18 setembro, 2006

Ridículo lampião... humilhado faz 10 anos

Esmagador, inesquecível e fantástico!!

Mesmo que passem muitos anos, mesmo que corra muita água sobre as pontes, nunca se irá esmorecer na memória a fabulosa exibição do FC Porto em pleno Estádio da Luz, na 2ª mão da Supertaça de Portugal de 1995-96.

Claro que foi mais uma noite de glória… é evidente que construímos um resultado histórico… é indesmentível que muitos poucos estariam à espera de um resultado assim… era incontornável que se dava o caso singular à época, de, em Portugal, uma equipa que tinha vencido a Taça dos Clubes Campeões Europeus, a Taça Intercontinental, a Supertaça Europeia e o maior número de campeonatos da última década, ainda teria que provar, jogo a jogo, que vencia… porque era melhor!!

Os 5 golos sem resposta marcados por Artur, Edmilson, Jorge Costa, Wetl e Drulovic, calaram os gloriGOZOs ridículos… mas calaram muita outra gente.

Porque RECORDAR é VIVER… aqui fica a minha visão sobre essa Supertaça de Portugal 1995-96. Divirtam-se a bom divertir nesta viagem ao passado longínquo… mas sempre presente nas nossas mentes e no nosso orgulho «azul e branco».

Supertaça de Portugal 1995-96

- 1ª MÃO -
Data: 18 de Agosto de 1996
Local: Estádio das Antas, Porto

FC Porto – Wozniak, Bino, Rui Jorge, Aloísio, Jorge Costa, Paulinho Santos, Barroso, Edmilson (Sérgio Conceição), Domingos, Artur (Rui Barros), Drulovic
Treinador: António Oliveira

SL Ridículos – Preud’Homme, Calado, Bermudez, Hélder, Dimas, Jamir, Donizete, João Pinto, Bruno Caíres (Gustavo), Valdo, Panduru (Hassan)
Treinador Paulo Autuori

Marcadores: (1-0) Domingos 43'

O primeiro jogo oficial da época futebolística colocou frente a frente os vencedores do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal da época passada. FC Porto e SL Ridículos tinham aqui a oportunidade de ensaiar um primeiro experimentar de forças muito importante. As duas equipas tinham passado por uma renovação importante, e este primeiro frente a frente surgiu num momento importante para avaliar o estado de preparação dos dois grandes rivais.

O FC Porto, mais uma vez, mostrou estar melhor. Foi mais consistente e mais criativo. Soube ser mais perigoso e mostrou uma maior apetência pela baliza. O resultado foi escasso e não espelha completamente o bom trabalho desenvolvido pela equipa azul e branca.

Havia um segundo jogo para disputar, pelo que, pode-se dizer, estaria tudo em aberto. A vantagem de um golo não deixava margem para qualquer descanso, mas também era inegável que o triunfo tinha sido um excelente passo em frente. O objectivo era mesmo a conquista do troféu.

- 2ª MÃO -
Data: 18 de Setembro de 1996
Local: Estádio da Luz, Lisboa

SL Ridículos – Preud’Homme, Calado (Tahar), Bermudez, Hélder, Dimas (Iliev), Valdo, Jamir, Bruno Caíres, João Pinto, Donizete, Gustavo
Treinador Paulo Autuori

FC Porto – Wozniak, Lula, Sérgio Conceição, João Manuel Pinto, Jorge Costa, Fernando Mendes, Wetl, Paulinho Santos, Zahovic, Edmilson (Rui Barros), Artur (Drulovic)
Treinador: António Oliveira

Marcadores: (0-5) Artur 3', Edmilson 42', Jorge Costa 46', Wetl 55' e Drulovic 83'

Foi uma noite de gala... Como é que se descreve um jogo destes?... Como é que se pode falar da magia e da fabulosa exibição de um conjunto de jogadores capazes de transformar em noite de gala o que parecia ser uma noite normal de um normal jogo de futebol?

Nunca os Ridículos tinham perdido por tantos e no seu próprio terreno... nunca os Ridículos se tinham sentido tão pequenos perante o gigantismo... jamais os Ridículos imaginariam ver-se em tal, ser autenticamente humilhados logo no seu terreno e no jogo decisivo para a atribuição do primeiro jogo da época, é algo que jamais os adeptos dos Ridículos esquecerão.

Ainda bem que o jogo foi transmitido pela TV, porque assim todos tiveram a oportunidade de ver uma exibição inesquecível, um resultado histórico e uma vitória arrasadora.

Noites de glória como esta são raras, mas não podemos cair no erro de pensar que se conseguiu um resultado daqueles que só se conseguem uma vez na vida… não!!, nós temos condições para repetir muitos mais resultados como estes. Cinco a zero é um resultado saboroso, aqui e em qualquer parte do mundo. Às vezes, também é um resultado do outro mundo… este é um desses casos.

Ridículos Infiéis…
verguem-se perante a nossa SUPERioridade!!

12 comentários:

  1. Boa... mas boa mesmo é a tua amiga das 5000 visitas :)

    dá-lhe a minha morada eheheheheh

    ResponderEliminar
  2. palmas pro FUTEBOL CLUBE DO PORTO
    TSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    AQUELE ABRAÇO PRA VÓS DRAGOES

    ResponderEliminar
  3. Parabens a todos os dragões e principalmente a esses herois.
    Recordo-me perfeitamente desse jogo em que eu pensava precisamente no que iam por na capa os pasquins no dia seguinte, e durante o jogo morreu um foto-jornalista lampião e aí estava a desculpa para os jornais não colocarem na capa a estrondosa vitória do FCPorto.
    Por aqui se vê como vivem esses anormais dos pasquins lisboetas.

    Um abraço.
    http://portistasdebancada.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Foi muito melhor do que orgasmo!ehehehehe.

    ResponderEliminar
  5. Ó TONE(BICHO) DASSEEEEEEE FUI ASSIM PRA TI ? TEM KA UM PIADAUUUUUUUUUUUUU

    FORÇA TONEEE

    AQUELE ABRAÇO

    ResponderEliminar
  6. Atenção que a lista de "blue friends aliados" já aumentou...

    Saudações azuis-e-brancas

    ResponderEliminar
  7. Adorei o comentário podias ter posto no teu titulo o 5 À SEC.

    parabéns

    ResponderEliminar
  8. Se é portista visite este forum :

    http://www.setbb.com/fcp/

    ajude esta comunidade crescer.... Participe....

    FCP FOREVER

    ResponderEliminar
  9. 5-0? Quem é que ganhou? Ou será mesmo necessário perguntar? xD

    Saudações amigo...
    Htttp://fcp-atch.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Obrigada pelo excelente momento de.... prazer!!! Sim porque 5golos é algo que se deve sempre recordar:P

    Beijinho azul

    ResponderEliminar
  11. Ò MIAU tambem não era para ter piada era sim para ter prazer.ehehehehehehehe.

    ResponderEliminar
  12. Fez dez anos e eu não esqueci nem vou esquecer, até porque aconteceu eu ter sido operado pouco tempo depois desse jogo. Fui submetido a uma intervenção cirúrgica debaixo do efeito de uma anestesia geral. Quando acordei, ainda no "recobro", a minha primeira pergunta, para espanto geral foi: por quantos ganhou o Porto na Luz? Riram-se todos, excepto a minha mulher, que esperava que o meu primeiro pensamento voasse para ela e o enfermeiro que me assistia, que senti de imediato ser benfiquista....

    ResponderEliminar