02 outubro, 2008

Entrevista exclusiva com o Dr. Pôncio Monteiro

Natural da Régua, licenciado em Economia, ex-dirigente do FC Porto e da FPF, o Dr. Pôncio Monteiro é desde há muitos anos uma pessoa com uma empatia especial com os sócios do FC Porto. Essa empatia muito se deve à sua participação nos programas desportivos: «Donos da Bola» da SIC e «Jogo Falado» da RTP2, ficando desde sempre na nossa memória a forma apaixonada, dedicada mas também competente com que defendia o nosso FC Porto.

É, na actualidade, membro do Conselho Superior do FC Porto, um orgão meramente consultivo, tendo, como todos recordam, há uns meses atrás um complicado problema de saúde que superou com a força e a coragem que todos sempre lhe reconheceram.

Por intermédio de um Amigo do blog, consegui o contacto do Dr. Pôncio Monteiro que muito simpaticamente acedeu em encontrar-se comigo e com o bLuE bOy nas imediações da Fundação de Serralves, bem perto do local onde reside.

A entrevista que de seguida publico, foi a primeira em contacto directo com o visado (todas as outras foram efectuadas via email) e só tenho a dizer que apreciei bastante a experiência e uma vez mais agradeço toda a simpatia e disponibilidade desse grande Dragão, Dr. Pôncio Monteiro.

ENTREVISTA EXCLUSIVA
Dr. Pôncio Monteiro, membro do Conselho Superior do FC Porto


1. Essa paixão pelo FC Porto já existe desde que altura?

Eu sempre me conheci Portista, nasci na Régua, já o meu pai também era e por isso desde miúdo que gosto do FC Porto. Depois vim para o Porto estudar, e fiz-me logo sócio nessa altura.

2. Numa das suas participações no programa "Donos da Bola", chegou a afirmar que enquanto estava no estúdio e numa altura em que decorria um jogo do FC Porto, ouviu uma manifestação tremenda (dos jornalistas de serviço na SIC) depois de um golo de um adversário do Porto. Foi assim?

Foi mesmo assim. Eu ia fazer o programa e ouvi um barulho enorme dentro da redacção. Perguntei o que tinha acontecido. Disseram-me que o Estrela da Amadora tinha marcado o golo do empate frente ao FC Porto no último minuto. Disse-lhes na altura que não sabia que o Estrela tinha tantos adeptos na SIC.

3. Sentia que o programa definia conteúdos provocatórios ao FC Porto e que os jornalistas de serviço odiavam o clube da Invicta? Ainda tem o seu «arquivo» actualizado?

Normalmente, o FC Porto desperta essas situações. Há muita gente que procura criticar coisas que acontecem no FC Porto e quando acontece noutros clubes, isso já não acontece. Eu dou até um exemplo recente, o da agressão no último Benfica vs FC Porto em que essa situação foi branqueada. Se fosse o FC Porto, o que teria acontecido?!... sobre o arquivo, sabe, eu andava sempre actualizado, mas como me perguntavam como é que eu sabia essas coisas todas, eu utilizei esse termo de «dossier» para lhes «comprovar» que não falhava nada.

4. O departamento jurídico do FC Porto ganhou esta batalha pela Champions 2008. Classifique o comportamento do Vitória de Guimarães e do SL Benfica nesse processo que aqueceu o Verão 2008?

É tão fraca a posição deles que nem me apetece comentar. Só digo que se isso acontecesse no FC Porto, eu ficaria muito triste.

5. Chegou a ser falado para Presidente da FPF e já desempenhou cargos executivos tanto no FC Porto como na própria FPF. Ainda pensa voltar ao activo?

Não. Isso são experiências que se têm ao longo da vida, tive muito prazer em desempenhar os cargos no FC Porto e na FPF mas essa fase está já ultrapassada. Eu diria que é «um filme que eu já vi».

6. Como são as horas seguintes do Dr. Pôncio Monteiro depois de uma dolorosa derrota?

É uma experiência aborrecida, mas como acontece tão poucas vezes, eu diria que já nem me recordo da última.

7. Conte-nos onde estava e como viveu as emoções de Viena 87, Sevilha 2003 e Gelsenkirchen 2004?

Estive presente nos 3 jogos e recordo com muito alegria como Portista e Português, mas acima de tudo nunca pensei que o FC Porto pudesse alcançar estas vitórias tão saborosas e importantes. A de Viena 87 foi a que mais me tocou por ser a primeira.

