04 maio, 2008

Faltou atitude... e respeito pelos adeptos!

Liga Bwin 2007/08, 29ª jornada
03 de Maio de 2008
Estádio do Dragão, no Porto
Assistência: 42.219 espectadores


FC Porto: Helton, Bosingwa, Pedro Emanuel «cap», Bruno Alves e Lino (Tarik, 57m); Lucho, Paulo Assunção e Raul Meireles (Bolatti, 77m); Mariano (Farias, 46m), Lisandro e Quaresma.
Não utilizados: Ventura, Stepanov, Fucile e Adriano.
Treinador: Jesualdo Ferreira.

CD Nacional: Rafael Bracalli; Patacas «cap», Felipe Lopes, Cardozo, Ricardo Fernandes e Alonso; Edson (João Coimbra, 80m), Cléber e Juliano Spadacio; Rodrigo (Juninho, 72m) e Fábio Coentrão (Pateiro, 69m).
Não utilizados: Belman, Bruno Amaro, Adriano e Halliche.
Treinador: Predrag Jokanovic.

Disciplina: cartão amarelo a Paulo Assunção (55m), R.Fernandes (77m), R.Bracalli (90m), Alonzo (90m).

Golos: Fábio Coentrão (21m e 45m) e Juninho (90m).

Sim, propositadamente, deixei a escrita desta minha visão do jogo para 24 horas depois na vã esperança de que o incómodo que sentia ao final da noite de ontem, se transformasse em algo mais redutor… afinal, foi tudo tempo perdido. O incómodo continua aqui e bem presente.

Era o último jogo caseiro perante o nosso público e todos esperávamos um final de tarde, principio de noite, com mais do mesmo, uma vitória para dedicar a tão magníficos adeptos que somos… e nos podermos despedir com um «muito obrigado e até Agosto» no nosso anfiteatro.

No final, uma derrota com contornos de humilhação por 0-3 perante um Nacional que jogou o que sabe (que é pouco) e se pode vangloriar como muitos poucos de nos ter roubado 6 pontos (!) numa época desportiva.

Não vou pela derrota em si, porque tenho completa consciência que não somos imbatíveis, nem tão pouco pelo resultado volumoso, porque também temos direito a noites assim, aliás, a perder, que aconteça, mas que se morra em campo, que se lute, que se esforcem… o que não admito, é falta de atitude, motivação, vedetismos parolos e bacocos prá bancada ou desrespeito pelos adeptos. E foi tudo isto que vi a noite passada no Dragão. E quando todas estas condicionantes se misturam, o resultado está à vista de todos.

Engraçado ou não, ao longo do dia de hoje, fui ouvindo, escutando e lendo as mais variadas explicações para o que se terá passado. Ou é porque é difícil motivar nesta altura, ou é porque os jogadores estão cansados, ou porque o treinador devia fazer descansar jogadores-chave, ou porque o treinador não percebe nada daquilo, etc, etc, etc, e na maioria delas, são direccionadas para o treinador.

Sinceramente, acho uma tamanha idiotice à grande maioria destas opiniões… acho mesmo e explico porquê.

Quer-se dizer, estão em campo 9 titulares (!), vou repetir para o caso de não terem entendido, 9 titulares (!!), juntando-lhe um semi-titular (Mariano) e uma reserva (Lino), e a culpa deste resultado é do treinador? Realmente, dá vontade de rir, dá mesmo.

Porque será que ninguém, ou muitas poucas vozes se levantam para questionar o porquê de tão miserável exibição? Não será porque alguns, já andam muito preocupados com as saídas para os Manchester’s, para os Reais, para as Fiorentinas, para os Atléticos? E que culpa tem o treinador disto? Quando se ganha, a culpa é dos Bosingwas, dos Quaresmas, dos Paulos Assunção, dos Luchos, etc… quando se perde, há já sei, a culpa é do Jesualdo! Muito bem, estou perfeitamente elucidado.

Por mim, bem podem todos continuar a idolatrar os «meninos-mimados» e a não lhes querer assacar qualquer responsabilidade nestes dias, que eu cá continuarei a ser adepto do meu clube, o FC Porto, aquele que verdadeiramente amo e o único que conheço… o meu clube, foi, é e sempre será o FC Porto… nem que sejam 11 paus de vassoura a envergar aquelas camisolas azuis-e-brancas.

A desilusão é enorme, mais pelo que vi in-loco, do que propriamente pelo resultado, mas quem me conheço, sabe bem que para determinados peditórios, eu não contribuo… apenas e só porque não compactuo com tentativas de lavagem da cara de ninguém.

Tudo o que se viu, foi pura e total falta de respeito pelos adeptos… se vestir aquelas camisolas não lhes dá motivação, se serem principescamente bem pagos não lhes traz vontade de lutar, se jogar no FC Porto não lhes dá prazer, meus amigos, a porta de entrada é a mesma de saída… e boa viagem!

