23 outubro, 2007

Entrevista 'exclusiva' com Alberto Babo

Nesta minha crónica de hoje, tenho o prazer de publicar uma entrevista (em exclusivo) que, muito simpaticamente, o Professor Alberto Babo me deu. Antes dessa publicação convém referir que este fim de semana se iniciou a Liga de Basquetebol e o Porto de Alberto Babo (técnico principal da equipa) ganhou no seu jogo de estreia por 68-61 ao Vagos. Os parabéns a esta figura já lendária do basquetebol azul e branco, um Portista dos sete costados que ainda na última Assembleia Geral do Clube lá estava. É presença habitual nos jogos decisivos das outras modalidades e até nos jogos das camadas jovens marca presença. Ao professor Babo, o meu agradecimento pela sua disponibilidade. É uma honra para o Lucho, e para o blog BIBÓ PORTO, CARAGO!, esta entrevista, em exclusivo, com um grande nome do FC Porto. As suas vitórias, Professor Babo, são também as nossas. Viva o FC Porto!!!


ENTREVISTA 'EXCLUSIVA'
Alberto Babo, treinador de Basquetebol do FC Porto

Lucho: Professor Alberto Babo, quais são os objectivos do FC Porto para as provas em curso (campeonato, taça de Portugal e taça da Liga)? a Ovarense é inacessível?

Alberto Babo: Começo por saudar em primeiro todos os portistas que irão ler esta entrevista nas crónicas do Lucho. Os nossos objectivos para a época são em primeiro lugar dar uma continuidade ao historial do nosso clube, que é muito rico e fazermos por merecer, sempre, perante todos aqueles que nos apoiam, que de facto temos condições de lutar por todas as provas nacionais em disputa, estar nelas, vencê-las, para fazermos jus ao lema do Clube "só faz sentido vencer". Em relação á Ovarense, nesta altura, esta equipa apresenta-se num patamar acima de todas as outras. Isto não significa que eles são invencíveis e que as outras equipas, onde nos incluímos, devemos prestar-lhes vassalagem. O tempo e o trabalho vai-nos dar a capacidade de irmos á procura da nossa excelência na perspectiva que puderemos, como na época passada, alcançá-los e derrotá-los.

Lucho: Na sua opinião, o ambiente vivido no Pavilhão de Matosinhos aproxima-se do que era vivido, em tempos idos, no «Américo de Sá»? Relembro um jogo da final do play off de 1996 em que o Porto perdia até aos últimos 4 minutos com o Benfica e na altura recordo que o Pavilhão parecia um vulcão levando a equipa à vitória (que triplo de Rui Santos...) no ano que acabamos com o jejum... O novo pavilhão (que em 2009 estará pronto) é uma mais valia?

Alberto Babo: Não há comparação possível. O Américo Sá era a nossa coroa. Era um espaço de grande afirmação clubistica. Era um espaço onde se respirava portismo. Era um espaço de grande capacidade de fazer campeões (todas as modalidades). Era um espaço que metia respeito. Era um espaço onde havia uma energia tão positiva que contagiava tudo e todos. Era um espaço que lembrava os vulcões sempre em evolução. Assim, e apesar de estarmos muito satisfeitos com as condições de trabalho que nos é proporcionado pelo Pavilhão dos Congressos de Matosinhos, não pode, como é evidente, fazer esquecer a nossa casa. Já lá vivemos noites e tardes de grandes alegrias e isso não pode ser, nem nunca o será, esquecido. O ano passado veio-me á lembrança os jogos disputados no Américo Sá, ambiente fantástico, fé clubistica, crença na sua equipa, apoio sem limites, e o Pavilhão de Matosinhos estava completamente, ou quase, lotado. O futuro CAIXA DRAGÃO, apesar de só poder ter cerca de 2.000 pessoas de capacidade, vai ser a NOSSA CASA. Aí vamos voltar a sentir o ambiente, o clubismo, o apoio diário dos sócios e simpatizantes que gostam de nós, que nos vão dar sempre apoio mesmo sem nunca nada receberem de troca a não ser a obrigação de os respeitarmos e oferecer-lhes as vitórias. Único prémio de nós lhes poderemos oferecer. Vai ser lindo, vai ter qualidade, vai oferecer a quem lá for, condições de trabalho e de conforto com a qualidade como a que o nosso Estádio do Dragão oferece. Fala-se muito que deveríamos ter um Pavilhão com mais capacidade, diria que sim, mas o espaço não existia e aquele que está disponível, vai ser, dentro do ambiente que envolve o nosso estádio uma verdadeira obra de arte.

