12 novembro, 2009

Pinto da Costa ao balneário, mas já?

A história teima em repetir-se.
Não chegam duas mãos cheias ao vice campeão no desporto sobre patins.
Não chega uma vitória por números expressivos na bola ao cesto, nem uma posição de vantagem no desporto de bola na mão.

Não chega, pois no jogo de 11 para cada lado, a coisa está negra. Chega até a estar mesmo preta.
Passa a impressão que não se joga quase, ou mesmo, nada.
Existe um défice enorme de fio de jogo, de garra e, imagine-se, a vontade de jogar à bola parece ter abalado para outros lados.
Até as camisolas são tão pesadas que as corridas se transformam em passeios matinais de Domingo.

Mas o que é isto meus senhores? Mais que raio é que se passa?
O Tône não sabe e dificilmente consegue entender.
Poderia, facilmente, contestar aquele que foi aplaudido o ano passado para depois, em caso de sucesso, apresentar as respectivas desculpas.
Poderia, facilmente, encher as caixas de comentários com insultos gratuitos àqueles que sempre defenderam as cores da nossa bandeira.
Poderia, facilmente, juntar-se àqueles que, em tempos de vitórias, passam despercebidos e raramente aparecem.
Poderia, enfim, juntar-se à legião daqueles que se sentem assim como que desconfortáveis com as dificuldades actuais.

Poderia, mas não o fará, pois a hora é de defender o que é nosso.
A hora é de, e mais que nunca, lutarmos até contra nós próprios e apoiar o FC Porto.
Até porque tudo isto, não poderá passar de um curto e temporário pesadelo.
Queremos o Penta, vamos ganhar o Penta.
Temos de o ganhar!
Nem que para isso, o nosso Presidente tenha de fazer uma visita ao balneário.
E se, e quando o fizer, não será, certamente, para tomar banho.

32 comentários:

  1. É com muito orgulho Tone que eu assino por baixo o que aqui escreveste.

    Sei ver as falhas, sei apontar o dedo, não sou ceguinho, mas a solução não passa pela divisão das tropas e pela perseguição ao bode expiatório, a solução passa pela reunião das forças e o apoio necessário para a mudança, por muito que isso custe à cabeça, o coração tem que falar mais alto.

    Força Porto eu acredito na nossa equipa.

    ResponderEliminar
  2. Coitados daqueles que não forem capazes de reagir, mas ó Tone, Bino, Culatra e afins, queremos ver sinais de melhoria, porque até podemos perder sempre!, só que somos obrigados a não entregar os jogos de mão beijada.

    Aquilo que se viu na Madeira não é PORTO!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. ó Tone, então fica lá com as derrotas que eu quero mais.

    Já mete nojo tanto carneiro, é altura de começar a agir, quando digo reagir não digo da forma como reagiram os adeptos do Sporting, mas sim tentar fazer com que eles acordem, porque, como diz o Vila pouca, aquele não era o nosso Porto.

    ResponderEliminar
  4. Meu caro amigo Estilhaço:

    Sempre defendi o FC Porto.
    E cada um defende-o à sua maneira. Não me conformo com o que tenho visto.

    Entendo que é preciso mudar alguma coisa. Entendo que nem sempre temos que esconder a dor que temos cá dentro. Entendo que é hora de um rumo diferente, de um rumo menos conservador, menos casmurro.

    Entendo que merecemos ver um jogo de 90 minutos com um sorriso no rosto. Entendo que nas conferências de imprensa os adeptos esperem sempre com expectativa o discurso do mister. Entendo que até os jogadores esperem desse discurso fonte de motivação.

    Não temos nada disto. Não vejo que este rumo actual (que já nos levou ao sucesso, mas tudo na vida tem um fim) tenha de ser defendido assim tão cegamente.

    Por mim, já dei para este peditório.

    Acho, infelizmente, que já nem tu acreditas na mensagem q procuraste passar.

    Quem me dera pagar-te um jantar e reconhecer que estavas certo neste dia 12 de Novembro. Mas não estás, acredita.

    ResponderEliminar
  5. O seu filho não estuda. Não se esforça. Nem sequer pega nos livros. Só quer vida boa, estar com amigos, ver televisão, dormir até ao meio-dia e, de preferência, não fazer nada que dê trabalho. Não mostra atitude, garra, vontade de vencer na vida e ser alguém.