Resta-me desejar que esta noite (horrenda) tenha servido de lição para as duas próximas batalhas e nessas, mesmo se venham novamente a perder, saibam mostrar-se honrados e orgulhosos de vestir as mágicas camisolas do FC Porto, lutando em campo até à última gota de suor. Se o fizerem, mesmo que na derrota, sempre estarei sempre ao vosso lado. Caso contrário…

ps – para aqueles que (mais uma vez, numa derrota caseira com o Nacional) bateram palmas aquando do 3º golo dos madeirenses, façam-me um favor: tenham vergonha, muita vergonha na cara. Se são sócios, entreguem de imediato o cartão; se não o são, não comprem mais nenhum bilhete. Nós agradecemos. Eu, tenho pudor em me sentar ao lado de adeptos como vocês no Estádio do Dragão ou noutro qualquer estádio. Vocês, não merecem o (meu) FC Porto.

azul + : palavras do Prof. Jesualdo Ferreira no final do jogo (VIPortista).

azul - : nem adianta individualizar, quando no geral, foi tudo uma miséria.

Arbitragem: Paulo Paraty (Porto), Serafim Nogueira e Vítor Carvalho. Nada a apontar.















36 comentários:

  1. Palmas para o NACIONAL !
    Vitória mais do que justa.
    Justíssima !

    ResponderEliminar
  2. Viva !

    Hoje andei a correr, dar uma última vista de olhos no meu trabalho, para poder ver o jogo.

    Vi o jogo : Que decepção !

    Não se admite tamanho desleixo !

    No Porto salvou-se o Helton, o Lisandro e o Bruno Alves, quanto a mim. O resto parece que andava a passear.

    Estou farto de ver o Quaresma bater as bolas paradas !

    Imperdoáveis os maus domínios de bola do Bosinguá ! Estava a fazer de propósito ou desaprendeu a dominar uma bola ?

    Mas o Porto é eterno e não deixa de ter graça o seguinte : O chapeu que levou o Helton lembra-me um dos dois chapeus que o Baia levou contra o Nantes ( o que sofri nesse jogo em que na altura Domingos era avançado centro ).

    Como é que o lateral pode dar tanto espaço ao avançado ?

    E a defesa sobre a linha ( mais uma para o you tube ) lembram-me as várias do mesmo estilo que fez Baía pelo passado.

    Somos (tri) Campeões, né ?

    É o que conta !

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  3. Pronto, lá se cumpriu mais uma vez a máxima do 'o que é Nacional é bom'. Parabéns mesmo ao Nacional pois venceu e venceu bem.

    Desculpar o FC Porto por falta de motivação não cola. Se não tinham motivação que a arranjassem. E, mais importante ainda, os adeptos que não lotaram o Dragão mas fizeram uma boa casa mereciam um bocado mais de respeito.
    Aguarda-se punição severa do Prof. e que demonstrem o que valem nos dois jogos que falta.

    E está assim o campeonato relançado. Ah, não está não, pois já me tinha esquecido que a diferença é de duas dezenas, ou algo assim, de pontos.

    Mas nem tudo são más notícias.
    O FC Porto bateu, esta tarde, o Infante Sagres por 3-8 e apurou-se para a meia-final da Taça tendo como possíveis adversários o OC de Barcelos ou a UD Oliveirense.
    Já o benfica levou na pá do HC Braga 3-2 e foi eliminado da prova.

    ResponderEliminar
  4. Já cá faltava a humilhaçãozinha da praxe...

    Tou como o Estilhaço. Não existe motivação? Arranjem-na!

    Querem melhor motivação do que envergar aquela camisola? E auferir um chorudo ordenado por isso?

    Apenas uma coisa boa: perderam quando já não interessava...

    Mas custa ouvir um patego como o Fábio Coentrão afirmar, todo contente, que "era bom espetar 3 no Dragão"!

    Agora, toca a arrepiar caminho, acabando o campeonato com dignidade. Já demos um motivo de satisfação à mouralândia e, por isso, já chega..

    Como tb chega de ouvir falar de eventuais interessados, e de entrevistas enamoradas de jogadores, dizendo k o clube A é fantástico, e que o B é excelente, etc, etc...

    Para o ano, e isto k fique bem frisado, que o NACIONAL humilhado no Dragão. Dasse, já tou farto dos madeirenses...

    ResponderEliminar
  5. Eu que tinha dito que quando acabasse o jogo gostava que os adeptos do Dragão se levantessem e em uníssono batessem palmas ao Tri Campeão...
    Bem, se isso aconteceu, as palmas só se foram para o Nacional...

    Uma vergonha o que se passou...

    Creio que o o Prof. Jesualdo já deu em conferência de imprensa e de uma forma inteligente uma reprimenda bem severa aos jogadores, dizendo que assim não se ganha mais nada!!!

    O que eu tanto disse mal do homem e agora vergo-me porque acho que ele me está a sair bem melhor que a encomenda...
    Apesar de hoje nao ter compreendido a substituição do Mariano que a meu ver estava a ser o menos mau em campo do lado do Porto... Só se foi por alguma queixa física que nao me parece!!!

    Não é só a revolta de ter perdido o jogo que me faz estar mais irritado com os jogadores, mas a forma de estar dos mesmos perante o clube que lhes paga bem e a horas...
    Já me começa a fazer urticária certas declarações de jogadores relativas a transferencias no final da época... Pena o Porto nao ter dinheiro que chegue para por alguns meninos a rodar uma época na liga intercalar!!!

    Fico-me por aqui...

