04 junho, 2010

FCPorto – Dragões de Azul Forte

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Retalhos da história, conquistas e vitórias memoráveis, figuras e glórias

Introdução
O orgulho de ser Portista

Sou nortenho e portista! Faço alarde da minha naturalidade (Trás-os-Montes) e tenho muito orgulho em ser do Norte, ser adepto e sócio do grande F. C. do Porto.

O Futebol Clube do Porto (FCP) é o clube desportivo mais representativo da cidade do Porto e um dos mais relevantes no panorama desportivo nacional, europeu e mundial. Com realce para a sua equipa de futebol, o FC Porto encontra-se entre os melhores do mundo também em hóquei em patins e bilhar, e entre os melhores de Portugal em todas as outras modalidades praticadas no clube.

Nós, portistas, pertencemos a um clube fantástico que idolatramos! Queremos que seja sempre "o mais forte entre os mais fortes", por isso continuamos na busca da perfeição. O FC Porto é um clube enorme, extraordinário! Organização, método, dedicação, trabalho, determinação e garra: eis o "sistema" de um CAMPEÃO!!!

"Ser portista é paixão, é bairrismo", é lutar contra a inveja e a mediocridade. Somos superiores mas não desdenhamos os outros. Não desculpamos os nossos insucessos com os sucessos alheios, festejamos cada triunfo colectivo como se fosse o primeiro e festejamos em colectivo cada triunfo pessoal... porque somos um clube invencível na solidariedade, no companheirismo. No campo desportivo, quando vencidos em campo, saudamos o adversário e reconhecemos o seu valor, com uma promessa: para a próxima venceremos! As derrotas (felizmente poucas...) não nos abatem, antes consolidam o nosso querer, a nossa vontade de vencer! Sim, não nos cansamos de vencer e "gostamos de recriar os nossos próprios desafios".

Veneramos os nossos atletas e todo o património humano do clube. Acolhemos quem nele ingressa com o entusiasmo de fazer mais um campeão... Quem parte deseja regressar, porque leva o F. C. Porto no coração e os olhos azuis de saudade!

O FC Porto se não "é uma Nação", é sem dúvida um clube de que os seus sócios e adeptos se orgulham. O rigor e o profissionalismo exigente catapultaram o clube para a senda de triunfos dos últimos trinta anos. O FC Porto não dorme na esteira dos êxitos, não pára para contemplar as vitórias de ontem; porfia continuamente, projecta-se a cada dia rumo a novas conquistas, fazendo alarde da sua força e do seu dinamismo. O FC Porto, afinal, "é uma Nação"!!! Nós, os seus seguidores, rejubilamos com cada êxito mas (nas palavras do seu timoneiro e Presidente), "Para lá de todas as vitórias, de todos os títulos conquistados, de todas as taças em todas as modalidades, de todos os triunfos obtidos, quando nos pedem para nomear a vitória mais saborosa, é sem dificuldade que elegemos uma à qual todas as outras se subordinam: o orgulho de ser portista".

Notas sobre a edição:
  • Esta "história" começou no desejo de aprofundar o conhecimento sobre o FC Porto. Com a recolha dos dados dispersos por várias publicações, cedo percebi haver informações desencontradas em fontes distintas e inúmeros erros em edições de boa apresentação mas de fiabilidade duvidosa. Logo passei a usar a metodologia que achei mais adequada: cruzamento de dados e validação através de 3 ou 4 procedências diferentes. Ainda assim é provável que da laboriosa pesquisa, iniciada há mais de três anos, resulte informação inexacta. Pelo que, caro leitor, conto com a sua complacência e agradeço me informe de qualquer erro detectado. Sem pretensiosismo, aqui está um modesto trabalho que fiz a pensar em todos os Dragões Azuis e… Fortes. Ao longo da exposição escrita serão revisitados lugares e factos conhecidos e revelados episódios que surpreenderão muito apaniguados do grande Clube da Invicta.

  • Em todos os textos parcial ou totalmente transcritos, será mencionado o nome do respectivo autor. Se alguma transcrição não for devidamente identificada, peço, com as minhas desculpas, que o autor do texto em causa comunique a omissão que, de imediato, corrigirei.

