12 março, 2012

Inexplicável… ou talvez não!

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/


Decorridas pouco mais de 24 horas, ainda não consigo encontrar palavras ou argumentos que possam de alguma forma explicar ou atenuar aquilo que os meus olhos viram.

Há coisas que sinceramente não consigo perceber. Por mais que me esforce para encontrar explicações, aquilo que se tem passado é algo que começa a parecer completamente surreal, roçando já o paranormal.

O jogo da passada semana no galinheiro era fundamental para o resto da época. Antes daquele jogo, perspectivava dois cenários na minha cabeça: no caso de ganharmos, com uma exibição convincente no terreno do nosso mais odioso rival, teríamos o ponto de viragem necessário para arrancar para um final de época forte com a via aberta para o título. No caso de perdermos ou mesmo empatarmos, se não mostrássemos capacidade e força necessária para derrubar o nosso mais difícil adversário, aí seria a prova mais que evidente que este não seria o ano do Dragão, o que a juntar a tudo o que de mau já tinha acontecido, seria apenas mais um falhanço num momento fundamental!

Pensei que depois do que se tinha visto no galinheiro, não se repetiriam mais cenários tristes e deprimentes para os lados do Dragão.

Enganei-me redondamente. Todos os excelente sinais dados na luz, e depois da fantástica vantagem que obtivemos no terreno do inimigo (3 pontos que, em caso de igualdade, seriam 4!), os srs. jogadores fizeram o favor de mandar às urtigas tudo o que de bom tinham feito e também o favor de nos fazer recordar os tempos de Coimbra, Nicósia ou São Petersburgo.

Se tivesse possibilidade de deixar uma mensagem aos Srs. Helton, Sapunaru, Rolando, Maicon, Álvaro Pereira, Fernando, Moutinho, Lucho, Hulk, Janko e ao James, apenas lhes diria: a camisola que vestem ostenta o símbolo de um clube que nos últimos 25 anos “apenas” ganhou 2 Taças dos Campeões Europeus, 2 Taças UEFA e que foi 2 vezes campeão mundial de clubes. O FC Porto não é um reles clube como o marítimo, o beira-mar, o sporting, o benfica ou o união da madeira, clubes que de vez em quando ganham alguma coisa.

O que se viu na 1ª parte daquele jogo, foi uma vergonha, um desrespeito pelos adeptos, pelo clube que lhes paga CHORUDOS ordenados e, sim, um desrespeito para com o treinador! VP colocou Sapunaru na direita, colocou Maicon ao centro, colocou James de início, no fundo fez aquilo que 90% dos portistas queriam. O estádio tinha perto de 40 mil adeptos a apoiar, a equipa vinha de um excelente e galvanizador resultado, que mais queriam os jogadores para arrancar uma exibição esforçada e à procura do 1º golo desde o primeiro minuto perante uma Académica que já não ganha para o campeonato há 3 meses?!?! Como é possível em 45m não haver uma única jogada com cabeça, tronco e membros? Como é possível que Peiser não tenha feito uma única defesa em 45m?!?! Como é possível falhar passes a um ritmo diabólico, não construindo uma única jogada de jeito em 45m?!?! Como é possível tamanha desconcentração e falta de agressividade defensiva?!?! Tenham vergonha, meus senhores?!?!

Penso que é chegado o momento de colocar nomes às coisas e desmascarar a “brincadeira” que anda a acontecer desde o início da época. Isto já é demais, é gozar com os adeptos que apoiam e muitas vezes desculpam o indesculpável, é gozar com quem perde o seu tempo e dinheiro, quem paga as quotas, que faz sacrifícios pessoais para acompanhar a equipa para tudo quanto é lado.

Isto já começa a ser demais, demais para uma só época. Eu não sei se o que está na origem de tudo isto, se são amuos de quem queria sair para ganhar mais dinheiro, se são amuos de quem é substituído a meio do jogo, se são amuos de quem não gosta de ficar no banco, se são amuos de quem já não se sente motivado em jogar no FC Porto! O que sei, é que isto já são amuos a mais, e faltas de respeito a mais.

