08 abril, 2008

E azul e branca essa bandeira avança...

Dúvida? Não, mas luz, realidade,
e sonho que na luta amadurece:
o de tornar maior esta Cidade
eis o desejo que traduz a prece.
Só quem não sente
o ardor da juventude
poderá vê-la de olhos descuidados,
Porto - palavra exacta, nunca ilude
renasce nela a ala dos namorados.
Deram tudo por nós esses atletas
seu trajo tem a cor das próprias veias
e a brancura das asas dos Poetas
ó fé de que andam nossas almas cheias
não há derrotas quando é firme o passo
ninguém fala em perder, ninguém recua
e a mocidade invicta em cada abraço,
a si mais nos estreita: a Pátria é sua!
E de hora a hora cresce o baluarte
vejo a Torre dos Clérigos às vezes,
um anjo dá sinal quando ele parte
são sempre heróis, são sempre Portugueses
e azul e branca, essa bandeira avança
azul, branca, indomável, imortal
como não pôr no Porto uma esperança
se "daqui houve nome Portugal"?

Inicio a minha crónica de hoje com este poema «Aleluia» de Pedro Homem de Mello porque traduz na perfeição o meu estado de espírito na hora em que vos escrevo. A noite de sábado foi perfeita, a chegada bem cedo ao palco das emoções, o reencontro com os amigos do blog, o primeiro impacto da entrada no Estádio do Dragão, lindo como nunca, mais de 50 mil almas azuis e brancas perspectivando uma grande festa merecida por todos os que sofrem por este ideal, por esta camisola, por este símbolo que defendemos em todos os momentos da nossa vida (obrigado ao meu pai que com o seu Portismo me incentivou nesta paixão).

Noites como a de sábado dão sentido a esta forma como vivemos este Clube, olhando o Estádio, visualizando toda aquela gente (a minha gente) em perfeita euforia gritando pelo Porto, ficamos ali de sorriso estampado no rosto, quase que desejando que o Mundo parasse naquele instante para que fosse possível perpetuar para todo o sempre aquele momento lindo, mágico, sublime... Uma noite de glória que nos deu o 2º tricampeonato da nossa história (depois do 1º em 1997 com Oliveira) e que começou muito bem, logo aos 9m com aquele golo de Lucho, o jogador que mais admiro na nossa equipa e que foi, de longe, o mais aplaudido pela massa associativa no final do jogo. Um festival de golos foi-se efectivando na 2ª metade e nessa altura já só desejava um golo do nosso matador Lisandro que apareceu bem perto do fim (obrigado Quaresma!!) para que eu saltasse tanto ou mais do que no 1º golo da partida.

O FC Porto é tricampeão Nacional de futebol, um título que se adivinhava há bastante tempo e devo confessar que o momento mais arrepiante foi quando no final todos os 50 mil gritaram em uníssono por Pinto da Costa. Foi o momento em que a minha gente prestou o tributo merecido ao general que tornou as nossas cores temíveis em todo o Mundo. O general do exército azul e branco sabe que nos tem ali em todos os momentos, mesmo nos mais difíceis como os que passou nas duas últimas semanas.

«Deram tudo por nós aqueles atletas», diz Pedro Homem de Mello no poema que transcrevi acima mas, se perguntarem aos jogadores penso que todos eles dirão de forma convicta que também nós, os adeptos, demos tudo por eles. E para o ano contem outra vez connosco porque o tetra é já ali!!! «E azul e branca, essa bandeira avança, azul, branca, indomável, imortal...»

Uma nota final, sobre a noite de sábado para dizer que foi com imenso prazer que conheci pessoalmente o Dragão Vila Pouca, a Lady in Blue e a «Lady in Blue Junior». Os amigos Estilhaço, «Estilhaço Junior» e Blue Boy também participaram neste fantástico convívio antes e depois de um jogo memorável.

