24 maio, 2010

Parente traído pela mecânica

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Um quinto lugar na primeira corrida e uma desistência na segunda. O balanço de Magny-Cours não deixou Álvaro Parente satisfeito. O carro do FC Porto até estava entre os mais rápidos, mas uma sequência de infortúnios deitou tudo a perder. Os azuis e brancos saem da terceira ronda da Superleague Formula no 9º lugar da geral, com 118 pontos acumulados.

«Foi um fim-de-semana muito mau no final. Tinha um bom carro desde o início e estava confiante, mas acabou por ser para esquecer. Na primeira corrida tive uma luta interessante com o John Martin, se bem que ele não foi totalmente correcto ao mudar tantas vezes de direcção, mas a segunda foi um pesadelo. Fui prejudicado pela equipa, pois quando me deram instruções para entrar nas boxes a minha zona de paragem estava ocupada. Acabei por ir para a zona seguinte, mas os pneus não eram para o meu carro e isso resultaria em desclassificação, pelo que voltei à pista. Um conjunto de erros incompreensível. Ainda assim, e sem saber como, ganhei posições, mas depois tive de desistir com problemas de embraiagem», explicou o piloto portuense, visivelmente desapontado.

Classificação Prova - 5º lugar (1ª prova); 11º lugar (2ª prova); não se classificou (superfinal).
Classificação Geral - 1º lugar, Tottenham Hotspur (250 pts); 9º lugar, FC Porto (118 pts)
Próxima prova: 19 e 20 de Junho de 2010, no Circuito de Jarama, Espanha


0 comentários:

Publicar um comentário