21 novembro, 2006

Como derreter o gelo 'moscovita'…

Daqui a poucas horas, pelas 17h30 portuguesas, o FC Porto vai entrar no relvado do Lokomotiv Stadium, estádio do rival Lokomotiv, para defrontar a equipe do CSKA Moscovo na 5ª e penúltima jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, que ocupa neste momento surpreendentemente e ao contrário do esperado, o 1º lugar do grupo com 8 pontos, logo seguido pelo FC Porto e Arsenal com 7 pontos. No fundo da cauda, com 0 pontos, estão os germânicos do Hamburgo.

Os nossos ‘meninos’ chegaram ontem a Moscovo e à sua espera, encontraram muito frio e neve, aliás, uma temperatura ambiente para esta altura do ano por aquelas bandas. Entretanto, tiveram já oportunidade de se ambientar ao relvado no treino habitual que antecede o próprio jogo. Pelo que se consta, encontraram um relvado em muito mau estado, o que concerteza, não irá beneficiará nem o espectáculo no seu geral, nem a nítida mais valia técnica dos nossos jogadores.

Olhando-se para a classificação actual do grupo, a primeira expectativa de ‘ouro sobre azul’ que me ocorre, seria conquistarmos a vitória e os respectivos 3 pontos, porque de outra forma, e tomando como quase certa (?!) o cumprir do papel por parte do Arsenal, o empate teria para nós o mesmo significado que uma derrota, porquanto, deixava-nos numa posição muito complicada para resolver as contas do grupo na última jornada quando defrontássemos no nosso estádio o Arsenal.

Muitas outras probabilidades matemáticas existem, onde até um empate poderia servir às mil maravilhas para as nossas contas, mas para que isso ocorresse, seria necessário que o Arsenal perdesse o seu jogo, o que admito, não vai acontecer, o que nos leva sempre a encrencar no mesmo, ou seja, temos de jogar para GANHAR!... se ganharmos, excelente; se empatarmos, logo se vê e na pior da hipóteses que será o Arsenal vencer o seu jogo, vai dar tudo ao mesmo (empate ou derrota é igual, tanto faz).

Mas da história não rezam os fracos, certo?… portanto, e se queremos escrever mais uma bela página da nossa história azul e branca, resta-nos ser ‘fortes’, aliás, ‘muito fortes’ e na minha opinião, uma equipa forte seria apostar no seguinte onze:

Hélton
Bosingwa, Pepe, Bruno Alves e Fucile
Paulo Assunção (Raul Meireles), Lucho e Jorginho (Ibson)
Ricardo Quaresma, Lisandro Lopez e Hélder Postiga

E vocês, qual o vosso onze e expectativas para o jogo de mais logo?

13 comentários:

  1. Caro Blue, mas olha que o Porto vai empatar hoje e na última jornada vence o Arsenal no Dragão enquanto o CSKA perde diante do Hamburgo. ;)

    Sobre a equipa aqui vai:
    Hélton
    Bosingwa, Pepe, Bruno Alves e Fucile
    Paulo Assunção, Lucho e Ibson
    Ricardo Quaresma, Lisandro Lopez e Hélder Postiga

    ResponderEliminar
  2. É sempre difícil ganhar na Rússia, o CSKA é uma equipa matreira e calculista com gente que joga há muito tempo, mas a nossa irreverência pode surpreender. Confio na vitória se tivermos cabecinha e atacarmos mas sempre com um olho nos brasileiros deles que são um perigo. Ah, e nada de faltas junto à área devido ao Daniel Carvalho.
    FORÇA PORTO
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Acho que prof vai colocar o Ibson de inicio no lugar do Jorginho, mas...

    De resto estou confiante numa vitória. Nestes momentos o FCPorto costuma dar boa conta de si.

    Um abraço.
    http://portistasdebancada.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. amigos blues;~
    vitoria justa, suprema dos nossos meninos, fomos superiores em todo o jogo...nota 10 pra lisandro lopes...estamos a um passo da passagem aos oitavos-de-final...parabens F.C.P

    ResponderEliminar
  5. lisboa arder21 novembro, 2006

    Para Jesualdo Ferreira, a partida dos dragões em Moscovo roçou a perfeição e augura bem para a decisiva recepção ao Arsenal, na última jornada. "Este FC Porto esteve ao nível dos grandes Portos do passado", considerou.