Nas modalidades estes últimos dias têm corrido menos bem. No andebol fomos eliminados do play-off, no basquetebol perdemos a final da taça de Portugal por um ponto e apenas no hóquei conseguimos ganhar estando já apurados para as meias finais do play-off. Destaco apenas que as duas equipas que nos ganharam no andebol e basket são treinadas por 2 ex-atletas do FC Porto, o São Bernardo por Ricardo Tavares e o V.Guimarães por Fernando Sá, dois grandes atletas do passado azul e branco e dois Portistas convictos mas que são já actualmente 2 técnicos Nacionais com imenso potencial.

Andebol: Um pesadelo que me fez recuar 15 anos...
2º jogo dos 4ºs de final do play-off (à melhor de 3 jogos, ou seja, 2 vitórias); FCPorto-0-S.Bernardo-2.

crónica do São Bernardo/FC Porto (28-27, a.p.): Quarta-feira andei todo o dia apreensivo com o que iria acontecer em Aveiro com a equipa de andebol do FC Porto a jogar o seu futuro em ambiente naturalmente adverso e com a obrigatoriedade absoluta de ganhar. Uma «escapadinha» ao café para seguir o jogo via net e o coração que batia a todo o gás... Os minutos finais foram dramáticos uma vez mais, o FC Porto adiantou-se no último minuto (24-25) mas a 7 segundos do fim os Aveirenses empataram de livre de 7 metros assinalado pela dupla de arbitragem. No último segundo Eduardo Filipe atirou ao lado. No prolongamento a 1ª parte foi marcada por erros sucessivos dos Dragões e na segunda parte já não foi possível recuperar. O São Bernardo ganhou por 28-27 e o FC Porto ficou, uma vez mais afastado do título (o último ganho pelos Dragões foi em 2004).

Os minutos que se seguiram foram de difícil «digestão», uma tristeza absoluta tomou conta de mim, um verdadeiro apaixonado pela modalidade. Além do adversário ter mérito (o treinador Ricardo Tavares é uma revelação muito positiva) há também culpas próprias de um FC Porto super- favorito e que nunca provou verdadeiramente essa sua natural superioridade. Há 15 anos que o FC Porto não ficava abaixo do 4º lugar. Em 1993 ficamos em 7º e esta época ficaremos em 5º ou 6º (defrontaremos o Sporting para definir essa posição com jogos a 19 e 26 de Abril). Nas meias finais vão estar ABC/Belenenses e Benfica/S.Bernardo. FC Porto e Sporting estão desde já fora da discussão do título tal como o vice-campeão Madeira.

As minhas esperanças nesta equipa eram imensas, com a presença do Eduardo Filipe na equipa sonhei com a glória vezes sem conta mas as coisas não correram bem. É verdade que já ganhamos a taça da Liga e que podemos ganhar ainda a taça de Portugal (dia 1 de Maio recebemos o Madeira para os quartos de final) mas a glória máxima é sempre o campeonato Nacional e uma vez mais estamos fora dessa discussão.

O facto de sermos a equipa com mais jogadores nos estágios da Selecção tem prejudicado a equipa nas fases seguintes a esses estágios e o play-off mostrou isso mesmo com alguns jogadores numa forma deprimente. A lesão de Manuel Arezes, o melhor defensor Luso, também marcou a nossa época e, não tenho receio de o dizer, a insistência de Carlos Resende em rodar a equipa vezes sem conta, com as segundas opções de valor inferior a claudicarem, até por vezes com jogadores em posições desajustadas das suas características, tudo isto levou a equipa ao precipício... Espero agora que esta situação seja revista pela equipa técnica do FCP que algumas vezes me pareceu perdida e desorientada transformando a equipa numa verdadeira «manta de retalhos». Continuo a acreditar no nosso técnico (o melhor jogador da história do andebol Luso) mas há que rever determinadas estratégias. E já agora contratar um lateral direito de nível...