Lucho: Os Americanos TJ, Gentry e Terrell têm a sua confiança absoluta? O que podemos esperar deles? Estive na Póvoa e gostei imenso do potencial do Morris, por isso sobre este nem o questiono.

Alberto Babo: Sobre os americanos, e eu muitas vezes brinco com a frase "são como os melões", só depois de abertos é que se sabe se são bons ou não. O que quero dizer, faz-se uma avaliação, vê-se muitos DVDs, pesquisa-se coisas sobre a vida desportiva deles, fala-se sempre com antigos treinadores desses jogadores e no fim faremos a nossa avaliação. O que acontece muitas vezes é que há coisas que não são vistas antes, como por exemplo lesões ou outras coisas como por exemplo: se reagem às pressões, se são sociáveis, etc. Quando contrato alguém, tem que ter sempre o meu aval. Sou o primeiro responsável pela contratação. Em relação ao TJ, veio rotulado de bom lançador, bom defensor e jogador de equipa. Esta há pouco tempo no nosso clube e como tal está a ser avaliado. Gentry, toda a gente o conhece, não está bem nesta altura, mas sabemos, pelo seu passado recente, que nos poderá vir a ajudar. Teremos que continuar a aguardar que ele venha a ser aquele jogador que há dois anos fez um brilhante campeonato. Terrel, bom defensor, ressaltador, sabe jogar basquetebol, direi que este atleta veio para fazer rotação com Gentry e Torrie Morris. Chegou esta semana, vamos avaliá-lo ainda melhor em competição.

Lucho: Acha que uma liga profissional sem o Benfica é viável? Depois de uma época de sucesso com audiências record na final entre Ovarense e Porto, acha justo que se desvalorize tanto esta nova Liga só porque o Benfica decidiu ir jogar para a segunda divisão? E tudo por causa de um caso de doping...

Alberto Babo: A liga é viável sem o Benfica. Agora direi: "se este clube estivesse, seria melhor. Quem não gosta de ganhar aos rivais?". Depois deste aparte, penso que não irá afectar a Liga, acho mesmo que vai haver grande competitividade a exemplo da ano 2006/2007. O doping foi na minha opinião um aproveitamento para que os seus responsáveis justificassem insucessos tidos ao longo da vivência da Liga Profissional de Basquetebol, sem sucesso.

Lucho: Costuma visitar alguns blogues, além do Portal dos Dragões? Já conhecia o nosso? O que acha de termos um dia por semana (3ª feira) para, em exclusivo, destacarmos as outras modalidades? Sente que na blogosfera Portista se fala excessivamente de futebol?

Alberto Babo: Não conhecia, fui alertado para estes blogues, leio e como qualquer portista, avalio, tiro conclusões, não comento, mas sei que este tipo de blogues só têm um pensamento, o falar da vida do nosso Clube. A ideia de uma vez por semana destacarem as modalidades saúda-se. Lemos os desportivos nacionais e o que lemos? futebol em cerca de 90% e o restante para as outras modalidades colectivas e individuais. Falar mais, dar a conhecer, entrevistar, poderão ser temas que os bloguistas estejam interessados.

Um abraço
Alberto Babo


Andebol: depois dos leões de Lisboa, seguiram-se os de Espinho...
1º ABC (19 pts, 7 jgs), 2º FC Porto (18 pts, 7 jgs), 3º Madeira (15 pts, 7 jgs)

O FC Porto venceu na deslocação a Espinho por 30-24, uma partida a que assisti pela Sporttv e em que a nossa equipa facilitou defensivamente na 1ª metade. Carlos Resende, ao intervalo, não deve ter sido muito simpático com os seus pupilos que na segunda metade acabaram, de vez, com a resistência Espinhense. Destaco Pedro Solha e Ricardo Moreira pela velocidade de execução no contra-ataque, Tiago Rocha pela eficácia aos 6 metros e Bosko que festejou o seu 22º aniversário com 3 golos. Os Dragões continuam isolados no 2º posto depois de na terça feira também terem ganho ao Sporting (27-23), vitória esta, que foi destacada num post à parte. Já o Benfica (depois de ter ganho ao ABC) perdeu pela 3ª vez nesta prova frente ao Isave depois das derrotas com S.Bernardo e Belenenses. Na próxima jornada o FCPorto folga e a 4 de Novembro recebe o Madeira SAD.