Perante tudo isto, sugiro que se mande o VP embora e se contratem duas pessoas. Uma educadora de infância e um psicólogo. A educadora de infância para gerir e controlar os amuos dos meninos, e um psicólogo para motivar os jogadores ou os esclarecer as suas dúvidas existenciais. Talvez assim dê certo!

Nota final: A minha doença azul e branca impede-me de deixar de acreditar no título mesmo que a realidade indique o contrário. Já conto os dias para o próximo jogo do FC Porto. E sim, tenho esperança que ganhemos 5-0 ao Nacional, e que ganhemos os 8 jogos até final do campeonato. Ah, e ainda estamos em primeiro, mesmo depois disto tudo! CARAMBA, se em vez de estarmos miseráveis, estivéssemos apenas maus, já estaríamos com 10 pontos de vantagem sobre o 2º!!!

PS: Falar de arbitragens neste jogo, não faz o mínimo sentido. Não jogamos nada, merecíamos até ter perdido o jogo. Não queiramos parecer os obcecados lá de baixo que sempre que perdem, a culpa é dos árbitros. Podíamos até ter 5 penalties não marcados a nosso favor, que a jogar daquela maneira, nem me atrevo a falar de árbitros.

12 comentários:

  1. RCBC, estou contigo, ontem sai do Dragão completamente irritada, e desiludida.... Mas como a minha paixao pelo o nosso Porto é enorme continuarei a acompanhar e a apoiar, e claro festejar o campeonato...


    BIBO PORTO

    ResponderEliminar
  2. a força de um homem não se vê pelos músculos nem pelo tamanho. A força de um homem vê-se pela VONTADE de ganhar!

    TEMOS TUDO so que as vezes aulguns nao perecem ter VONTADE.

    bom post.

    SOMOS FCPORTO!!!!!!!!!!!

    David Nog.

    ResponderEliminar
  3. Como é possível? Para quem ja tinha as faixas de campeão encomendadas têm aqui a brutal resposta dos jogadores, do que estava há vista de todos foi directamente pró cano de esgoto, tenho a impressao que este cenário aida não acabou e os jogadores vão ser muito gentis e vão voltar a esquecer que deviam jogar em funçao dos vencimentos , mas vão voltar a jogar como têm acontecido em maioria dos jogos e so com muita sorte é que os ganharam, aliás o que se passou em Lx foi exactamente isso e depois muito ajudados por um golo que afinal foi claramente irregular e pelos vistos esse golo não serviu para aumentar a mentalidade dos Putos que estão a jogar de azul, desconfio que não se safem com outras equipas do campeonato ou seja as mais fracas em termos económicos.
    Jogar com o Nacional? Vai ser provavelmente mais uma não vitória ou não, mas os insulares aida querem chegar há europa por isso deixem de sonhar tão cedo...dúvido muito que tenham equipa para ganhar ao BRAGA......

    ResponderEliminar
  4. vejam as imagens da agressão de Bruno César ao jogador do Paços.
    http://oantilampiao.blogspot.com/
    Uma vez mais o jogador da agremiação corrupta passou impune.

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente, e custa muito dizê-lo, esta época parece que estamos mesmo condenados a viver uma época ao sabor dos humores/vontades dos jogadores… Às vezes, como na luz ou na 1ª parte com o City, até se lembram de fazer um grande jogo, mas dias depois volta tudo ao mesmo…

    Este jogo com a Académica que surgia no melhor dos contextos era fundamental para encetar a caminhada para o bi-campeonato… A conservação da vantagem de 3 pontos era fundamental pelo menos até fazermos a dificílima visita a Braga… Com este paupérrimo jogo e consequente perca de pontos, tudo se reduziu para um mísero ponto…

    É que podíamos ter jogado bem, criado ocasiões de golo e por capricho de sorte não termos conseguido marcar mais golos que o adversário… Isto acontece uma vez por outra a qualquer equipa do mundo, até ao Barcelona… Mas não, houve falta de crer, falta de motivação e esforço… e é terrível os adeptos perceberem que os jogadores se estão a marimbar para tudo… é que a falta de qualidade é intrínseca e não se resolve facilmente, agora a falta de esforço é algo terrível e que ao que parece teremos de suportar até final da época…

