30 outubro, 2007

Matemática dos 3’s


competição: bwin LIGA 2007/08, 8ª jornada
data: 29.10.2007
local: Estádio do Dragão, no Porto
assistência: 36.509 espectadores
fc porto: Helton; Bosingwa (Cech, 14m), Bruno Alves, Stepanov, Fucile; Bolatti, Raul Meireles, Lucho Gonzalez (Mariano Gonzalez, 70m); Sektioui (HPostiga, 60m), Quaresma e Lisandro.
golos: Lisandro Lopez (5m, 78m), Sektioui (8m).

100% vitorioso, que é como quem diz, 8 jogos, 8 vitórias, 24 pontos! Desta vez, a ‘rifa’ calhou ao Leixões que para além da massa adepta que trouxe atrás de si e com todo o ‘ruído’ provocado ao longo dos 90 minutos, pouco mais se fez por notar, senão participar (mais uma vez) na festa do bi-campeão.

Para este jogo, o Prof. Jesualdo Ferreira mexeu no onze base dos últimos jogos, tendo optado pela medida mais conservadora, procurando fazer uma substituição por substituição, já que Bolatti ocupou o lugar de Paulo Assunção que esta jornada descansou. A outra entrada deveu-se ao ocupar do lugar natural de Tarik em detrimento do cada vez mais nervoso e complicativo (hoje, mais uma vez!) Mariano González.

Ainda haviam espectadores lá fora a procurar o melhor estacionamento para chegar ao estádio rapidamente, e já o FC Porto marcava por intermédio de Lisandro Lopez aos 5 minutos que aproveitando uma desatenção de um defesa adversário, e quiçá na confusão da disputa da bola, com a utilização do braço de uma forma irregular (?), viu-se descaído para a esquerda já dentro da grande área onde fez o que se impunha, fuzilar as redes adversárias e inaugurar o marcador, colocando-o em 1-0 para o FC Porto. Melhor entrada era difícil.

Estavam os leixonenses ainda a tentar recompor-se no primeiro soco, quando passados apenas 3 minutos do 1º golo, Lucho endossa a bola para Tarik que descaído na direita do ataque, entre na defensiva adversária, ultrapassa um defesa, simula sobre o guarda-rede Beto e marca o 2-0, tudo isto apenas em apenas 8 minutos de jogo. Se melhor entrada já era difícil, aqui já era caso para dizer, “melhor era impossível”.

O senão desta entrada com toda a pólvora foi que a partir daqui, pelos motivos mais que óbvios, e quando se poderia pensar que seria um jogo propicio para uma goleada, o FC Porto optou por acalmar nitidamente o ritmo de jogo, aqui e acolá alterado com os habituais fogachos de Quaresma que senão nas assistências para golo, continua a insistir demasiado no lance um-contra-um, caindo demasiadas vezes neste erro que de facto, não lhe está a sair nada bem nos últimos jogos.

Até ao final dos primeiros 45 minutos, à excepção dos tais 8 minutos de entrada a todo o gás, fomos assistindo a um jogo lento, demasiado previsível e porque não até, aborrecido qb.

Para os segundos 45 minutos, mais do mesmo, ainda que os leixonenses entrassem mais aguerridos e acutilantes, mesmo que continuassem a ser um marasmo de ideias que nada mais obrigava o FC Porto do que continuar a jogar em ritmo de treino e sem grandes ondas. O jogo era jogado permanentemente a meio-campo a uma velocidade que dadas as ‘guerras em que está envolvido’, mais se ajustava ao pretendido pelos da casa.

Apesar de alguns e prolongados bocejos que já se iam assistindo nas bancadas, sempre que o FC Porto conseguia imprimir alguma velocidade na transição de bola, normalmente ou quase sempre por intermédio do já habitual Quaresma, íamos conseguindo criar mais alguns calafrios na defensiva leixonense.

O jogo começava lentamente a aproximar-se do apito final, parecendo haver um conformismo de parte a parte, porquanto nem os da casa atacavam com toda a artilharia, como os de fora se mantinham fechados e fechadinhos para não sofrerem mais algum golo.