Basquetebol: estreia vitoriosa com um final de jogo intenso...
1º Ovarense (2 pts, 1 jg), 2º Barreirense (2 pts, 1 jg), 3º FC Porto (2 pts, 1 jg)

Começou o campeonato (LCB) e o FC Porto de Alberto Babo iniciou a competição com a mão direita vencendo o Vagos por 68-61, jogo disputado em S.Tirso por interdição do pavilhão de Matosinhos. Nesta partida Paulo Cunha, Gentry e Sobrinho foram as peças fundamentais para o sucesso do FCPorto, que esteve em risco até 2 minutos do final. Agora no próximo sábado (17h) o FCPorto desloca-se ao Ginásio Figueirense.

Hóquei em Patins: mudar aos 10 e acabar aos 20...
1º FC Porto (12 pts, 4 jgs), 2º Valongo (12 pts, 5 jgs), 3º Oliveirense (12 pts, 5 jgs)

Iniciou-se a Liga Europeia (nova denominação da Liga dos Campeões) com o FC Porto de Franklim Pais a golear, em casa, os Ingleses do Herne Bay por 20-1. Segui o jogo pela RTP2 e posso assegurar-vos que não me escapou um só golo. Gostei de alguns pormenores de André Azevedo enquanto o capitão Filipe Santos, Jorge Silva e Ricardo Figueira demonstravam estarem de pontaria bem afinada. O melhor marcador foi, no entanto, Caio que com 5 golos, alguns de bela execução, demonstrou estar cada vez mais integrado no plantel Portista. No outro jogo o Vic goleou o Prato por 8-0 e parece certo que o FCP terá nos Espanhóis o principal opositor na luta pela 1ª posição, a única que permite o apuramento para a final four. No campeonato o Benfica continua em maré negra (empatou em casa com o Ouriense 3-3) enquanto o FCP jogará esta noite às 22h do Continente no recinto dos Açorianos do Candelária (RTP Açores). Depois sábado (18h) há a recepção ao Portosantense.

Treinador da Semana: Carlos Resende
Jogador da Semana: Augusto Sobrinho

Para técnico da semana, escolho Carlos Resende que com duas vitórias alcançadas diante do Sporting CP e do SC Espinho, fez por merecer o prémio, aliás a vitória perante os leões foi acompanhada por uma grande exibição de toda a equipa de andebol do FC Porto, na 1ª metade da partida. Para jogador da semana, a escolha recai em Augusto Sobrinho (na foto) pelos 11 pontos apontados diante do Vagos, tendo mesmo sido decisivo para a vitória da equipa de basquetebol do FC Porto. Caio (hóquei) com 5 golos ao Herne Bay também poderia ter sido eleito, assim como Paulo Cunha (16 pontos), mas Sobrinho precisa de moral e eu acho que o miúdo vai conseguir afirmar-se esta época, num Porto que Alberto Babo ainda está a moldar...

E pronto, até para a semana.

Saudações azuis e brancas,
Lucho.

ps - não se esqueçam hoje, em limite, até às 19h15 (hora portuguesa), de refazerem as vossas equipas para esta 3ª jornada da fase de grupos do passatempo UEFA Fantasy Football.

15 comentários:

  1. Que orgulho em ler aqui uma entrevista exclusiva. Lucho cuidado senão ainda alguém te contrata para entrevistador :P
    Alberto Babo, um dos grandes nomes do basquetebol nacional e que felizmente está ao serviço do FCP.
    Quanto ao resto da postagem, está bastante interessante e apelativa como de costume. De salientar a escolha do Augusto Sobrinho, é verdade, vamos lá ver se é este ano que ele nos põe a sonhar acordados.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Magnífico Lucho.
    Adorei a entrevista e o comparar aos melões :-)
    Deixou tb. a ideia que muitos de nós temos em relação ao novo Pavilhão e está lançado o repto aos blogs na divulgação das outras modalidades.

