19 setembro, 2012

FC Porto B derrotado nos descontos

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

FC Porto B 0-1 Belenenses

II Liga 2012/13, 6.ª jornada.
19 de Setembro de 2012.
Estádio Municipal Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia.


FC PORTO B: Stefanovic, David, Abdoulaye, Tiago Ferreira, Quiño, Mikel, Edú (Sérgio Oliveira, 63), Pedro Moreira, Sebá, T. Vion e Dellatorre (Fábio Martins, 63).
Treinador: Rui Gomes.

BELENENSES: Matt Jones, Duarte Machado, João Meira, Kay, Nélson, Fernando Ferreira, Diakité, Fredy (Ruizinho, 89), Tiago Silva (Paulo Roberto, 77), Zambujo (Arsénio, 71) e Diawara.
Treinador: Mitchell van der Gaag.

Intervalo: 0-0.

Marcadores: Arsénio (93).

Amarelos: Pedro Moreira (19), João Meira (24), Kay (45), Zambujo (68), Paulo Roberto (82) e Fábio Martins (85).

A equipa B do FC Porto não acerta o passo e esta quarta-feira perdeu com o Belenenses, com um golo sofrido a segundos do final, num lance que nem sequer há a certeza que a bola tenha ultrapassado totalmente a linha de golo. À sexta jornada da Segunda Liga a equipa soma três empates e três derrotas.

O lance conta-se numa penada, cruzamento do lado direito e Arsénio ao segundo poste remata para a baliza, com Stefanovic a defender com uma palmada, considerando o árbitro que já o fez para lá da linha de golo, o que nem as imagens televisivas conseguem esclarecer.

Sempre com muita posse de bola, o FC Porto B voltou a ser completamente ineficaz e incapaz de finalizar as jogadas, tendo efectuado apenas dois remates à baliza em 90 minutos de jogo.

Depois de uma primeira parte em que o FC Porto B não conseguiu criar situações de finalização, apesar do domínio territorial, a segunda parte começou com duas boas chances: primeiro, foi Sebá a ficar perto do golo, negado por uma boa defesa de Matt Jones, e a seguir foi Dellatorre a falhar a finalização.

A equipa, porém, não foi capaz de dar continuidade aos minutos iniciais da segunda parte e só voltou a criar perigo nos último minutos, quando Tiago Ferreira cabeceou por cima um canto de Sérgio Oliveira.

E foi o Belenenses a equipa mais perigosa, com Stefanovic a brilhar com um punhado de boas defesas, até que a dez segundos do terceiro minuto de desconto surgiu o tal lance, que o árbitro considerou golo.

fonte: fcporto.pt



RESUMO DO JOGO

0 comentários:

Publicar um comentário