    O que você faz?

    Tem que apoiar esse estilo de vida. Porquê? Porque a hora é de apoio. Passar a mão pela cabeça porque dias melhores virão. Talvez, um dia, ele acorde com vontade de estudar ou trabalhar. Ou talvez não, porque a vida assim é muito boa. O que você faz? Continua a apoiar porque é para isso que servem os pais. Concorda?

    Agora, imagine que no lugar do seu filho estão os jogadores do FC Porto e você é o adepto. Ainda acha que deve apoiar a merda que eles andam a fazer?

    ResponderEliminar
  6. off topic- os meus parabéns à nossa equipa de andebol pela excelente exibição no jogo de ontem, 36-23 ao Belenenses na taça de portugal.

    Eu e muitos outros do blog lá estivemos. PARABÉNS FCPORTO.

    ResponderEliminar
  7. O seu filho estuda bastante. Dedica-se de alma e coração aos livros. Abdica das coisas boas da vida porque é ambicioso. Quer vencer na vida. Quer ser alguém. Esforça-se mesmo muito. Demonstra atitude, garra e muita vontade. Mas as coisas não correm bem. Por algum motivo, não resulta. As notas não são boas. Algo estará errado. Mas você é o primeiro a reconhecer que ele faz tudo o que pode mas as coisas simplesmente não querem sair. Os resultados não aparecem. Você orgulha-se do esforço do seu filho e é o primeiro a apoiá-lo. Sabe que ele merece mais do que ninguém esse apoio. Algo está errado mas procurarão juntos a solução. Ele merece porque demonstrou tudo que tinha que demonstrar. Só faltam os resultados. O resto está lá tudo: a garra, a atitude, a força de vontade, a ambição, a vontade de vencer. Só faltam os resultados. Não poderá, em nenhum momento, negar o seu apoio.

    Se, no lugar do seu filho, colocar os jogadores do FC Porto e você for o adepto, acha mesmo que poderá dizer o mesmo deles que dizia do seu filho? Acha mesmo que eles merecem o seu apoio? Conseguiu ver também a garra, a atitude, a força de vontade, a ambição, a vontade de vencer? Really?

    ResponderEliminar
  8. Estilhaço, estou de acordo com o que escreves-te, e também acredito que vamos dar a volta a estas más exibições e vamos chegar ao Penta!

    BIBÓ PORTO

    ResponderEliminar
  9. Estou contigo, Mafaldinha !

    Porque por mais triste que fique com exibições como a da Madeira, o orgulho e carinho que tenho pelo FCP é incondicional :)

    BIBO PORTO

    ResponderEliminar
  10. Estilhaço, também acredito que daremos a volta por cima, e voltando rapidamente às boas exibições e acima de tudo, das vitórias!

    Tal como afirma o Vila Pouca, a questão é que qualquer equipa pode perder, mas é que aqui tem de dar tudo ao longo dos 90 min, mesmo que o resultado não seja o esperado. E nos últimos jogos, principalmente nos barreiros, não vimos isso...

    TETRAbraço! Rumo ao PENTA

    ResponderEliminar
  11. Quem acredita, aparece sempre!!!

    Desculpem alguma coisinha, mas sem estar a discutir os 'problemas' que estão mais que identificados, mais que explicitos, e com a larga, larga maioria estou completamente de acordo... sei, tenho a completa e inequivoca certeza que 'amanhã', quando chegar a hora, em «alta» ou em «baixa», voltarei a lá estar, a apoiar, na secreta e vã esperança de voltar a ser feliz.

    Sempre foi assim, nunca será diferente!!!

    Se calhar, diria, de facto, o grande, mas grande problema (entre muitos outros, entre muitos outros), é que anda muito gente a enfurecer-se com a «boa vida do vizinho» e tomando-a como ponto de referência para atacar os «seus»... mas oxalá, oxalá, que amanhã, e sei que o farão com todo o gosto, tenham que enfiar a viola no saco e voltar a mostrar-se felizes.

    Um dia destes, voltaremos ao assunto... até lá, apesar de tudo, continuo a ser um seguidor da fé... e da convicção que hoje chove, mas amanhã, encontraremos de novo o céu azul-e-branco!

    ps - Estilhaço, tou contigo!

