quinta-feira, 7 de Julho de 2011

FC Porto - Manto Azul e Branco [índice]

Publicada por Rui Saraiva quinta-feira, 7 de Julho de 2011

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/


Desde 7 Julho 2011 divulga-se “MANTO AZUL-E-BRANCO” em que, através de ilustrações exclusivas, são revelados todos os uniformes do FC Porto ao longo da sua existência. A totalidade dos post publicados fica reunida neste índice que proporciona selecção fácil e acesso célere.

CLIQUE no banner localizado na parte superior direita do blogue e identificado com “MANTO AZUL-E-BRANCO”; o ÍNDICE abre; CLIQUE na hiperligação que escolher e ei-lo no POST pretendido.

Rui Saraiva – design e edição
Fernando Moreira – pesquisa e textos




MANTO AZUL-E-BRANCO
A história de uma camisola num clube com história

Í N D I C E

001: Introdução – Apresentação

002: 1906 – Primeiro equipamento oficial
003: Início de 1907 – O FC Porto vestido de vermelho, à Arsenal de Londres
004: Final de 1907 – O azul-e-branco e a lendária camisola listada
005: 1909/1911 – O azul-e-branco e o regulamentar calção preto

006: 1911/1913 – O emblema azul em vitórias históricas
007: 1914/1916 – Gola de cordões sem colarinho, camisola insólita mas na moda
008: 1916/1919 – Gola de cordões com colarinho azul

009: 1920 – Camisola de quatro listas azuis, testemunho de vitórias encorajadoras
010: 1920 – O singular casaco azul debruado a branco
011: 1921/1923 – Larga e única faixa azul assinalando a diferença
012: 1921/1925 – Alternância em cor interpolada
013: 1924/1927 – Novamente três listas azuis para mais vitórias
014: 1928-1929 – A magnificência de um símbolo numa bonita camisola
015: 1928-1929 – Outra opção para bem equipar

016: 1930-1936 – O V de vitória na camisola azul-e-branca
017: 1933-1936 – Camisola insólita para derrotar a “equipa-maravilha” da Europa
018: 1936-1938 – A lendária camisola de três listas largas
019: 1938-1939 – A mítica camisola agora com calção branco
020: 1939-1943 – De novo os cordões no colarinho, o primeiro Bicampeonato

021: 1943-1945 – O efémero abandono dos cordões
022: 1945-1946 – Pela última vez… os célebres cordões!
023: 1946-1947 – Colarinho em V com grande gola branca
024: 1947-1950 – Meias azuis-e-brancas, pois claro, na vitória ante o Arsenal

025: 1950-1955 – Alternância do tom azul nos calções, a mesma faixa branca
026: 1953 – Traje de gala em primeira presença na final da Taça de Portugal
027: 1955-1962 e 1965-1967; 1962-1965 – Para sempre, emblema junto ao coração!

028: 1967-1968 – Colarinho sem gola, de trabalho, a apadrinhar conquista da Taça
029: 1968-1969 – A mesma camisola e uma questão de pormenor
030: 1969-1970 a 1974-1975 – Mais uma questão de detalhe
031: 1969-1970 – Equipamento alternativo numa só cor: branco

032: 1974-1975 a 1977-1978 – Equipamento alternativo com o azul presente
033: 1975-1976 – O mesmo emblema na camisola, um símbolo novo nos calções
034: 1975-1976 e 1976-1977 – Volta o V de vitória!
035: 1976-1977 e início de 1977-1978 – O azul também nas meias
036: 1977-1978 a 1981-1982 – Equipamentos de Campeão!

037: 1981-1982 – Equipamento Puma coabitando com o da Adidas
038: 1982-1983 – Puma e Adidas ainda em coexistência
039: 1982-1983 – Adidas a mostrar o logótipo nas camisolas do FC Porto!
040: 1982-1983 – Puma também presente com equipamento alternativo

(continua...)

6 comentários

  1. Com estas curiosidades, uma questão se coloca: havendo ideia de que as transformações anuais que a partir de 2000/ 01 foram introduzidas na camisola principal, alterando a antiga histórica das duas largas listas azuis, que era tida por padrão (apenas com leves pormenores de quando em vez), foram, tais transformações derivadas a um revivalismo de antigos equipamentos... então, já que estão adulterados os equipamentos actuais e tendo o primeiro equipamento sido vermelho - ponha-se, qualquer dia (ano,) uma versão moderna em vermelho, a ver se todo o povo azul e branco (e actualmente mais branco e azul) gosta?!

     
  2. Vermelho amigo Armando????? Não acredito que a aceitação fosse boa...

    Aliás, nas apresentação deste ano não foram raros os casos em que os entrevistados (lembro-me de M.Serrão ou R.Moreira), aquando solicitados para prever sobre o novo equipamento, responderam: vermelho não será certamente, felizmente!

    Abraços

    http://odiabodeazul.blogspot.com/

     
  3. 4lusos Says:
  4. Em tudo o que puder ajudar, contem comigo...

     
  5. duarte Says:
  6. Não consigo ver mais do que isto? 026: 1955-1962 e 1965-1967; 1962-1965 – Para sempre, emblema junto ao coração!

    (continua...)

     
  7. Nuno Says:
  8. Sou um grande aficionado da história dos nossos equipamentos, e a verdade é que para mim é um deleite acompanhar esta rubrica que tem desenvolvido um trabalho notável.
    Curiosamente há uns tempos atrás em jeito de brincadeira especulei o resultado dessa brincadeira referida de fazer reviver o primeiro equipamento que o Sr. Armando sugeriu.

    Fica aqui o resultando para vossa apreciação ou "desapreciação".

    http://i.imgur.com/ikWtJ.png

    Cumprimentos

     
  9. 4lusos Says:
  10. Cada vez mais me entusiasma a história dos equipamentos.

    Todos os dias descubro coisas novas.

     

estatisticas


Free Counters
online
artigos
comentários



Dragão Agenda 2013/2014


blog BiBo PoRtO júnior


dossiers EXCLUSIVOS


o apito Bermelho