17 novembro, 2009

Um hino ao andebol no Dragão Caixa...

Não é todos os dias que uma das melhores equipas Alemãs, da melhor Liga de Andebol do Mundo, visita Portugal. E esse privilégio, coube ao FC Porto que na tarde do último domingo, recebeu o Goppingen em jogo da 1ª mão dos 1/16 avos de final da Taça EHF. Uma tarde de intensa chuva, com menos de 800 pessoas no pavilhão azul e branco, mas esse número foi até bem disfarçado pela participação e grande dinâmica dos espectadores presentes, os mesmos de sempre, reforço eu, mais uma vez. Do lado dos Alemães, também de registar uma pequena, mas ruidosa claque no topo Norte, cujo ponto alto, foi a faixa que levantaram no intervalo, “Muito obrigado pelo 27.05.1987”, relembrando a nossa histórica vitória sobre o Bayern em Viena!!!

O topo Sul do nosso pavilhão (destinado à claque), estava quase deserto. Quando chegarem os jogos decisivos, com certeza que os bilhetes oferecidos serão melhor aproveitados, digo eu... Sem bilhetes oferecidos, mas com muito amor ao clube, estivemos ali em peso, cantando e apoiando o clube de forma intensa. Ali, respira-se FC Porto. É ali que eu me sinto em casa!!! No final, o sentimento era de orgulho pelo excelente desempenho dos nossos atletas, mesmo que a vitória nos tenha fugido por “uma unha negra”. Um empate que também se aceita, e aquele aplauso estrondoso a todos os nossos guerreiros que dignificaram o País, a modalidade, mas sobretudo um clube que não teme jogos destes. É nestas alturas que a fibra do Dragão mais se nota!!! Força para sábado, guerreiros de Obradovic!!!

FC Porto cresce a cada dia que passa...
(1º Benfica-19 pts e 8 jgs; 2º Belenenses-17 pts e 7 jgs; 3º FC Porto-17 pts e 7 jgs...)

  • FC Porto, 36 - Belenenses, 23

Na noite da última quarta-feira, o FC Porto eliminou o Belenenses da Taça de Portugal em jogo dos 1/16 avos de final. Menos de 500 espectadores, onde me incluo, presenciaram uma partida de bom nível, com o FC Porto a ganhar avanço logo na 1ª metade (16-12), denotando grande evolução na qualidade de jogo ofensiva e a atitude de sempre na defesa sempre bem montada por Obradovic. Na 2ª parte, o sempre incómodo Belenenses, ainda esteve perto de reduzir para 2 golos, mas os Dragões seguraram-se e fizeram uns 10 minutos finais de grande fulgor ofensivo, numa altura em que Jerkovic defendia tudo. Destacaram-se Tiago Rocha com 7 golos, Mota, Moreira e Grilo com 5, e ainda Spinola, Inácio e Dario com 4. Uma vitória indiscutível dos Dragões (36-23), perante um valoroso adversário e uma referência merecida à prestação do recuperado Dario Andrade com 4 belos golos neste jogo, e um pedido bem audível para que o público continuasse a apoiar como neste jogo. Nós ouvimos Dario, e registamos, com agrado, as tuas palavras. Os oitavos de final da taça, jogam-se no dia 1 de Dezembro (sorteio é hoje às 17h).

  • FC Porto, 24 - Goppingen, 24

Na tarde do último domingo, jogou-se para a EHF Cup no Dragão Caixa, num jogo de altíssima qualidade, e onde se destacam as presenças de Eduardo Filipe, Manuel Arezes e Henrique Torrinha. O FC Porto entrou destemido, chegando aos 4-1, mas os poderosos Alemães logo reagiram equilibrando o marcador, que chegou ao intervalo com 14-13, a nosso favor. Na 2ª metade, Hugo Laurentino, continuou a fazer defesas fabulosas e a equipa Portista foi acreditando cada vez mais na possibilidade de ganhar a partida da 1ª mão. O público Portista apoiava incessantemente, e a equipa ia correspondendo. Mota (belo jogo) dava velocidade ao jogo, Inácio aparecia com remates incríveis (4 golos), Dario e Moreira iam também aparecendo mas quem mais brilhou (além de Laurentino, claro), foram Wilson Davyes (5 golos, com os seus 2 últimos decisivos) e o fabuloso pivot Tiago Rocha que com 6 golos, voltou a ser o melhor marcador dos Portistas (tal como na quarta-feira), demonstrando todo o seu talento e capacidade física. Com um Tiago assim, até me lembro de Alexandru Dedu, carago!!!