    ResponderEliminar
  12. Grande Tone! :)

    Não poderia estar mais de acordo contigo!

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  13. Excelente Pots Tone,

    Der acordo.
    Esperamos todos que se erga o gigante e que venha o Penta.

    Outra coisa, tal como diz o Lucho, apoiar e acreditar não é sinónimo de não criticar quando as coisas estão mal.

    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Já dizia o spot dos tais palermas & idiotas, Lda., por esta altura, e mais uma vez, reforçando a tónico no teor de grande parte das criticas que têm sido lançadas, e com as quais alinho pelo mesmo diapasão, diria que:

    "Será que eu conseguiria viver e sentir o FC Porto, mesmo criticando e botando tudo abaixo nestas alturas? duvido que sim... PORQUE NÃO ERA A MESMA COISA!!!"

    ResponderEliminar
  15. Os dias passam e vou ficando mais optimista.Já consigo não demorar uma eternidade a adormecer.
    No entanto,o que disse ontem mantêm-se:temos que esperar para ver.Com certeza que todos eles sabem que estamos irritados e descontentes,a bola está,como quase sempre,do lado deles;são eles que tem,JÁ,que nos fazer voltar a acreditar.

    Quem sabe,não esquece...

    ResponderEliminar
  16. Completamente de acordo. Temos de apoiar os nossos meninos. Afinal, estamos a falar de voluntários que trabalham graciosamente, com sacrifícios pessoais, para tentar dignificar a camisola do FC Porto.

    Não correm. Não suam a camisola. Não mostram atitude. Não mostram vontade de ganhar. Não mostram garra. Não "comem" a relva. Mas não têm culpa. Depois de oito horas de trabalho nas suas profissões, ainda se dignam a treinar ao fim do dia, ao frio e à chuva, para que o clube possa apresentar uma equipa em todos os jogos. Gente desta merece todo o meu apoio e respeito. Obrigado, rapazes.

    Merecem o nosso total apoio. Nada lhes podemos apontar e exigir. Ou será que não estamos a falar de uma equipa de amadores, como muitas que há por esse país fora?

    É este caso o nosso caso, certo?

    ResponderEliminar
  17. Não estando de maneira nenhuma de acordo com o conceito de rebanho valorizo, no entanto, a comparação entre o clube e o filho.
    Nisto e pelo menos num ponto existe acordo.
    A comparação é pertinente.
    Um clube é como um filho.
    Mais ou menos tonto nunca deixamos de gostar dele :-)

    Lucho, meu grande amigo o repto está aceite.
    Um jantar está marcado lá para meados do próximo ano. Mas atenção prepara-te pois vai ser de chapa cinco :-)

    ResponderEliminar
  18. Finalmente estão a acalmar os “berros” dos profetas do cataclismo desta fase menos conseguida da equipe de todos nós.
    E que berros! Cheios de razões mais do que evidentes pela lamentável derrota na Madeira, desataram a encher as caixas dos comentários na blogosfera azul e branca, com criticas viperinas e por vezes até insultuosas a tudo e todos que representam o clube.
    Não pouparam ninguém.
    Comeu tudo pela medida grande.
    O professor é uma besta, o Pinto da Costa ganha muito mas não faz nada, a equipe é uma droga, em resumo: é tudo uma desgraça e apenas aproveitaram a boleia dos blogs para demonstrarem a todos os outros Portistas que o clube não presta para nada e que podem contar com eles na hora das inevitáveis derrotas.
    Pois bem, pela minha parte não alinho de todo com essa cultura do histerismo bacoco de apontar culpados e reduzi-los a pouco menos do que idiotas.
    O meu FC Porto também não é aquele que jogou na Madeira, mas não aceito que isso sirva para o denegrir no seu todo.
    Eu tenho a certeza absoluta, que todos os responsáveis do nosso indomável Dragão, a exemplo de outras vezes em que as coisas não eram boas, também agora irão actuar em conformidade, e trazer-nos novamente as alegrias das costumeiras e saborosas vitórias.
    Aos anónimos desgrenhados de raiva e aos berros, recomendo um valium 10, aos Portistas menos tolerantes e mais inseguros desejo-lhes a acalmia necessária para acreditarem como eu.
    BIBO PORTO CARAGO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  19. Parece q Quaresma pode regressar ao Porto...Já em janeiro...

