18 outubro, 2007

Fox Mulder, eu?

Goleámos o Cazaquistão. É a mais pura das verdades. Um adversário incómodo, que Scolari definiu como "mais difícil" que o Azerbeijão, deixando-nos a todos apreensivos com o potencial cazaque. E viu-se, no bem tratado relvado da capital desse colosso mundial, que as sábias palavras do brasileiro que comanda os destinos da Selecção das quinas tinham toda a legitimidade. O jogo serviu também para provar quão equivocados andam aqueles que debitam elogios atrás de elogios a Quaresma. Não vi o jogo, esclareço desde já. Pertenço aquela classe trabalhadora que a essa hora tinha que cumprir com os seus deveres profissionais. Mas, fazendo fé nas palavras trazidas pelas ondas hertzianas [hoje deu-me para floreados gramaticais] da TSF, o Mustang não joga nada. Nadinha. Se a isso juntarmos os relatos online dos jornais desportivos, chegamos a uma conclusão: Quaresma foi o pior jogador de sempre a pisar o já referido relvado da cidade cazaque.

Claro que, nestas análises impolutas, não interessa a cor clubista do génio portista. Nada disso. Nem esses lúcidos jornalistas são movidos por sentimentos mesquinhos em relação ao ciganito. Nãooooooooooooooo.

Tal como na vida, o futebol também encerra algumas lições de moral. E foi mesmo o pior jogador sempre a pisar o relvado da cidade cazaque que fez o cruzamento para o golo inaugural. Coisa pouca, dirão os seus detractores. Talvez sim, permito-me duvidar. Fosse o cruzamento desse portento de técnica e classe, idolatrado neste cantinho à beira-mar plantado, carinhosamente apelidado de "maestro" pelos mesmo lúcidos jornalistas, e teríamos milhares de prazeirosos encómios nas páginas dos jornais, tornando mítico o cruzamento que colocou Portugal mais perto do desejado apuramento. A tónica do discurso versaria sobre a argúcia felina de Rui Costa, a capacidade técnica acima da média, a classe feita movimento, etc e tal...

Tenho um colega de trabalho [bom moço, mas com a infelicidade de ter nascido benfiquista] que acha que isto é a minha mania de perseguição a falar. Já lhe disse que não. Ele insistiu. Eu defendi-me como pude. Ele finalizou a conversa a chamar-me Fox Mulder. Eu ripostei com um "foda-se, isso não". É uma personagem e tanto, o Fox Mulder, tirando o facto de ter demorado uma eternidade [para aí umas 6 temporadas] a ter sexo com a Dana Scully [espero que já tenham percebido que isto são referências aos Ficheiros Secretos] e passar a vida com fantasiosas teorias da conspiração.

E eu não tenho a mania da perseguição. Quaresma fez dois golos contra o Braga. Decisivo, num resultado de 2-1, frente a um adversário incómodo. A Bola, esse jornal feito por benfiquistas e para benfiquistas, atribuiu a generosa pontuação de 8. Na mesma jornada, Rui Costa, no jogo contra o Leixões, que se saldou por um banalíssimo empate, levou a mesma nota. Um generoso 8. Se tivermos em conta que o benfiquista que mais tempo passou sentado no banco do Milão nada fez de relevante nessa partida, temos bem a percepção de quão "justas" são as apreciações jornaleiras, quando se compara um atleta azul e branco com outro qualquer. Fox Mulder, eu?

Quaresma jogou mal. Deve ter sido o único, na goleada portuguesa sobre o Cazaquistão. Mas fez o centro para o golo inaugural, marcado pelo indígena Makukula. E não infiram nenhum termo xenófobo no adjectivo indígena. Ele pretende dizer "nado e criado". Sim, porque os pais de Makulula estiveram indecisos entre os seguintes nomes: Joaquim, José, Luís ou João. Mas a mãe, enlevada pelo seu novo rebento, num assomo de inspiração, gritou: "vamos chamar-lhe Ariza Makukula". E Ariza Makukula ficou. O mesmo Ariza que preferia, segundo palavras do próprio, jogar pelo seu Congo natal, impedido apenas pela FIFA na sua pretensão.