    Para o que resta da época… Bem a julgar pela concorrência, acredito que podemos pelo menos lutar pelo título até ao fim… Se o vamos ganhar ou não, depende muito da % de amuos, da vontade e do esforço…

    Claro, não retiro VP das responsabilidades do que tem acontecido… Mas parece-me que, apesar das limitações, é dos poucos que tem vontade em ganhar este campeonato… O que é algo terrível!

    Aguardemos os próximos episódios desta telenovela mexicana em que se transformou a época do FC Porto…

    ResponderEliminar
  6. É surreal o que está a acontecer mas previsível. No galinheiro, deu-se apenas o seguinte, os jogadores, puxaram pelo seu brio profissional e mostraram que são milhentas vezes melhores que aquela zurrapa que joga na agreminação mafiosa lisboeta. Estavam muitos olheiros estrangeiros e a comunicação social do regime e eles puxaram dos galões. O problema é que não há trabalho, não há táctica, não há rotinas de jogo, de marcação de livres ou cantos e os jogadores vão para dentro do campo, com uma equipa mais pequena e vão fazendo uns rasgos individuais, para resolverem os jogos. O treinador dispensa opções como Guarin, Sousa, Walter, Iturbe ou Fucile e depois anda a tapar furos com gindungo angolano. Chega de incompetência, chega de desperdício, tudo apenas por causa de 1 homem. É despedi-lo já que ainda vamos a tempo.

    ResponderEliminar
  7. Faz sentido culpar os jogadores?
    Francamente, li o artigo e os comentários e fico espantado! Então acham que a culpa é de os jogadores amuarem? Acham que os nossos profissionais, de repente, passaram a jogar de vez em quando por simples capricho? Os mesmos atletas que na temporada passada eram maravilhosos agora são o exemplo acabado de mau profissionalismo? Isto faz algum sentido?
    A minha resposta é clara: NÃO!
    O que mudou foi o treinador e o futebol que implementou na nossa formação!
    O Porto passou a jogar um futebol lento, em que a posse da bola é um fim em si mesmo e não um meio de chegar à baliza do adversário. Os passes sucedem-se para trás e para os lados com os jogadores parados. Aos adversários, basta encherem a zona central do campo e esperarem pelos jogadores do Porto sem precisarem de correr. Não há pressão sobre os contrários para os levar a cometer erros próximo da sua baliza e assim podem avançar a seu bel prazer. Por outro lado, os alas são mandados por Vítor Pereira para correrem, por sistema, em diagonal, para o meio, juntando-se aos outros jogadores que já lá estão e afunilando o futebol da equipa. São os laterais que têm de fazer o ataque pelos flancos! Sapunaru, na direita, não arrisca muito e Álvaro Pereira, na esquerda, não consegue regressar rapidamente como fazia no passado e abre espaços para o opositor atacar! Além disso, está em má forma e as investidas atacantes terminam mal na maioria das vezes! O Porto não tem trabalho de ataque planeado e limita-se a sucessivos passes que não têm a mínima profundidade e agressividade! Há ainda uma outra diferença no futebol de Vítor Pereira: o Porto sempre jogou com um médio recuado (Fernando) e dois mais à frente. Com este treinador deu-se a inversão desse triângulo e Moutinho passou a estar ao lado de Fernando ficando Lucho mais à frente. O que acontece é que, com esta troca, a equipa passou a defender mais atrás e os outros podem chegar mais à frente, mais perto da nossa baliza, sem serem quase incomodados. Só quando tem espaço para poder jogar em contra-ataque é que esta formação do nosso clube se sente mais à vontade!
    No sábado passado, Vítor Pereira assistiu impávido e sereno à 1ª metade mais entediante que me lembro e não achou que fosse necessário mudar. Iniciou-se a 2ª da mesma forma. Só bem mais tarde é que mudou mas, mesmo assim, mesmo depois de ter lançado Djalma e Kléber, depoois de teoricamente, estar com 4 avançados, o flanco esquerdo apenas tinha Álvaro Pereira (péssimo jogo) já que James tinha ordem de ir para o meio onde se juntava a Lucho, Moutinho, Defour e aos pontas de lança atrapalhando-se mutuamente e contribuindo para a ineficácia de todos!
    E alguém me quer dizer que tudo isto acontece porque os jogadores amuam? Santa paciência!