    Aquele Coentrão até mete a falar!!! O tipico jogador de futebol que só é provido de massa cinzenta nos dedos dos pés... Tendo em consideração que tem pés pequenos... Está tudo dito!!!

    Saudações azuis e brancas
    Carlos Pinto

    ResponderEliminar
  6. ...SERA QUE OS ADEPTOS DO FUTEBOL CLUBE DO PORTO QUE VAO UM ANO INTEIRO AO ESTADIO APLAUDIR, VIVER,PUXAR, INCENTIVAR ESTES "MACACOS" NAO MERECEM RESPEITO????´...SERÁ QUE NAO APRENDEMOS A LIÇÃO E COM A VERGONHA DE UM RESULTADO COM OS MESMOS SENHORES À MUITO POUCO TEMPO NO MESMO ESTADIO (1-4)???MEUS SENHORES AINDA HÁ UM TROFEU PARA GANHAR !!! OU SERÁ QUE VAMOS PASSAR OUTRA VERGONHA??? JÁ ALGUEM DISSE A ESTES SENHORES QUE ESTAVAM JA DE FERIAS??? OS DEUSES DEVEM ESTAR LOUCOS, SÓ PODE....

    ResponderEliminar
  7. Férias ainda nem tocam...mas hoje, aquilo era tanta a frialdade dos nossos que mais parecia que eles tivessem andado mas é na apanha daquelas "frutas" ... Todos ! Para ganhar-lhes hoje só fez falta um pateguito acertado que enfiou 2 e correu que se fartou,um porteirito mais em tarde inspirada , e aquele grenhudito que entrou ao final,para desencaixar os rins aos da nossa defesa (estavam 3). Os da ilha jogaram bem. Nós jogamos merda para gaudio dos mouros hoje! Se tivesse sido no Jamôr,adeus dobradinha! Que sirva para aprender !

    ResponderEliminar
  8. Oh !!! E eu que andei aqui a pedir (emprestados) uns emails da casa toda para votar e fazer votar no Lixa,Cigano,Bochinga,L'Capitan,e o que me apetecia hoje era ir lá mas era mudar os votos...Que desilusâo!
    Uma vez mais,um gajito que veio cá defender tudo o q lhe apareceu na frente! Que até nem foi tanto hoje!

    ResponderEliminar
  9. Pior que perder 3.0 com o nacional no jogo de despedida quando mereciamos uma grande festa, quando o meu pai foi ao estadio pela primeira vez, pior que isso é mesmo o coentrinho ter bisado filho da puta.lolol

    Enfim, perdemos bem, nada a acrescentar. Os adeptos mereciam mais. Faltou jogar em equipa. E eu juro que se nao fosse pelos nomes e pela cor dos equipamentos estava a ver os benfas a jogarem, ate se me gelou o coraçao.
    Faltou jogarmos em equipa, foi o faltou.

    Sinceramente a mim nao me cheira a humilhaçao. E por vezes é bom levarmos abanoes destes pa acordarmos novamente para a vida. Vem ai a final da taça e creio que tal como naqueles dois empates seguidos na primeira volta, o prof ja deu o sermao e vai da.lo amanha outra vez e saira daqui mais uma vez a maquina trituradora pa acabar a epoca em beleza.

    Qualquer benfas a partir de ontem ja conhece o nome Fabio Coentrinho, é o novo ciclo pois claro!

    Beijinhos azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar
  10. Não pude ir ao jogo ( o que bem me custou ) mas sofri ao ouvir o relato como se deste jogo dependesse o campeonato.
    Foi pena perdermos o record de menos golos sofridos em casa num campeonato, mas às vezes as coisas são mesmo assim. Lamento a possivel falta de atitude mas esta é a equipa que nos deslumbrou e que ganha um campeonato sem espinhas e com uma gorda vantagem.
    Fica o exemplo para não facilitarmos nos dois jogos que faltam.E o miudo Ventura tem de ser campeão...

    E o Nacional temn sido mesmo a nossa besta negra...

    ResponderEliminar
  11. Foi uma grande falta de respeito para com os adeptos, principalmente aqueles que foram ao estádio.

    Mas também acredito que no próximo jogo tudo seja diferente, e que na final da Taça de Portugal vamos ter oportunidade de ver um FC Porto ao melhor nível.

    Abraço

    http://estrelas-do-fcp.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  12. Estilhaço,
    Gostava muito de ver o Porto-UD Oliveirense na meia-final...
    porque será? Advinhas? looool

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  14. lady in blue, não vale a pena adivinhar :-) pois vai ser com o OC Barcelos que venceu no prolongamento.

    Mas contamos contigo no próximo Sábado em Fânzeres o 1º jogo das 1/2 finais do play-off com a Juventude de Viana.
    E que não ver ser nada fácil.