Com os jogadores que o FC Porto tem era exigível muito mais. Por isso as minhas esperanças que foram agora abaladas ficam de pé até ao próximo campeonato. Eu continuo a acreditar num futuro pintado a azul e branco, também no andebol... E depois de algumas críticas, talvez injustas da minha parte, deixo para o fim um merecido elogio: a imagem que mais me marcou foi no final do 1º jogo com Resende e seus jogadores a aplaudirem o adversário que lhes ganhou no último segundo. Desportivismo de um grande Senhor.

Basquetebol: De erro em erro até ao descalabro final...
1º Ovarense (3 derrotas, 20 jgs), 2º FC Porto (4 derrotas, 20 jgs), 3º Vagos (10 derrotas, 20 jgs).

crónica do FC Porto/Barreirense (84-66): Jogo que se decidiu em 15 minutos com o FC Porto a chegar ao intervalo com 17 pontos de diferença e com o jogo decidido. Toree Morris foi o MVP da partida. Nestes quartos de final o Benfica perdeu por 17 pontos com o Ginásio.

crónica do FC Porto/Ginásio (81-57): Nas meias finais, depois da surpresa da eliminação da Ovarense pelo Guimarães, entraram em campo duas equipas moralizadas. O FC Porto foi, no entanto, demolidor nos 2 primeiros períodos e com Marçal e Gentry em grande plano cedo se decidiu o outro finalista.

crónica do FC Porto/Guimarães (64-65): Pela sporttv acompanhei esta final disputada em Elvas e cedo percebi que o FC Porto estava em tarde de desacerto ofensivo e que teria muitos problemas para vergar este surpreendente Guimarães, actual campeão da Proliga. Ao intervalo 37-37 e só no 4º período o FC Porto passou para a frente conseguindo a 3 minutos do fim estar a ganhar por 64-57. Na parte final os erros voltaram e o FC Porto permitiu um parcial de 7-0 que empatou o jogo. As últimas posses de bola foram fatais com os jogadores Portistas a forçarem lançamentos, a cometerem turn-overs incríveis e depois Terrel ainda fez uma falta a 2 segundos do fim completamente infantil e desnecessária (Babo no final disse que a falta era para ser cometida mais cedo...) com a equipa a nem saber quantas faltas tinha!!! O Vitória marcou um dos lances livres e depois com 2 segundos um lançamento em desespero de J.Figueiredo não entrou. Assim se perdeu uma taça de Portugal que tínhamos obrigação de ganhar.

Alberto Babo no final pareceu-me também um pouco perturbado com a arbitragem que, diga-se, em situações de dúvida apitaram sempre contra nós... Amanhã joga-se a última ronda do campeonato (o FC Porto será sempre 2º) com os Dragões a receberem o Lusitânia (21h). Depois no sábado inicia-se os quartos de final do play-off com o FC Porto a receber sábado e domingo (em Matosinhos) o 7º classificado, provavelmente o Lusitânia dos Açores. E mais uma vez pergunto: o que anda lá a fazer Brandon Payton? Incompreensível como é que a SAD do basket do FCP pactua com isto!

Hóquei: FC Porto já está nas meias finais do play-off...
2º jogo dos 4ºs de final do play-off (à melhor de 3 jogos, ou seja, de 2 vitórias); FCPorto-2-Gulpilhares-0.

crónica do Gulpilhares/FC Porto (1-6): O FC Porto voltou a demonstrar toda a sua força e cedo tirou o bilhete para as meias finais do play-off. Ao intervalo 4-1 com Edo Bosch em grande forma e segundo os relatos a ser mesmo a unidade do FCPorto em maior destaque. Grandes paradas do guardião do FC Porto evitaram que o jogo se complicasse. Depois a pontaria de Reinaldo Ventura fez o resto com 2 belos golos enquanto os outros foram marcados por Caio, Pedro Moreira, R.Figueira e E.Garcia.

