06 junho, 2007

Para onde vai o dinheiro...

'Nortada' do Miguel Sousa Tavares

SAD do FCPorto vende «diamantes» e compra «cachuchos»

E para onde vai agora o dinheiro da venda de Anderson? Vai para comprar mais uns Renterias e Mareques, com contratos por cinco anos e ordenados de 50 mil euros, e que para o ano estarão a ser emprestados..

No dia em que foi anunciada a venda de Anderson ao Manchester United, recebi pelo correio a carta anual convidando-me a renovar o meu lugar no Dragão, com a promessa de mais um ano de grandes espectáculos. Mas, sem Anderson em campo — e, provavelmente, sem Quaresma ou Pepe — o lugar passa a valer bem menos. Terça-feira passada, o FC Porto vendeu a maior fonte potencial de espectáculo e o mais promissor talento que passou por lá na última década. Vendeu-o, sem sequer ter chegado a tirar partido dele e do seu talento — 18 jogos na Liga e mais três na Liga dos Campeões.

Toda a gente diz que Anderson foi muito bem vendido e que por 30 milhões não há como recusar. Permito-me discordar: 30 milhões de euros é, de facto, muito dinheiro. Em termos de tesouraria é um grande negócio; em termos económicos é um mau negócio. Para começar, e como já disse, o FC Porto vendeu-o sem ter chegado a tirar partido dele. Depois, tem 19 anos, acabados de fazer, e prepara-se para jogar a Copa América — as duas coisas juntas, a prazo, fariam subir muito mais a sua cotação. Não tenho qualquer dúvida de que, se as coisas se passarem normalmente, se em Inglaterra não houver Katsouranis nem Lucílios Baptistas, se o próprio Anderson continuar a ser o miúdo ajuizado e profissional que é, ele pode vir a revelar-se como um jogador verdadeiramente espantoso. Os 30 milhões parecem-me pouco para tantas esperanças nele depositadas. Mas o pior é que os 30 milhões, contas feitas, são bem menos. São praticamente zero. Vejamos:Dos 30 milhões, o FC Porto só tem direito a 80 por cento — 24 milhões. A estes, tem de subtrair a comissão de Jorge Mendes: 5 por cento no mínimo, 1,2 milhões. A este montante tem de subtrair ainda os 10 milhões que pagou por 80 por cento do seu passe, mais os cerca de 1,8 milhões que gastou a mantê-lo durante dois anos e à mãe, que foi contratada pelo clube, para contornar a proibição de poder comprar um jogador com menos de 18 anos: restam 11 milhões. Destes, é natural que gaste metade em reforços, para colmatar a sua baixa, acrescida, ao que parece, à de Ibson, num sector — o meio-campo — fragilizado, mesmo com eles. Restam 5,5 milhões, que representam uma fase na Liga dos Campeões — provavelmente aquela que o FC Porto deixará de alcançar pelo facto de já não contar com Anderson. A esta luz, entre abatimentos e lucros cessantes, Anderson foi vendido a custo zero. Nada a ver com o negócio de Nani, que não custou nada ao Sporting.

É claro, porém, que os raciocínios económicos não são aplicáveis a um clube que apresentou 30 milhões de prejuízo no último exercício e que este ano vai a caminho dos 25 milhões. Era vender ou falir. Mas esse é o problema de fundo da gestão da SAD do FC Porto, que deveria ter sido discutido na campanha eleitoral e não o foi. Há anos que a SAD vive a vender os anéis de diamantes para comprar cachuchos. Vende uma pérola fina por 30 milhões e depois gasta-os a comprar uma dúzia de falsos brilhantes. Para quê? Ora, já não restam dúvidas a ninguém: para pagar comissões a muita e boa gente que parasita no clube. Para que queremos um Lino, para uma posição onde já existem seis jogadores sob contrato? Para quê ir recomprar um guarda-redes banal, como o Nuno, quando temos lá melhor, que vamos emprestar? Para quê o Renteria, o Mareque, o Sonkaya, o Pittbul, o Tarik, o Leo Lima, o Sokota (que, afinal, custou 3 milhões de euros, pagos a uma off-shore)? Para quê 70 jogadores sob contrato? Porquê não haver ninguém promovido dos juniores? Porque deixou de haver olheiros e só há comissionistas? Porque não há prospecção em África — porque é mais agradável ir ao Rio ou a Buenos Aires? Porquê o FC Porto, ao contrário até de grandes clubes europeus, nunca adquire jogadores por empréstimo, para testá-los, e os adquire sempre com contratos definitivos e a longo prazo, acabando a emprestá-los ao fim de um ano? Porquê até para ir buscar Jesualdo Ferreira ali ao lado é preciso recorrer aos serviços de um empresário sul-americano?, já agora, admite-se que um dos administradores da SAD tenha um irmão que faz negócios com o clube? E admite-se que uma SAD que todos os anos regista prejuízos de exploração e tem acumulado um passivo assustador, aproveite o único ano em que conseguiu obter lucros — graças a Mourinho e à Liga dos Campeões — para distribuir prémios de gestão aos administradores?