Aos 78 minutos, eis então que volta a aparecer em jogo Quaresma com mais um daqueles cruzamentos com conta, peso e medida, permitindo que Lisandro de cabeça ao 2º andar bisasse na partida (3-0), fazendo o seu 8º golo em 8 jogos.

Para os restantes 12 minutos que restavam, se até ali já poucos motivos de interesse haviam ocorrido, a partir dali eles terminaram de vez. Foi só aguardar pelo apito final.

Se é verdade que esta carreira até agora 100% vitoriosa traduz um grande trajecto rumo ao tri, é verdade que também e fruto da distância para os mais directos adversários (8 e 9 pontos), confere tranquilidade para um qualquer percalço que possa ocorrer a qualquer momento, porque bom, bom mesmo, era manter esta tendência, mas sabemos que esse objecto é praticamente impossível, por isso, resta-nos prolongá-lo até aos limites.

azul + : Lisandro Lopez (VIPortista), Quaresma, Raul Meireles e os 15 min iniciais.

azul - : Mariano González e os segundos 45 minutos.

arbitragem: Rui Costa (Porto), terá tido como único erro o não assinalar da mão de Lisandro que acabou por dar origem ao 1-0 para o FC Porto.













ps - parece-nos que o dia 01 de Novembro está marcado com bolinha vermelha em todos os calendários dos 'invejosos e rídiculos' deste país... nós por aqui no blog "Bibó Porto, carago!", e porque também somos adeptos ferrenhos das festanças em tantas e tantas vitórias e conquistas do nosso FC Porto, temos de igual modo essa data do 01 de Novembro bem marcada nos nossos calendários, mas com uma bolinha de côr 'Azul Dragão' bem forte... querem saber o porquê? é só esperar pelo dia 01 de Novembro e ficarão a saber tudo. Já falta pouco!

16 comentários:

  1. Até ver, Porto Vintage. 10 minutos de sonho. E k bem sabe chegar de um dia de trabalho estafante, sentar-me no sofá, abrir a tv e ver o Porto. Quero lá saber da janta:)
    Isto é alimento espiritual!

    ResponderEliminar
  2. E vão 8...

    Paulo Pereira :
    Agora , até o jantar te vai saber melhor.
    Bom proveito!

    ResponderEliminar
  3. Blue Boy:
    Aos 45m (+1) Quaresma é derrubado na área junto ao fiscal de linha e em frente à bancada onde estavas:)
    Penalty por assinalar. Estavas a bocejar nessa altura:)

    Qt ao jogo, tb acho q depois do 2-0 ficou demasiado morno. Mas aqueles primeiros minutos foram alucinantes. Grande golo de Tarik.
    E lá segue o Dragão imparável.

    ResponderEliminar
  4. Jogo quanto baste, ainda por cima com 2-0 aos 10 minutos.
    Gostariamos de uma exibiçõa mais consistente e ofensiva mas enfim, dosearam o esforço.E lá vão 8.
    Lisandro sempre fantástico, Fucile, Lucho e Raul Meireles, Tarik bem, Bolati menos bem no passe.
    Não goztei dos assobios ao Mariano ainda não tinha entrado em campo.
    Também gostei da segunda parte do nosso Paulo Machado.
    Ah, e adorei a assembleia dos lampiões.

    ResponderEliminar
  5. Gostei bastante do jogo :)
    O 3 a 0 é o meu resultado preferido de sempre, só tive pena de o Postiga não marcar.
    O Bosingwa ? Aconteceu-lhe alguma coisa ?

    Heliantia

    ResponderEliminar
  6. Menos de um quarto de hora à FCP e chapa 3, mais nada. Pena a mão no 1º golo.

    Heliantia o 'Bosingwa saiu por precaução: «Se estivesse 0-0, ficaria em campo»' - afirmação do Prof.

    Concordo tb. com o Jorge.
    Os assobios não estão com nada.

    Nota + para a assistência.
    36.509 numa segunda-feira um pouco fria e a uma hora incómoda é um número, pelo menos, agradável.

    ResponderEliminar
  7. Precaução, de quê ?
    O que se passa com ele ?