Por onde andam aqueles nacionalistas puritanos, que gritavam exacerbados contra a presença de Deco na equipa de todos nós? Ou os mesmos que gritavam blasfémias contra a convocação de Pepe? Será um racismo apenas virado para as terras de Santa Cruz? É que estive a reler a imprensa nos últimos meses [sim, eu tenho uns arquivos dignos de qualquer biblioteca nacional] e não vi nenhum prurido contra Obikwelo, Nelson Évora, Nelson [o lateral-direito rosinha] ou os argentinos que defenderam as quinas lusas no mundial de rugby. E eu, nesta minha mania da perseguição, pus-me a pensar: será que é pelo facto de Deco e Pepe terem envergado o manto sagrado do Porto? Nãoooooooooooooooooooooooooo. Fox Mulder, eu?

18 comentários:

  1. Meu caro colega de "Ficheiros secretos" tenho que te dar os parabéns pelo oportuno tema que aqui nos trouxeste e sempre com a qualidade habitual, ou seja, do melhor que se lê nos meandros bloguísticos. Com a devida vénia, é para mim uma honra ser do mesmo clube que o Paulo Pereira. Um abraço e olha q não é a mania da perseguiçõa, não. É puro ódio e inveja.

    ResponderEliminar
  2. Paulo, gostei especialmente das referências "foda-se, isso não" e da "Dana Scully " ;-)

    Agora, falando maís sério, se calhar, alguns de vós não se acreditarão, mas quem me conhece sabe bem que desde determinado momento da história, a 'selecção dos amigos da besta' passa-me completamente ao lado... bem, ao lado nem tanto, porque quando até sei que jogam nesse dia, sou sempre dos 'outros', desde pequenino... e verdade seja dita, até tenho tido algumas boas surpresas de algum tempo para cá.

    Como eu ia dizendo, não fazia a minima das horas do jogo de ontem da tal 'selecção dos amigos da besta'... e quando fazia um coffe-break tipo 17h30 no office, ouvi uns comentários de quem também por lá fazia uma pausa para um kit-kat da tal vitória por 1-2... só por isto, já devem ter percebido a importância que essa 'selecção dos amigos da besta' tem para mim desde então... ZERO!!!

    Por mim, jogadores do FC Porto na selecção eram ZERO!!! quer gostassem, quer não gostassem!, porque se há coisa que não sou é hipócrita e a essa 'besta', que só de o ouvir falar até me dá vómitos, quero é que ele se f***!!!

    Quaresma foi o pior jogador? se for para a 'besta' não mais o convocar, que assim seja... quem ganha, somos nós, já que quem lhe paga ao final do mês é o FC Porto e é para nos ajudar a ganhar jogos e a conquistar o mundo do futebol... não para andar a 'salvar o coiro' à 'besta'.

    E ademais, sei bem que tb não faço falta nenhuma no apoio à 'selecção dos amigos da besta'... porque para isso, eles já têm apoio que chegue e sobre... os '6 milhões de ridiculos e invejosos' e mais '1 milhão e meio de lagartos ressabiados', portanto... eu não faço falta nenhuma... a até agradeço!!!

    aKeLe aBrAçO,
    http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

    ps - pode ser que a 'festa' de arromba esteja preparada para o último jogo no Dragão... oxalá que sim!!! Tou a torcer por isso!!!

    ResponderEliminar
  3. A selecção passa-me ao lado. Lamento até que os jogadores do Porto sejam chamados.Poupavam o físico e não se lesionavam.
    Quanto ao jogo, não se jogou nada, não sabia que o Quaresma tinha sido tão maltratado mas que fez o puto maravilha do ronaldo? Disparates atras de disparates tal como o nosso jogador.
    depois, o génio aparece... um centro para golo, um golaço...
    Mas para a comunicação social existe sempre a dualidade de critérios. Uns são compêndios outros ( os de cá ) uma desgraça.
    É por isso e pelo pugilista que me estou a marimbar para a equipa de "alguns de nós".