  • A narrativa (ilustrada) de "F.C. do Porto – Dragões de Azul Forte" iniciar-se-á, como é óbvio, com a fundação do Clube, em 28 de Setembro de 1893, por António Nicolau d'Almeida. No mesmo post – a publicação terá uma periodicidade quinzenal – os nossos leitores poderão fazer o “download” de um quadro (com 14 páginas A4) que enumera e descreve, desde 1893 à actualidade, os marcos históricos, os eventos, feitos e títulos desportivos relevantes. Todos os Presidentes do Clube são mencionados, indicando-se o início e o fim do(s) mandato(s) e relacionando-os com os acontecimentos registados. Esse quadro (resumido mas abrangente) será, pensamos, muito útil como referência para os adeptos portistas, para os mais e os menos conhecedores da gloriosa história do F.C. Porto.

  • Num clube ecléctico como o FC Porto, a história também se faz com as chamadas modalidades amadoras. Se o futebol tem, como é óbvio, a primazia, não deixa de ser de elementar dever realçar os brilhantes êxitos das "Modalidades" portistas. Haverá, ainda, um capítulo dedicado à história de cada Modalidade.
Bibliografia e referências

Bibliografia:
Crónica de Ouro do Futebol Português – Círculo de Leitores; Deco, o Preço da Glória – Prime Books; FC Porto, 100 Momentos – Quidnovi; FC Porto, Álbum Azul – Quidnovi; Fotobiografia do Campeão 2006/2007 – Jornal de Notícias; Glória e Vida de Três Gigantes – A Bola; História do Andebol – CTT Correios; História do Atletismo – CTT Correios; História do Ciclismo – CTT Correios; História do Futebol – CTT Correios; História do Hóquei em Patins – CTT Correios; História do Porto – Quidnovi/JN; Largos Dias Têm 100 Anos – Ideias & Rumos; Livro de Ouro do FC Porto – Diário de Notícias; O Melhor Porto – PortoComercial SA; O Penta Ilustrado – O Comércio do Porto; Portugal Século XX – Círculo de Leitores; Revista Dragões – FC Porto; Vítor Baía, A Autobiografia – Ideias & Rumos.

Outras Fontes e Referências (sítios e blogues):
Almanaque Desportivo do Distrito de Aveiro 1950; Arquivos da bola, 1960-1990; Austria-Archiv.at; Bibó Porto, Carago!; Blog Portista; Cachecóis do FC Porto; Cadernetas e Cromos; Dragão Até à Morte; Dragãopentacampeão; Equipas do Passado; EstádioDragão.com; Estrelas do FC Porto; European Football, database; Federação Portuguesa de Futebol; FC Porto.pt; Fcporto.blogspot.com; Fcporto.supertaçaportugal; FêCêPê – Orgulho e Glória; FIFA.com; Flirck; Fora de Jogo; Força Porto; Forum SCP; Fundação Vítor Baía; Futebol Inesquecível; Futebol Português em Números; Futebolar; Futebol-Porto; Futebol Saudade; Glórias do Passado, VSC; Guardião da Invicta; JAMD; Jornal TVS; Liga Portuguesa de Futebol; Live Score; Lôngara - Actividade Literária; Memória Azul; O Cromo dos Cromos; O Portal dos Dragões; Olidragão; Os portistas!; Paixão pelo Porto; Pobo do Norte, o pobo mais forte; Portugal - Record International Players; Recordes da bola; Reflexão Portista; Renovar o Porto; RSSSF Portugal; Skyscraperlife.com; Soccerbase.com; Sport Heroes; Terceiro Tempo; The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation; UEFA.com; UEFA, european cups; UEFA, logos; Wikipédia, Competições de futebol de Portugal; Wikipédia, Futebol Clube do Porto; Worldfootball.net; Zerozero.pt.


Agradecimentos especiais a três grandes Senhores do universo portista:
  • ao "DragãoPentacampeão", pelo incentivo com que me presenteou aquando da troca de informações sobre a história do nosso Clube;

  • ao Sr. Armando Pinto, ilustre portista com profundo conhecimento da história do FC Porto, que fez o favor de me obsequiar com retalhos da sua narrativa e algumas fotografias raras;

  • ao bLuE bOy, pelo encorajamento e pelo entusiasmo que me transmitiu para a publicação de "F.C. do Porto – Dragões de Azul Forte" no "Bibó Porto, Carago!!" referência na blogosfera azul-e-branca.
O meu cartão-de-visita – O meu rebento (fanática portista e anti-mouro primária – graças a Deus!), que fica melhor na fotografia do que eu, festejando mais um título com a velhinha bandeira do Penta e brindando a todos os portistas no Dragão (com cerveja s/álcool…).