    ResponderEliminar
  15. blue , só nao concordo muito com a apreciaçao ao palhaço paraty ... passaram algumas faltas evidentes em claro, e tenho serias duvidas quanto ao lance em que o licha cai na área, mas espero pa ver na TV :P

    De resto, sempre as ordens.
    o jesu falou bem, devido as circunstancias, falou bem :x

    o que vale é q acontece isto duas vezes por ano, e os desportivos vendem jornais.
    O tri é nosso e ninguém nos tira. A taça vem a caminho.
    A superioridade é evidente.
    Por demais, OS MAIORES*

    ResponderEliminar
  16. Um campeão pode ter um dia mau, mas não pode descer abaixo de determinados níveis e o F.C.Porto ontem desceu.Era o último jogo da época no DRagão e a imagem que quem lá esteve - eu estive - fica até meados de Agosto, é uma imagem muito pobre.
    Aquilo foi uma caricatura do Campeão.
    Agora à que dar um banho de humildade nos jogadores,para eles voltarem novamente a jogar e a ganhar.Acredito que há males que vêm por bem e vamos ganhar a taça.

    Perdemos 1-0 em juniores contra o benfica com uma roubalheira à moda do Calabote.
    CHula do F.C.Porto vai isolado para a baliza é derrubado dentro da àrea o Árbitro expulsa o jogador do benfica e marca o penalti, O jogador vai para o balneário.Depois,para espanto de todos o juíz de linha chama o árbitro e diz-lhe que o Chula estava em fora de jogo.O jogador expulso regressa ao campo.Isto parece ficcção, mas foi pura realidade, foi-me contado por quem lá esteve.Ao 90+4 sofremos o golo.
    Um avergonha à moda antiga.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. Jesualdo falou bem? Mas então ele não é o primeiro responsável pela equipa? Não é o treinador? Não é quem escolhe as tácticas? Quem decide quem é convocado e quem joga no 11 inicial? Não é ele que tem o poder de decidir as substituições? Não é a ele que compete motivar e saber como estão psicologicamente os jogadores? Por favor! Ele é o primeiro dos culpados e vir, muito zangadinho, atirar as culpas para os jogadores é ser pouco sério! Ser um treinador medíocre! Esperaria que, no fim duma porcaria destas (onde se fartou de fazer asneiras e tarde, muito tarde!) que viesse contricto assumir as suas responsabilidades e pedir desculpas aos adeptos! Isso sim, era de Homem!

    ResponderEliminar
  18. Dragão 13 não concordo nada ctg...

    Apesar de achar que ele (Jesualdo) esteve mal em retirar o mariano de campo, que culpa tem ele???? Os melhores, que jogaram praticamente toda a época e ontem tb, nao tenham marcado golos, jogado mal q.b. e andarem a dormir em campo, vislumbrados com as possíveis tranferências...

    Creio que o discurso do treinadoe durante a semana foi um tónico para os jogadores quando inclusivé falou de recordes internos a bater... Motivação que chegue por aí... Tornar os jogadores carismáticos!!!

    Creio é que alguns que se esqueciam de receber a bola junto a linha, não o faziam convenientemente pois deviam estar a olhar para as bancadas a procura dos emissários do clube x e y para ver se eles estavam lá para os ver a jogar!!!

    Foi mau demais!!! Como já aqui foi dito percebe-se que um clube pode falhar e o porto nao é expepção, mas assim foi demais chiça...

    Saudações azuis e brancas
    Carlos Pinto

    ResponderEliminar
  19. Confrade dragâo13, também nem será tanto que queime ao santo nem tanto que nâo o ilumine ... O profe nâo é quem entra em campo p'ra jogar, sâo os 11 marmelos que ontem estavam todos desmadrados !
    Depois de tudo só dá 3 p'ra mudar, e aquilo era tudo a jogar mal 100%!
    O Jesualdo até trabalhou bem este ano, lá mérito teve ele,e nâo vai agora arrear as calças para ser ele quem vai expôr o rabo ao castigo ! Vamos ser razoáveis !!! O problema veio dos empregados, nâo do encarregado do botéco !!!
    E nesse momento é muito tarde p'ra mudar de táticas,c/ voltas a quê?
    Desculpe-me s.f.f. por discordar!
    Só perdemos 1 jogo, nâo o ano, nem
    o Tri! E a dobradinha está à mâo!

    ResponderEliminar
  20. Em primeiro lugar, vitória mais que justa para quem ganhou este jogo.

    Depois, Dragão13, se me permites discordar, vamos todos ser sérios!! afinal, que querias ontem que o Jesualdop fizesses? entrasse lá dentro e marcasse ele próprio os golos? os que iniciaram, há excepção de 2 unidades (Mariano e Lino), não eram todos titulares indiscutiveis? Daqui a nada, falta só dizer que quando se joga, a vitória é dos Quaresmas, dos Luchos, dos Lisandros, etc... quando se perde, é do treinador!

    Como digo, desculpa lá discordar... mas essa desculpa, ontem, não colhe, não colhe mesmo... se noutras alturas, colhia e com razões... ontem, nem adianta irmos por ai, pq os «meninos mimados» tb têm que ser responsabilizados quando fazem m****... ontem, respeito pelos adeptos, foi coisa que não tiveram... e ponto final, parágrafo.

    Ta_8, péssimo dia para escolher levar o teu Pai ao Dragão... péssimo dia... vê lá se para a próxima, acertas na mouche que este, não contou.

