30 setembro, 2015

“BÊS” GOLEIAM VARZIM E MANTÊM LIDERANÇA ISOLADA

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

FC PORTO B-VARZIM, 4-0

Segunda Liga, 9.ª jornada
30 de Setembro de 2015
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia


Árbitro: Bruno Rebocho (Évora).
Assistentes: Nuno Croino e Duarte Silva.
Quarto árbitro: Luís Catita.

FC PORTO B: Raúl Gudiño; Víctor García, Chidozie, Maurício e Rafa; Omar Govea, Francisco Ramos (cap.) e Graça; Gleison, Leonardo Ruiz e Ismael.
Substituições: Omar Govea por Tomás Podstawski (58m), Graça por Sérgio Ribeiro (66m) e Ismael por Pité (73m).
Não utilizados: João Costa, Rui Moreira, Cláudio e Verdasca.
Treinador: Luís Castro.

VARZIM: Pedro Soares; João Paulo, Sandro (cap.), Abel e Raúl; Pedro Sá, Nélson Agra e Rodrigo Dantas; Stanley, Diego Mourão e Hernâni.
Substituições: Rodrigo Dantas por Adilson (46m), João Paulo por Rui Coentrão (69m) e Stanley por Sérgio Organista (72m).
Não utilizados: Ricardo, Vítor Hugo, Elísio e Bruno Moraes.
Treinador: Quim Berto.

Ao intervalo: 1-0.
Marcadores: Ismael (24m), Rafa (49m e 57m) e Pité (83m).
Disciplina: cartão amarelo a Omar Govea (27m), João Paulo (67m), Raúl (75m), Diogo Mourão (79m), Pedro Sá (80m) e Maurício (90+3m).

O FC Porto B venceu, nesta quarta-feira, o Varzim por 4-0 em partida da nona jornada da Segunda Liga, disputada no Estádio de Pedroso. Os Dragões adiantaram-se no marcador aos 24 minutos, por intermédio de Ismael, mas o grande protagonista do encontro acabou por ser Rafa, que marcou dois golos (aos 49m e 57m). A partida não terminou sem que Francisco Ramos oferecesse a Pité o quarto golo dos Dragões, naquele que foi o momento mais alto do jogo.

O jogo iniciou-se a um ritmo morno, com os portistas a assumirem o comando das operações perante adversário expectante. Depois de 20 minutos em que as jogadas dos Dragões iam esbarrando na defensiva varzinista, foi numa das acelerações de jogo que os portistas chegaram à vantagem. Ismael gizou uma jogada individual na esquerda que terminou num remate que o guarda-redes do Varzim não conseguiu suster, fazendo o seu segundo golo em apenas cinco dias, depois de ter resolvido a partida com o Schalke 04. O resultado ao intervalo era de 1-0, mas persistia a sensação de que, se os “bês” acelerassem, resolveriam rapidamente o jogo.

E o facto é que, logo no início da segunda parte, os portistas marcaram dois golos em menos de dez minutos, ambos por Rafa e na sequência de jogadas rápidas de entendimento: o primeiro foi aos 49 minutos, com um forte remate que, mais uma vez, Pedro Soares não conseguiu defender, e o segundo surgiu de um remate que contou, desta vez, com um desvio num defesa adversário. O 3-0 era justificado pelo domínio de jogo e pela intensidade que os azuis e brancos imprimiam no desafio, numa partida que ficou selada com chave de ouro aos 83 minutos: Francisco Ramos fez um passe fantástico a desmarcar Pité, que não teve dificuldades em bater o guarda-redes adversário e fazer o 4-0 final.

Com este resultado, os comandados de Luís Castro somam 21 pontos em nove jogos e 21 golos marcados, que os tornam no melhor ataque da competição. O próximo jogo do FC Porto B é com o Olhanense, no Estádio José Arcanjo, em Olhão, e está agendado para sábado, às 16h00.

fonte: fcporto.pt



RESUMO DO JOGO

...

0 comentários:

Publicar um comentário