    ResponderEliminar
  20. diriam que o Porto e o Milan estão a nivel de paixão em patamares semelhantes?
    O milan perdeu 13 mil sócios este ano presumivelmente devido à venda de káká.

    Passaram alguns dias já parece estar tudo bem no dragão, estão todos perdoados.

    se esta equipa for eliminada na taça pela Oliveirense, vai continuar tudo bem?

    ResponderEliminar
  21. O Porto é gerido como se fosse uma empresa, então porque não avalia-los como tal? não vejo resultado.

    Não vejo paixão também.

    ResponderEliminar
  22. Por mais adjectivação ou critica que apliquemos ás ultimas exibições do FC Porto acho que está tudo com o mesmo sentimento, um sentimento de tristeza e até um sentimento de raiva pela forma como a equipa se exibiu no ultimo jogo.

    Todos queremos o mesmo que a equipa nos próximos jogos levante a cabeça esqueça tudo o que de mau aconteceu e volte a dar alegrias aos adeptos que bem merecem, até porque podemos criticar a equipa mas faça chuva ou faça sol estamos lá sempre acompanhar o nosso clube e só queremos o melhor para o clube.

    A discussão que muitos travaram aqui neste mesmo espaço não se tratou demonstração de mais Portismo ou perceber mais de futebol, apenas uns tentavam acalmar as hostes que estavam ao rubro depois de um jogo em que o FC Porto esteve irreconhecível.

    Os problemas estão mais que identificados, ainda ontem estava a ouvir atentamente o vila-pouca e ele em alguns minutos apontou uns quantos problemas e não lhe tiro razão em nenhum que ele tenha apontado(espero que o dragão de vila pouca não leve a mal esta confidencia).

    Trata-se de neste momento o FC Porto precisa mais de nós do que nunca, o que se pede é paciência e remarmos todos para o mesmo lado e não cairmos na tentação da malograda época de 2004/2005.

    Agora em off-topic o nosso FC Porto em Andebol ganhou e ganhou bem apesar de uma primeira parte equilibrada no marcador, alguns passes errados e asneiras infantis à mistura, lá arrancamos para uma segunda parte de luxo/lucho tanto faz ambas têm o selo de qualidade.

    Por ultimo e não menos importante, aliás de uma importância extrema, a forma como o tribunal me recebeu senti-me em casa , senti-me verdadeiramente como fiel seguidor.... Que ADEPTOS QUE ESTE FC Porto tem, que qualidade de apoio e que paixão que eles mostram eles fazem parte da grandeza do nosso clube.
    Agora estão tramados que sempre que poder vão ter de levar comigo ao vosso lado.

    Um grande abraço a todos. E se poder até Domingo.

    ResponderEliminar
  23. Os problemas estão identificados mas o reformado ainda anda há procura do primeiro problema. Quando chegar ao último, já estaremos em Junho.

    O Tico e Teco demoram muito a pensar. É complicado.

    Tendo em atenção às últimas exibições, gostava de saber quando é que acabam estes jogos de pré-época e começa campeonato. Já começou? E não avisaram o reformado? Está explicado. Não digam mais nada. O homem ainda pensa que anda a fazer jogos de preparação. Pensa que o campeonato só começa lá para Março. Anda atrasadito, coitado. É normal, o alzheimer tem destas coisas. Quando querem fazer do nosso clube um lar de terceira idade têm que levar com os problemas naturais velhice. Ou acham que o homem é o Jesualdo Villa Boas?

    Os neurónios já estão todos queimados.

    ResponderEliminar
  24. A única coisa que sei de futebol é que neste Desporto tudo muda muito rapidamente, é nisso que acredito que se mude para melhor em cada jogo que se segue, se depois isso é suficiente para o Penta, isso nao sei....que há erros, que há falhas e que muito se pode criticar, ninguem desmente...Fazer o que?!?!?Este é o nosso clube é a nossa Paixão, como tal por muito que nos doa este periodo, sao estas as cores que devemos apoiar!!!

    ResponderEliminar
  25. Antas:

    Foi um prazer conhecer-te. Um grande Portista como tu só podia ser bem recebido pelo TRIBUNAL do Dragãozinho. Até domingo!