8. Confidencie-nos o seu onze ideal da história do FC Porto.

Eu acho que é injusto estar a destacar este ou aquele porque o FC Porto teve sempre grandes jogadores. Sem querer entrar em muitos pormenores, apenas digo que a nível de guarda redes, devo destacar o Barrigana nos tempos mais antigos, mas acima de tudo, o Vítor Baía que marcou uma época sendo o jogador que tem mais títulos no Mundo. Quanto aos defesas e médios, são tantos nomes que não quero ser injusto. Quanto ao lugar de ponta de lança, o Jardel fez muitos golos, mas o Fernando Gomes é o meu preferido por ter jogado muitos anos no FC Porto e ter atingido uma projecção mundial.

9. Quem é para si o melhor treinador que já passou pelo FCPorto?

Aquele que surge logo na minha memória é Pedroto. Todos os sócios do FC Porto sabem que aquilo que o clube é actualmente, tem muito a ver com essa fase em que Pedroto pegou na equipa nos anos 70.

10. O que dizer destas personalidades: Pinto da Costa, Artur Jorge, Pedroto, Mourinho, Vítor Baía, Fernando Gomes, Jorge Costa e João Pinto?

Pinto da Costa - é o dirigente que revolucionou, no bom sentido, o futebol Português;

Artur Jorge - é um amigo, foi também jogador do FC Porto e como treinador foi Campeão da Europa;

Pedroto - foi quem deu o arranque para as glórias que o FC Porto veio a alcançar pelo tempo fora;

José Mourinho - é um treinador inteligente, de craveira internacional que deixou a sua marca no FC Porto pelas vitórias conseguidas;

Vítor Baía, Fernando Gomes, Jorge Costa e João Pinto - são todos símbolos do FCPorto, jogadores de 1ª categoria da nossa equipa.

11. O TETRA será uma realidade? Este FC Porto está mais ou menos forte que o da época anterior? Jesualdo merece-lhe confiança?

Pelo passado do clube, os Portistas podem ter fundadas esperanças em que isso possa vir a acontecer. E eu acredito nisso. Quanto a estar mais ou menos forte, eu diria que as equipas do FC Porto são sempre fortes. Já quanto a Jesualdo, digo apenas que é um homem que também vai deixar o seu nome marcado na história do FC Porto.

12. Acompanha a carreira do andebol, do basquetebol e do hóquei do FC Porto?

Sim, acompanho, vou com muita frequência ao hóquei. Do andebol gosto muito até porque já pratiquei enquanto estudante. Gosto do basket pelas questões tácticas e gosto também do ciclismo que até já nem temos, mas em que ia sempre ver os ciclistas. Diria que gosto do desporto em geral.

13. Uma palavra final para os nossos leitores.

Aquilo que eu desejo é que tenham muita saúde, muitas felicidades e sempre que eu puder, tenham a certeza que estarei ao vosso lado a festejar as grandes vitórias do nosso clube.

Um abraço,
Pôncio Monteiro.

35 comentários:

  1. Boa ideia a tua Lucho, Pôncio Monteiro era mesmo o remédio que eu precisava para poder dormir descansado...Sim porque ter homens assim ao nosso lado tranquiliza-me e faz-me pensar que tudo é possível!
    Um grande abraço de consideração e reconhecimento ao senhor Pôncio Monteiro.

    ResponderEliminar
  2. Um dirigente de eleição.
    Um defensor do F.C.Porto contra tudo e contra todos.
    Um portista de sempre e sempre presente.
    Um Dragão dos sete costados que resiste a tudo, sejam coices de burro ou ferroadas de Lacraus, pequeninos e invejosos.
    Um abraço ao Lucho e ao DR.Pôncio

    ResponderEliminar
  3. Mais um grande exclusivo do blog, graças à perseverança do Lucho neste amontoar de entrevistas a personalidades mediáticas que, tal como nós, têm o Porto no coração...

    Como foi dito, na introdução, Poncio Monteiro tem uma empatia especial com os adeptos. Pela forma sempre corajosa como defende a sua "dama", de forma abnegada, não se coibindo de ser contundente quando a ocasião exige.

    Deixo aqui expressos os meus votos de gratidão por tudo quanto fez pelo nosso FCP!

