14 outubro, 2010

Relatório e contas de dois meses

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Aproveitando a paragem que os jogos da equipa das quinas nos proporciona, penso ser interessante fazermos um ponto de situação, uma espécie de balanço destes 2 primeiros meses de época desportiva futebolística.

Olhando para o que já foi jogado, seria difícil pedir mais: 12jogos, 11 vitórias e 1 empate, 27 golos marcados, 5 golos sofridos. Parece-me inequívoco que se no início da época nos dessem a possibilidade de nesta data estar com esta performance, todos sem excepção aceitariam.

Para este bom começo, é evidente que muito influenciou a vitória categórica sobre a escória lampiã na supertaça Cândido de Oliveira. Naquela que foi a nossa melhor exibição até ao momento, o resultado pecou por escasso, tal o nosso domínio e demonstração de superioridade, perante uma bacoca sobranceria da escória.

Com este resultado, André Villas Boas ganhou um crédito muito forte junto dos adeptos, o que lhe permitiu trabalhar e preparar a equipa para o início de campeonato e provas europeias, com outra estabilidade e tranquilidade.

Neste contexto, julgo ser merecido o reconhecimento da qualidade do trabalho que o nosso técnico tem vindo a desempenhar, ele que pelo seu curto curriculum enquanto treinador principal, não recolhia unanimidade junto das nossas hostes (o que é facto, é que não me lembro de nenhum treinador que há chegada tenha alguma vez sido alvo de unanimidade).

AVB tem transmitido uma garra e ambição que pareciam pouco presentes nas épocas anteriores com Jesualdo Ferreira. Voltou a incutir na equipa um espírito “á Porto” e tem-se dado bem com isso. Não criou uma imagem de “sósia” de José Mourinho, marcando a sua actuação por pensamentos e atitudes próprias da sua forma de estar.

Mesmo quando recentemente pareceu perder um pouco o controlo em Guimarães, nunca perdeu um nível elevado nas suas declarações e atitudes. Até porque, continuo a acreditar que toda aquela situação foi previamente pensada e preparada, daí acreditar que AVB saiu mais uma vez com distinção. Não alinho pelo diapasão de algumas criticas que lhe foram dirigidas. Pelo contrário, estou plenamente de acordo com o tom utilizado, pois mais vale prevenir do que remediar, e perante o choradinho da escória, perante o bombardeamento diário desses tristes, o nosso mister pretendeu ao mínimo sinal, dar conta da sua atenção e vitalidade. Parabéns Mister!

Em termos de qualidade de jogo, para além da supertaça, destaco o jogo com o Sporting de Braga, onde realizamos uma excelente exibição, até tendo em vistas os condicionalismos provocados pelo evoluir do marcador. Os restantes jogos têm mostrado uma equipa q.b., tendo os dois últimos (Sófia e Guimarães) sido geridos no limite do risco, com vantagens tangenciais a fazer lembrar o prof. Jesualdo Ferreira, o que no caso de Guimarães acabou por ser fatal.

Relativamente á Liga Europa, temos até ao momento um percurso imaculado, com 4 vitórias noutros tantos jogos, com vitórias em Genk e Sófia, por exemplo.

O objectivo é chegar a Dublin, e acredito que com os pés bem assentes no chão e pensando passo a passo, temos todas as condições para lá chegar.

Na liga interna, um primeiro lugar descansado, com 7 pontos de vantagem para o 2.º classificado. Mais uma vez seria difícil pedir mais. Relembro que já tivemos vitórias importantes como na Madeira frente ao Nacional e em casa frente ao Braga. A tal atitude algo passiva perante vantagens tangenciais demonstrada nos últimos jogos tem que ser superada e substituída pela ambição permanente de querer sempre mais. Espero que tenham aprendido com os erros, pois o caminho é ainda longo e sinuoso, e é bom relembrar que ainda não ganhamos nada!

Ao nível dos jogadores, destaque para Helton, Fernando, João Moutinho e Hulk.

Helton fazendo relembrar os seus primeiros tempos no Dragão. A braçadeira parece ter-lhe dado a estabilidade que faltaria. Apenas com o Braga poderá ter ficado aquém do seu nível.

Fernando alargou tremendamente o seu raio de acção, estando um jogador mais completo, conservando as suas características de pressão e facilidade de recuperação de bola. Grande início!

João Moutinho, a mais cara e sonante contratação do defeso, tem crescido com a equipa e é já neste momento uma peça imprescindível. Falta um golo para disparar!

