10 dezembro, 2011

"Quero ver o FC Porto dos últimos tempos"

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Na conferência de imprensa de antevisão da deslocação ao terreno do Beira-Mar (12.ª jornada da Liga, sábado, às 18h30), Vítor Pereira analisou a subida de forma da equipa nos últimos encontros. As falhas de concretização registadas frente ao Zenit, que impediram os Dragões de seguir em frente na Champions, não se vão repetir muitas vezes, sublinhou.

Que resposta espera da equipa no jogo frente ao Beira-Mar?
Quero ver o FC Porto dos últimos tempos. Há três jogos que a equipa tem evidenciado comportamentos de qualidade, a partir do encontro com o Shakhtar. Com o SC Braga fizemos um jogo colectivo forte e com Zenit a mesma coisa. No mínimo, espero um FC Porto igual ao do último jogo, mas a concretizar as oportunidades de golo.

Houve uma melhoria de qualidade, mas também dificuldades de finalização. Precisa de um avançado?
O FC Porto, este ano, está a jogar com um avançado que foi “só” o melhor marcador do campeonato passado. É com ele que contamos neste momento, acreditando na sua qualidade. Quer na ala, quer no meio, o Hulk já provou que consegue marcar golos. O que suceder no futuro depende do clube e da administração. Já conversámos e vamos ver o que pode acontecer.

Como definiria a época do FC Porto até aqui?
Sou um treinador exigente. Gostaria que a equipa continuasse na Champions League e não tivesse saído da Taça, mas estamos em primeiro lugar do campeonato, que é objectivo principal da época. Temos a oportunidade de defender o título da Europa League, o que também é importante, e a Taça da Liga ainda não começou. Não posso dizer que seja uma época de sucesso absoluto e com uma qualidade de jogo que me satisfaça, porque sou exigente. Mas nos últimos tempos temos tido um crescimento de qualidade de jogo, carácter e confiança, que nos cria a expectativa de ter um FC Porto mais forte daqui para a frente.

O que mudou nos últimos jogos?
Temos uma equipa mais coesa, agressiva e confiante, a jogar melhor. Houve uma melhoria dos comportamentos. Este é um FC Porro diferente daquele que jogou contra a Académica, por exemplo.

Concorda com o facto das equipas da Champions baixarem para a Europa League, algo que André Villas-Boas criticou?
Os regulamentos são regulamentos. Conquistámos esse direito, pelo terceiro lugar que alcançámos no grupo. Vamos aproveitar a oportunidade para defender o título que é nosso.

Que comentário lhe merece a nomeação de Sapunaru como melhor jogador romeno do ano?
Para mim, o futebol é um jogo colectivo e só num grande colectivo se conseguem títulos individuais. Provavelmente, ele conquistou esse título pela grande época do colectivo FC Porto no ano passado.

Como está a equipa psicologicamente?
A equipa ficou triste pela saída da Champions, mas tem consciência de que a jogar desta forma estaremos muito mais habilitados a ganhar do que a empatar, o que foi o caso frente ao Zenit. As falhas de concretização não acontecerão sempre como no último jogo, porque somos uma equipa que até costuma fazer muitos golos. Vamos defrontar um Beira-Mar muito bem organizado, como mostra o baixo número de golos sofridos. É uma equipa que criou grandes dificuldades a todos os adversários, inclusivamente os “grandes”. Mas sabemos qual tem sido o nosso trabalho e estamos num momento forte.

À excepção de Defour, lesionado, o FC Porto vai manter o mesmo figurino?
Temos trabalhado com muita exigência e a equipa que jogará é a que tem correspondido às exigências e a que me tem transmitido mais confiança no trabalho semanal. Não será muito diferente daquela que transmitiu confiança, qualidade e solidariedade táctica e emocional, frente ao Zenit.

fonte: fcporto.pt



LISTA OFICIAL DE CONVOCADOS

Guarda-redes: Helton e Bracali;
Defesas: Maicon, Rolando, Otamendi, Mangala, Alex Sandro e Alvaro Pereira;
Médios: Belluschi, João Moutinho, Fernando e Souza;
Avançados: Walter, Hulk, Varela, Djalma, Iturbe e James.

0 comentários:

Publicar um comentário