17 abril, 2011

«Há muita vontade de vencer o Sporting»

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Apesar do título de campeão já estar atribuído ao FC Porto, a motivação não é problema num «clássico». Na antevisão do desafio com o Sporting, André Villas-Boas assume que estes encontros «têm de ser ganhos», mesmo que do outro lado esteja uma equipa com várias individualidades e ambição de conseguir um bom resultado no Dragão.

A motivação dos «clássicos»
«Este é um clássico e os clássicos têm de ser ganhos. Já nos custou perder um e não queremos perder outro. Acho que a motivação está inerente. O empate que obtivemos em Alvalade provoca-nos um sentimento de ligeiro desconforto, mas não de vingança. Há muita vontade de vencer o Sporting, pela quantidade de objectivos que queremos ainda atingir. Estava um ambiente excelente no encontro com o Spartak e esperamos uma boa casa. Os adeptos têm sido inexcedíveis. É um clássico e eles vivem-se de outra forma.»

Recordando a primeira volta
«Fizemos um belíssimo jogo em Alvalade, mantendo a nossa identidade. Tivemos sequências de passes muito boas. Conseguimos o empate, depois tivemos de resistir vinte minutos com 10 jogadores. Com 11, muito possivelmente, iríamos vencer. Não há qualquer sentimento de vingança, como não houve frente ao Vitória de Guimarães, com quem também empatámos.»

Invencibilidade não é obsessão
«Todos os jogos são difíceis, no sentido de preservar a invencibilidade. Todos os adversários perspectivam a vitória e o mesmo irá acontecer com o Sporting. Temos de ultrapassar a questão da invencibilidade: se acontecer, aconteceu, se não acontecer o título está bem entregue. Não podemos esquecer que o FC Porto se sagrou campeão sem derrotas. Se assim ficar até final, logo se verá.»

Sereno e Fernando
«Antes de irmos para Moscovo, já tinha comunicado ao Sereno que seria ele a jogar a lateral direito. Sentia que, pelo que se passou em Portimão, seria uma boa altura para ele ser testado à direita. Tem cumprido de uma forma inexcedível à esquerda. A ausência do Fernando dos convocados tem a ver com algum cansaço, mas nada que os outros também não sintam. Achámos útil ter mais soluções atacantes no banco. O calendário é apertado e é a primeira vez que jogamos com tão curto espaço de tempo de recuperação. No entanto, penso que não teremos problemas nesse aspecto. O tempo é curto, mas suficiente para estarmos frescos.»

Análise do adversário
«O Sporting é uma equipa competente, com individualidades que são do conhecimento de todos. Passou por um ano extremamente complicado, teve uma mudança de técnico e procura de novo rumo. Espero que se encontrem rapidamente, porque são uma equipa de peso e fazem falta, em termos de competitividade interna. José Couceiro passa as mensagens de forma objectiva e precisa e parece-me claro que o Sporting ambiciona ganhar no Dragão.»

A festa do título
«Gostava era de uma boa festa na Avenida dos Aliados, após o jogo com o Paços de Ferreira. É meritório. Os jogadores, e alguns são campeões pela primeira vez, merecem sentir a envolvência da cidade com o clube. Só tivemos tempo de chegar à outra festa, no Dragão, quando viemos da Luz, e já era muito tarde.»

fonte: fcporto.pt



LISTA OFICIAL DE CONVOCADOS

Guarda-redes: Helton e Beto.
Defesas: Álvaro Pereira, Maicon, Rolando, Sereno e Otamendi.
Médios: João Moutinho, Guarin, Ruben Micael, Mariano Gonzalez, Varela, Souza e Cristian Rodriguez.
Avançados: Hulk, Falcão, Walter, James Rodriguez.

1 comentário:

  1. Bom dia,

    Hoje é dia de clássico do futebol português.

    Numa altura que o FC Porto já é campeão nacional, resta o objectivo de manter a invencibilidade no campeonato.
    Todavia não podemos esquecer que existem competições mais importantes, tais como a segunda mão da Taça de Portugal já na próxima semana, e como tal há que gerir o plantel, pois na passada quinta-feira jogamos num relvado sintético que deixa sempre mazelas musculares e também tivemos uma longa viagem.

    Independentemente de quem jogue, espera-se uma atitude aguerrida e pressionante que tem sido apanágio esta época.

    O Sporting chega ao Dragão a necessitar de pontuar e se possível ganhar, para não perder de vista o terceiro lugar. Ao FC Porto cabe confirmar o favoritismo, e lutar para vencer os Leões, que irão estar motivados para ser a primeira equipa a vencer-nos no campeonato.

    O Sporting apesar do campeonato abaixo das expectativas, foi uma das duas equipas que nos conseguiu roubar pontos com um empate em Alvalade.

    Espera-se acima de tudo um bom jogo de futebol, com respeito entre os atletas e entre os adeptos, e que claro o FC Porto saia vencedor, para fazermos história neste campeonato.

    Abraço e bom domingo,

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar