30 dezembro, 2012

ENTREVISTA: Delegação do FC Porto em Beja

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/


Depois de uma espera de quase dois meses, trago-vos neste último mês (Dezembro) de 2012, em mais um exclusivo para este espaço de tertúlia azul-e-branca, desta vez não uma entrevista, mas sim um pequeno texto de apresentação da Delegação do FC Porto em Beja, cidade portuguesa, capital do Distrito de Beja, na região do Baixo Alentejo.

Feito o contacto e concretizada a tão pretendida entrevista, não posso deixar de agradecer a extrema simpatia e disponibilidade demonstrada pelo Dr. Arlindo Amaral, Presidente da Direcção, aproveitando para desejar os votos dos maiores sucessos para esta (mais uma) Delegação do (nosso) FCPorto.

Como tal, vamos lá então a essa prometida apresentação...



Delegação do FC Porto em Beja - Baixo Alentejo
Delegação nr. 25 do FC Porto


A Casa do Futebol Clube do Porto de Beja foi fundada em 17 de Junho de 1995.

A sua criação ficou a dever-se ao empenho de um grupo de portistas, a maior parte residentes na cidade de Beja, mas do qual faziam também parte portistas residentes nas mais diversas localidades do Distrito de Beja e até de Évora.

Esses portistas sentiram a necessidade de haver um local de encontro que possibilitasse o convívio, a difusão das noticias do nosso Clube e do seu historial, festejar em conjunto as nossas grandes vitórias, trazer até ao distante Alentejo os nossos atletas das mais diversas modalidades, enfim, reforçar a ligação entre os portistas e muito em especial cativar para o nosso Clube a juventude.

Assim, naquela data, e presidida pelo nosso Presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, realizou-se no Salão Nobre do Governo Civil de Beja a cerimónia da escritura de constituição da nossa Casa, a que se seguiu um almoço de convívio nas instalações das Piscinas Municipais de Beja.

Foi para todos nós um grande dia, hoje uma recordação que o tempo não apaga.

A Beja veio posteriormente a equipa principal de futebol e noutra altura a equipa feminina de bilhar, realizações estas que constituíram um enorme êxito.

Não podemos deixar de referir o grande apoio que o nosso Presidente deu a estas iniciativas, bem como um grande amigo desta Casa, Alípio Jorge, dirigente do nosso Clube, ligado a Beja por laços de afectividade e amizade há largos anos. O nosso obrigado.

Atingimos mais de 150 sócios, mas com o decurso do tempo a quotização foi baixando devido essencialmente à grande dispersão dos sócios neste imenso Alentejo.

Passados cerca de três anos fomos confrontados com a triste realidade de a verba da quotização ser insuficiente para fazer face às despesas.

Esta situação conduziu a uma decisão que a todos causou profunda tristeza e que se consubstanciou na entrega do espaço onde estávamos instalados, mas com as nossas contas perfeitamente em dia.

E assim temos permanecido, com a ligação ao nosso Clube a ser realizada através do escritório de um elemento dos Corpos Sociais.

Pensamos, contudo, que em breve teremos um novo espaço e iremos relançar a Casa do Futebol Clube do Porto em Beja. Desistir nunca!

Aqui chegados, muito mais havia a contar deste percurso, de que no futuro vos iremos dando noticia.

Quanto ao nosso Clube, que é o mais importante para todos nós, lá segue na senda dos êxitos a que nos habituou de há largos anos, seja no futebol seja nas outras modalidades.

A distância, que a televisão vai atenuando, permite-nos acompanhar sobretudo o futebol do escalão principal e alguns jogos das modalidades, isto para além das idas ao Porto aquando dos jogos da Liga dos Campeões.

Lamentamos que o nosso basquetebol tenha interrompido o seu brilhante percurso, mas de certeza que voltaremos em breve e em força.

No futebol a nossa principal equipa tem feito uma boa época, sendo de salientar a excelente prestação na Liga dos Campeões. PARA MÁLAGA EM FORÇA!

Por hoje é tudo. Isto é apenas um principio.

Saudações Portistas e um enorme abraço de parabéns ao nosso Presidente pelo seu 75º aniversário.

VIVA O FUTEBOL CLUBE DO PORTO!

A Casa do Futebol Clube do Porto de Beja.

0 comentários:

Publicar um comentário