    ResponderEliminar
  4. HOMEM com "H" grande, PORTISTA como poucos, ainda me lembro dele quando estava naquele programa daquele FDP de Nazi do Shnitzer. É desses homens que nós precisámos para nos defender nos meios de CS e não um "lorpa" como o Dr.Guilherme Aguiar. Que a sua saúde o permita ver muitos e muitos anos o nosso PORTO. Bem haja. Saudações des PORTISTAS

    ResponderEliminar
  5. Preza pelos comentários ponderados mas não é de mandar recados por ninguém.
    Uma fórmula correcta de apoiar sempre, com que me identifico.

    Timing perfeito para a divulgação da entrevista com mais um trabalho soberbo do Lucho e do Presidente.

    Já agora, apontem nas Vossas agendas o dia 1 de Novembro em Fânzeres para mais um clássico em hóquei.

    ResponderEliminar
  6. Meu caro Lucho,

    Mais um extraordinário "furo jornalístico" !

    Parabéns !

    É um enorme prazer ler uma entrevista ao MÍTICO Dr. Pôncio Monteiro. Alguém que me habituei a admirar ao longo dos anos.

    E que ficará na história do FC Porto.

    Aquele .... ARQUIVO !


    Não posso terminar sem lhe retribuir tudo aquilo que nos deseja. A dobrar.


    OBRIGADO POR TUDO !

    ResponderEliminar
  7. Parabéns Lucho pelo trabalho.

    Grande Poncio Monteiro !

    ResponderEliminar
  8. Excelente entrevista! :)

    De entre todos os defensores do FC Porto nos inúmeros paineis de comentadores, sem dúvida que o Pôncio Monteiro foi o que mais me encheu as medidas.

    Não só pela personalidade forte que não se deixava ficar, mas essencialmente pela classe como desarmava toda e qualquer tramoia nojenta que inventassem nesse dia.

    Sempre que havia uma qualquer questão duvidosa, ele não se limitava a rebater as alarvidades dos companheiros de painel com barbaridades nem diz que disse...

    Deixava-os debitar umas quantas parvoices e outros tantos "disseram que alguém disse que ouviu dizer que parece que alguém fez"... e depois largava a bomba, devidamente documentada...

    Uma das frases do Dr. Pôncio que mais guardo na minha memória é precisamente

    "olhe que eu tenho aqui um documento que diz o contrário..."

    E foi desse acumular de documentos que surgiu o famoso "Dossier"... :)

    Um ilustre portista, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  9. In www.ojogo.pt

    Pôncio Monteiro
    "Não procurar bodes expiatórios"

    "Para lá de o FC Porto ter actuado no estádio de uma das melhores equipas da Europa, a tradição dos jogos em Inglaterra também não ajudou. O Arsenal fez uma bela exibição e a do FC Porto não foi das melhores. Mas não devemos estar à procura de bodes expiatórios. Simplesmente, foi um jogo que correu muito bem ao Arsenal e que correu mal à nossa equipa. Aconteceu. Para o Sporting vamos ver como a equipa reage, sabendo-se que são jogos com motivações diferentes. Estou esperançado num bom resultado."

    Miguel Guedes
    "Houve leveza de toda a equipa"

    "Faltou ao FC Porto um jogador capaz de assumir o jogo. Lisandro foi atrás demasiadas vezes. Houve também falta de sorte para inaugurar o marcador e uma espécie de leveza excessiva de toda a equipa, que fez poucas faltas, por exemplo. A defesa não foi capaz de conter o volume atacante do Arsenal e os médios não compensaram os laterais. Guarín não o fez em relação a Benítez. Rodríguez parece-me inadaptado no ataque e deve jogar no meio-campo. E agora? Não há nada melhor do que um clássico a seguir a um jogo destes."

    Manuel Serrão
    "Culpa de todos, uma humilhação"

    "Os jogadores do Arsenal andaram de mota e nós de bicicleta. Falta de preparação-física ou os ingleses com melhor preparação farmacêutica? No entanto, isto não explica tudo. O FC Porto começou bem, mas a segunda parte foi um descalabro, desastrosa. Talvez os jogadores estivessem a pensar nas festas, nos contratos, não sei... Não foi a equipa do FC Porto que esteve presente. Sofremos dois golos na segunda parte, mas podiam ter sido sete ou oito. O Arsenal fez meiinhos na nossa grande-área. Culpa de todos. Uma humilhação. Que derrotem o Sporting!"