    Katarynah9, faltinhas que ficaram por marcar, há em todos os jogos... agora, estar a atirar-me para o árbitro pela exibição deplorável dos nossos «titulares» d'ontem, esse tipo de estratégia, é mais pró sul, não prós do Reino do Dragão. Mas concordo que aos 11 min, aquela falta (?!) sobre Lisandro na área, poderia ter alterado o rumo ao jogo... não marcou, tb não foi escândalo nenhum... ou eu vi mal o lance lá no estádio e tb o já na tv?

    ResponderEliminar
  21. A crónica do Jorge Maia na edição desta 2ª feira d'O JOGO diz tudo... nem uma vírgula acrescentaria, principalmente, o fecho final!

    Está lá tudo... ora leiam:

    Dívida por saldar
    JORGE MAIA

    Com a urgência própria dos aflitos, houve quem quisesse comparar os três golos sofridos pelo FC Porto contra o Nacional com as goleadas impostas pela Académica ao Benfica ou pelo Leiria ao Sporting. Ora, se é verdade que há algumas semelhanças entre esses três jogos, nomeadamente ao nível da inegável e indesculpável falta de concentração, motivação e empenho dos milionários jogadores dos três grandes, há uma diferença essencial entre os portistas e os rivais de Lisboa: o jogo com o Nacional não contava para nada. Nem para as contas do FC Porto, encerradas em tempo útil, nem para as do Nacional, nem para as de terceiros. Ou quartos ou quintos. Pode parecer um detalhe e certamente não desculpa aquela que foi, de longe, a mais pobre exibição dos tricampeões nacionais no campeonato, mas não deixa de ser relevante que a única distracção dos portistas até agora aconteça no final de uma temporada esgotante, que não conheceu outras excepções semelhantes e numa fase de descompressão, quando já não pode beneficiar nem prejudicar ninguém a não ser os próprios adeptos, que mereciam outra consideração por parte de uma equipa a que nunca faltaram. De resto, a derrota com o Nacional pode ter o mérito de servir de aviso a tempo de evitar desgraças maiores. A temporada ainda não acabou, as férias ainda não começaram e estes jogadores ainda são todos do FC Porto: devem-lhe pelo menos mais dois jogos ao nível dos respectivos ordenados.


    Ora digam lá se isto não é falar a mesma linguagem?

    ResponderEliminar
  22. Pois, culpar o Prof. não está com nada. Muito embora até o júnior querer vir embora no início da 2ª. parte :-), o TRI é fruto do seu trabalho e o seu discurso é o mais correcto.
    Haverá que confiar agora no seu trabalho de casa para a Taça.

    Quanto aos assobios foram merecidos mas nas palmas finais fico na dúvida se, realmente, foram para o Nacional.
    Penso que muita gente, eu incluído, bateu palmas para a nossa equipa porque afinal os campeões de Portugal somos nós, ou não?

    Quanto aqueles que baseiam as suas alegrias em derrotas alheias não tardou nada para que fossem coocados no seu devido lugar.
    É que não tardou mesmo nada.

    ResponderEliminar
  23. Estilhaço, eu referia-me aos aplausos logo que o Nacional faz o 3º golo... é que por alguns que andavam ali perto de mim (desta vez, na bancada Norte), e pelos impropérios lançados lá para dentro, acredita que os aplausos não eram para o TriCampeão.... acredita que não eram.

    Fez-me só recuar uns tempos e relembrar uma das visitas recentes do Nacional ao Dragão, onde essa trupe de Portistas de MERDA (sim, é o que eles são mesmo e chamar-lhes Portistas, já é um abuso), se dignou a brindar a nossa equipa com olés, atrás de olés... e a festejarem os golos do nosso adversário... a maior vergonha que me lembro, não bastando o resultado, pior ainda, ter que levar na nossa própria casa, no nosso Estádio, com esta trupe de Portistas de MERDA!

    Pensei que se tivessem extinguido... alguns, afinal, estão bem vivos.

    Deplorável... para não lhes chamar outro nome.

    ResponderEliminar
  24. Eu gostava de saber se em virtude de sermos superiores ás restantes equipas, se gostavam que as vitórias fossem dadas como adquiridas ...
    Se assim fosse, não valia a pena ir aos Estádios... para quê desperdiçar tempo e dinheiro se já soubessemos qual o resulatdo final ?!!
    Provavelmente, os adeptos do FCP iriam aos jogos uma vez por ano... quiçá duas...
    O FCP perdeu porque foram irresponsáveis, perdulários e do outro lado estava uma equipa que queria vencer. Porque ao contrário do que diz o Cérvan, os jogos contra o FCP é que são OS jogos da época das restantes equipas.
    O Jesualdo não tem culpa nenhuma... só a teria caso lhe fosse permitido entrar em campo e dar uns abanões aos jogadores que se passeavam tais quais turistas em campo.
    Criticar o árbitro ?!! Porquê ? Que fez de tão grave o Sr. Paulo Paraty,para ser responsabilizado por uma derrota de 3 a 0 ?!!
    Isso fica bem para os "outros", os que mandam investigar jogos e equipas de arbitragem por não vencerem nada.
    Temos o campeonato, esta derrota não é nada de especial. Por mim até passava sem grandes alaridos, mas ver os adeptos Portistas a fazer uma tempestade num copo de água...