    ResponderEliminar
  8. Por este andar, mesmo com um desinspirado Quaresma, talvez nem seja preciso chegar ao Natal para dizer que o ‘tri’ vai morar no Dragão.

    altobola.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. grande porto... mais uma vitória...
    Visitem-nos:
    http://oportofclube.blogspot.com/
    Saudações

    ResponderEliminar
  10. Boas pessoal, por causa do horário dos treinos não pude ir ver o jogo, nem pude vê-lo em casa. Já vi vários resumos do jogo, mas gostava de saber que tal é que jogou o Bolatti, porque desde que veio que estou à espera de ver o que vale.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  11. http://infantisafcfamalicao.blogspot.com/

    muitos futuro pela frente...quem sabe acabar no f.c.p.

    ResponderEliminar
  12. Viva !

    Quem ganha joga bem !
    Quem ganha é realista !

    Pena que não seja já a segunda volta. Já imaginaram o gozo que seria ver o Porto ir jogar à Luz apagada com a equipa de juniores ?

    Agora falando sério : Não vi o jogo nem o resumo. Por isso, penso que a ideia dos slides é ótima e óptima !

    Não me admira que Tarik tenha marcado um grande golo. Formado pelas excelentes escolas de formação que existem na Borgonha ( donde veio o Conde D. Henrique), Tarik, se for utilizado com pedagogia,poderá ser uma enorme mais valia para o Porto.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  13. Heliantia, tirei isto do maisfutebol:
    'Bosingwa recuperou recentemente de uma microruptura na coxa direita e, ao primeiro sinal de alarme, temeu uma reincidência, optando por abandonar o relvado de forma prematura. O lateral vai ser reavaliado na terça-feira, mas os indícios apontam para uma mialgia de esforço.'

    ResponderEliminar
  14. Obrigada :)
    Ele é dos meus jogadores preferidos. Nem dei pela substituição, só quando não o vi em campo é que achei estranho...

    ResponderEliminar
  15. Lucho, é, parece que estava mesmo na sornice... e acreditas que ainda não estou a ver qual o tal lance? provavelmente, naquela hora estava a olhar para 'quem' não devia ;-) mas se o dizes, eu acredito, ora essa.

    Jorge Aragão, a culpa não é do Mariano, mas sim de quem continua a insistir nele teimosamente e não se lembra que em vez de o proteger, cada vez o 'queima' mais, mas isso sou eu a dizer e não me pagam para treinar ninguém. Mas tb, o rapaz entra e falha logo 2 passes de metro com a bola sabe-se lá para onde e depois é claro, a nossa memória não é curta... não acho que ele seja nada de especial, como tb concordo que ele seja o que tem mostrado que é de uma tristeza a todos os níveis.

    Heliantia, tá esclarecido... e o Postigol andou ontem muito longe da baliza adversária... muito longe.

    Estilha, é, numa noite bem fresquinha como há muito já não me recordava, uma excelente casa... os Portistas, estão com 'os seus'!

    Paulo Jorge Sousa, bem vindo a este espaço com o teu 1º comment... é, mesmo com Quaresma a jogar apenas e só para as 'assistências para golo', tem chegado e bastado.

    Teixeira, o Bolatti, não deslumbrando, cumpriu e bem a sua missão em campo, mas tb o opositor não dava para mais... sinto que ali há muita qualidade, mas algo ainda não funciona, parece-me... Paulo Assunção continua a ser dono e senhor do lugar.

    PortoMaravilha, pois, o Tarik continua a surpreender-me muita e boa gente... eu inclusivé que apesar de nunca ter sido um seu atacante acérrimo, tb nunca fui muito à missa... mas desde a pré-temporada que enfiei a viola no saco e baixei a bolinha. Tem sido uma importante mais valia no posicionamente táctica da equipa em campo... pena que não dure muito mais que 45 minutos.

    aKeLe aBrAçO,
    http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. uiiiiiiiiiiiiiiiii presidente e amigos blues;

    fraco jogo, vitoria grande, e o que conta sao mais 3 points pra nossa conta, e mai nada!!! idem apelar pra fifa...querem show !!! e so na luz como ontem a noite, show do melhor que há!!!!

    PS: ainda estou amuado com o blog!!!!!

    aquele abraço amigos blues!!!

    ResponderEliminar