O FC Porto chegou a estar a ganhar por 2 golos, e com posse de bola para aumentar a diferença, mas os Alemães jogam um andebol de outra dimensão e voltaram a encostar no marcador, chegando até à vantagem (23-24), anulada por um míssil de Davyes a 1 minuto do fim. Com 24-24, o público do Dragãozinho, todo de pé, não temeu a posse de bola dos Germânicos e começou a cantar, “allez porto allez, nós somos a tua voz, queremos esta vitória, conquista-a por nós”. Com um ambiente destes, com a emoção ao rubro, Laurentino volta a defender e a última posse de bola é nossa, e por todos nós passou uma breve imagem de remate nas redes e abraços efusivos entre todos. Mas não. A lágrima do costume, de suprema felicidade, desta vez, não deslizou na minha face... A bola não entrou no último remate de Mota e o empate foi o resultado final. A vitória Portista seria um prémio pelo esforço, crença e competência da equipa. Mas um empate destes frente a uma equipa como esta, só pode servir para moralizar os pupilos de Obradovic. O que se pede agora para sábado é que desfrutem da oportunidade de jogar perante 6.000 pessoas na Arena dos Alemães e não tenham medo, porque “nós vamos estar lá”.

Imaginem que aquela voz que vão ouvir durante todo o jogo, é a nossa, a do sector 4. E divirtam-se, fazendo o que melhor sabem, jogar andebol!!! A imagem do final do jogo com a equipa a agradecer o nosso apoio, é a tal mística, aquela que tem faltado na nossa equipa de futebol... se vissem a forma como o Prof.Luís Graça se virou para nós, agradecendo a nossa entrega ao jogo, percebiam o que vos quero transmitir. Sábado às 19.15 (hora Portuguesa), jogamos na Alemanha, mas já esta quarta-feira (amanhã), no Dragão Caixa, recebemos o Marítimo (jogo em atraso) pelas 21.30h e o Lucho lá estará, outra vez, na fila 2 do sector 4…

FC Porto silencia pavilhão dos Vimaranenses...
(1º FC Porto-4 pts e 2 jgs; 2º Ovarense-4 pts e 2 jgs; 3º Benfica-4 pts e 2 jgs...)

  • V.Guimarães, 81 - FC Porto, 95

Grande vitória do basquetebol Portista em Guimarães, casa do recente vencedor do troféu António Pratas. Com um público sempre entusiasta, o Vitória de Fernando Sá, desta feita, não teve argumentos para contrariar o melhor jogo deste FC Porto de Moncho Lopez que promete muito, sem dúvida. Grande equipa está a montar o Espanhol e acredito que será mesmo desta que voltamos a erguer o troféu de campeão Nacional, 6 anos depois, repetindo o feito de 2004, com Luís Magalhães.

O jogo de Guimarães, revelou um Porto sempre na frente, com excelentes percentagens de lançamento, mesmo com as baixas por lesão de Cunha, Marçal e Mota. O melhor em campo foi Carlos Andrade com 18 pontos (4 triplos), 5 ressaltos e 5 assistências, logo seguido de Stempin (20 pontos), Terrell (18), Hunt (18) e João Soares (11). Ao intervalo, o FC Porto vencia por 34-52 e na 2ª metade, o Vitória apenas conseguiu reduzir até aos 9 pontos de diferença. No final, vitória incontestável dos Dragões por 81-95 e muita fé para Ovar, no próximo domingo (16h, sporttv2) em jogo da 3ª ronda do campeonato. Já esta quarta-feira (amanhã), jogamos em Torres Vedras para a Taça de Portugal (1/16 avos de final) com a Física às 21 horas.

FC Porto continua caminhada imparável...
1º FC Porto-16 pts e 6 jgs; 2º Benfica-16 pts e 6 jgs; 3º Gulpilhares-13 pts e 6 jgs...)