O Hexacampeão espera agora o seu adversário nas meias finais que será o Barcelos ou o Viana. O 1º jogo das meias finais será em Fânzeres apenas a 17 de Maio. Já no próximo sábado (18h) o FC Porto recebe o Candelária para a Taça de Portugal em jogo a que devo assistir. De realçar que este Candelária perdeu no play-off com o Benfica (jogará nas meias com a Oliveirense) em dois jogos muito disputados, na Luz perdeu 5-4 com um golo a 13 segundos do fim e nos Açores perdeu apenas no desempate por penaltys.

Treinador da Semana: Franklim Pais
Jogador da Semana: Edo Bosch

Para técnico da semana, escolho Franklim Pais, por já estar com o seu FC Porto nas meias finais do play-off, rumo ao hepta... e para jogador da semana, a escolha recai em Edo Bosch (na foto), por mais uma bela exibição nas defesas das nossas redes. Contam as crónicas que Edo voltou a estar insuperável. Com um Edo assim o nosso hóquei em patins não dá chances.


Natação: FC Porto com 10 atletas Campeões Nacionais

O FC Porto é o clube com mais jogadores seleccionados para o Campeonato do Mundo de piscina curta (de 9 a 13 de Abril em Manchester). Paulo Santos e Sara Oliveira estão entre os 10 escolhidos para representarem o nosso País.Nos campeonatos Nacionais de juniores e seniores que se disputaram em Coimbra faltou acrescentar na última crónica os nomes dos 10 campeões Nacionais do FC Porto (em 19 atletas da nossa equipa). São eles Joana Carvalho, Sara Oliveira, Cláudia Moreno, Alexandra Oliveira, Sara Loureiro, Marta Marinho, Paulo Santos, Luís Monteiro, João Carvalho e Gil Pinto. O FC Porto conseguiu assim 9 títulos (medalhas de ouro), 6 de prata e 4 de bronze. Numa futura crónica terão a oportunidade de ler uma excelente entrevista que me foi concedida pelo atleta de Natação do FC Porto Luís Monteiro.

ps - Uma nota final para dedicar este tricampeonato à minha mãe que exactamente hoje, 8 de Abril, faz 55 anos. Eu sei bem o que ela sofre pelo Porto, apenas e só por causa dos filhos que são assim, um pouco pró fanáticos:) Os meus parabéns e votos de que para o ano voltes a entrar a correr pelo café (como em 2003 na epopeia de Sevilha) e me dês um longo abraço depois do Porto ganhar uma Taça Europeia. E não me importarei de tornar a chorar, ali em público, como uma criança...

E pronto, até para a semana.

Saudações azuis e brancas,
Lucho.

19 comentários:

  1. Lucho é um previlégio fazer o primeiro comentário deste belíssimo post.
    Mais um aliás.
    Também gostei muito de conhecer pessoalmente as figuras que citaste e espero que no futuro tenhamos oportunidade possamos ter mais tempo para falar na nossa paixão comum;O F.C.Porto.
    Nas modalidades o Basquetebol foi uma desilusão, uma equipa do F.C.Porto, não pode perder naquela maneira um jogo que estava ganho.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Lucho, parabéns à tua mãe e que para o ano entre a correr no café para te abraçar :-)

    Sábado lá estamos carago.

    ResponderEliminar
  3. Lucho, sempre em grande, lembro-me bem de ler todos os dias o poema que aqui citaste pois nos meus bons tempos estava escrito num painel de azulejo no átrio principal que dava depois acesso aos balneários no saudoso Estádio das Antas.( nesssa altura ainda havia a pista de atletismo e ciclismo ).
    Quanto às modalidades, há dias assim, não se pode ganhar sempre, o Basket ainda pode emendar a mão.
    Quanto ao Futebol, mais palavras para quê?
    Só para gozar com a indigestão do orelhas...

    ResponderEliminar
  4. As tuas palavras são um verdadeiro presente para quem não pôde estar no Dragão ...