Dragão Azul Forte (Fernando Moreira – V. Real)

15 comentários:

  1. Um grande abraço ao amigo Fernando Moreira, um Portista daqueles rijos e firmes como os carvalhos centenários da zona transmontana.
    A partir de agora este blog ainda fica mais enriquecido.
    Quanto à gentileza da referência que me faz, aquele "sr." está a mais, OK.
    Só espero, depois, após a conclusão aqui, seja quando fôr, que todo este material possa ser coligido em livro, em edição clássica de papel, para todos podermos ter algo assim para sempre.
    Um abraço do
    Armando Pinto
    http://www.longara.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo Transmontano uma frase que captei e até li várias vezes porque define verdadeiramente o nosso clube:

    "Ser portista é paixão, é bairrismo"

    Não é um clube "diferente" como alguns querem ser, não é um clube elitista como muitos se gabam de ser é um clube bairrista e com muito orgulho.

    O nosso bairrismo leva a que todos remem para o mesmo lado e que jeito dá quando as coisas correm menos bem.

    Este é o nosso segredo, é simples mas ao mesmo tempo muito complicado de imitar já se nasce com esta paixão.

    Azul Forte excelente post.

    Um grande Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Como um Dragão não dorme, descansa, cá estou a dar as boas-vindas ao F.Moreira e a felicitá-lo pela entrada num blog de referência. Somos de facto, um grandíssimo clube, que luta com meios claramente desproporcionais, contra tudo e contra todos, para continuar a fazer história. Somos de antes quebrar que torcer e portanto, desiludam-se todos os que pensam que nos abatem, nos fazem desmotivar ou desistir.

    Quanto à menina, foi bem ensinada, já que é de pequinino(a) é que se torce o portismo, não é malta?

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Lá diria o Tône:
    Para lá do Marão é como no Dragão, mandam os que lá estão!

    p.s. - Super bock sem álcool? Não existe :-)

    ResponderEliminar
  5. Grande Dragão me saiu este meu homonimo, e também da "Bila" como eu, embora eu agora morar em Gaia. (Para os que não sabem, "Bila" é a nossa Vila Real).

    Parabéns pelo escrito, parabéns por seres Portista, parabéns por teres uma filha linda de morrer...

    Abraço especial para a Bila

    ResponderEliminar
  6. Muito bem-vindo Dragão Azul Forte!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Ora sejas bem-vindo conterrâneo! Em Vila Real só há portistas de boa cepa! Irei acompanhar com redobrado interesse os teus escritos!

    Psd - Tou com o Tóne, super bock sem álcool?! Humm não me cheira :)

    ResponderEliminar
  8. Muito bom post de apresentação.
    Bem vindo caro Fernando.

    E que belo projecto que aqui apresenta, a deixar "água na boca" para os próximos posts!

    Um abraço Azul Forte

    ResponderEliminar
  9. Bem-vindo a este blog de referência do mundo portista. Estou ansioso por ler as histórias da história do Porto.

    E já agora um grande abraço para todos os transmontanos portistas de onde a minha família tem parte das suas origens.

    ResponderEliminar
  10. Muito obrigado a todos os que me deixaram aqui uma palavra de amabilidade e incentivo. Muito obrigado a todos os membros (são todos titulares!) desta fabulosa equipa de azul-forte vestida que é a do BiBó PORTO, pelos seus bem-vindo – eu entro para o banco de suplentes mas espero que o A.V. Boas repare em mim... Muito obrigado ao Armando Pinto (um senhor que é um Senhor) e a outro grande Senhor do universo portista, o Dragão Vila Pouca.
    Faltou dizer que sou um garoto de 58 anos, não tão velho como os números fazem crer pois costumo dizer que daqui a 3 anos só tenho 16 (61). O primeiro título, de que me lembro, conquistado pelo nosso FCP foi o do Campeonato 1958-59 – vêem, não vai lá assim muito tempo. E o último é… o próximo. Concordo que as gentes de Vila Real são transmontanos de fibra; mas eu, há muitos anos, vim reforçar a rijeza dos de cá da “Bila” pois sou de Mirandela (vá, não me batam, já sei que estão a lembrar-se do Jesualdo – têm de concordar que é um grande Senhor, além de ser treinador, não é Amigos?). Ah, a propósito: o J.F. já ensinou ao A.V.B. que no FCP pode comer alheiras (de Mirandela, claro) mas não pode mascar pastilha elástica e muito menos de boca aberta.
    Atão (como se diz cá em cima) um (b)alente abraço para todos. Cuidado com as sardinhas do S. João, não abusem. Mandem os excedentes que eu compenso-os com umas alheiritas e uns salpicões de trás-da-orelha. Está combinado?
    Fernando Moreira

    ResponderEliminar
  11. Sr. Fernando ou (AZUL FORTE), muito bem vindo, é concerteza uma mais valia para o BIBÓ PORTO!