  • Porto Santo SAD, 0 - FC Porto, 4

A equipa de hóquei do FC Porto, contornou mais um difícil obstáculo na luta pelo “enea”, vencendo por 0-4 na deslocação a Porto Santo, onde o Benfica havia ganho por 5-6 num jogo polémico… A vitória Portista não sofre a mínima contestação a ao intervalo, a ganhar por 3-0, o técnico Franklim Pais já estava bem mais tranquilo, por certo. Reinaldo Ventura abriu o activo, enquanto o Argentino Emanuel Garcia marcou os restantes golos (3), com o último a aparecer a 2 minutos do fim, selando o marcador numa goleada por 0-4. Na próxima jornada, os Dragões deslocam-se a Paço de Arcos (dia 28), numa jornada em que o Benfica (tem os mesmos pontos dos Dragões) se desloca a Braga. Vamos ver qual dos 2 cede primeiro.

Já este sábado, pelas 17h, o FC Porto recebe os Alemães do Iserlohn na 1ª jornada da Liga Europeia, sendo amplamente favorito. Falta saber se a RTP2 transmite o jogo, situação que nos anos anteriores para esta competição sucedeu, mas tal já não deverá acontecer esta época. Por isso, imagens deste jogo, apenas deverão existir para quem se deslocar ao Dragãozinho. Conto lá estar...

Tiago Rocha

Não é fácil escolher o Dragão de Ouro, depois de mais uma semana de grandes exibições das 3 equipas seniores das modalidades de pavilhão do FC Porto. Se no hóquei, temos Emanuel Garcia com 3 golos, no basquetebol, temos grandes exibições de Carlos Andrade, Stempin, Terrell e Hunt… Mas destaco o nosso magnifico pivot do andebol, Tiago Rocha, que nos espaço de 5 dias, arrancou duas fabulosas exibições com pormenores fantásticos e uma eficácia de assinalar. Contra o Belenenses, marcou 7 golos, e domingo, diante dos Alemães, voltou a ser o rei dos marcadores com 6 golos. Às vezes parece fácil, e até eu digo baixinho nos momentos difíceis, “metam lá a bola que ele resolve”… Agora que Obradovic o ensinou a defender, temos um jogador completo com uma qualidade impar no andebol Nacional.

Saudações azuis e brancas, Lucho.

25 comentários:

  1. Andebol, frente a uma equipa fortíssima - actual 3º classificado da liga mais forte do mundo, a alemã -, o F.C.Porto fez um excelente jogo e podia ter ganho, embora em termos de eliminatória as coisas estejam muito complicadas, porque eles são uma grande equipa. Nota-se já o trabalho de Obradovic. Se for possível manter este treinador e estes jogadores por alguns anos, com o reforço de 2 bons estrangeiros - só temos 1 e é guarda-redes - podemos no futuro aspirar a fazer umas gracinhas na europa do andebol.

    Hóquei, é de uma consistência e de uma regulariade impressionante...Se há equipa que encarna bem o espírito do Dragão é a de Hóquei.

    Basquetebol, temos uma equipa capaz de fazer regressar o F.C.Porto às suas épocas de glória. Ganhar em Guimarães, frente a uma boa equipa, mesmo sem dois dos melhores jogadores - Marçal e Paulo Cunha -, é um indício claro que estamos no caminho certo.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Concordo Vila Pouca. Temos uma equipa de andebol jovem, cheia de potencial e que reforçada com uma unidade para uma posição chave (lateral esquerdo talvez) pudesse em breve talvez aspirar a altos voos tb na Europa. Estivemos perto dessa gracinha em 2001 e 2002 mas a sorte nada quis connosco.

    abraço

    Quem puder que apareça amanhã no andebol às 21.30h.

    ResponderEliminar
  3. O 'nosso' Tripeiro mereceu honras de televisão para quem viu o jogo de andebol do sofá.
    Um carolo especial para ele.

    Curioso a tarja da claque dos visitantes. Estava de comentários com o meu pai e não chegamos lá, à razão da mesma.
    E se são dos melhores do mundo aprecia-se o respeito e até que não se notou grande diferença.