    Um beijinho de parabéns para a tua Mãe :)

    ResponderEliminar
  5. Sobre a minha mãe, vou apenas tornar público mais um dado:

    Quando se apercebeu que eu e o meu irmão sofriamos a sério pelo FC Porto, qd ficou claro q os nossos humores variavam consoante os resultados do nosso clube, começou a ver os jogos em casa, e qd são na sporttv ouve os relatos até ao fim e reza até se for necessário.

    ResponderEliminar
  6. Lolol a tua mãe Lucho é uma santa!:)

    Lindo poema, lindo mesmo que gosto de o ler!
    Quanto à cronica, o conteudo esta genial como sempre, pena nao relatar na maior parte vitorias, ja que o andebol e o basquete meu deus nao sei o que se passou... Uma desilusao a contrastar com o fim de semana perfeito no futebol!

    O tri, eu dedico.o ao meu pai, que nunca veio ao estadio do dragao ver um jogo, porque mora a 300km do Porto, que sofre sozinho em casa e que mesmo nunca tendo assistido a um jogo ao vivo me cobre todas as despesas com os meus bilhetes e vindas ao estadio, desde claro que tire fotos e lhe mande!:)

    Beijinhos azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar
  7. Ta_8:

    Tive pena de não te conhecer pessoalmente:)

    Fica para a próxima. Cheguei e encontrei o Blue cerca das 19h e segundo ele já tinhas entrado no Estádio!! Dracena apressada:)

    ResponderEliminar
  8. Viva !

    Como sempre um artigo ( perdão jornal ) em grande.

    O andebol pela emoção que procura pode muito bem em breve ser um desporto com ainda maior audiência.

    ( E quando penso que vi o Porto ganhar no último segundo... )

    Lucho, parabéns à tua mãe.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  9. O SISTEMA NO SEU MELHOR:

    (ao C/ do meu colega Paulo Pereira)

    no setúbal-fcp está nomeado o elmano santos (anti-fcp mas isso agora pouco interessa(

    no slb-acad o amiguinho do slb q é sempre vitória certa, paulo baptista

    no scp-leix, o lagartinho duarte gomes, podem apostar de caras no 1.

    e no guim-boav para deitar abaixo o vitória de guimarães temos o benfiquista e boavisteiro paulo paraty

    Vitorianos ponham-se a pau!!

    ResponderEliminar
  10. Para a taça quase q aposto q levaremos com um Lisboeta, ou o proença ou o d.gomes ou o phenriques, dos 3 venha o diabo e escolha!!

    ResponderEliminar
  11. Lucho,

    Belo poema, transcrevendo na perfeição o nosso estado de espírito. Fantástica mesmo essa noite de sábado, com uma exibição de gala a carimbar o tricampeonato...

    Foi pena k o exemplo da equipa de futebol não fosse seguido pelas amadoras, desta feita...

    Inconcebível a eliminação precoce dos Dragões na Liga, às mãos do S.Bernardo, logo na 1ª ronda. Inesperado descalabro, numa altura em k se sonhava com os titulos nas principais modalidades. Grande revés, dificil de engolir...

    No basquetebol foi com enorme sofrimento e nervosismo k assisti aos minutos finais, fatídicos. Novamente, é incompreensível como se desbarata uma margem pontual de 7 pontos em 2 minutos, perante uma equipa da Proliga que tinha como armas um coração enorme e pouco mais...

    Frustrante final, em k o Porto é o único culpado de não ter juntado à Taça da Liga esta Taça de Portugal. E, ao ver aquele cesto a 2 segundo do fim lembri-me da Taça da Liga, aqui em Vagos. O desporto tem destas coisas...

    Meses atrás rejubilava eu nas bancadas a comemorar a vitória frente à Ovarense, nos instantes finais. Desta feita, saiu-nos a fava. Psicologicamente, um triunfo do Porto nesta prova elevaria o moral a níveis extremos, por contraponto com a Ovarense, a dar mostras de fraqueza...