    Álvaro Magalhães
    "Limite da competência de Jesualdo"

    "Doeu muito ver os ingleses a fazer meiinho na nossa área. Jesualdo encontra sempre nestes jogos o limite da sua competência. Não chega lá. E esta equipa também não. No ano passado, estávamos na segunda linha europeia, neste estamos ao nível da terceira. O rombo das saídas de Bosingwa e Assunção (esqueçam Quaresma) não foi colmatado, apesar dos reforços. A tal construção está ameaçada. E a culpa é dos construtores. O Sporting? Para nós, uma catástrofe costuma vir sempre só, mas o professor também é alérgico ao losango e o nosso rombo continua lá."

    ResponderEliminar
  10. Curiosamente, todos estes 4 senhores, q falam no JOGO sobre o arsenal-fcporto, já deram uma entrevista ao nosso blog.

    ResponderEliminar
  11. Boas,

    Mais uma magnífica entrevista que nos é oferecida Pelo Lucho, desta vez com um portista dos sete costados que sempre admirei, pela postura de defesa intransigente do FC Porto, mas também pela inteligência e perspicácia das suas intervenções. Era um admirador confesso do Jogo Falado da RTP, precisamente pela presença de Pôncio Monteiro.

    Mais um grande post para o blog. Obrigado Lucho.

    ResponderEliminar
  12. O que eu penso sobre Jesualdo está aqui num texto de Jorge Maia no JOGO.

    «Pedir humildade aos jogadores do FC Porto, tal como fez Jesualdo Ferreira, pode ter sido um detalhe tão ou mais decisivo do que os falhanços de Rodríguez e Lisandro. O que se deve pedir a quem defronta um predador, especialmente um predador ferido, é arrogância. Que cresça, que faça peito, que mostre as garras e que prometa vender cara a pele. Que seja forte ou, pelo menos, que se finja forte. Porque os predadores preferem caçar os fracos»

    Nós entramos em campo já derrotados pelo discurso do nosso técnico antes da partida.

    ResponderEliminar
  13. Lucho:

    De facto, não posso deixar de o aqui admitir... muita desta obra aqui reproduzida, deve-se única e exclusivamente a ti, à tua persistência, ao entusiasmo que colocas a cada momentos destes que aqui nos trazes com uma já habitual frequência... mas tb não seria justo esquecer o tal AMIGO do blog que nos proporcionou este ganda furo jornalistico, pelo que fica aqui também um «especial e muito obrigado»!

    Depois, dizer que se na altura percebi que para ti este era um momento realmente compensatório, bastava topar-te a alegria que estava estampada no teu rosto, para mim, pessoalmente, e porque tive tb o privilégio de te acompanhar neste momento, dizer que foi inesquecivel e fascinante poder recordar com saudade todas aquelas noites de defesa intransigente, inequivoca e non-stop ao nosso FC Porto por parte do Dr. Pôncio Monteiro defronte das câmaras televisivas, trazendo até nós, um imenso orgulho e fazendo-nos acreditar que tinhamos feito de facto a escolha mais certa... nunca precisei de ninguém para me afirmar Portista, mas será justo admitir que é com Homens destes com H maiusculo que se faz a história do nosso FC Porto e nos fazem sentir imensamente orgulhosos das nossas convicções e opções clubisticas.

    Enquanto ias fazendo as perguntas para manter o alinhamento combinado na condução da entrevista, e eu limitando-me ao papel de pendura, segurando gravador para que nada desse diálogo se perdesse, ia pensando cá comigo que de facto, o Dr. Pôncio Monteiro continua igual a si próprio, mesmo com mais idade... o timbre da voz igualzinho ao antes, a sempre presente ironia nas respostas e com um olhar assim de soslaio como que a dizer "embrulha lá mais esta e atira-te agora pró chão", a paixão imensa pelo FC Porto que salta a cada palavra debitada, etc etc... como queria dizer, foi um momento inesquecivel na minha vida pessoal e desportivamente falando, e para sempre recordar!

    Por todo este momento, o meu especial e sentido OBRIGADO ao Dr. Pôncio Monteiro e que a vida lhe continue a sorrir pessoal, profissional e clubisticamente.

    Ahhhh, e não esquecer tb de aqui deixar uma palavra de agradecimento à sua Senhora Esposa que foi de uma simpatia a todos os níveis... para ela tb, o nosso muito obrigado por nos terem permitido este momento inesquecivel.

