03 junho, 2013

Golo de ouro faz cair sonho europeu dos Dragões

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

benfica 6-5 FC Porto Império Bonança (após prolongamento)
Liga europeia, final
2 de Junho de 2013
Pavilhão Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Oscar Valverde (Espanha), Francisco Garcia (Espanha) e Alessandro Eccelsi (Itália).

benfica: Ricardo Silva (g.r.), Valter Neves (cap.), Esteban Ábalos, Carlos López e João Rodriguez.
Jogaram ainda: Diogo Rafael, Cacau, Luís Viana, Pedro Henriques (g.r.) e Marc Coy.
Treinador: Luís Sénica.

FC PORTO: Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira, Ricardo Barreiros, Reinaldo Ventura (cap.) e Jorge Silva.
Jogaram ainda: Caio, Hélder Nunes, Vítor Hugo, Nelson Filipe (g.r.) e Tiago Losna.
Treinador: Tó Neves.

Ao intervalo: 3-4.
Marcadores: Jorge Silva (2m), Reinaldo Ventura (7m, pen., 10m e 45m), Cacau (9m), Luís Viana (11m, pen., e 41m, pen.), Diogo Rafael (20m), Hélder Nunes (22m), Marc Coy (31m) e Diogo Rafael (52m).

O FC Porto Império Bonança perdeu este domingo a hipótese de se sagrar pela terceira vez campeão europeu, ao ser batido por um golo de ouro de Diogo Rafael, do benfica, que assim conquistou o título pela primeira vez. Os Dragões lideraram grande parte do encontro e acabaram por cair ao minuto e meio do prolongamento, com um remate de meia distância do lisboeta.

A partida começou da melhor maneira para o FC Porto, que abriu o marcador logo aos dois minutos, graças a uma “picadinha” de Jorge Silva, após passe de Reinaldo Ventura. A vantagem aumentou para 2-0, na conversão de uma grande penalidade cometida por Ábalos (viu o cartão azul) sobre Jorge Silva, que Reinaldo Ventura converteu.

Com uma pressão muito alta sobre o adversário, os Dragões dominavam a partida, mas Cacau reduziu para 2-1, na conversão de um livre directo, aos nove minutos. Logo no minuto seguinte, Reinaldo Ventura, numa recarga, repôs a vantagem de dois tentos, reduzida de novo por Luís Viana, na marcação de um penálti. A igualdade (3-3) chegou aos 20, por intermédio de Diogo Rafael, mas Hélder Nunes, com um desvio à boca da baliza, aos 22, permitiu aos portistas chegar em vantagem ao intervalo (4-3).

A segunda parte foi ainda mais tensa, com o benfica a revelar-se eficaz e a contar com uma exibição bem mais conseguida do que habitual do guarda-redes Ricardo Silva. Golos de Marc Coy, aos 31 minutos, e Luís Viana, aos 41 (penálti), colocaram os “encOrnados” pela primeira vez na frente (5-4). Pelo meio, Ricardo Barreiros e Hélder Nunes não conseguiram concretizar lances de bola parada. No entanto, o empate (5-5), surgiu a cinco minutos do fim: Reinaldo Ventura concretizou um livre directo após falta de Valter Neves sobre Hélder Nunes.

No prolongamento, a sempre ingrata regra do golo de ouro ditou a derrota do FC Porto. O sonho portista está adiado por mais um ano, mas, mais tarde ou mais cedo, a taça irá voltar à Invicta.

fonte: fcporto.pt



VIDEO

8 comentários:

  1. Não tive a oportunidade de ver o jogo, apenas um pequeno resumo, mas lamento o desfecho do mesmo que em nada diminui o bom trabalho de Tó Neves e o valor desta brava equipa que conseguiu meritoriamente resgatar para o FCP o título de campeão nacional, por outro lado fico satisfeito pelo comportamento desportivo dos nossos jogadores no final deste desafio em contraponto com a reacção que certa equipa teve quando perdeu no fim-de-semana passado a Taça de Portugal em futebol, pois a notável atitude de quem representou o FCP dentro daquele ringue revelou naturalmente civismo e respeito pelo adversário.

    Finalmente muito obrigado ao Tó Neves e aos jogadores pelos fantásticos momentos que proporcionaram ao longo da temporada e nesta hora menos feliz um forte abraço para todos eles.