    Em patins é aquela máquina.
    Até Sábado.

    ResponderEliminar
  4. Estilhaço:

    Quando fores ver ao vivo um jogo de andebol até os santos vão cair do altar...

    Que alergia é essa, carago, tb nunca tinhas ido ao hóquei e desde q te convenci ficaste viciado...

    abraço

    ResponderEliminar
  5. Ó Estilhaço eles são alemães e não podem com o Bayern... como tal agradecem o facto de em 27 de Maio de 1987 termos derrotado a equipa da Baviera. Mas também pode ser um agradecimento pelo grande espectáculo que proporcionamos nesse histórico dia.

    Abre os olhos Tone, ou será o Culatra, o Bino ou o Rato?

    ResponderEliminar
  6. Quando o FC Porto jogar um dia com uma equipa qualquer (de qq modalidade) do PSV Eindhoven é bem possível que "um lucho qualquer" apareça com uma tarja a dizer "obrigado pelo 25.05.1988".

    Ou até pode ser que agradeça ao Veloso, pessoalmente, a alegria q me deu nessa noite qd falhou o penalty :P

    ahahah

    ResponderEliminar
  7. BASQUETEBOL

    Dragão sem misericórdia

    Cuidado com este FC Porto! Se o atiçam, ele sai a cuspir fogo por todos os poros e não tem misericórdia de ninguém. Que o diga o Guimarães, que conheceu ontem a sua faceta vingativa, depois de o ter derrotado no Troféu António Pratas. Os dragões entraram de forma explosiva e resolveram o encontro ainda antes do intervalo, para o qual saíram com uma vantagem de 18 pontos, por força do grande aproveitamento dos lançamentos de média e longa distância e a desconcentração dos vitorianos, muito insatisfeitos com algumas decisões da arbitragem. Depois foi só gerir o resultado e aguentar a tentativa de recuperação dos vimaranenses, comandada por Karlton Jr. (22 pontos e 10 assistência), Rod Neally (14 pontos e dez ressaltos) e o suplente Jaime Silva (dez pontos), embora o melhor que tenham conseguido foi encurtar a distância para nove pontos, a três minutos e meio do fim, antes de esta voltar a disparar para as dezenas. O FC Porto acabou com mais "turnovers", mas também com uma eficácia notável dos lançamentos de campo. Os dragões concretizaram 81 por cento dos lançamentos de dois e 43 por cento dos de três, com Carlos Andrade, um dos cinco jogadores que terminaram o encontro com mais de dez pontos, a acertar quatro em sete.
    -----


    ANDEBOL


    Jogar ombro a ombro

    O FC Porto perdeu uma excelente oportunidade para conseguir um resultado pouco usual para as equipas portuguesas frente a um clube do topo do andebol mundial, o alemão Auf Göppingen. Os portistas acabaram por empatar, depois de terem estado grande parte do encontro a vencer, fazendo uma das suas melhores exibições da temporada, sobretudo ao nível defensivo. Mas isso, no entanto, não foi suficiente para ultrapassar os alemães. Sendo verdade que o FC Porto mostrou estar bem preparado para a partida, conhecendo a forma de jogar do terceiro classificado da Bundesliga, também é um facto que o Auf Göppingen teve um péssimo dia, tendo-se limitado a manter a proximidade no marcador e deixando para terras teutónicas a resolução da terceira ronda da Taça EHF. As falhas técnicas e de finalização, no FC Porto, voltaram a ser o ponto fraco, tendo oferecido, por diversas vezes o contra-ataque ao adversário. Por outro lado, a formação de Ljubomir Obradovic teve o mérito de impedir, com uma defesa móvel - 3:2:1 e 5:1 -, que a temível primeira linha germânica fizesse muitos estragos. Se um empate face a um rival destes poderá soar a uma pequena vitória, o facto é que na deslocação aos arredores de Estugarda, com mais de 1800 adeptos na bancada (no Dragão Caixa foram 732, e 30 deles alemães), o FC Porto dificilmente voltará a conseguir reunir as condições que ontem tantas vezes lhe possibilitaram chegar a uma vitória.


