14 julho, 2015

SÉRGIO OLIVEIRA: “EVOLUÍ MUITO COMO PESSOA”

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Após 11 anos de ligação ao FC Porto, Sérgio Oliveira rumou em 2013 ao Paços de Ferreira, clube em que realizou duas épocas de bom nível. O médio garante que esse período lhe permitiu crescer muito, especialmente “como pessoa”, e estar agora preparado para “ajudar” os azuis e brancos a “lutar para ser campeões”.

"Estou muito feliz pelo regresso. Vim para cá muito novo e agora vou trabalhar e dar o máximo por este clube. Evolui-se sempre ao longo dos anos nos aspetos técnicos e tácticos, mas o mais importante é a capacidade mental, crescer e tornar-me mais adulto”, notou o jogador ao www.fcporto.pt e Porto Canal, pouco após a sua chegada ao estágio em Horst. O médio não esconde as dificuldades que sentiu ao serviço do Paços de Ferreira, especialmente num primeiro ano em que a equipa quase descia de divisão: “Saí para um clube da Primeira Liga, a que estou muito agradecido por estes dois anos. É um ambiente completamente diferente, com jogadores mais velhos e com experiência”.

Sérgio Oliveira chegou a ser o jogador mais jovem do FC Porto a alinhar pela equipa principal, quando foi titular frente ao Sertanense, em 2009, num encontro da Taça de Portugal, com 17 anos, quatro meses e 15 dias. Por isso, já conhece a exigência da casa: “O FC Porto luta sempre para ser campeão e este ano não vai fugir à regra. O meu objectivo é, desde o primeiro dia, ajudar a que isso seja possível e dar o meu máximo. É isso que posso prometer”. O contacto com o treinador Lopetegui foi ainda curto: “Quis saber como me sentia fisicamente e a partir de agora vai ser mais fácil termos algumas conversas”.

A concorrência por um lugar no meio-campo vai ser forte e Sérgio Oliveira diz-se capaz de actuar em qualquer das posições no sector, apesar de ter preferência por jogar “de trás para frente”: “A partir do momento em que chegas a uma equipa como esta, sabes que a concorrência vai ser sempre forte e resta-te trabalhar. Acho que a concorrência saudável é sempre boa, não só para evolução pessoal mas também da equipa. Acho que vai ser um ano bom para todos”.

fonte: fcporto.pt

0 comentários:

Publicar um comentário