    ResponderEliminar
  25. Quer dizer, o porto fez o campeonato que fez graças ao treinador, mas se perdemos 0-3 com o nacional ele já não tem culpa, mas sim os jogadores! tá boa esta! Esse argumento só dá razão a quem, como eu, defende que o Porto é o que é graças ao jogadores e não ao treinador! Então se a equipa contrária monta a estratégia de modo a controlar o meio campo, são os jogadores que têm que se desemerdar lá dentro?? então o gajo que tá no banco de fato e gravata tá lá pra quê?? pra dizer que quer bater recordes?? para dizer que ganhar é como lavar os dentes?? Falar assim é muito bonito, mas teve azar quando falou assim...ele que dê graças por o clube fazer dele campeão

    ResponderEliminar
  26. Para o Carlos Pinto, o Tripeiro de Caracas, o Blue Boy e todos os que acharem o mesmo: têm todo o direito a discordar de mim e ainda bem que o fazem! Mas deixem-me defender o meu ponto de vista:
    1- Não estou, de forma nenhuma, a desculpar os jogadores! Que não se esforçaram, que não tiveram respeito pelos adeptos e que fizeram um jogo miserável!
    2- Não posso é deixar o Jesualdo Ferreira, treinador e líder da equipa, de fora das responsabilidades! Uma equipa é um todo e as derrotas, como as vitórias, são de todos! Por isso me desagradou ver o técnico, no fim e pela Comunicação Social, a sacurdir a água do capote e a investir contra os jogadores! Volto a dizer: reconhecer que errou e pedir desculpas aos sócios é que era uma atitude de Homem!
    3- Quanto ao que eu queria que ele fizesse, posse indicar um nunca mais acabar de coisas:
    3.1 - Avaliar bem os jogadores e não meter a jogar quem estava pouco motivado.
    3.2 - Não usar um jogador como o Mariano a fazer de 2º ponta de lança já que manifestamente o lugar não está adaptado às suas carcaterísticas como jogador.
    3.3 - Perante a lentidão e desinteresse, logo nos momentos iniciais, chamar a atenção dos seus pupilos
    3.4 - Perante o primeiro golo do Nacional e a falta de reacção, mexer na equipa enquanto era tempo e mostrar-lhe a necessidade de arrepiar caminho
    3.5 - Substituir, a meio da 1ª parte, jogadores importantes, como Pedro Emanuel (um desastre), Bosingwa ou mesmo Quaresma para dar um sinal forte para dentro do campo!
    3.6 - Se necessário fazer, ainda na 1ª parte, nova substituição de um dos jogadores com pior prestação.
    3.7 - Que não se deixasse ficar mudo e quedo, sem qualquer reacção, durante todos os primeiros 45 min., acabando a perder já por 0-2 e tornando mais difícil a reacção!
    3.8 - Que aproveitasse o intervalo para "dar um puxão de orelhas" e chamasse a atenção para que a velocidade é o factor que é capaz de desequilibrar um jogo!
    3.9 - Que ao, finalmente, alterar alguma coisa, não desse um sinal errado, retirando um dos jogadores mais esforçados mas não titular habitualmente, para deixar ficar em campo os que se arrastavam num "favor" ao clube!
    3.10 - Que, se necessário, usasse as substituições para "acordar" a equipa mas ainda a tempo! Não posso aceitar que se meta o Bolatti, num jogo como este, a 10 min do fim!
    3.11 - Que se conseguisse impôr aos jogadores de forma a que, o quarto de hora final fosse de pressing, de forma a mostrar que estavam interessados em honrar a camisola do clube.
    3.12 - Que perante o desconchavo da exibição e da falta de esforço, se assumisse como o primeiro dos responsáveis, como líder da equipa, em vez de mandar recados aos jogadores pela Comunicação Social.

    Já agora gostava de fazer duas perguntas aos que discordaram de mim:
    1- Imaginam o Mourinho a ficar quieto durante 45 min perante uma exibição assim?
    2- Alguém imagina uma exibição deste nível com Mourinho?

    Um treinador não entra em campo para jogar, mas se está no banco e não influencia o que se passa no relvado serve para quê?

    Cumprimentos a todos!

    ResponderEliminar
  27. Rui, apenas o meu bitaite.
    Nem é graças ao treinador nem é graças aos jogadores.
    É graças aos dois.
    É como uma máquina composta por 12 peças. Basta uma apenas falhar para que a máquina não funcione.

    No Sábado não foi apenas uma peça que falhou. Foram muitas mas continuo a pensar que não foi a peça nº. 12.

    ResponderEliminar
  28. Assino por baixo do ultimo comentário do dragao13.
    Estilhaço: é claro e inegável que o mérito das vitórias é de todos bem com nas derrotas o deve ser. Mas não tenho dúvidas em afirmar que os sucessos desta equipa se devem em maior parte aos jogadores que temos e em parte bem mais pequena ao treinador. Sou da opinião que o Jesualdo fez o minimo que qualquer treinador razoavel faria: não complicar. Agora quando é preciso fazer a diferença e tomar decisões, fazer mudanças na equipa, aí ele falha redondamente, não sabe mais, enfim, não é treinador para o Porto. É apenas a minha opinião, não só agora na derrota, mas tambem em todas as vitórias.