    ResponderEliminar
  8. Dragão de Aveiro12 março, 2012

    O que é que faz o Beira Mar e o União da Madeira no meio dos clubes realmente reles? Não os querem trocar pelo Guimarães? Acho que o texto ficava a ganhar...

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Amigo RCBC, concordo com muitas das asserções que fazes. Mas também não posso deixar de dizer que estou quase plenamente de acordo com o comentário do Dragão13.

    Estes dois brilhantes textos são o paradigma de uma grande verdade: este “nosso” (abençoado!) blogue tem, por um lado, excelentes cronistas e, por outro, excelentes leitores/comentadores. Só temos que nos regozijar com isso. Obrigado a todos.

    Abraço.
    Bibó Porto!

    ResponderEliminar
  11. Manuel Armindo
    sr.marco ferreira fez o que o benfica lhe pediu esta semana após o aniversário dia 8/3
    e antes de lhe enviar a prenda que seguirá amanhã no avião para a madeira para ele e sergio serrão (auxiliar) Pessima arbritagem dois penaltis por assinalar fora as diversas decisões mal tomadas. O pedido do benfica era amostrar amarelos a Hulk e James assim ficariam receosos para o resto do jogo e só marcou o penalti porque foi clarissimo.

    http://www.conversasdabola.com/2012/03/manuel-armindo-comentarios-polemicos-no.html

    ResponderEliminar
  12. Silv Pereira13 março, 2012

    Meus caros o jogo de Sábado confirmou (infelizmente) aquilo que eu penso de início da época.
    1º Equipa técnica fraca, com medo de errar e como tal sem objetividade e sem liderança.
    2º SAD com uma gestão algo confusa. Saem jogadores formados no PORTO, à PORTO e ficam outros que têm mais umbigo do que barriga (Rolando, Álvaro Pereira, Guarini, Belluschi).
    3º Há nitidamente jogadores que fazem o mínimo (HulK que só se quer projetar na seleção e consequentemente sair) outros (Álvaro Pereira) que só fazem que fazem (não dá uma para a caixa gravem os jogos e com calma analisem este senhor) corre sem nexo para a frente e não faz um cruzamento/passe de jeito, ainda por cima lembrou-se que deveria marcar golos (trabalhar para a estatística) a SAD parece que se esqueceu do exemplo Raul Meireles que andou uma época a engonhar só jogando na seleção.
    5º A SAD em Janeiro tentou corrigir alguns desses casos o que para mim já veio tarde.
    6º O JM nitidamente (conjuntamente c o Hulk) querem ser os donos da bola, e como tal tentam ofuscar o único (e que ainda não tem tiques de vedeta) jogador que desequilibra e que seria ele a marcar os livres e cantos, então só quando as coisas estão mal é que tem oportunidades.

    INFELIZMENTE (PARA MIM) DEI ESTA ÉPOCA POR ENCERRADA, CANCELEI A SPOR TV E DIFICILMENTE IREI MAIS AO DRAGÃO. A MINHA ULCERA ANDA A SOFRER COM ISSO (TOMO SEMPRE ANTES DOS JOGOS UM Rantidina).
    Tenho esperança que não fiquemos em 3º lugar

    NOTA: e como para mim está claro que o sistema (Liga/arbitragem/Média)estão a trabalhar para que o clube do regime seja campeão ainda reforça mais a minha convicção só um PORTO à PORTO remaria contra isso. Um Porto conta tudo e contra todos e não vejo gente para isso.

    Saudações

    ResponderEliminar