    Abraço
    Porto Castle

    ResponderEliminar
  2. Sou Benfiquista, acompanho o blog com alguma regularidade e quero deixar algumas notas:

    - gosto de hoquéi há muito, muito tempo, portanto estes festejos não são para compensar o desastre do futebol
    - a arrogancia de que tanto falam, apoderou-se de vós e o resultado está a vista
    - o ambiente foi fantástico
    - já que os jogadores esperaram tanto tempo após o jogo, bem podiam não ter saido exactamente quando estavamos a receber o troféu
    - um dia quando os irmãos Pinto arbitrarem uma final europeia, certamente que a taça será vossa

    Abraços Gloriosos

    ResponderEliminar
  3. Ó anónimo é pena mas borras-te a pintura toda.

    Não entendo onde viste a tal arrogância que falas.
    Certamente querias referir-te ao apoio do público que nada tem a ver com arrogância.

    Mas a tua nota em relação aos irmãos Pinto denota bem a tua desinformação pois nas anteriores taças(par delas) não foi necessário pinto nem capela algum.

    Deixo-te agora a minha, num excelente jogo de hóquei a vitória poderia ter surgido para um qualquer lado.
    Foi tua. Parabéns.

    Convido-te agora para na próxima, pois não o fizes-te nas últimas três, fazeres o mesmo....
    Saudares o campeão.

    ResponderEliminar
  4. Uma competição que anseio, voltemos a ganhar... Ontem foi pena, por tudo...
    Mas a equipa é GRANDE e vai levantar a cabeça.
    Força Porto.

    ResponderEliminar
  5. Estilhaço,

    vi arrogancia em comentários do género:

    "foram goleados no campeonato, agr vai ser igual"

    "agr já nao perdem, desistem"

    e outros semelhantes.

    Concordo que foi um grande jogo e que podia ter caido para qualquer lado, daí não perceber a confiança excessiva pois não me parece que as equipas sejam assim tão desiquilibradas que permitam festejos antecipados.

    E parabéns por todas as conquistas, fazendo votos para que o Benfica consiga transformar orçamentos gigantescos em titulos.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Anónimo,

    A atitude de Reinaldo Ventura, capitão do FC Porto, ao cumprimentar um a um os jogadores do seu clube, dando-lhes os parabéns com o máximo fair-play é algo que nunca será visto no seu clube.

    E é uma atitude que me orgulha enquanto Portista…

    Bem ao contrário da atitude do seu treinador que se recusou a dar os parabéns e reconhecer mérito ao Tricampeão Nacional de Futebol!

    E ontem não houve regas, não houve luzes apagadas, não houve confusões no túnel, não houve jogadores do seu clube agredidos até ficar em coma, nem o autocarro de adeptos do seu clube foi incendiado… Tudo coisas que vocês já fizeram... ao FC Porto!


    ResponderEliminar
  7. Apesar de ser um dos FdS mais tristes para mim, e com certeza para o nosso clube, quero aqui sublinhar o meu ENORME ORGULHO nesta equipa de Tó Neves, em todos os jogadores, equipa técnica e seccionistas! Devemos ser a equipa de hóquei mais infeliz do mundo em jogos internacionais...acho que já perdemos finais da liga europeia de todas as maneiras possíveis e impossíveis!!! Mesmo assim, acredito que o trabalho sério e dedicado dá frutos, pelo que espero o melhor do nosso hóquei, nomeadamente, que esta competição seja reconquistada por nós muito em breve e por mais do que uma vez!

    Quanto ao fair-play...não sei do que se queixam os benfiquistas!!!Olhem para o que fizeram no Jamor e em várias outras situações, como no basket na época passada, etc...

    Do que eu me "queixo", é do benfica ter ganho a competição sem ganhar nenhum dos jogos em tempo regulamentar. Porém, foi limpo. Mas o FCP é melhor, é mais forte e, caso o plantel se mantenha, irá prová-lo já na próxima época!

    A nossa fibra é outra!

    Pedro Pinto

    ResponderEliminar
  8. Hóquei – Perdemos, mas até na derrota se pode ter orgulho dos nossos atletas, do nosso Clube. Verdadeira lição de desportivismo deram os jogadores azuis-e-brancos. E não rolaram cabeças, no Dragão Caixa! Aprendam, mouros… AMO-TE, PORTO! SEMPRE!

    ResponderEliminar