    Quanto ao resto tudo como dantes.
    3 modalidades 3 vitórias.

    ResponderEliminar
  3. A minha alma está pasma!
    Luco, elevaste o Bibó Porto a um patamar quase inigualável na blogosfera portista. O presidente k não te segure não, k os convites vão começar a surgir:)
    Olha, fora de brincadeiras, eatá um artigo excepcional, com a coroa de glória de termos [e lermos avidamente]essa entrevista com um técnico de referência, dragão dos 7 costados. Brilhante momento, tornando este espaço, como já o tinha dito, de referência na blogosfera azul e branca. Agora, já estou como o Blue Boy costuma dizer: amanha-te!
    Habituaste a malta e agora venham de lá outras entrevistas do género...

    ps: e como já sinto este blog como meu, agradeço-te a publicidade, pois acredito k esta entrevista fez muito para sermos cada vez mais lidos e conhecidos. Utilizando uma terminologia entendida pelo entrevistado, tu estás "on fire"! Cesto de 3 pontos!

    ResponderEliminar
  4. Pois, o Lucho desta vez achou por bem dar-nos um valente estalo de surpresa com este 'exclusivo' da entrevista ao Prof. Alberto Babo, treinador da nossa equipa de basquetebol... e um Portista dos 7 costados! Pelos motivos óbvios, fui o primeiro a sabê-lo e achei por bem 'manter segredo' até hoje, pelo que pela parte que me toca e julgo que em nome de toda a equipa de trabalho, "felizes aqueles que têm um Lucho"... e não é que é mesmo verdade?

    Será que ai vêm mais surpresas? a ver vamos... o segredo é a alma do negócio ;-) e pode ser, bahhh, nãooo, nãooo pode ser... pois, mantenham-se desse lado bem sossegaditos e vamos indo e vamos vendo ;-)

    Depois, um especial cumprimento ao Prof. Alberto Babo por ter disponibilizado 5 minutos do seu dia-a-dia para nos conceder esta entrevista 'exclusiva'. O nosso obrigado, em nome de toda a equipe de trabalho deste blog.

    Quanto à entrevista em si, dou nota de especial relevo ao saudosismo do velhinho e já extinto "Américo de Sá"... que grandes tardes/noites de sábado ou domingo ali passei, onde os 'adversários' entravam borrados de medo e saiam dali vergados à nossa superioridade... e ao nosso poder de fogo... que saudades! É caso para dizer: "Óh tempo, volta pa trás!". Mas sinceramente, gostei do conteúdo de toda a entrevista, onde foram abordados muitos temas de interesse na temática do basquetebol. Eu, gostei!

    Quanto aos 3 jogos aqui referenciados das modalidades, no hóquei foi como bater em mortos, no andebol foi algum facilitismo atendendo ao opositor que se encontrava do outro lado e no basquetebol, pois, parece que o FC Porto pretendia dar uma de Golias perante uma equipe do Vagos que deu muita luta e que vinda da 3ª divisão directamente para a liga profissional, vendeu bem cara a vitória ao FC Porto.

    E prontos, acabamos por aqui, deixando só um aviso aos 'caça talentos'... a cláusula de rescisão contratual do Lucho está avaliado em 50 m€... e apenas por empréstimo! Portanto, tirem o cavalinho da chuva e vão pregar noutra freguesia ali ao lado ;-)

    aKeLe aBrAçO,
    http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Lucho, sempre a surpreender...
    Excelente a entrevista ao grande portista Alberto Babo, bem conduzida e com questões relevantes, concordo com o que diz respeito ao saudoso " Américo de Sá ", também lá vivi grandes momentos e tenho imensas saudades desse espaço.
    De resto vamos bem na generalidade das modalidades.
    Este post foi um momento muito especial na vida do Blog, espero que outros se sigam e que continue a demonstração que o FC Porto não é só futebol.
    Obrigado Lucho.