    (OJOGO)

    ResponderEliminar
  8. No domingo assistiu-se mesmo a um hino ao andebol! Jogo fantástico frente a uma grande equipa. Nos últimos jogos temos assistido a uma clara evolução da equipa, o que me deixa entusiasmado para o resto da temporada.

    A equipa de hóquei é "aquela máquina"! Estes jogadores têm a marca dos grandes campeões, vontade de vencer inesgotável! Fantástico!

    No basquetebol parece que estamos a formar uma grande equipa. Vencemos num campo muito complicado e no próximo domingo já temos outro grande desafio em Ovar. Vamos Porto!

    Abraço!

    ResponderEliminar
  9. Ponto prévio:
    Surpresa pelo novo layout. Está porreiraço:)

    Agora, no domínio das amadoras, julgo que tudo já foi dito. Grande jogo de andebol, com resultado positivo frente a um clube com maior potencial.

    No basquetebol, excelente vitória onde tinhamos claudicado no troféu de início de época. Fica a prova de que o plantel é vasto, com inúmeras soluções, que lhe permitem colmatar as ausências de peso - e mesmo assim vencer categoricamente.

    No hóquei, o de sempre. Interessa não perder pontos, e a equipa tem sabido corresponder a esse anseio. Nunca falham!

    ResponderEliminar
  10. Mais um Grande jogo de Andebol, contra um clube do top do andebol Alemão!!! para que gosta de Andebol está tudo dito.... O F C PORTO está a melhorar de dia para dia... Os nossos atletas portaram-se muito bem, mas mesmo assim não deu para a vitoria que tanto esperávamos...
    Quanto ao apoio dos adeptos tenho que dizer que foram poucos, mas muito bons....
    No que respeita as faixas, grande sentido de humor claque alemã !!! Por ali se vê o amor que eles tem ao Bayern! Mas o melhor e que um nosso companheiro foi lá busca-las ....
    Gostei daquela parte em que o técnico Alemão mostrou ter um problema oftalmológico e o nosso Presidente se prontificou a manda-lo para os serviços de ortopedia ....apesar de não dominar língua alemã.... hehehehe
    Lucho:
    Quando quiseres dar um abraço ao Veloso diz. é só combinar um dia que ele venha cá.....

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Para não variar, excelente crónica, Lucho!

    Grande tarde a de Domingo, mais uma vez com aqueles que nunca falham, aqueles que estão lá para ver o Porto e não por causa do adversário, aqueles que não importa se está sol ou se chove torrencialmente, como foi o caso! Aqueles que AMAM O PORTO!

    Gostei muito da partida, excelente jogo de andebol, em que estivemos na frente praticamente todo o encontro. Foi pena não termos ganho, mas os jogadores mereceram na mesma o aplauso que receberam no fim! São grandes!

    Palavra de agradecimento aos adeptos alemães! Tive oportunidade de falar com alguns ao intervalo, foram bastante simpáticos, e depois naquele grande gesto, que foi a abertura da faixa! Que agora é nossa :D

    Amanhã quase de certeza que lá estarei...

    No Hóquei, é sempre a somar! Espiríto de equipa inacreditável! Sábado vou tentar estar presente no primeiro jogo do grupo para a Liga Europa!

    Basquet... excelente a vitória em Guimerdães!! Sabe tão bem ganhar naquelas terras! :)

    Estilhaço:

    Gravei o jogo, e já tive oportunidade de ver :D E foram várias vezes!

    Lucho:

    PSV=Porto Sauda Veloso

    Abraços

    ResponderEliminar
  12. Andebol, Taça de Portugal: vencedor do V.Setúbal-Benfica frente a F.C.Porto.

    ResponderEliminar
  13. O jogo que decidirá o nosso adversário é no Domingo, e o jogo dos oitavos-de-final da prova, dia 1/12, feriado! Não me digam que vamos ter outra ida ao galinheiro em Dezembro :D

    ResponderEliminar
  14. Pois o mais certo é um benfas-Porto no dia 1 de Dezembro. Depois do Belenenses mais um osso duro de roer.

    ResponderEliminar
  15. É mesmo Tripeiro, Lucho sempre em grande nas suas crónicas!

    Então amanhã lá estamos!