    ResponderEliminar
  14. O famoso "arquivo" do Dr. Pôncio Monteiro intimidava e muito os parceiros de programa. Sabiam eles muito bem que qualquer ataque ao FC Porto seria devidamente retaliado com factos e provas presentes no "arquivo". Até tremiam cada vez que o Dr. Pôncio Monteiro "ameaçava" com o "arquivo". Já era palavra maldita para os colegas.

    Quem me dera que, os actuais adeptos do FC Porto presentes em programas do género tivessem o mesmo sentido de responsabilidade de estar a representar milhões de portistas por esse mundo fora. Por comodismo, nem se preparam devidamente para os programas. Vão com a mesma despreocupação de quem vai ao café conversar com os amigos sobre futebol.

    A minha admiração pelo Dr. Pôncio Monteiro.

    Se havia algum portista que não gostasse dele, hoje, cada vez mais, é válido o ditado, "Atrás de mim virá quem bom de mim fará".

    Um bem haja ao doutor.

    ResponderEliminar
  15. Ao Blue Boy e a todos os outros q se referiram a mim:

    Obrigado pelas vossas palavras. Como sempre apenas digo q tudo o q faço, o tempo q gasto com isto é derivado ao amor, há quem lhe chame doença, que tenho pelo FC Porto, um amor sem qq interesse, por isso costumo dizer q o meu amor ao FCP é um amor de criança.

    Ao amigo do blog:

    Um obrigado pelo contacto (este e outros) que me disponibilizaste.

    Ao Dr. Pôncio:

    Repetir as palavras do meu amigo Blue Boy... Era, sou e serei sempre um seu admirador.

    ResponderEliminar
  16. Lucho, um muito obrigado por teres trazido a este espaço uma figura ímpar do nosso FCP.
    O Dr. Pôncio é um ENORME portista, que deu e continua a dar muitíssimo ao Clube, aquele que melhor nos defendeu nos programas televisivos com o famoso arquivo, sarcasmo e pertinência no que dizia.
    Uma referência para sempre.
    Quanto aos desaguizados entre portistas, eh pá, deixem-se disso, vamos é apoiar o Clube num momento difícil e com consequências futuras que podem ser muito complicadas.
    Abraço e contenção.

    ResponderEliminar
  17. Dr. Pôncio Monteiro, acredite que muito o estimo e lamento de verdade os actuais representantes do FCP nos diversos programas desportivos não partilharem do seu conhecimento, da sua força ao defender o nosso Porto.

    Teria sido uma honra conhece-lo pessoalmente, ou quanto muito endereçar-lhe uma palavra de apreço ...mas quanto a isso, vou falar com o sr. Presidente cá do blog...

    E porque eu posso e vocês (homens) não, um beijinho muito grande e votos de muitas e felizes vitórias Azuis & Brancas :)

    ResponderEliminar
  18. Dr. Pôncio Monteiro, grande portista que defende o clube cotra tudo e contra todos, só o nome mete muito medo a muitos comentadores. Parabens Lucho pela entrevista, pena que metados dos comentarios não tenha dado o dvido valor.


    Portista, tenham calma, nimguem ficou satisfeito com a derrota com o Arsenal, somos um clube que não vive com o pensamento do que fez no passado, o passado é para não esquecer mas o mais importante agora é o manhã, e o amanhã é já no Domingo. A união faz a força e hoge mais do que nunca é preciso estarmos unidos, afinal o que nos une é o F. C. Porto.


    VIVA O Dr. Pôncio Monteiro
    VIVA O BLOG Biba o Porto Carago

    Força F. C. Porto

    ResponderEliminar
  19. Lucho,
    Mais um trabalho de amor e dedicação ao clube que todos amamos. É sempre revigorante ler estas entrevistas, principalmente com PORTISTAS deste calibre.
    Que nos dê alento e coragem para continuarmos a apoiar SEMPRE o nosso FCP.
    Só uma nota: Lembram-se (quem for dessa altura) o que custava "passar aponte" ? Pois bem o FCP merece sempre o nosso apoio.
    Continua Lucho que esse é que é o caminho.
    Saudações dragonianas.
    Emília dracaena.