    ResponderEliminar
  6. Caros amigos,
    Paulo Pereira, Blue Boy, Estilhaço, Teixeira e Jorge Aragão:

    O meu muito obrigado pelos vossos excessivos elogios mas penso que o elogio maior deverá ir para a disponibilidade do Professor Babo em me responder ao pedido solicitado. E calculam, com certeza, que foi para mim um prazer qd soube da sua disponibilidade.

    Cada vez mais me sinto um Portista de pavilhão, mas na quarta feira não queiram ver o futebol comigo, pq por vezes fico tão "fora de mim" que nem me reconheço:)

    ALLEZ PORTO ALLEZ!!!

    ResponderEliminar
  7. Viva !

    Está fantástica esta página !

    A entrevista, as classificações, o texto. "Caramba" : É e está uma Maravilha !

    Estilhaço : O que é prometido é devido. Assim :

    O diário L'Equipe ( edição papel) no seu número de hoje apresenta uma antevisão do Marselha Porto (page 8 ). Além do artigo sobre Mandanda, guarda redes do Marselha, tem um artigo de muito bom gosto. Ele é assinado por Régis Dupont.

    Pinto da Costa, l'homme de Porto ( Pinto da Costa o homem do Porto ) é o título.

    O artigo sublinha tudo o que o Porto ganhou com Pinto da Costa desde que este é presidente (1982 ). O texto afirma também que Pinto da Costa soube resistir à operação apito dourado. E continua o jornalista : com quase 70 anos Pinto da Costa "continue à aligner les succès" ( continua a colecionar sucessos ). Só elogios,pois !

    Em seguida, o artigo apresenta palavras de Pinto da Costa quanto à consagração de Viena. Depois,Pinto da Costa cita o Penta, dizendo que, para ele, "è um momento muito especial porque nunca o Benfica,mesmo no tempo do Eusébio,foi além da conquita de três campeonatos seguidos". Evoca,em seguida, a politica de venda dos jogadores, afirmando que a "notre" política foi sempre de vender os jogadores que "nous pouvions remplacer" (podiamos substituir). Por isso o Lucho não foi vendido por ser "un joueur différent" ( jogador diferente).
    O artigo finda com referências ao Stade du Dragon que é referido como "l'ouvrage de reference" de Pinto da Costa ( a obra de referência ).

    Para quem quer, eu posso fazer a tradução completa do artigo, com muito. Só que só será possível para a semana.

    à parte :
    Existe um artigo pequenino sobre o regresso de Postiga.

    Confirma-se que Julien Rodriguez sera substituido por Faty.

    A assistência deverá rondar os 45 espectadores. Sem dúvida por causa do preço dos bilhetes.

    O l'equipe apresenta também uma equipa provável do Porto.Que por acaso é a minha : ;Mas, é bem verdade que não trabalho para este nem nenhum jornal !)

    Fica assente que o artigo mais que elogioso do L'Equipe vem contrabalançar e apagar os rabiscos do Sofoot !

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  8. Parabéns ao LUCHO pelo seu post semanal, "para lá do futebol", modalidade que adoro, mas que completo com outros desportos.

    Então, sobre o nosso FCPORTO torna-se indispensável o "mise à jour" de toda a sua vida desportiva e social. Daí a relevância acrescida para os portistas, onde quer que se encontrem, do post das terças-feiras assinado pelo LUCHO.

    Parabéns também pela entrevista. Este tipo de iniciativas constitui uma mais valia para o blog, tanto mais que o singulariza e, como se sabe, cada vez mais a blogosfera se assume como um meio de opinião pública concorrente com os media "tradicionais".

    Hoje, Lisboa está cheia de "católicos" simpáticos que se fartam de fazer festa, pacificamente e bem "regados" de cerveja.

    Quarta-feira, cá estarei na primeira fila do meu sofá sobre o Tejo a "sofrer" pelo nosso clube. Tenho esperança e a convicção de que faremos boa figura, como é normal, ao contrário da excepção para outros...

    Um Abraço!!!

    ResponderEliminar
  9. Os meus sinceros parabéns LUCHO.
    Esta entrevista para o blog foi na minha opinião FANTÀSTISCA.
    Estás em grande amigo, mais uma vez parabéns.