    ResponderEliminar
  26. Desta vez infelizmente não me parece que vá acontecer como nas épocas anteriores, em que o ínicio era sempre com muita tremideira, depois havia o tocar do alarme e lá eram atingidos os objectivos, mas sempre na minha maneira de ver com um nivel exibicional pouco convincente, com excepções é claro.
    J.F. chegou ao fim do prazo, concordo com a teoria que o PORTO precisa de um treinador na linha de Guardiola, que como ele tivesse sido jogador, conhecedor do clube, e a solução pode passar por Domingos e Rui Barros.

    ResponderEliminar
  27. vi algumas novidades esmiuçadas aqui http://visaodemercado.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  28. Mesmo que a coisa dê para o torto este ano, eu estarei sempre lá a apoiar. Passei muito durante 19 anos, não são estas inseguranças actuais que derrubam o meu Portismo.
    Posso-me zangar, vociferar, dormir mal, que domingo a domingo lá estou no Dragão.
    Acredito que podemos mudar e também concordo que Pinto da Costa deve - como geralmente faz - andar perto do balneário para dar uma injecção de coragem nos maus momentos.
    E já agora, ir buscar um criativo para o meio campo. Urgente.
    Li do Quaresma... Hummmm não me cheira...

    ResponderEliminar
  29. Meus caros. Também eu quero acreditar que ainda vamos a tempo do Penta mas é preciso arrepiar caminho. E JÁ!

    Não sei se é necessário o PC ir ao balneário. O que eu sei é que se num plantel de 26 jogadores o Jesualdo não arranjar soluções para a falta de capacidade criativa da equipa então é melhor mesmo ir para a reforma. Para ir às compras é preciso ter dinheiro e isso não abunda no futebol português e jogadores do meio campo e ataque com qualidade também não abundam e os que há são muito caros.

    Ruben Micael é o nome que se fala mas não me parece que Jesualdo goste uma vez que é jovem e português. Mas deve haver por aí argentinos que lutem muito (embora joguem pouco) para o Jesualdo encaixar na equipa. No ano passado foi precisamente com a contratação de Cissokho que a defesa estabilizou e a equipa pôde passar ao ataque. Vamos a ver se este ano temos essa sorte (ou engenho) mas a coisa está bem mais difícil.

    O Porto precisa de alguém para o meio campo com dinâmica e que seja eficiente nas bolas paradas. Aliás, no anos 80 e 90, o Porto preocupava-se sempre em ter alguém que maracsse golos de livre (Celso, Geraldão, Zé Carlos). Para o ataque podiam ir tentar o empréstimo do Huntelaar que o Milan tem no banco.

    Quanto ao Quaresma, não acredito pois o Porto vendeu-o barato porque já não acreditava nele.

    Tal como o Jorge Aragão, eu sou do tempo em que o Porto ganhava poucas vezes e nunca deixei de ter um amor enorme a este clube. Ser portista é ser diferente, ser exigente, mas acima de tudo amar o seu clube. E por isso, no próximo jogo, lá estarei para sofrer se for caso disso mas também para gritar bem alto: PORTO, PORTO, PORTO!

    PORTO SEMPRE!

    P.S. Estes comentários anónimos só para dizer mal cheiram-me a merda vermelha. Cheiram mesmo mal!!!

    ResponderEliminar
  30. Dragão66,

    Estou totalmente de acordo contigo, pá.

    Se algum anónimo escrever escrever aqui que o FC Porto não anda a jogar porra nenhuma, é porque é merda vermelha. É uma mentira. E como todas as mentiras que se repetem muitas vezes, tornam-se verdades. É mentira!!!

    Os adeptos assobiam porque pertencem todos à merda vermelha. Os que criticam os jogadores e treinador são merda vermelha. O conteúdo das mensagens não interessa. Se não gosto da mensagem é porque é merda vermelha. Leva tudo pela mesma medida. Muito bem.

    Totalmente de acordo. Totalmente.

    É de portistas como tu que o clube precisa para continuar a fazer as grandes exibições que tanta satisfação te têm dado.

    Muito bem.

    ResponderEliminar
  31. "É de portistas como tu que o clube precisa para continuar a fazer as grandes exibições que tanta satisfação te têm dado."

    Se calhar és tu o exemplo...

    ResponderEliminar
  32. Menina,

    Concentra-te no conteúdo da mensagem.

    Think, McFly, think.

    ResponderEliminar