14 dezembro, 2013

Os mesmos de sempre

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Os mesmos de sempre são aqueles que vão aos jogos apoiar a equipa, nos bons e nos maus momentos. Não vão aos jogos pelo nome do adversário, muito menos pelo facto do bilhete ser barato, a deslocação ser perto, pelo facto de lhe apetecer ou pelo facto do clube estar na mó de cima. Os mesmos de sempre fazem do apoio à equipa um modo de vida, estão presentes jogo a jogo, quer estejam cinco mil a seu lado, ou apenas 500. Para eles não há impossíveis, há que estar sempre com a equipa, abdicar de (quase) tudo em prol do clube do coração, cumprir o seu dever enquanto adepto/sócio/ultra. E depois disso sim, poderão reclamar ou protestar caso as coisas não corram da melhor forma.

Desde Agosto que a equipa de futebol não se pode queixar. Teve apoio em todos os jogos que disputou, de Norte a Sul, nas competições nacionais e na Europa, mesmo em encontros particulares. Em Coimbra atingimos o ponto mais baixo desta época. Mais um jogo onde marcámos a presença habitual, isto já depois de termos estado no Dragão Caixa a apoiar o andebol. A equipa não correspondeu e saiu derrotada. No Dragão, como todos tomaram conhecimento, a recepção não foi pacífica. Merecida dizem uns, excessiva dizem outros, a verdade e que aqueles que receberam a equipa daquela forma são os mesmos que desde Agosto lá andam e são os mesmos que se disponibilizam para continuar a marcar presença em todo o lado, a gritar pelo FC Porto.

Contra o Braga no último Sábado, lá estávamos. Uma lotação bem melhor do que aquilo que eu estava à espera, muito sinceramente. E fiquei contente. Do Minho, dos 1500 anunciados, 1000 devem ter entrado na autoestrada errada. Os 500 que cá chegaram pouco se ouviram (mais uma vez informo que a minha bancada não é a mais propícia para se ouvir os adeptos visitantes). Este jogo ficou marcado pelo regresso às vitórias no campeonato.

O destaque vai para a coreografia dos Super Dragões, com uma mensagem bem clara para os jogadores. Apesar da fraca primeira parte, conseguimos os três pontos, todos os presentes no Dragão com o intuito de apoiar, estão de parabéns.

Quarta-feira dia 11 de Dezembro, um dia perfeitamente normal de compromissos académicos/profissionais para qualquer cidadão. Acontece que o mágico Porto jogou em Madrid e assim numa “viagem-relâmpago” cerca de meio milhar de Dragões deslocaram-se à capital espanhola!! Sim estamos a jogar mal, sim só o bilhete foram 30 euros, sim tivemos de meter férias/baixa, sim passámos imenso frio, sim o FC Porto estava em terceiro e não dependia de si, sim foram quase 1000 km de camioneta em menos de 24 horas, sim estávamos sujeitos à repressão policial e a uma repeção hostil dos adeptos do Atlético mas sim... os mesmos de sempre lá estavam.

Durante a viagem fomos parados em duas “operações STOP” por parte da policía espanhola, uma mal passámos a fronteira e outra, já perto de Madrid. Tratados como criminosos, lá nos revistaram de alto a baixo as vezes que entenderam ser necessário. Autocarro, mochilas e até o motorista, nada escapou às autoridades. Sempre impondo um clima de intimidação, lá nos deixaram no centro da cidade, mais de duas horas depois do previsto.

No cortejo até ao estádio demonstrámos a força dos Ultras FC Porto. Madrid parou para nos ver passar. Um estádio de terceiro mundo acolheu-nos pela terceira vez em menos de cinco anos. Um bom apoio dos SD e C95 até ao 2-0, a partir daí a intensidade baixou mas nunca parou, poucos mas bons, lá cantámos até ficarmos roucos.

Viagem de regresso a PORTOgal pela madrugada dentro, chegada por volta das 6h30 da manhã, hora de trocar de roupa, tomar o pequeno-almoço e iniciar um dia de trabalho/estudo sem ir à cama.

Não esquecer as modalidades, Hóquei, Andebol e Basquetebol, continuamos com presenças assiduas mas o grande destaque esta semana vai para a presença dos Super Dragões no Seixal, no apoio à equipa B!! Não há dúvidas em que Clube se encontram os melhores ultras nacionais.

Só so mais fortes sobrevivem, nós seremos eternos.

Um abraço ultra.

0 comentários:

Publicar um comentário