    ResponderEliminar
  4. Paulo,

    Muitos parabéns pelo magnífico e fantástico post...
    Não há muitas palavras para descrever a inteligência que colocas em cada um dos teus textos, bem elaborados, bem estruturados e com argumentos fundamentados em verdades tão duras quanto reais!!
    Quanto à questão das naturalizações, há muito tempo que percebi o esquema dos jornaleiros e demais intervenientes no processo desportivo deste país:só poderão ser naturalizados jogadores estrangeiros de clubes que enverguem as cores da selecção nacional...meu Caro Amigo (acho que já te posso chamar assim...) Paulo, as cores da selecção nacional são verde e vermelho por isso tudo o que sejam atletas russos, cazaques, eslovenos, nigerianos, cabo-verdianos ou chineses pertencentes a Benfica e Sporting podem ir, sem dúvida nenhuma, para a selecção nacional... já se for um atleta brasileiro (este país com uma língua tão diferente da portuguesa...) a actuar no FC Porto então aí já surgem os problemas relativos ao facto de bla, bla, bla, bla... e por isso, é uma vergonha serem seleccionados...

    Abraço e BIBÓ PORTO!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Amigo Paulo..muito a proposito o revisitar dos fantasmas das naturalizações..ontem enkuanto ouvia o relato pork( bem k gastei 0,90€ para o rtp mobile )mas nao vi jogo nenhum..e akuando do golo de makukula aki no serviço todos gritaram e festejaram e ai ninguem disse k era naturalizado....Kuanto a quaresma eu bem ouvi dizer mal do ciganito ma nao era mal era dizer k face a miseria do resultado ate entao o homem nunca mais resolvia o jogo e assim e bla bla bla..o problema de quaresma é k se espera demais dele(esperamos sempre as suas trivelas as suas magias) kd joga o normal de kualker jogador mediano é so criticas (eu tb critico ) kd joga isso pelo Porto...o certo é k quaresma nao atravessa um bom momento de forma e de genialidade mas o k é verdade é k ontem decidiu a nosso favor uma vez mais...ouvi as palavras de Makukula ..ele fez magia e eu so disse sim a bola.Ta tudo dito...
    Mania da perseguiçao ou nao é certo k factos k nos deem razao sobre tudo isto e o mais k se ecreva sobre estes temas, so nos dao razao e nos indingam a cada passo k acontecem.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. C.Ronaldo pegar na bola desde a defesa, correr como o Obikwelo - com ataques de epilepsia controlados - e perder a bola inconsequentemente para o adversário é considerado um génio.


    Ricardo Quaresma não consegue driblar dois cazaques e é o fim do mundo.


    Critérios.



    P.S: Nunca idolatrei C.Ronaldo e mais: O Cigano tem mais técnica no dedo mindinho do pé direito que a estrela pornográfica do Manchester nos dois.

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Paulo, goleada? a selecção jogou ontem ?

    Nas primeiras jornadas da liga foi notícia a Quaresma dependência do FCPorto. Agora será notícia porque fez apenas o centro para o 1º. golo. Nada mal mesmo. É sempre notícia.

    A ver quantas vezes o vendem, nos jornais, na pausa do Natal.

    ResponderEliminar
  8. Não posso deixar de comentar este artigo.
    Não vi o jogo, porque estava a trabalhar e como tal não deu para ver se o Quaresma jogou bem ou mal, mas há umas coisas que considero relevantes salientar:
    - Já que os jogadores daquele clubezeco aqui de Lisboa (que me recuso a pronunciar porque me dá urticária) e que fica ali para os lados do Centro Comercial Colombo são tão bons, porque é que cada vez que jogam a selecção perde, empata e não fazem brilharetes??? mmmmm é uma caso a pensar...
    - Se o Quaresma é assim tão mau e não joga nada porque é que é ele a dar uma série de golos a marcar? Mmmmm curioso não?
    - Se os jogadores do FCP fossem dispensados a selecção jamais ganharia fosse o que fosse... basta estar atento a jogos em que o "nosso" seleccionador põe a jogar um ou dois jogadores do FCP... é só rir... é ver a floribela (leia-se Nuno Gomes) a chutar no ar, a falhar golos que nem eu falharia, é ver uma Simone a bailar de um lado para o outro sem saber quase o que é uma bola, ou ver o tal menino prodigio que em 90 minutos faz uma jogada mais ou menos é é considerado o melhor do jogo a quase nem tocar numa bola... enfim contradições atrás de contradições...

    Bom se isto é ser bom jogadores não existe então qualificação para os jogadores do FCP, nomeadamente Quaresma, Lucho, Lisandro.... etc etc etc... Será que vamos ter nosvas palavras no dicionário para qualificar estes excelentes jogadores?

