08 outubro, 2007

Coimbra, tem mais encanto…

competição: bwin LIGA 2007/08, 7ª jornada
data: 07.10.2007
local: Estádio Cidade de Coimbra, em Coimbra
assistência: 8.262 espectadores
fc porto: Helton; Bosingwa (Marek Cech, 33m), Bruno Alves, Stepanov, Jorge Fucile; Paulo Assunção, Raul Meireles, Lucho Gonzalez; Sektioui (Leandro Lima, 53m), Quaresma (Adriano, 77m) e Lisandro Lopez.
golos: Lucho Gonzalez (28 min)

… vestida, de azul-e-branco! Já reza assim a letra da música, e não é que no final dos 90 minutos de jogo, era mesma verdade? Foi mais um passo rumo ao «tri», ainda que difícil, muito difícil, não pelo que a Académica mostrou, mas pelo que o FC Porto (mais uma vez) não mostrou.

Contudo, o que conta para a «matemática», são mesmo as vitórias e os pontos, e nesta altura, decorridas que estão já 7 jornada, que melhor poderíamos pedir que o pleno; 7 vitórias em 7 jogos? Acho que nada mesmo… senão, e que tal uma exibição assim mais para o espectáculo?

O Prof. Jesualdo Ferreira, que me recorde, voltou a apostar pela primeira vez esta época no mesmo onze; o mesmo onze da passada 4ª feira em Istambul para a 2ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Quanto a mim, uma aposta acertada.

Com uma entrada em jogo, ainda que nada deslumbrante, o FC Porto conseguiu ser sempre superior ao adversário, mantendo o controle do jogo e dando-lhe o ritmo que mais convinha aos seus jogadores. Logo no início, Lucho Gonzalez teve nos pés a oportunidade para inaugurar o marcador, mas não conseguiu desfeitear Pedro Roma. A Académica bem que tentava sair a jogar, mas não conseguia mais que arranhar ao de leve, muito ao de leve.

Na entrada dos 20 min de jogo, após um passe de morte de Raul Meireles, Tarik só teria que encostar o pé na bola com a baliza completamente ao abandono e a 1 metro da linha de golo… mas conseguiu fazer o impossível ao não fazer melhor que desviar a bola exactamente para o mesmo ponto de partida onde Raul Meireles tinha acabado de servir em bandeja d’oiro. Foi o momento hilariante da noite, agora que tudo passou… mas na altura, de hilariante, não tinha nada, nada mesmo.

Com o FC Porto nesta altura do jogo a conseguir imprimir rápidas transições de bola, aos 28 min de jogo, Quaresma é abalroado dentro da área, com o árbitro a marcar grande penalidade, mesmo depois de um sururu dos academistas que sabe-se lá o que estariam a reclamar. Lucho, não perdoou e enganou Pedro Roma que nem se mexeu, fazendo o 0-1.

Com este golo, os academistas tentaram reagir, mas continuavam sem conseguir assustar o FC Porto ou sequer fazer tremer a nossa defensiva, que por esta altura já se tinha visto privada de Bosingwa por lesão muscular. Chegou o intervalo e com o resultado favorável por 0-1 ao FC Porto.

Logo no reatamento, Lucho Gonzalez, tal como no início da 1ª parte, volta a ter uma oportunidade soberana para tranquilizar as hostes portistas, mas mais uma vez, não conseguiu enganar Pedro Roma. Este lance teve o condão de ‘acordar’ os academistas, e porque não dizê-lo, ‘adormecer’ os azuis-e-brancos, que a partir daqui, passaram a sentir mais dificuldades para aguentar uma outra atitude dos da casa.

No meio de todo este marasmo que entretanto se apossou do FC Porto, onde o meio-campo desapareceu e o ataque por lá andou a fazer sabe-se lá vem o quê, à excepção do incasável Lisandro que até cansa vê-lo a correr atrás da bola, nunca dando nenhuma por perdida, mais não fazíamos do que tentar manter a posse de bola, com trocas sucessivas da mesma, mais para entreter e lateralizar, do que propriamente para atacar.

A cerca de 10 minutos do final do jogo, com a saída de Quaresma (que não me pareceu nada, mas mesmo nada satisfeito com a saída!... até apetecer pedir uma chupeta pró menino mimado que julga ser o dono da bola!), é um facto que a partir dali, deixou de haver um ponto de referência de alguém que conseguisse transportar a bola para o ataque, o que ainda mais agravou a prestação dos nossos em campo, que fizeram uns 10 minutos finais miseráveis e com o ‘credo na boca’ até ao apito final do árbitro.

Terminado o jogo, resta dizer que mais uma vez, uma exibição nada aconselhável, onde o pragmatismo e a eficácia começam a tomar o lugar do espectáculo, o que me leva a questionar: “e porque não tentar conciliar um nadinha só de espectáculo, mesmo que mantendo todo o pragmatismo actual?”… era bom, era!

