20 setembro, 2013

Uma viagem muito especial…

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

O calendário diz-nos que falta pouco para um dia que se afigura marcante. O tão aguardado 28 de Setembro está ai à porta e este ano temos algo diferente para festejar.

Para além da efeméride habitual, neste caso o nosso 120º aniversário, teremos este ano a inauguração do novo Museu, obra tão ansiada por muitos Portistas desde a demolição da antiga Sala Museu Afonso Pinto de Magalhães, no mítico Estádio das Antas. Devo confessar que a ideia de voltar a poder pisar um espaço tão especial mexe comigo e faz-me divagar um pouco...

Dou por mim sobretudo a pensar no que representa o FC Porto, o que me leva numa viagem pela vida em jeito de flashback, onde encaixo jogos, viagens, pessoas, vitórias ou derrotas marcantes no meio de outros acontecimentos pessoais, num exercício de memória onde as partes se juntam num todo, indivisível.

Muitos dos que me rodeiam já conhecem esta minha “mania”. Frequentemente quando se recorda algum momento lá me atiram a pergunta em tom de brincadeira: “E o que aconteceu com o FC Porto nessa altura?”. Para muitos talvez seja estranho, para mim é natural, faz parte da minha vida, acompanha-me em todos os momentos, como não me ei-de lembrar do que se passava com o “meu” FC Porto?

Visitar o novo Museu será assim como que uma viagem no tempo, onde poderei no fundo revisitar a minha própria vida, um momento que será decerto muito especial. Mas mais do que a minha vida irei também reviver as memórias de pessoas especiais, que me deram a conhecer este universo mágico chamado Futebol Clube do Porto e que infelizmente já não estão entre nós.

Através delas também vi o Araújo e o Correia Dias a desfazerem o invencível Arsenal, fui campeão com Yustrich e contra o Calabote, quebrei o jejum com o Mestre Pedroto, fui campeão europeu e mundial em 1987, eliminei o Milan, Barcelona e o Aberdeen, vi jogar o Pinga, o Hernâni, o Cubillas, o Oliveira, o Gomes, o Dale Dover e o Cristiano, ganhei Voltas a Portugal e vi correr a Aurora Cunha, entre tantas outras histórias e glórias. Mas também perdi campeonatos por 1 ou 2 pontos, sofri em Basileia, tive eliminações amargas com o Anderlecht, Real Madrid ou Barcelona e aprendi a “odiar” nomes como Manaca, Cunningham, Archibald ou Paco Llorente.

No fundo o Futebol Clube do Porto para mim é isto, um testemunho que recebemos das gerações passadas e que um dia entregaremos por inteiro às gerações futuras… Transportando a sua história, os seus heróis e o seu legado, na certeza de que só assim, com amor e emoção, poderemos assegurar que a verdadeira magia nunca acabe.

Por isto tudo o dia 28 de Setembro de 2013 é mais decisivo que qualquer golo ou conquista, muito mais importante do que qualquer transferência milionária... Neste dia iremos honrar o nosso passado, celebrar as nossas raízes, a nossa identidade e a nossa memória e iremos ajudar a assegurar o futuro deste sonho bonito e certamente eterno chamado Futebol Clube do Porto!

Continuação de boa semana!


8 comentários:

  1. pensei que era só comigo q acontecia;)

    "Frequentemente quando se recorda algum momento lá me atiram a pergunta em tom de brincadeira: “E o que aconteceu com o FC Porto nessa altura?”. Para muitos talvez seja estranho, para mim é natural, faz parte da minha vida, acompanha-me em todos os momentos, como não me ei-de lembrar do que se passava com o “meu” FC Porto?

    ResponderEliminar
  2. 'então responde lá quem foi o primeiro presidente? Só para o homom dar uma volta na tumba....

    ResponderEliminar
  3. 'então responde lá quem foi o primeiro presidente? Só para o homom dar uma volta na tumba....

    Esta até não é difícil. Mas ñ vou responder pois a honra pertence ao MM :-)

    ResponderEliminar
  4. Já para o Lucho uma mais difícil.
    Quem foi o penúltimo presidente do FCPorto? ;-)

    ResponderEliminar
  5. o penúltimo;) américo de sá;)

    ResponderEliminar
  6. Mas o que eu me referia e o MM acho q também é por exemplo:

    Em conversa alguém me questiona o que fiz em determinado mês/ano. Eu para me lembrar tenho que recordar que jogo do Porto houve nessa altura para depois me lembrar de tudo o resto;)

    ResponderEliminar
  7. Sinceramente não entendi a anónima pergunta nem percebi o que tem a ver com o texto...

    O que quis partilhar foi exactamente o que o Lucho escreveu aqui em cima, bem como o meu sentimento em relação à inauguração de algo tão importante para o FC Porto como o novo museu.

    Se não está bem explicito o que quis dizer peço desculpa e tentarei da próxima usar um português mais perceptível :)

    ResponderEliminar
  8. Amigo, tudo é perceptível, incluindo o grande amor ao nosso FC Porto!

    "Neste dia iremos honrar o nosso passado, celebrar as nossas raízes, a nossa identidade e a nossa memória e iremos ajudar a assegurar o futuro deste sonho bonito e certamente eterno chamado Futebol Clube do Porto!"

    Muito bem. Abraço Azul Forte.

    ResponderEliminar