Hulk tem sido um pesadelo para todas as defesas. Com maior consciência no timing de soltar a bola, tornou-se um jogador mais colectivo. Aliando isso á sua técnica apurada, a uma potência enorme de remate, a uma velocidade e força fora do comum, fazem dele o melhor jogador do momento a actuar em Portugal. Pode melhorar? Certamente que sim! Para isso era também importante o contributo de todos os que se deslocam ao estádio, tendo mais paciência com ele, não o assobiando ao fim de dois dribles falhados.

A par destes, Sapunaru e Maicon têm-se revelado agradáveis surpresas, apresentando um nível exibicional acima do esperado. Álvaro Pereira e Rolando vão mantendo a sua regularidade. Belluschi aparece revigorado, parecendo estar melhor enquadrado com aquilo que o treinador lhe pede. Falcao vai-se afirmando cada vez mais no futebol europeu, apesar de ainda não ter atingido os níveis de eficácia do ano passado. Varela confirma todos os atributos que lhe são lançados, dando sequência a uma boa época marcada por alguma lesões. Temos ainda Souza e Otamendi que quando têm jogado têm demonstrado que podemos contar com eles, sem perda de rendimento colectivo. E faltam ainda Guarin, Cristian Rodriguez e Ruben Micael que são três jogadores que têm tido um início de época com algumas lesões, mas que estou convicto que mal tenham atingido os seus indíces físicos, vão ser excelentes opções, mantendo os níveis de qualidade daqueles que venham a substituir.

Ora, perante este cenário, mais não temos do que estar confiantes no que o futuro nos pode reservar. Sem excessos de confiança, sem demasiada pressão junto dos atletas, mas simultaneamente exigentes e sem lhes permitir algumas “baldas” que no ano passado marcaram a época pela negativa, não nos tendo permitido chegar mais além.

Mas nem tudo são rosas, e há também as lacunas e desilusões.

Walter tarda em afirmar-se. Parece pesado, fora de forma, sem entrosamento com a equipa, quando outros reforços já o demonstram. Tem tido pouco tempo de jogo, mas tem que “apanhar o comboio” depressa, pois precisamos de uma opção credível a Falcao... e se calhar, uma é pouco!

James Rodriguez continua desaparecido. Rotulado de craque, é bom ainda assim que não nos esqueçamos que apenas tem 19 anos. A demora absurda na chegada do seu passaporte, pode ter atrasado a sua integração. Ainda assim, exigia-se um pouco mais a quem possui a sua fama e credenciais. Teremos que aguardar mais algum tempo.

E Fucile!!! Fucile é para mim a grande desilusão desta época. Depois de um Mundial de grande nível, que é feito daquele jogador raçudo, a fazer todo o corredor, que recupera no terreno como quem corre para a frente? Não tem aparecido! Pelo contrário, temos visto um jogador que parece estar sempre com excesso de confiança, pouco concentrado no jogo, com uma postura desleixada, que não se reflectiu apenas em Guimarães. A questão física não é desculpa, pois Álvaro Pereira teve o mesmo percurso no Mundial, e temos visto o seu rendimento. Se o problema é sair, que saia... mas que não pense que estamos em saldos! Traga propostas e depois negoceie, mas antes disso, jogue á bola como pode e sabe, pois a entidade patronal que lhe paga merece todo o seu respeito.

Além disto, parece-me que o plantel possui uma lacuna já anteriormente referida. Faltam opções a Falcao para o centro do ataque. Se sobre Walter estamos conversados, parece-me óbvio que ainda assim, 2 pontas de lança num plantel como o do Futebol Clube do Porto, é manifestamente pouco. Assistimos á barbaridade que foi o folhetim Kléber, que terminou com o jogador na Madeira. Ele ou qualquer outro jogador dessa posição que acrescente qualidade, pode e deve ser contratado já em Dezembro, pois nem quero imaginar o que pode acontecer se o nosso Falcao se lesiona.

Para concluir, gostava apenas de dar uma palavra sobre os nossos adversários, os nossos verdadeiros adversários: a Corja liderada por Vítor Pereira!

Estejamos atentos e denunciemos o que possa vir a acontecer. A escória lampiã tudo vai fazer para os pressionar. Não sejamos condescendentes, mesmo no interior ou exterior de um qualquer estádio onde o nosso clube jogue. Façamos retornar os tempos em que na verdade os árbitros tinham medo de apitar o Futebol Clube do Porto. Esses são os nossos únicos adversários, pois os outros são meros figurantes que apenas poderão aproveitar o que “A Corja do Vítor” poderá cozinhar.

Vamos Porto!
Vamos rumo a mais uma época de sucesso!