    ResponderEliminar
  29. Pelo trajecto quase sem mácula que os Tricampeões fizeram ao longo deste tempo, eu penso que merecem a nossa tolerância no desastre que foi a derrota de Sábado. Foi um dia menos bom. Acontece a todos.

    Com certeza que os jogadores serão os primeiros a sentir tristeza pela derrota e por não terem batido o recorde de golos sofridos. Estou certo que tudo farão para emendar esta derrota nos jogos contra Naval e Sporting.

    Caro Blue Boy, o "post scriptum" é revelador do estranho modo de alguns expressarem o seu "portismo". Com toda a fraqueza, fiquei mais triste e chateado com esta situação do que com a derrota da equipa. As duas claques do Porto merecem a nossa saudação por terem apoiado incondicionalmente a equipa durante todo o jogo, não obstante a exibição e o resultado.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  30. Caros Dragão13 e Rui, acho que o meu sinal + foi mal interpretado, ou seja, eu não estou a elogiar o Jesualdo... limitei-me a elogiar as palavras deste no final do jogo onde falou no «plural», não disse que foram os jogadores, mas sim em «nós», o que é bem diferente.

    Sobre se o Jesualdo é treinador ou não para o FC Porto, isso são outras guerras, que podendo ou não discordar delas (e quem me conhece, sabe que não sou um seu acérrimo defensor...), mas uma coisa é certa, os números deles na frente do FC Porto estão cá para desmentir ou confirmar qualquer avaliação que aqui possa ser feita.

    A minha opinião vale o que vale, e aqui neste espaço, ninguém tem que se sentir melindrado com opiniões contrárias ou concordantes... e além do mais, nunca me considerei mais Portista do que ninguém... tal como tb tenho a certeza que ninguém o é mais do que eu.

    Tenho a minha forma de ver o mesmo problema, mas por outra envolvência... eu nunca coloquei o treinador nos píncaros da lua... tal como não coloco nenhum jogador.

    Os resultados do FC Porto, bons ou mais, têm sempre que ser repartidos por vários elementos que juntos, formam o tal FC Porto que tanto amamos... e idolatramos. Sim, o meu ídolo, é unicamente um: o FC Porto!!

    Agora, o que não colhe para mim, e neste jogo especifico, é atirarem-se responsabilidade para cima do treinador... essa para mim, não colhe.

    Se há meninos que no final de determinados jogos que lhes correram de feição, gostam de mandar uns bitaites prós microfones, como que passando um atestado de «cegueira» aos adeptos que com maior ou menos esforço, fazem das tripas coração para lhes ajudar a pagar o salário... e muitas vezes são idolatrados por isso (eu não idolatro jogadores, idolatro o meu clube, que são coisas bem diferentes!)... a esses e outros que tais, que nos últimos tempos, andam muito ocupados em arranjar emprego prá próxima época fora das bandas do Dragão, esses tais, deveriam tb eles ser os primeiros a dar a cara nestas horas e pedir desculpas pela VERGONHOSA exibição.

    Agora, ninguém tenha dúvidas... os meus jogadores, continuam a ser estes... o meu treinador, continua a ser este... só que, tal como um qualquer Pai ou Mãe preocupada, há horas próprias para o puxão de orelhas... e este, para mim, é um deles!

    De uma coisa não duvido... todos nós, cada qual à sua maneira, queremos o melhor para o FC Porto... disso, que não restem dúvidas.

    Como diz hoje o Jorge Maia n'O JOGO, restam 2 jogos, até Agosto, para limparem esta imagem péssima que nos deixaram no sábado passado... eu acredito e continuo a apostar nos «nossos meninos»!

    Mesmo que na Figueira se volte a perder, a minha fé e a minha paixão pelo FC Porto nunca se apagará... dia 18, tou lá em Oeiras!

    O resto, são desabafos de quem anda mal, muito mal habituado!!

    aKeLe aBrAçO,

    ResponderEliminar
  31. Viva. A ver se consigo exprimir a minha ideia ao Dragao13, ponto por ponto:

    1- Não estou, de forma nenhuma, a desculpar os jogadores! Que não se esforçaram, que não tiveram respeito pelos adeptos e que fizeram um jogo miserável!
    - De acordo.

    2- Não posso é deixar o Jesualdo Ferreira, treinador e líder da equipa, de fora das responsabilidades! Uma equipa é um todo e as derrotas, como as vitórias, são de todos! Por isso me desagradou ver o técnico, no fim e pela Comunicação Social, a sacurdir a água do capote e a investir contra os jogadores! Volto a dizer: reconhecer que errou e pedir desculpas aos sócios é que era uma atitude de Homem!
    - O discurso: «Não é um resultado admissível. A melhor equipa foi aquela constituída pelos 42 mil adeptos que estiveram nas bancadas. Infelizmente, assistiram a uma despedida com uma exibição medíocre. O Nacional ganhou bem. Não jogámos como equipa e assim as dificuldades surgem. Os jogadores sabem que não conseguiram entrar no jogo. Há muitas razões para isso. Não fomos sérios, não fomos iguais ao que costumamos ser. Os três golos representam uma má exibição e não o ter passado ao lado de um registo interessante.»
    O Prof. falou sempre na 1ª. pessoa do plural, o discurso não foi de sacudir a água do capote.