Há dias, Santos Neves tinha aqui um texto muito curioso, em que fazia contas aos milhões encaixados pela SAD do FC Porto com a venda de jogadores, desde que, há três anos, foram campeões europeus. Contabilizando todas as vendas, a dispersão integral da equipa campeã europeia, Santos Neves chegava à fantástica soma de 155 milhões de euros de vendas. E esqueceu-se, ainda, de acrescentar ao rol de jogadores que enumerava, os nomes de Diego, McCarthy, Hugo Almeida e Carlos Alberto (que grande jogador desperdiçado!). Com mais esses, o número chega perto dos 175 milhões de vendas conseguidas em três anos. Trinta e cinco milhões de contos! Para onde foi todo esse dinheiro se, no final de um ano normal, sem nenhuma compra relevante, a SAD consegue apresentar prejuízos de 30 milhões? Para onde foi? Eis o que eu gostaria de ver Pinto da Costa explicar.

E para onde vai agora o dinheiro da venda de Anderson? Se nos dissessem que vai para reduzir o passivo, ainda o podíamos perceber — embora continuando sem perceber como se acumularam tantas dívidas. Mas já sabemos que não é para aí que o dinheiro vai. Vai para comprar mais uns Renterias e Mareques, com contratos por cinco anos e ordenados de 50 mil euros, e que para o ano estarão a ser emprestados, com o FC Porto a pagar os ordenados para que eles joguem pela concorrência. Esta é que é a penosa verdade e muitos começam já a percebê-la. Por isso é que, com 50.000 pessoas no Dragão para o jogo do título e as urnas de voto dentro do estádio, apenas 3700 sócios se deram ao trabalho de votar na recondução do actual estado de coisas.É certo que — e graças a Jorge Mendes — ainda se vão descobrindo, de quando em vez, uns Andersons, que fazem manter viva a chama da esperança. Mas os efeitos úteis das suas contratações são rapidamente desperdiçados pela necessidade de tapar os buracos abertos por uma política suicida e nova-rica de contratações, que todos os anos se repete desgraçadamente nesta altura.

# jornal “A BOLA” de 2007.06.05
# origem: blog "Sou Portista Com Orgulho"

ps1 - como certamente ainda se recordarão, no post comemorativo dos primeiros 365 dias deste blog, tinha prometido uma «surpresa» para todos os nossos leitores e leitoras, e porque por estas bandas desde o primeiro «escrito», tudo o que hoje é verdade, amanhã é mentira; ou será tudo o que hoje é mentira, amanhã é verdade? bem, adiante… digamos que vai abrir a «caça grossa» e no final, só os mais fortes, um ele e uma ela, irão sobreviver ao teste final. Sentes-te com estofo e arcaboiço para tal? então, aguarda por amanhã e logo saberás o que te espera.

ps2 - porque estamos em maré de promessas, na noite da próxima 6ª feira, será aqui postado uma justa e devida homenagem ao clube da terra dos meus Grandes Amigos MiAu, CaXaNa, dEsViRa e aZuL, o SC Bustelo, que no passado domingo, tendo defrontado e vencido por 1-0 na final da Taça da Associação de Futebol de Aveiro (digamos que uma Liga dos Campeões em versão ‘pequeninos’) a equipe do FC Arouca, onde pontifica o adjunto mais famoso de Portugal, um tal de Jorge Gabriel das manhãs da RTP com a sua Praça da Alegria, conquistou por direito próprio o seu «momento de glória» só ao alcance dos verdadeiros campeões. Crónica deste jogo a cargo do aZuL (e que tão bem ele escreve, carago! LoL). A Direcção deste blog aproveita para endereçar os mais sinceros parabéns ao SC Bustelo por tão grandioso e inesquecivel feito desportivo.

ps3 - as inscrições para o jantar comemorativo do 1º aniversário do blog que se vai realizar no próximo dia 16 de Junho, pelas 20h00, no Restaurante Brasileirão (Leça da Palmeira), continuam em aberto. O preço por pessoa é de 34,00 euros, com o seguinte menu: 1 caipirinha por pessoa, rodízio, vinhos da casa, refrigerantes, café e sobremesas (frutas, doces e queijos). Até ao momento, estão já confirmados 12 bLuEs, pelo que caso pretendam participar, é favor enviar e-mail para blogdoblueboy@gmail.com com o vosso nome e forma de contacto, pelo que de seguida darei todas as coordenadas para confirmação da vossa presença.

ps4 - Estilhaço, infelizmente, parece que mais ninguém além da Fokinha, que aproveitamos aqui mais uma vez em nome da direcção deste blog para agradecer a resposta ao apelo entretanto lançado, como dizia, mais ninguém se candidatou a colaborar connosco no envio de “fotos, recortes de jornal, etc, para se fazer um post decente sobre os festejos do bi-campeonato? Nacional e além fronteiras, casas do Dragão, filiais, etc. Digam se têm ou arranjam material para nos enviar. Vamos lá fazer nós o que estes tipos da (des)comunicação social não sabem e não querem fazer”. Portanto, deixo agora nas tuas mãos o continuar ou não deste apelo a todos os nossos leitores/leitoras. Em que ficamos?

