22 outubro, 2013

Injustiça no último suspiro

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

FC Porto-Zenit, 2-2

UEFA Youth League (Grupo G) – 3.ª jornada
22 de Outubro de 2013
Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia


Árbitro: Andreas Ekberg (Suécia).
Assistentes: Stefan Hallberg e Daniel Ekman (Suécia).
Quarto árbitro: Vasco Santos (Portugal).

FC PORTO: João Costa; Rui Silva, André Ribeiro, Verdasca e Rafa; Vítor Andrade (cap.), Belinha e Graça; Francisco Ramos, Ivo e André Silva.
Substituições: Belinha por Rui Moreira (69m), Ivo por André Mesquita (84m), Graça por Ruben Alves (90m+2).
Não utilizados: Filipe Ferreira, Tomás Mota, Ruben Macedo e Raul.
Treinador: Nuno Capucho.

ZENIT: Rudakov; Yakovlev, Rebenko (cap.), Simonyan e Kubyshkin; Davidenko, Osipov e Troyanov; Nazimov, Makarov e Dolgov.
Substituições: Dolgov por Kovalenko (55m), Makarov por Solovyev (61m) e Yakovlev por Barbashov (68m).
Não utilizados: Vasyutin, Badalov e Hodakovski.
Treinador: Dmitri Cheryshev.

Ao intervalo: 2-0.
Marcadores: Rafa (9m), André Silva (38m), Osipov (68m), Kubyshkin (90m+5).
Cartões amarelos: Troyanov (16m), Davidenko (63m), Kubyshkin (71m), André Mesquita (84m), André Ribeiro (86m), Barbashov (90m+2).

O FC Porto empatou esta terça-feira diante do Zenit (2-2), em jogo a contar para a 3.ª jornada do grupo G da UEFA Youth League. Rafa (9m) e André Silva (38m) foram os marcadores de serviço nos jovens Dragões, enquanto Osipov (68m) e Kubyshkin (90m+5) fizeram os golos da formação de São Petersburgo.

Depois da derrota em Viena (0-3) e da vitória sobre o Altético de Madrid (3-1), os azuis e brancos não foram além da igualdade na recepção ao Zenit, num jogo em que o conjunto orientado por Nuno Capucho até foi para o intervalo a vencer por 2-0.

Com 45 minutos de grande nível, o FC Porto dominou a primeira parte a seu bel-prazer e não demorou muito a ganhar vantagem no marcador. Logo aos 9 minutos, Rafa abriu o activo na marcação de um livre que enganou tudo e todos. À passagem dos 38 minutos, André Silva finalizou um brilhante desenho ofensivo elaborado por Graça e Ivo, com este último a servir o camisola 9 com conta, peso e medida.

A etapa complementar trouxe um FC Porto mais perdulário e um Zenit mais atrevido. Osipov reduziu distâncias para os russos (68m), mas o castigo supremo ao desperdício portista chegaria no quinto minuto do período de compensação. Kubyshkin, na marcação de um livre directo à entrada da área, selou o 2-2 final, colocando no resultado um certo sabor a injustiça, dada a supremacia azul e branco durante grande parte dos 90 minutos.

O próximo jogo do FC Porto, referente à 4.ª jornada do grupo G da UEFA Youth League, está marcado para o dia 6 de Novembro, novamente frente ao Zenit, em São Petersburgo.

fonte: fcporto.pt



RESUMO DO JOGO

---

0 comentários:

Publicar um comentário