    Adorei o seu post, está uma delicia, venha o próximo!;)

    BIBÓ PORTO

    ResponderEliminar
  12. @ Amigo Fernando,

    já tudo foi dito nos nossos diálogos prévios que antecederam esta sua entrada neste espaço que agora, a partir desta data, passa ainda a ser mais 'seu' tb de direito próprio.

    em parte, esta rúbrica, era uma pecha ainda por preencher e perante a oportunidade surgida, porque não aproveitar os seus fantásticos conhecimentos da história do clube, aliado à sua natural paixão pelo clube e a tal 'história', em prol do blog, de todos nós, de se dar a conhecer ao mundo Portista?

    ora pensado, ora contratado... já deixou água na boca a muito e muitos com esta sua entrada.

    já aguardamos pelo próximo escrito... e a partir dali, mais ninguém poderá dizer que não enriqueceu o seu conhecimento da história do nosso clube.

    Bem vindo... toda a sorte... e um Abraço.

    ResponderEliminar
  13. São portistas da fibra do amigo Fernando Moreira que me enchem de orgulho e enriquecem um Clube tão grande como o nosso FC Porto.

    Congratulo-me com esta sua corajosa iniciativa, ainda por cima neste que considero uma referência incontornável do panorama blogoesférico planetário.

    Fico por isso ansioso pela divulgação deste trabalho, tanto mais que continua a ser minha intenção, publicar um trabalho do género, em livro, que se encontra muito perto da sua conclusão, na sequência aliás do meu primeiro chamado "BAÚ DE MEMÓRIAS".

    Poderei desta forma, conferir, confirmar e eventualmente corrigir as informações em meu poder.

    Agradeço com emoção as referências especiais que fez ao meu blog e aproveito para lhe endereçar um abraço Azul Forte!

    ResponderEliminar
  14. Mafaldinha, obrigado pelas suas palavras. Mas nada de “senhor”, eu sou um “menino” de 58 anos e daqui a três, já disse, vou ter 16 (61)… Portanto, venha daí um “tu” Fernando ou “tu” Dragão Azul Forte”. Ok?
    Para o grande Amigo “DragãoPentacampeão”: são gratificantes as suas palavras, mas deixe dizer-lhe o seguinte – tomara eu que o meu (modesto) trabalho chegasse, sequer, aos calcanhares do que já vi coligido da sua história sobre o nosso FCP. Se os “retalhos” têm tal qualidade, o que será a história completa! Como sabe tenho o “Baú de Memórias” na m/biblioteca. Não o incluí na bibliografia porque já tinha consultado os mesmos temas no seu blogue, este sim referenciado. Para si, Amigo RA, um grande, grande abraço. PS: a garrafinha de VP (é como o FCP, quanto mais velho melhor!) continua à espera da oportunidade para entrega no destino.
    Por fim, uma palavra para o mestre, o Blue Boy: 1.º, o mesmo “recado” que enviei à Mafaldinha, nada de senhor, apenas “tu” cá, “tu” lá, OK? Agora: o post está muito lindo, muito bem composto, fruto da sua arte. No futuro, espero não defraudar as suas expectativas e, também, a de todos os portistas e leitores deste blogue. Repito, vai ser um trabalho modesto mas feito com muito, muito carinho. Por último: parabéns pela magnífica gestão que faz no “Bibó Porto”. Já deu para entender que és (vou passar a tratar-te assim) um líder de primeira, à Porto! E mais não digo, por ora; senão até parece que este comentário é… um post. Um abraço a todos.

    ResponderEliminar
  15. Um Abraço ao meu Padrinho, "doente" pelo FCP, de facto tenho de reconhecer os grandes existos do FCP nos ultimos 30 anos, alguns tambem sao meus, mas disso prefiro guardar a recordação e carinho de ter sido Campeao pelo FCP, embora seja um Spotinguista convicto.
    Um Beijo Padrinho

    ResponderEliminar