Há quem goste (eu não), há quem não goste (eu não gosto!), mas contra factos, não há argumentos: 7 jogos, 7 vitórias, 21 pontos… o resto é ‘conversa de vinho tinto’.

azul + : Lisandro Lopez (VIPortista), Bruno Alves & Stepanov, Lucho, Paulo Assunção e Quaresma.

azul - : Marek Cech e Leandro Lima .

arbitragem: Elmano Santos (Madeira), fora a dificuldade que teve em se decidir pela marcação da grande penalidade (porque será?), conseguiu passar despercebido. No único amarelo do jogo mostrado a Stepanov, esteve bem, portanto, nota positiva!

10 comentários:

  1. Caros amigos aficionados do futebol, não percam, a partir desta segunda-feira e até quarta, a entrevista exclusiva com o futebolista do Tottenham RICARDO ROCHA no blog Rola a BOLA (WWW.ROLA-BOLA.BLOGSPOT.COM)
    Um blog de desporto onde todas as cores são bem-vindas.
    Saudações desportivas

    ResponderEliminar
  2. Sofrível mas com nota positiva neste 7º exame. Também achei mimo a mais no momento da saída do Quaresma. E pronto, ganhamos e agora só jogamos dia 24 em França.
    Que 2 fortíssimos centrais temos nós!! Stepa e Bruno, imperiais!!!

    ResponderEliminar
  3. A jogada do penalti é inacreditável.
    O Sr. Elmano não viu porque não quis ver. Foi claro, na repetição da sporttv, o seu perfeito enquadramento e campo de visão livre na jogada.

    Demonstrou mais uma vez não ser um bom profissional, razão pela qual poucos jogos da primeira liga tem arbitrado.

    ResponderEliminar
  4. Mais 3 pontos e é o que mais interessa.
    Preocupa-me sim é esta longa paragem.

    ResponderEliminar
  5. Eia! Marcaram um penalty a favor do FCP! Só isso devia ser motivo de uma festarola. Tá bem k, apesar de evidente, teve k ser o fiscal-de-linha a marcar, k o sr. Elmano tem uma certa aversão ao azul e branco, mas o k conta mesmo, apesar da exibição pouco espectacular, são os 3 pontos amealhados. Venha o próximo!

    ps: Não nos podemos esquecer k, se o Porto fosse uma kk equipa italiana, era só elogios à capacidade defensiva, à coesão e ao cinismo na finalização. Já ouvimos e lemos estórias destas, vezes sem conta, sempre k levavamos no pelo de um Milão ou outra kk. Pragmatismo, é o k é, e tem dado resultado...

    ResponderEliminar
  6. a mim só me preocupa esta loga paragem devido ao facto da malta(do blog) estar muito tempo sem treinar o levantamento do copo....hehhhehe

    quanto ao jogo serviço minimo garantido e isso é o que interessa, mas amigo blue permiteme discordar contigo pq o leandro lima esteve bem só não esteve mais pq vi a sofrer falatas que era mesmo para arrumar com ele, quanto ao elmano é sempre a mesma merda existe uma repetição que o mostra a ver penalti e não marca?????
    palhaçada.........

    7*3= 21 pontos isso é que fica para a história

    abraço

    ResponderEliminar
  7. Apesar de não se estar a praticar um belo futebol o certo é que vamos na frente, os concorrentes bem gostavam de estar na nossa posição e lá vão 7 em 7.
    Todos queremos um jogo bonito espectacular, mas nem sempre pode ser assim.
    O que eu não estou de acordo é que ao apanharmos-nos a ganhar,muitas vezes não se procure matar o jogo e tantas vezes o cântaro vai à fonte que um dia destes um ressalto "faz golo" nos ultimos minutos e lá vão uns pontos.
    Quanto ao Quaresma, apesar da sua grande importância, acho que precisa do tal banho de humildade urgentemente.

    ResponderEliminar
  8. Acho que o Jorge Aragão descreveu na perfeição aquilo que ando a dizer de há umas jornadas para cá... a dificuldade em 'matar os jogos' e um dia destes, com tanta cautela e pragmatismo, numa jogada às 3 tabelas, arriscamo-nos a sofrer algum dissabor no final de um qualquer jogo.
    É isso que me arrelia, o facto de ter que estar sempre em 'alvoroço' até ao apito final do árbitro.
    No resto, estou totalmente de acordo com todos... 7 x 3 é a conta que Deus fez, mai'nada!
    Quanto não dariam os 'invejosos' para estar no nosso lugar? quanto não dariam? pois...
    aKeLe aBrAçO,
    http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Mais 3 pontinhos e já vamos em 21 eheh.
    Exibiçao muito pálida após termos marcado golo.
    um abraço.

    ResponderEliminar
  10. ola presidente e amigos blues;

    épa, dasseeeeeeeee!!!!
    sofremos mais uma vez mas la ganhamos + 3 points!!!!
    o amigo blue boy, e o menos no TARIK???? dasseeeeeeeeeee quase que me dava um enfarte quando vi aquilo...era de o matar na horaaaaaaaaaaaa.

    aquele abraço amigos blues

    ResponderEliminar