    ResponderEliminar
  20. GRande Portista este SENHOR...este é daqueles que eu gosto de ouvir falar do PORTO..Sr.Poncio ja o sabia portista so nao fazia natural da REgua tal como a minha mae e Avos maternos ate por isso aumenta a minha simpatia para com a sua pessoa...Espero que Deus lhe traga força para resistir a estes males que o NOSSO PORTO nos acomete..sobretudo se o jogo é em Inglaterra!!!Espero que os 4 secos nao lhe causem nenhuma recaida e continue a sua prospera recuperaçao..Espero que o plantel Azul recupere forças tal e qual o Senhor recuperou do mal que o atormentou.

    ResponderEliminar
  21. «Depois de um convidado destes...»

    Pois, eu sei onde queres chegar... Mas chegar ao nosso Presidente nãoé fácil...

    ResponderEliminar
  22. Ao nosso Presidente... ao Blue ?!!

    :P

    Posso tentar interceder, mas não prometo nada :D

    Agora a sério e aqui que ninguem nos ouve, e isto é a minha opinião pessoal, o entrevistado de hoje é de topo ;)
    Acredita que até o mal estar de Londres passou :)

    ResponderEliminar
  23. ESCLARECIMENTO GERAL:

    Após um período de natural reflexão, e porque já tinha pensado em fazê-lo porque de facto, neste post, neste especifico, pelo respeito que este GRANDE PORTISTA que é o Dr. Pôncio Monteiro nos merece, e depois de espicaçado por alguns dos habitués neste espaço, decidi... e assim o fiz.

    Fiz uma pré-selecção de todos os comentários aqui postados que não faziam qq sentido, não procurando com isso apagar a história dos mesmos, mas tão simples quanto desvalorizar um assunto que para mim, entre Portistas que se prezem, não faz qualquer sentido... e não faz mesmo!

    Deixo aqui as devidas desculpas aos autores abaixo referenciados, e aos quais entendi «eliminar» determinados comentários que não fazim qualquer sentido aqui estarem postados, a saber:

    Bruno Rocha, Estilhaço, Hurakatai, eu próprio, Dragão VilaPouca, Lucho e Heliantia.

    Faço votos para que todos os atrás referenciados, e até mesmo todos os outros que nos visitam diariamente ou talvez não, compreendam esta tomada de posição... há momentos em que é preciso decidir... bem ou mal, está decidido e sem direito a privilégios ou descriminação. Todos diferentes, todos iguais!

    TRIaBrAçOs,

    ResponderEliminar
  24. Boa sorte amigos.

    SSCNAPOLI.IT - Sito Ufficiale del Calcio Napoli

    ResponderEliminar
  25. são pessoas assim, como o Dr. Pôncio Monteiro, que o FCP precisa na sua direcção. Um grande Portista e um grande Homem.

    Abraço

    ResponderEliminar
  26. Grande Dr. Pôncio, homem bravo, que durante muito tempo honrou o nosso nome (FCP) no meio da lama pestilenta que existia em lisboa.
    um bem-haja!!!



    PS: parabéns Lucho, isto é que é dedicação...

    ResponderEliminar
  27. Viva !

    Muitos Parabéns pela entrevista não só explicativa como também instrutiva.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  28. Lucho :

    Para nós , esta entrevista , poderá ser uma autêntica terapia de grupo !

    Escolheste a pessoa certa ,
    na altura exacta.


    PARABÉNS !
    (e um abraço )

    ResponderEliminar
  29. Mais uma grande entrevista. Sem palavras
    Será que não tens a arte trocada ....... Tomara muitos jornalistas fazer entrevistas como as tuas continua ....



    Abraço

    ResponderEliminar
  30. Jorge da Silva02 outubro, 2008

    Grande,Enorme Dr Pôncio Monteiro!!!
    Que tenha muita saude ... e muitos
    anos de vida,porque o nosso Clube
    precisa é de Homens assim.

    Continuem este Bom trabalho ...

    Abraço

    ResponderEliminar
  31. Lucho! É evidente que Pôncio Monteiro é uma das personalidades mais ilustres do nosso Clube.

    Neste momento para ser franco não estou muito interessado em render homenagem a ninguém porque estou sinceramente muito mais preocupado, apreensivo mesmo,com o momento actual que a equipa de futebol atravessa.

    Por isso :

    Prevenir é melhor que remediar!