8 comentários:

  1. Tá tudo dito... E garanto-te, cá esperaremos a “A Corja do Vítor”, podem vir com o "cozinhado" nós dar-lhe-emos a "sobremesa"...
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Podias escrever algo em que não conseguisse concordar contigo, pelo menos uma frase.

    Está um excelente resumo daquilo que temos feito até hoje, digo-te já que em Guimarães o nosso treinador foi jogador de xadrez, enquanto metade desta corja jornaleira estava a pensar que ele jogava damas eis que ele deu a volta à questão.

    Falou sobre a arbitragem, sobre os lances e falou sobre a sua expulsão foi categórico na forma que o fez, aliás ficou provado que as imagens é só aquilo que o productor entende que saia cá para fora, feitos palerminhas e cheios de pressa lá mandaram as imagens do lance do suposto penalti(claro que se tivesse sido as imagens nunca teriam aparecido mas há dúvidas!) e no outro dia lá pediu desculpa como aliás tinha prometido que o faria caso não se confirmasse a grande penalidade.

    No fundo esteve muito bem, isto é só para memória futura, ainda iremos falar muitas vezes disto e o André sabe disso muito bem.

    Quanto à corja do Vitor já sabemos que temos de estar atentos.

    Grande Norte aquele abraço.

    ResponderEliminar
  3. Fantástico relatório e contas.

    Um especial AVB, um espírito à Porto, que foi finalmente recuperado e uma equipa cheia de garra em qq campo e perante qq adversário.

    Há retoques a fazer em Janeiro (kleber?) e há q ter muita atenção com as arbitragens, não podemos facilitar e nisso AVB é tb mestre.

    O que não faltam por aí é árbitros associados ao Regime. O Xistrema existe!

    ResponderEliminar
  4. Delegado falsifica relatório do Benfica - Nacional

    Delegado Da Liga Apanha 18 Meses De Suspensão

    http://oantilampiao.blogspot.com/2010/10/factos-gravissimos-e-praticamente.html

    ResponderEliminar
  5. Ultra Dragon14 outubro, 2010

    Grande resumo ate agora... Concordo contigo em todos os aspectos e espero realmente que nos reforcemos no ataque em Janeiro porque acho que não temos soluções a altura e pode haver um lesão ou ate mesmo um ma momento de forma....Força Porto rumo as vitorias em todas as competições....

    ResponderEliminar
  6. “A tal atitude algo passiva perante vantagens tangenciais demonstrada nos últimos jogos tem que ser superada e substituída pela ambição permanente de querer sempre mais.”

    Concordo inteiramente com esta afirmação.
    É bom que o jogo de Guimarães tenha sido um sinal de alerta para o que aí vem. Não podemos descansar sobre uma vantagem de 2-0, quanto mais numa vantagem de apenas 1 golo.

    De resto concordo com o resto do artigo. Época muito boa até agora, com excelentes resultados e muita consistência e segurança. É um FC Porto forte o de AVB!!

    ResponderEliminar
  7. é, pois é, assim torna-se dificil dizer alguma coisa, só se for mesmo pa encher chouriços e cumprir calendário... que assim seja ;)

    concordo em absoluto com toda esta tua análise, ora horizontal, ora verticaç... tá lá tudo, os (muitos) bons, e até mesmo os (pouquissimos) maus, que todos esperamos, pelos motivos mais que óbvios, ver rapidamente irradicados dos nossos futebóis, pois com isso, ganha o clube, ganham o treinador, ganham os próprios... e ganhamos todos nós que vivemos com (mta) paixão este louco e saudável amor.

    este ano, sem sequer tentar entrar por futurologias que nada ou pouco contribuem para o actual presente, não será de todo estúpido dizer que a manter-se esta bitola, que aposto, ainda está em 2ª velocidade apenas, deixar fugir a recuperação do ceptro nacional, só mesmo com uma hecatombe... coisa que não, não acredito de todo!!!

    portanto, o até agora, está muito bem... com a certeza que nas leis da nossa casa, não consta qualquer alínea de que já não é preciso mais, porque já está feito... nem pensar, nem pensar.

    nada ganhamos e tudo queremos ganhar... terá que ser sempre essa o espirito que comande o nosso rumo, o nosso único trilho em busca da felicidade suprema... tão só, assistir à chegada do sagrado manto azul-e-branco listado ao Olimpo!!!

    bAMBORA a eles!!!

    ResponderEliminar
  8. Norte, um post espéctacular, como já alguém aqui disse, não deixas-te nada por dizer!

    O jogo com o Braga, foi o melhor que vi esta época!

    BIBÓ PORTO

    ResponderEliminar