    "Este jogo foi bem conseguido pela equipa do FC Porto, com uma exibição de grande personalidade, uma qualidade táctica cima do habitual em jogos deste cariz, controlámos o jogo do adversário, tanto na ofensiva como até anulando os elementos mais altos", sintetizou Jesualdo, obviamente satisfeito com a prestação da sua equipa.

    "Fizemos 2 golos mas podíamos ter saído daqui com uma goleada. Por isso, não vou dizer mais nada os microfones são para os jogadores, que foram excepcionais, e as perspectivas são boas para o Arsenal, pela maneira como a equipa tem crescido", disse, radiante, o técnico portista.

    Jesualdo considerou ainda que a sua equipa foi capaz de controlar os brasileiros Daniel Carvalho e Vagner Love e inteligente na forma como soube contornar os cartões amarelos vistos bem cedo por Paulo Assunção, Pepe e Bruno Alves.

    "Fomos capazes, colectivamente, de resolver todos os problemas e tudo ficou ainda melhor quando conseguimos o segundo golo", concluiu.

    ResponderEliminar
  6. lisboa arder21 novembro, 2006

    Valeri Gazzaev, que se limitou a uma curta declaração devido ao facto de se ter de deslocar - de avião - para o funeral do irmão, reconheceu o mérito do triunfo portista em Moscovo.

    "A vitória do FC Porto é legítima e dou-lhe os meus parabéns", disse o treinador do CSKA, acrescentando: "Não jogámos da melhor forma, porque estamos algo desgastados. A longa viagem de avião que tivemos de fazer ( no fim-de-semana) desgastou-nos. Daí, as poucas forças."

    O médio Yevgeni Aldonin também explicou o desaire pela falta de força física da equipa: "Faltaram-nos forças. O FC Porto apresentou-se mais fresco e ganhou bem. Tivemos bons momentos, mas falhámos na finalização."

    ResponderEliminar
  7. lisboa arder21 novembro, 2006

    O extremo Ricardo Quaresma reconheceu hoje que o seu golo, apontado aos dois minutos, foi importante para o FC Porto vencer em Moscovo (2-0), em encontro da quinta jornada do grupo G da liga dos Campeões.

    "Foi importante marcar logo aos dois minutos. Tão cedo em vantagem, conseguimos depois controlar o jogo", afirmou Quaresma, acrescentando: "Defrontámos um adversário difícil, mas mostrámos que somos uma grande equipa e conseguimos o nosso objectivo."

    Segundo o internacional português, toda a equipa está de "parabéns", mas o apuramento ainda não está conseguido: "Com o Arsenal [6 de Dezembro, no Dragão], vai ser também bastante complicado, mas vamos voltar a entrar para fazer um bom jogo e ganhar."

    "Vamos fazer todos os possíveis para vencer o Arsenal", frisou Quaresma - considerado o melhor jogador em campo -, satisfeito por ser pretendido por vários clubes: "É sempre bom saber que há interessados, mas só penso no FC Porto e nos seus objectivos."

    Paulo Assunção: "Jogo difícil"

    Por seu lado, o médio Paulo Assunção, que regressou ao onze - em detrimento de Jorginho -, não viu facilidades. "Foi um jogo difícil, frente a uma equipa muito forte", disse, reconhecendo que também foi complicado gerir o cartão amarelo visto bem cedo.

    "Foi muito bom marcar cedo, pois isso deu-nos mais confiança", disse o trinco brasileiro, acrescentando que com este triunfo o apuramento ficou mais fácil: "Jogamos o último jogo em casa e temos o público do nosso lado."

    Bruno Alves: "Futebol cada vez melhor"

    O central Bruno Alves também se mostrou optimista em relação ao apuramento: "Acreditamos cada vez mais na passagem à fase seguinte, pois estamos a praticar um futebol cada vez melhor."

    "Esta vitória foi importante. Fomos inteligentes e solidários e, agora, temos uma grande possibilidade de chegar à fase seguinte", disse, por seu lado, o avançado argentino Lisandro López.

