11 dezembro, 2018

17 ANOS DEPOIS.


Faz este mês precisamente 17 anos desde a última vez que eu tive a possibilidade de ver “in loco” ao vivo e a cores o meu clube do coração num jogo a contar para o campeonato português.

Foi a 22 de dezembro de 2001 que o FC Porto foi derrotado por 2-1 pelo Santa Clara, em jogo disputado na ilha de São Miguel, a ilha onde resido desde que nasci. Cerca de um ano depois, o FC Porto de José Mourinho venceria no mesmo estádio São Miguel o Santa Clara por 1-3 numa caminhada que terminaria em glória para o clube mas nesse dia compromissos inadiáveis não me permitiram assistir à vitória do FC Porto ao vivo e a cores.

Antes disso, no dia 15 de abril de 2000 assisti ao vivo ao primeiro jogo oficial do FC Porto no arquipélago dos Açores. Foi uma vitória por 0-2 com golos de Nuno Capucho e do inevitável Mário Jardel numa época em que o FC Porto falharia o hexacampeonato, permitindo ao Sporting quebrar um jejum de 18 anos sem conquistar o título de campeão nacional. Dessa visita do FC Porto aos Açores recordo, apesar dos 18 anos de distância, a forma verdadeiramente triunfal e eufórica com que a equipa foi recebida no aeroporto João Paulo II. Recordo-me como se fosse hoje da forma incrível como Pinto da Costa foi recebido pelos muitos Portistas que o esperavam, o presidente do FC Porto foi levado em ombros até ao autocarro da equipa, num momento de euforia que jamais me esquecerei.

Nesse hiato de tempo todos os jogos que vi do FC Porto ao vivo e a cores foram disputados fora do meu local de residência, com especial recordação para as duas taças de Portugal conquistadas a Leiria (2003) e Guimarães (2011) e vários jogos da fase a eliminar da Champions League, todos no lindíssimo estádio do Dragão. É por isso com enorme expetativa e alegria que aguardo o jogo do próximo fim-de-semana a disputar no estádio de São Miguel, um jogo importantíssimo para as aspirações do FC Porto que apenas dispõe de 2 pontos em relação ao 2º classificado, ou seja, uma escorregadela pode significar automaticamente a perda da liderança.

Lá estarei nas bancadas do estádio de São Miguel a apoiar o meu amado clube, e ver uma equipa de verdadeiros Homens treinados por um grande Homem. Os campeões nacionais em título! FORÇA FC PORTO!!

0 comentários:

Publicar um comentário