    ResponderEliminar
  9. selecção????????

    BIBO PORTO CARAGO....E MAI NADA!!!


    PASSEM AQUI NO BLOG

    www.cegadas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Viva !

    Só comecei a ver o jogo quando já iam decorridos 20 minutos, trabalho "oblige".

    Quanto a mim, a selecção jogou muito mal e o Quaresma também. Salva-se por ter dado a assistência para o primeiro golo.

    Foi um jogo péssimo !

    Note-se, por outro lado, que Quaresma teve,na segunda parte, um gesto despropositado merecedor de amarelo ou,veja-se, de vermelho.

    No Velodrome, ele não poderá fazer dessas gracinhas ou, então, prejudicará o Porto. E o Porto tem que pontuar em Marselha ! Estou quase certo que no Velodrome ele era expulso.

    Peço desculpa, mas eu troco já o C.Ronaldo pelo Quaresma se me dão a escolher.

    Paulo Pereira, concordo, totalmente, contigo , quanto às questões das naturalizações que evocas.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  11. Boas,

    Só para agradecer os vossos elogios e comentários. E sim RCBC, apesar de não nos conhcermos somos amigos, claro. Somos do mesmo clã, e isso conta muito!

    Sodani, seja bem aparecida aqui no burgo e logo com um comentário de impor respeito:) Ah ganda mulher do Norte, carago!

    ResponderEliminar
  12. Jogo da seleção, não vi ouvi na TSF, e tens razão Paulo Pereira os gajos estavam mortinhos para que o Quaresma fosse substituido, não vi o jogo por isso não posso dizer muito, mas sei que no fim do jogo drem como o melhor em campo o C. Ronaldo. Se não querem o quaresma na seleção por mim tudo bem e se não quizerem nenhum jogador do Porto tanto me faz porque sou potOguês e não português e mais nada.

    Quanto às naturalizações é a prova que isto tudo não é mania de perseguição, é mesmo perseguição.

    Saudações Azuis.

    ResponderEliminar
  13. Paulo, só digo uma coisa:
    Quem escreve assim não se engana, disso tenho a certeza.
    Mais um excelente post.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  14. Bem vamos por partes:

    - Fico boquiaberto com a qualidade e talento destes textos do Paulo, quer dizer, já me vou habituando a eles, mas é sempre um prazer lê-los.

    - Sou portista, incomoda-me a forma como o nosso clube é tratado, mas isso não me faz torcer contra a selecção! Aliás, acho uma tristeza haver portugueses que pensem dessa forma!

    - Sobre as naturalizações, sou muito prático. Uma coisa é a minha vontade e essa era a de que a Selecção Nacional fosse composta apenas por jogadores nascidos em território português, como aliás deveria ser em todas as outras selecções. Como isso não acontece, como sabemos, daí considerar que qualquer cidadão português tem o direito de representar o país. Ou seja, Ronaldo, Deco, Pepe, Makukula, Obikwelu ou outro qualquer português, têm todos o mesmo direito. Goste-se ou não!

    - Vi o jogo e houve muitos jogadores abaixo do exigível, entre eles Quaresma, mas é de lamentar que a imprensa se fixe apenas no portista. Todavia, também devo dizer que, ao contrário do que já aqui disseram, Cristiano Ronaldo esteve bem melhor que Quaresma e este ainda vai ter de caminhar muito para algum dia chegar ao nível do 7 do Manchester United. Apesar de ser, também ele, um génio e, de longe, o melhor jogador do FC Porto.

    ResponderEliminar
  15. Nota: Na minha modesta opinião o Quaresma tem mais técnica que o C.R, e não o digo só agora por vestir as nossas cores.
    Mas isto não invalida, em nada, que o C.Ronaldo seja um jogador mt mais completo.

    ResponderEliminar
  16. Viva !

    Como nasci num PORTO,lugar que é, por definição,um cais de partida e de chegada em perpétuo movimento, uma só pergunta, alimentando o comentário Bruno Pinto :

    Quem é mais Português ? Quem teve que escolher ou quem nunca teve que escolher ?

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  17. Caro Paulo :

    Estas verdades (quando não nos interessam) doem !

    Eles sabem que tens razão mas , por rancor , nunca o reconhecerão.

    Por isso não merecem tréguas !

    ResponderEliminar