29 setembro, 2015

LOPETEGUI: “NÃO OLHAMOS PARA TRÁS”

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Julen Lopetegui gostaria de oferecer uma “prenda aos adeptos”, um dia depois das comemorações do 122.º aniversário do FC Porto: uma vitória frente ao Chelsea, em jogo da 2.ª jornada do grupo G da Liga dos Campeões (terça-feira, 19h45, no Estádio do Dragão). No entanto, os Dragões terão de estar “no limite” dos seus níveis “técnicos, físicos e emocionais” para bater a formação treinada por José Mourinho. E os últimos encontros – nomeadamente o empate no terreno do Moreirense, na sexta-feira – são “pré-história”, porque o foco está “no presente”.

“O potencial do Chelsea é enorme, têm jogadores e um treinador de máximo nível, com muita experiência. Mas temos muita esperança e ambição, isso ninguém nos vai tirar. Se queremos vencer teremos de fazer um grande jogo e uma boa exibição, porque o rival nos vai obrigar a chegar ao limite”, afirmou o técnico, que falou no Auditório do Museu FC Porto by BMG, onde decorreu esta segunda-feira a conferência de imprensa de antevisão do encontro, que assim se integrou nas celebrações do segundo aniversário do espaço e do 122.º do clube. O presidente Jorge Nuno Pinto da Costa e o CEO Antero Henrique também estiveram na plateia.

Aliás, o técnico referiu algumas palavras sobre a data: “122 anos mostram a grandeza, história e a profundidade deste clube. Não é fácil conseguir essa marca e é magnífico celebrar com um jogo tão importante e bonito como o de amanhã”. Claro que a maior parte do discurso se centrou no jogo em si e o basco gastou algum tempo a desvalorizar o mau início dos londrinos na Liga inglesa; tal não irá tornar a tarefa do FC Porto mais fácil, “bem pelo contrário”. “Nesta competição começaram de uma maneira excelente, vencendo por 4-0, e isso diz-nos como se vão agarrar a esta competição, a mais importante de clubes do mundo”, lembrou.

O foco está naturalmente no desafio de terça-feira – “não olhamos para trás, mas sim para a frente, num jogo em que teremos de ter a máxima intensidade, exigência e vontade” –, sendo que Lopetegui frisou o “respeito” por José Mourinho, um treinador que “foi muito neste clube, neste país e internacionalmente”. E o facto de o árbitro espanhol Antonio Mateu Lahoz ser muito apreciado pelo português não preocupa Lopetegui: “É um grande árbitro e profissional e pode ter os amigos que quiser, uma coisa não tem nada a ver com a outra. É um tema que não nos interessa”.

Um jornalista inglês ainda evocou o facto de Mourinho e Casillas se voltarem a encontrar em diferentes lados da barricada, mas o técnico do FC Porto explicou que os jogadores azuis e brancos não sentem mais motivação para além daquela que decorre da participação na Champions: “Isso é mais para os jornalistas e para fora. Para dentro não há mais nada para além da competição. Casillas tem muita vontade de competir ao máximo nível, está encantado por estar aqui e nós com ele”.

MAICON: “TEMOS DE ESTAR CONCENTRADOS E UNIDOS”

Ao lado de Julen Lopetegui no Auditório José Maria Pedroto, Maicon fez o lançamento do FC Porto-Chelsea desta terça-feira (19h45), no Estádio do Dragão, e reconheceu que os Dragões terão “um jogo difícil” frente aos londrinos, que têm “uma equipa de grande qualidade”. O central e capitão portista deu o mote para o triunfo na segunda jornada da Liga dos Campeões, prometendo uma equipa preparada “para dar uma boa resposta”.

“Sabemos que amanhã vai ser um jogo difícil, pois vamos defrontar uma equipa de grande qualidade. Temos de estar concentrados e unidos para conseguirmos vencer. Sabemos o que temos de fazer e é importante estarmos concentrados para neutralizar o ataque do Chelsea, por isso temos de defender bem. O Chelsea tem jogadores de excelente qualidade e acredito que vai colocar-nos muitos problemas, mas estamos preparados para dar uma boa resposta”, declarou Maicon na conferência de imprensa que se seguiu ao treino desta segunda-feira, realizado no Estádio do Dragão.

Sem apontar favoritos para o duelo de amanhã, Maicon garantiu que os Dragões vão lutar pela vitória, mesmo que do outro lado esteja uma equipa com argumentos que impõem respeito. “Não creio que exista um favoritismo declarado, até porque estamos a falar da Liga dos Campeões e vão defrontar-se duas equipas muito fortes. Vamos procurar fazer o nosso trabalho e dar o nosso melhor para podermos vencer e conquistar os três pontos, que é o mais importante. Esperamos fazer um belíssimo resultado frente a uma equipa forte física e mentalmente”, prosseguiu o futebolista dos Dragões, que seguem na segunda posição do Grupo G, com um ponto. O Chelsea soma três e é líder do agrupamento.

Autor do primeiro golo do FC Porto em Moreira de Cónegos, na marcação de um livre directo, Maicon expressou o desejo de voltar a fazer o gosto ao pé diante do Chelsea, mas sublinhou que o mais importante é a equipa vencer. “No último jogo fui feliz num lance de bola parada e espero poder marcar contra o Chelsea, mas o importante é que toda a equipa está motivada para lutar pela vitória. Vivemos cada jogo no seu momento e esperamos amanhã fazer uma bela exibição”, afirmou o central, que reservou ainda elogios para o lote de guarda-redes que faz parte do plantel: “O Casillas, o Helton e o Raúl Gudiño são grandes pessoas e companheiros. O FC Porto está muito bem servido e tem três grandíssimos guarda-redes”, concluiu.

fonte: fcporto.pt


LISTA OFICIAL DE CONVOCADOS
Guarda-redes: Helton e Casillas;
Defesas: Maxi Pereira, Martins Indi, Maicon, Marcano e Miguel Layún;
Médios: Rúben Neves, Brahimi, Tello, Sérgio Oliveira, Evandro, Jesús Corona, André André, Danilo e Imbula;
Avançados: Aboubakar, Dani Osvaldo e Bueno.

0 comentários:

Publicar um comentário