    As últimas exibições da equipa do FC Porto não conseguem convencer ninguém.Pelo que temos de ser realistas,e admitir que essas exibições da equipa não têm sido de molde a tranquilizar ninguém.
    Não adianta estarmos com panos de quentes.
    A equipa está mal preparada,mal orientada e a jogar mal.É um facto indesmentível!
    Já há muita gente a dizer que teve vergonha ao assistir à última exibição do FC Porto em Londres.
    Quanto aos dirigentes,só confio na competência do Presidente PdaC.
    Os restantes são umas nulidades. Podem ter muitas acções da FC Porto-SAD e devido a isso terem conquistado o direito de andar por lá a pavonear-se e a tomar decisões erradas,mais nada.Portanto,pessoalmente não confio neles.Muitos dos que andam por lá,se não fosse o PdaC já há muito teriam sido corridos do Clube.

    Estamos de acordo em parte com aqueles que dizem que é preciso ter calma,mas o que é facto é que o José Gomes não dá garantias.Já esteve com o Jesualdo no Benfica com maus resultados.

    Além disso,eu pessoalmente segui o trabalho do Carlos Azenha no FCP pelos jornais e quando ele saíu,lembro-me de ter escrito umas notas sobre o caso referindo,agora é que se vai ver de quem é o mérito das últimas conquistas do FC Porto.

    Recordo-me que por exemplo o Artur Jorge brilhou como treinador enquanto teve com ele o Adjunto Octávio.Depois nunca mais fez nada.

    Por tudo isto suspeito que o Carlos Azenha tenha maior responsabilidade nos êxitos do FC Porto das duas últimas épocas do que o Profe.
    Alem disso,a dupla "Jesualdo Azenha" já provou e deu frutos,enquanto a dupla "Jesualdo Ferreira José Gomes" já fracassou no benfica,e,está fracassando no FCP.

    Pelos elogios que tenho lido ácerca do trabalho do Carlos Azenha,acredito que ele é mesmo muito bom.E a prová-lo estão os resultados da equipa enquanto ele esteve no clube.
    O tempo encarregar-se-á de provar se tenho ou não razão.Na minha opinião o Carlos Azenha tem muito mais valor,é muito mais competente do que o José Gomes.E nota que para já a condição física actual dos jogadores do FC Porto não abona nada a favor do José Gomes,e dá-me razão.

    Pelo acima exposto,acho que o PdaC devia relegar o JF para director técnico desportivo(isto para não fazer muitas ondas) e contratar de imediato o Carlos Azenha para treinador de principal de campo,mantendo o João Pinto e o Rui barros como adjuntos.
    Estou convencido que a situação da equipa evoluiria logo muito ràpidamente para muito melhor.

    Abraço

    ResponderEliminar
  32. Quer se goste ou não da figura de Pôncio Monteiro, a verdade é que como dirigente ficará para sempre na história do FC Porto.
    E como comentador desportivo na da televisão portuguesa.
    Quando alguém escrever sobre os programas televisivos de debate desportivo/futebolístico certamete dedicará umas páginas a Pôncio Monteiro e ao seu famoso «Arquivo».

    http://chutodeletra.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  33. Divinal! Mais uma joia da coroa, do clube, e no caso desta entrevista, do Blogue!

    Fenomenal, Obrigado Lucho e bLuE!
    Abraços navegação!

    ResponderEliminar
  34. Lagarto do Norte03 outubro, 2008

    Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  35. Sou portista desde pequeno e o Dr. Pôncio Monteiro foi sempre um nome que eu sabia pertencer ao F.C. do Porto. Mas quando comecei a vê-lo no programa, de má memória, "Os Donos da Bola" fiquei absolutamente surpreendido. Nunca pensei, julgava eu, que o nosso F.C. do Porto tivesse, para além de Pinto da Costa, figura de tamanha qualidade para o representar tão dignamente e de forma tão acérrima - como gostamos nós, os verdadeiros Portistas - como o foi o Dr. Pôncio Monteiro.
    Apenas pela sua prestação nesse "programa" este Homem merecia ter tido a honra duma homenagem por parte do nosso clube. Se não aconteceu... e como a vida é por vezes tão injusta, uma coisa, pelo menos, gostava que o Dr. Pôncio Monteiro ficasse a saber, é que é sempre homenageado na consciência de muitos e muitos portistas anónimos, entre os quais me incluo, os quais lhe prestarão sempre o devido reconhecimento. Que pena que o nosso F.C. do Porto esteja, cada vez mais, carente de homens desta categoria. Bem haja Dr.Pôncio Monteiro. Uma figura de proa do nosso clube.

    ResponderEliminar