11 comentários:

  1. MST exagera por vezes e tem opiniões que não serão consensuais.

    Mas esta crónica é muito realista e verdadeira!

    Seria bom os Portistas verem que quem engrandeceu o Porto está prestes a levá-lo para o precipício...ao contrário das suas contas bancárias!

    ResponderEliminar
  2. Mais uma GRANDE crónica de MST... é verdade que algumas «verdades», a todos nos custam ouvir e porque não, até admiti-las, mas salvo uma ou outra situação de cariz mais pessoal, esta é a voz que se ouve em surdina entre uma grande franja de Portistas.
    Se alguém me lê por estas bandas, até sabe que as minhas opiniões por vezes andam lá muito por perto... portanto, seria bom que nos deixássemos de lengas-lengas e passássemos todos nós que amamos o FC Porto a ser muito mais interventivos no dia a dia do FC Porto, porque quer gostem, quer não gostem, nos dias que correm, os clubes há muito que deixaram de ser nossos para passaram e ser titulados e comandados pelos «tubarões da pasta» que por lá proliferam, em grande maioria do caso, com muitos mais interesses económicos do que os desportivos propriamente ditos.
    Uma coisa é não ver, outra bem diferente, é não querer ver!!
    Assim em linhas gerais, só não percebi que raio de contas foram aquelas do Anderson dar um resultado de «zero», mas pronto, são pontos de vista.
    aKeLe aBrAçO,
    http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. concordo com tudo ,mas hoje no site do FCPorto já existe um comunicado a desmentir tudo o que o MST diz,.........como é costume

    abraço

    ResponderEliminar
  4. As contas do MST em relação à receita da venda de Anderson não me parecem nem correctas nem sérias...
    Já quanto à questão do destino que o dinheiro da venda vai ter, isto é, provavelmente vai ser para comprar mais meia dúzia de brasileiros e argentinos sem qualidade, aí o MST tem toda a razão...
    Não é muito compreensível que tantos milhões de euros ganhos com a venda de brilhantes jogadores resultem em sucesssivos prejuízos...

    ResponderEliminar
  5. Parece-me um bocado de muita parra e pouca uva.

    Chegamos ao fim e não tem nada de novo, nem vislumbre ou azimute para qualquer tipo de solução.

    Continua-se a massacrar jogadores que pouco ou nada jogaram e apresentam-se cálculos com tantos milhões que são até um pouco difíceis de compreender :-)

    De qualquer maneira algo deve ter mexido pois já há 'resposta' oficial no site do Clube.

    Mas se as coisas estão assim tão mal alguém deveria apresentar-se com as soluções e no devido tempo.

    ResponderEliminar
  6. Presidente, é de cortar o apelo e agradecer à Fokinha.
    Tenho já bastante material para trabalhar.
    Não sei para quando mas tenho andado a magicar uma ideia para a divulgação do mesmo.

    ResponderEliminar
  7. Para o pessoal do Bustelo e só por curiosidade.
    Com que sistema de pontuação ganharam a liga ?
    Com o antigo ?
    Com o moderno ?
    Pergunto ao Jorge ?

    Parabéns

    ResponderEliminar
  8. Normalmente estou de acordo com as apreciações do Miguel Sousa Tavares.

    Já, por diversas vezes , o defendi aqui.

    Posto isto :

    O MST deve andar cansado e a precisar de férias .
    Está a começar a escrever sobre coisas (que imagina mas, de certo, não confirmou nem confirma).
    Isto é : parece-me que está a falar de cor - como os papagaios !

    É aquele tipo de conversa que os nossos adversários adoram , os jornais adoram , as televisões adoram, os impolutos senhores da capital e as senhoras que andam por aí... ainda adoram mais.

    Já agora :
    Não será de acrescentar aos autos do FAMIGERADO PROCESSO ?
    É que , deste tipo de conversa , está o dito PROCESSO cheio !

    Mas, se o M.S.T. comentou a verdade dos factos (o que não acredito ) , então...

    QUE VENHA JÁ A REVOLUÇÃO !

    ResponderEliminar
  9. Antes de mais parabéns pelo blog!
    Excelente conteúdo,continue!
    Convido-o agora a visitar:

    http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

    Futebol e política num só!
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  10. a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E ME a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA RDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA

    ResponderEliminar
  11. a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PO a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MS a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA M a minha leitura desta TRAMPA E:
    PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST E MPORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA ERDA PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA RTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA E MERDA MST E MERDA E MERDA ST E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA T E MERDA PORTO E MERDA MST PORTO E MERDA MST E MERDA PORTO E MERDA MST E MERDA E MERDA

    ResponderEliminar