    ResponderEliminar
  10. Portomaravilha:
    Espero q esse País onde vives acorde tristinho na 5ª feira:)

    Bicho: obrigado pelas tuas palavras, um abraço

    jdm.dragao.lisboeta:
    Já estava com saudades dos teus comentários, é com mt satisfação q leio as tuas opiniões desde a altura em q comentaste no meu antigo blog pessoal, um abraço caro amigo. Aparece + vezes

    ResponderEliminar
  11. Tiro o meu chapéu ao Lucho. Um luxo este "furo". E melhor ainda para magicar de novo no ambiente dce portismo que a identificação com a nossa casa de referência traz.
    Parabéns. E para quem critique alguma falta de ecletismo, acho que o FC Porto é eclético q.b. e tem muito proveito.

    ResponderEliminar
  12. Ena !
    Com entrevista e tudo ...
    Parabéns , Lucho

    ResponderEliminar
  13. Lucho, fantastica esta entrevista sem duvidas, parabens por mais este magnifico trabalho. Para mim já começa a ser um abito, as terças não passo sem ler as tuas cronicas, posso não comentar, por falta de tempo mas não deixo de ler o post. Continua assim que a tua cláusula de rescisão ainda vai aumentar mais.

    Saudações Azuis.

    ResponderEliminar
  14. Em primeiro lugar parabéns Lucho e obrigado Babo pela entrevista..

    Quanto ao Porto..
    Sou fiel seguidor do basket há muitos anos e reconheço a grande capacidade de Alberto Babo no comando da equipa (um grande portista e um dos poucos que eu considerava possível substituto de Luís Magalhães).. Aproveito, desde já, para subscrever a ideia de Babo de alargar a Liga a 12 clubes..

    Em relação aos reforços (ainda) não posso comentar porque não tive oportunidade de ver o Porto.vagos..
    È uma pena os clubes portugueses (da Liga de Clubes e da Proliga) comprarem jogadores por cassete.. Não há que esconder que todos o fazem.. Uns acertam.. Outros nem por isso.. que o Porto acerte e que venha daí mais um Heshimu..

    Queria deixar aqui a minha indignação relativamente a algumas decisões no Porto Basket nomeadamente nos casos do Sérgio Silva, ex.capitão do Porto que não sei porque saiu (desde já as minhas desculpas se estiver a cometer algum erro de avaliação por ignorância) e no caso do Rui Mota, que passou a jogar pelos infiéis, por vontade própria é certo, mas que gostaria de ter ficado "em casa"!! Amigos comuns confidenciaram que partiu para a marrocos movido pelo dinheiro (e bastante dinheiro), mas partiu triste.. deixou a casa que tanto gosta porque esta não quis/não conseguiu igualar tal proposta..
    Como portista e amante de basket gostava de ver esclarecidos estes casos.. (apresento mais uma vez as minhas desculpas, no caso de tais insinuações se levantarem por falta de informação da minha parte)

    Quanto ao benfica na proliga.. É uma pena.. Nada como bons clássicos de pavilhão cheio e emoções ao rubro.. No entanto, no basket não são só as vitórias contra.... essa equipa que nos enchem de orgulho.. Temos jogos muito mais equilibrados e emotivos que no futebol (no caso.. a superliga onde somos claramente superiores a todos os outros!)

    Quanto ao Sobrinho.. Espero que seja o ano de afirmação na equipa prometido há muito.. É preciso mostrar se tem realmente valor ou não..
    Não chega ser campeão de visitas no hi5 nem campeão de afundanços no aquecimento.. É preciso sê.lo em campo.. E isso já há muito que se promete..

    Aproveito o “tempo de antena” para mandar um abraço ao Paulo Cunha felicitando.o por mais uma vitória.. desta vez.. sem bola!

    Que sejamos campeões esta época (de preferência contra a Ovarense)!!

    FORÇA PORTO!!

    http://orgulhotripeiro.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  15. Bruno: é um prazer ler aqui as tuas opiniões, ainda por cima revelaste-te um expert da modalidade:)
    ZE Luis, azuldragão e dragão azul: obrigado pelas vossas felicitações. Um abraço a todos.

    ResponderEliminar