01 outubro, 2013

Fogo do Dragão imune ao dilúvio

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

FC Porto-Atlético de Madrid, 3-1

UEFA Youth League (Grupo G) – 2.ª jornada
1 de Outubro de 2013
Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia


Árbitro: Peter Kralovic (Eslováquia).
Assistentes: Erik Weiss e Milan Cuninka (Eslováquia).
Quarto árbitro: Vasco Santos (Portugal).

FC PORTO: Andorinha; Rui Silva, André Ribeiro, Ricardo Tavares e Rafa; Vítor Andrade (cap.), Belinha e Graça; Francisco Ramos, Ivo e André Silva.
Substituições: Ivo por Jonathan Betancourt (71m), Graça por Rui Moreira (78m) e Belinha por Raul (86m).
Não utilizados: Filipe Ferreira, Verdasca, Ruben Macedo e Ruben Alves.
Treinador: Nuno Capucho.

ATLÉTICO DE MADRID: Canedo; Chele, Sergi (cap.), Lucas e Alberto; Martínez, Nacho Sainz e Jony; Sané, Calero e Hernández.
Substituições: Jony por Ivi (46m), Chele por Salomon (46m) e Nacho Sainz por Nacho (65m).
Não utilizados: Morales, Cañete, Appiah e Nuñez.
Treinador: Roberto Fresnedoso.

Ao intervalo: 3-0.
Marcadores: André Silva (8m e 42m), Graça (28m, g.p) e Ivi (90m).

Cartões amarelos: Ricardo Tavares (17m e 89m), Alberto (32m), Ivo (36m), Calero (59m), Ivi (61m), Hernández (66m), Lucas (75m), Francisco Ramos (77m), Sergi (81m e 90m+3) e André Ribeiro (90m+3).
Cartões vermelhos: Ricardo Tavares (89m) e Sergi (90m+3).

O FC Porto bateu esta terça-feira o Atlético de Madrid (3-1), em jogo a contar para a 2.ª jornada do grupo G, somando assim o primeiro triunfo na UEFA Youth League. André Silva (8m e 42m) e Graça, de grande penalidade (28m), foram os marcadores de serviço nos jovens Dragões.

Apesar da chuva que caiu copiosamente no Olival, o conjunto orientado por Nuno Capucho mostrou que a derrota diante do Áustria de Viena, na ronda inaugural, está ultrapassada e realizou uma grande exibição diante dos “colchoneros”, acabando por resolver a questão durante os primeiros 45 minutos.

André Silva foi o expoente máximo da inspiração portista, bisando no segundo compromisso europeu da temporada. O avançado azul e branco abriu o activo logo aos 8 minutos, concluindo um excelente desenho ofensivo (8m), voltando a fazer o gosto ao pé já perto do intervalo, após assistência primorosa de Ivo (42m).

Pelo meio, Graça também inscreveu o seu nome na lista de marcadores da marca de grande penalidade (28m). Um golo muito festejado pelos seus companheiros e com uma dedicatória muito especial, uma vez que o seu pai faleceu esta semana. A etapa complementar continuou a confirmar a superioridade portista neste duelo, mas só o Altético de Madrid voltou a balançar as redes.

Em cima do minuto 90, no mesmo lance em que Ricardo Tavares viu o segundo cartão amarelo e consequente vermelho, deixando o FC Porto reduzido a dez unidades, Ivi selou o resultado final na cobrança de um livre directo.

O próximo jogo do FC Porto, referente à 3.ª jornada do grupo G da UEFA Youth League, está marcado para o dia 22 de Outubro, às 11h, frente ao Zenit S. Petersburgo, no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia.

fonte: fcporto.pt



RESUMO DO JOGO

---

0 comentários:

Publicar um comentário