    BIBÓ PORTO

    ResponderEliminar
  16. Foi pena a vitória não ter caído para o nosso lado no Domingo... Era um prémio merecido para os nossos jogadores...
    Mais uma vez o sector 4 marcou presença.. Aliás no fim de semana anterior não houve jogos no dragãozinho e já senti um vazio dentro de mim:)

    Finalmente o basket parece disposto a dar-me de novo grandes alegrias. Sendo um dos meus desportos favoritos, é bom de ver que o meu clube este ano vai-me dar muitas alegrias...
    Uma nota... Que grande treinador nós temos... Já se nota a mão dele na equipa...

    Quanto ao hóquei..o normal... vitórias...

    Abraço Lucho e amanhã lá estamos no andebol:)

    ResponderEliminar
  17. No ANDEBOL, de acto, foi uma pena aquele último remate do Wilson não ter levado melhor direcção... teria sido ouro sobre azul... mas, prontos, valeu pelo excelente jogo de andebol que todos os que assistiram ao vivo, tal como os que o televisionaram, tivemos oportunidade de ver... afinal, não é todos os dias que se vê andebol de outra galáxia... connosco a vender caro, muito caro, este empate!!!

    No BASQUETEBOL, talvez, diria, a confirmação de que esta época é pra contar e de que maneira com estes guerreiros de azul-e-brancos vestidos... contem connosco pró título!!!

    Por fim, no HÓQUEI, bem, já não há muito pra dizer, senão, soma e segue!... next?!

    ps - Dragão Penafiel, e não é que qualquer dia, a «sapatilha», vai mesmo voar? ;)

    ResponderEliminar
  18. Felizmente as faixas ficaram em território nacional porque 2 bravos elementos do pelotão do Sector 4 foram lá resgatá-las apesar das dificuldades de comunicação.

    ResponderEliminar
  19. Delindro, e um desses 2 bravos do sector 4, foste tu, grandes Dragões!

    BIBÓ PORTO

    ResponderEliminar
  20. E o outro foi o Sevilha:)

    2 dragões deram conta de 50 alemães:)

    ResponderEliminar
  21. Eu esqueceria o PSV Eindhoven. Senão, teria que me lembrar do dia 26.10.88. Data em que:

    PSV Eindhoven 5-0 FC Porto
    Golos: Willem Kieft 15, Juul Ellerman 37, Ronald Koeman 42, 53, Anton Janssen 51

    Era o Quinito o treinador. Era o Gomes e mais dez. A maior goleada sofrida pelo FC Porto na Europa que me lembro.

    É melhor nem falar no PSV Eindhoven.

    Obrigado.

    ResponderEliminar
  22. Obrigado pelo esclarecimento Anónimo.

    Dizes tu:
    " A maior goleada sofrida pelo FC Porto na Europa".

    Pois bem, eu lembro ainda muito bem a goleada sofrida pelo teu clube em Vigo (7-0) em 25-11-1999.
    Mais pesada e mais recente.

    Cumprimentos e volta sempre a este espaço para aprenderes alguma coisa.

    ResponderEliminar
  23. O meu clube nunca jogou contra o Celta de Vigo. Mas já jogou em Eindhoven e levou cinco.

    A memória não serve só para o que nos interessa.

    Portista que é portista não se pode lembrar de levar cinco em Eindhoven e que o Quinito foi despedido pouco depois. Eu sou desse tempo.

    Memória selectiva.

    Um portista com memória para as coisas boas e más não deve estar ao alcance do teu entendimento.

    ResponderEliminar
  24. Acabaram-se as lições por agora. Aparece no Dragão Caixa hoje e apresenta-te. Então aí falamos.
    Ou tens medo de dar a cara?

    ResponderEliminar
  25. Viva !

    Penso que relativamente ao passado foi um bom resultado.

    O que parece que o andebol está a crescer. E porque não passar a eliminatória ? Nada está perdido.

    Já menos entusiasmante foi ter lido o número de pessoas que assistiram ao jogo.

    De qualquer modo, quanto a mim, a modalidade só pode crescer com estes encontros. Por isso , acho estranho que houvessem tão poucos espectadores, sabendo-se que não é só o Porto que a pratica.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar