24 maio, 2012

A vergonha da polícia

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

23/05/2012

O FC Porto requisita a policia para garantir a segurança de todos os intervenientes e espectadores nos espectáculos desportivos que se disputam em nossa casa. Infelizmente, na noite desta quarta-feira, a polícia agrediu gratuitamente uma série de espectadores, entre os quais mulheres e crianças, que nenhum crime cometeram, apenas se deslocaram ao Dragão Caixa para assistir a um jogo de basquetebol.

Incompreensível e inaceitável que a policia se esqueça da sua primeira missão, proteger os cidadãos e prefira bater indiscriminadamente.

Mas porque tudo tem uma origem, convém historiar. O treinador Carlos Lisboa, do Benfica, podia perfeitamente festejar a vitória de forma urbana e civilizada, mas preferiu fazê-lo provocando e insultando com palavrões os adeptos do FC Porto. Ao mesmo tempo, um roupeiro do mesmo clube arremessou objectos para a bancada, o que originou um clima de tensão que inviabilizou a entrega da Taça. Convém recordar que em momento algum houve invasão do terreno de jogo por um só adepto que fosse. A policia de imediato deveria ter dado essa indicação, mas preferiu utilizar a força de forma despropositada e desproporcionada.

O FC Porto exige que se apurem responsabilidades e se encontrem o responsável ou os responsáveis por se ordenar a agressão à bastonada de cidadãos anónimos, como um grupo de jovens raparigas barbaramente agredidas pela policia.

fonte: fcporto.pt

7 comentários:

  1. Vergonhoso o que vi hoje no Dragão Caixa...

    ResponderEliminar
  2. Tudo começou com gestos obscenos e insultos à assistência do treinador lampião. Tudo o resto é treta.

    E dp temos a polícia que bateu sem critério e sem qq justificação.

    ResponderEliminar
  3. Herramalho24 maio, 2012

    Vergonhosa a nossa polícia...
    Estive com a minha mulher no Dragão Caixa para ver um jogo de basquetebol e no fim, vi cenas de um filme de terror, com polícias armados de bastões a carregar sobre jovens sem dó, fruto de um oficial da PSP, que não mediu o que se estava a passar dentro do fervor clubista, mas sem haver desordem. Desordem essa provocada pelo treinador dos galinaceos, que insultou os adeptos da casa de forma intempestiva originando como se calcula retaliação às suas provocações.Por ultimo, só uma nota:não foi o benfica que ganhou o campeonato, foi o F.C.PORTO que o perdeu.FCPORTO seeeeeeeeeeempre

    ResponderEliminar
  4. Tb é lamentável a acção do público, assim que termina o jogo, o público começa arremessar objectos, o jogo não justificava tal comportamento. Foi um jogo bem disputado, não houve quezílias entre jogadores, a arbitragem não foi má, perdemos por culpa própria ex: em lances livres em cada dois encestavamos 1. Nós portistas, não devemos ter aquele comportamento, não abona em nada ao bom nome do clube, inclusive, na minha opinião, não tiveram em consideração a presença da administração. Por último, condeno veemente a polícia pela falta de um plano de PREVENÇÃO e pelo "bater indiscriminadamente".

    Saudações portistas

    ResponderEliminar
  5. Em termos técnicos o jogo foi disputado com muito fair play e não merecia aquele final e a equipa adversária apesar do momento festivo e pouco habitual deveria ter sabido ganhar desportivamente...quanto ás forças de autoridade, estamos numa fase complicada da vida do nosso país e agora as ordens são para...confusão mão pesada...se já a tinham pesada anteriormente agora mais pesada ficou e como se já viu...vai tudo à frente.

    Já do mesmo se vê na Grécia.
    É um forte teste à democracia.

    ResponderEliminar
  6. Carlosporto acredito que ao afirmares isso tenhas assistido ao vivo o que realmente se passou.

    De qualquer maneira quando estiveres em tua casa e alguém te esticar o dedo do meio e depois fazer o gesto de o enfiar no traseiro podes assumir o comportamento que quiseres.

    ResponderEliminar
  7. Na transmissão não deu para ver como e quem teria provocado aquela reacção do público. Eu fiz o comentário anterior tendo em conta ao que vi...
    Mas,

    isto não foi obra do acaso,
    O treinador a insultar os adeptos, um funcionário a mandar camisolas impressas com o “benfica campeão” para as bancadas,
    E no dia seguinte surgir o vergonhoso comunicado do LFV,

    Tendo em conta as eleições em outubro e a forte contestação interna

    Este “arranjinho” cai que nem ginjas para desviar as “atenções” dos adeptos e, voltarem-se para o inimigo de sempre…. (já o Vale Azevedo fazia isto)


    É o costume…

    Vamos ver se os envolvidos vão ser castigados…

    ResponderEliminar