    E é esse fraquejar k me faz acreditar que é possível vencer os play-offs...

    Vamos a eles!

    ResponderEliminar
  12. Lucho,

    A minha mãe, nada e criada benfiquista, quando viu o sofrimento atroz k me consumia nas derrotas portistas, converteu-se...

    A sério!!!!

    A minha mãe tornou-se uma adepta portista de pleno direito, apenas e só para pactuar com o sofrimento do seu querido filhinho:)

    Agora, não perde um jogo:)

    ResponderEliminar
  13. Para finalizar, não posso deixar de referir a fina ironia de Jorge Coroado. E esta, hein?

    O ex-árbitro ontem, quando saia do Tribunal e confrontado com as palavras do Orelhas, que clamava pela entrada da PJ no futebol, disse mais ou menos isto...

    "Mas a PJ já entrou no futebol...tem uma equipa no INATEL. E é bem aguerrida..."

    Chupa e embrulha, ó Orelhas:)

    ResponderEliminar
  14. Lucho, deixa lá que o Sr. Lacroix está no Braga-Leiria.
    Mas, de qualquer forma, já sabemos que não há grandes penalidades a favor.

    Na taça até que podiam apitar os 3 que mencionas-te, embora eu até goste do Sr. Proença e do Sr. Pedro Henriques.

    Mas afinal e o João?
    O João não pode vir?

    ResponderEliminar
  15. Lucho, o Blue relatou.te mesmo bem! Como ele diz, eu vou po estadio de manhã! ;) Mas com os benfas prometo que vou ao porta 29 um bocadinho! So conheço o Blue, queria conhecer mais maltinha daqui do blog!

    Quanto aos arbitros nomeados, venham eles venham todos! Agora meus caros nem que viesse o mundo inteiro contra nós, sairemos sempre por cima desses merdosos todos!
    Basta ver a capa da bolha de hoje para se ver quem é o merdoso maior... Que esse senhor nem se atreva a vir no dia 20 ou entao sera chacinado carago! Espero que o mandem muitas vezes po caralho durante o jogo, muitas mesmo!

    "Estou à vontade porque não recebo árbitros em casa" ah pois nao, deve é frequentar bares de alterne com eles tss tss.

    Beijinhos azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar
  16. http://portoazulebranco.blogspot.com/

    mais um pa festa :)

    e agoraa, venha o TeTRA que os outros, ficam com as tretas dels ;)

    ResponderEliminar
  17. Lucho, caro Amigo, esta semana, não me leves a mal, mas de modalidades a coisa ficou assim tão meio cinzentona, que a alegria de Sábado vivida 'in loco' no Dragão, ajudou (e de que maneira) a esquecer a miséria do andebol, e nem mesmo a tarde de domingo conseguiu ficar estragada com o basquetebol... afinal, somos TRICAMPEÕES, carago!!! Que importa agora o resto?

    ps1 - Sábado, tentarei ir a Fânzeres, não prometo... mas nada de se esquecerem de me avisar por email se houver uma coisa qualquer de "quem quer ir a Fanzeres", com direito a brinde, ok?

    ps2 - penitencio-me por um lapso imperdoável... só agora me apercebi do pequeno GRANDE pormenor... o aniversário da tua Mãe rsss... já vai tarde, mas mais vale que nunca... em meu nome pessoal, mas tb em nome de toda a equipe de trabalho do BiBó PoRtO, carago!!, muitas felicidades para a tua Mãe... essa «jovem» de 55 anos!

    ResponderEliminar
  18. Mt Obrigado a todos pelas felicitações pelo aniversário da minha mãe.

    Sábado tb devo ir a Fânzeres, já qt ao Porto-benfica (futebol)de fala a TA_8 do dia 20, o mais certo é desta vez não ir.

    ResponderEliminar
  19. Não, não, isso não vale ...
    Porto x slb é obrigatório :)

    ResponderEliminar