    Postiga: "Excelente resultado"

    Para Hélder Postiga, melhor marcador do campeonato, o FC Porto "conseguiu um excelente resultado, frente a um conjunto difícil". "Este jogo deu-nos grande confiança. O segredo do FC Porto está na qualidade da equipa, em geral, e dos jogadores, em particular", referiu o dianteiro dos dragões.

    ResponderEliminar
  8. lisboa arder21 novembro, 2006

    Ficha de jogo:

    Árbitro: Kyros Vassaras (Grécia).

    Estádio: Lokomotiv Central, em Moscovo.

    Equipas:

    CSKA: Igor Akinfeev, Berezutskiy, Berezutskiy, Samberas, Aldonin, Dudu Cearense (Kochubey, 26), Krasic (Ivica Olic, 66), Zhirkov, Elver Rahimic, Daniel Carvalho e Vagner Love.

    FC Porto: Helton, Bosingwa, Pepe, Bruno Alves, Fucile, Paulo Assunção, Raúl Meireles (Jorginho, 70), Lucho González, Lisandro Lopez, Ricardo Quaresma (Alan, 88) e Hélder Postiga (Bruno Moraes, 76).

    Ao intervalo: 0-1.

    Marcadores:

    0-1, Ricardo Quaresma, 02; 0-2, Lucho Gonzalez, 61.

    Acção disciplinar: Cartão amarelo para Paulo Assunção (07), Pepe (19), Bruno Alves (38), Vágner Love (46), Kochubei (67), Rahimic (73), Zhirkov (90)

    Fim da partida: 0-2

    ResponderEliminar
  9. Mundial esta vitoria em Moscovo perante uma bela equipa que é a do CSKA o PORTO esteve excelente defendeu muito bem no meio campo e ai esteve a virtude esta noite no meio campo, repito no meio campo pois trabalhou muito fez uma pressão alta só foi pena o segundo golo demorar tanto. Duas notas para mim melhor em campo esta noite o colectivo, futebol meus amigos é isto é um jogo de equipa todos a remar para o mesmo lado e assim consegue-se os objectivos, segundo atenção FUCILE as perdas de bola na defesa e meio campo pois ele complicou alguns lances que eram de fácil resolução e ao HELTON que teve dois lances que podiam complicar mais atenção ai a trás VAMOS, TRABALHAR MAIS PARA MELHORAR. Atenção quero um bilhete para o ARSENAL .

    ResponderEliminar
  10. Miau loucura a mensagem do VEIGA vamos ajudar o Homem que ele é inocente e de arrastos percebe o CAXANA ele é entendido nessa matéria loucuraaaaaaaaa. AI QUE GELADO BOMMMMMMMMMMMMMM.

    ResponderEliminar
  11. GRANDE QUARESMA ....MAIS UMA VEZ.....ESPÉCTACULO..."HARRY POTTER"

    ResponderEliminar
  12. meirelesportuense22 novembro, 2006

    Foi um belíssimo jogo e poderia ter saído goleada se aproveitássemos todas as oportunidades que surgiram ao longo do jogo. Tive receio do árbitro Grego, curiosamente creio que o mesmo que esteve no Benfica Celtic último, dos seus amarelos mostrados bem cedo a jogadores nossos, mas depois fiquei tranquilo com a postura da equipa e só Jorginho destoou no conjunto dos jogadores utilizados. Está novamente em baixo de forma...Bela performance na Liga dos Campeões nestes últimos três jogos.

    ResponderEliminar
  13. COMPANHEIRO AZULLLLL;
    A POIS É,NAO FOI SO O GELADO TB A SANDE DE LEITÃO..EHEHEHE, TB TE DOU TODO O APOIO EM RELAÇAO AO QUE FALAS AI SOBRE O HELTON, MUITO INSEGURO,MAS NA PRIMEIRA PARTE A DEFESA E ALGUNS MEDIOS TB O ESTIVERAM,MAS DO HELTON JA ESTOU HABITUADO A SOFRER, POIS EU JA TENHO DITO A MUITO ENTRE NOS(MITRAS) QUE ELE ANDA MUITO MAL...MAS ISTO SOU EU A FALAR, NAO OS OUTROS...

    PS:AZUL NAO E ARRASTOS MAS SIM ARRESTOS...EHEHEH TB ERRO MUITO...EHEHEHEHEHEH

    ResponderEliminar