pedro Ferreira

0 comentários:

Publicar um comentário