    3- Quanto ao que eu queria que ele fizesse, posse indicar um nunca mais acabar de coisas:
    3.1 - Avaliar bem os jogadores e não meter a jogar quem estava pouco motivado.
    - Será talvez um pouco difícil de julgar o intímo de cada um antes do jogo. Não existia razão para não estarem motivados, afinal são jogadores do FC Porto.

    3.2 - Não usar um jogador como o Mariano a fazer de 2º ponta de lança já que manifestamente o lugar não está adaptado às suas carcaterísticas como jogador.
    - O Mariano desempenha bem mais do que uma função.

    3.3 - Perante a lentidão e desinteresse, logo nos momentos iniciais, chamar a atenção dos seus pupilos
    - De certeza que não o fez?

    3.4 - Perante o primeiro golo do Nacional e a falta de reacção, mexer na equipa enquanto era tempo e mostrar-lhe a necessidade de arrepiar caminho
    - Fê-lo logo após o segundo golo. O FC Porto entrou diferente na segunda parte e teve bons lances.

    3.5 - Substituir, a meio da 1ª parte, jogadores importantes, como Pedro Emanuel (um desastre), Bosingwa ou mesmo Quaresma para dar um sinal forte para dentro do campo!
    - Safaram-se, para mim, o Pedro Emanuel, o Quaresma e o Lisandro. De resto até poderia substituí-los todos.

    3.6 - Se necessário fazer, ainda na 1ª parte, nova substituição de um dos jogadores com pior prestação.
    - O mesmo do 3.5

    3.7 - Que não se deixasse ficar mudo e quedo, sem qualquer reacção, durante todos os primeiros 45 min., acabando a perder já por 0-2 e tornando mais difícil a reacção!
    - O 2º. golo do Nacional foi aos 46 minutos.

    3.8 - Que aproveitasse o intervalo para "dar um puxão de orelhas" e chamasse a atenção para que a velocidade é o factor que é capaz de desequilibrar um jogo!
    - De certeza que não o fez?

    3.9 - Que ao, finalmente, alterar alguma coisa, não desse um sinal errado, retirando um dos jogadores mais esforçados mas não titular habitualmente, para deixar ficar em campo os que se arrastavam num "favor" ao clube!
    - Tirou depois o Lino e meteu o Tarik. Sinal mais positivo que este seria difícil.

    3.10 - Que, se necessário, usasse as substituições para "acordar" a equipa mas ainda a tempo! Não posso aceitar que se meta o Bolatti, num jogo como este, a 10 min do fim!
    - 3.5, 3.3, 3.9

    3.11 - Que se conseguisse impôr aos jogadores de forma a que, o quarto de hora final fosse de pressing, de forma a mostrar que estavam interessados em honrar a camisola do clube.
    - Muito raramente se vê o Prof. esbracejar. Demosntrou-o com a substituição do Lino, aos 57 minutos.

    3.12 - Que perante o desconchavo da exibição e da falta de esforço, se assumisse como o primeiro dos responsáveis, como líder da equipa, em vez de mandar recados aos jogadores pela Comunicação Social.
    - 2

    ResponderEliminar
  32. Aos amigos que me responderam:
    Gosto muito de discutir, nomeadamente quando se trata de coisas que têm a ver com o meu Porto! E, por isso, estou com vontade de responder e alimentar a discussão! Se a edição quiser fazer parar, eu compreendo!

    Claro que não vou responder ao Rui porque, mais palavra menos palavra, estamos os dois de acordo!

    Ao BlueBoy, quero dizer que também eu estarei no Jamor (pertinho da minha casa!) e que, seja qual for o resultado do Porto sou sempre portista a 100%! Aliás, e porque devo ser bastante mais velho, já sou do tempo em que não ganhávamos nada e, mesmo assim, o meu amor pelo Porto, acredito partilhado por todos os que aqui escrevem, foi sempre crescendo!

    Mas, e aqui começo a responder ao Estilhaço, não interpreto as palavras de Jesualdo como vocês os dois! É certo que ele fala sempre em nós, mas a verdade é que as críticas vão todas para o que fizeram os jogadores e ele diz-se "zangado"! Quem está "zangado" está-o contra terceiros ou então diz que está zangado consigo próprio! E eu esperaria é que estivesse triste (bem diferente) e pedisse desculpas porque não é menos (antes pelo contrário) culpado que os jogadores! Não vejo nenhum pedido de desculpas!

    De resto, também não concordo com as respostas do Estilhaço em relação ao que sugeri que o treinador fizesse! O problema é que não o vi a fazer nada! Porque moro longe do Porto, assisti ao jogo pela TV que se fartou de focar o Jesualdo e dava impressão ver a forma impassível como ia vendo o que se passava!
    Resumindo e atendendo a que não foi respondida qualquer das críticas que fiz:
    1- Má escolha de jogadores, nomeadamente quando escolheu Mariano para segundo ponta de lança ! Ele faz diversas posições, é verdade, mas essa não!
    2- Substituições más e muito tardias! Os primeiros a sair foram os não habitualmente titulares e que estavam longe de ser os piores! Pedro Emanuel, para mim o pior da equipa com responsabilidades em todos os golos e em mais algumas jogadas que não deram golo, José Bosingwa ou Quaresma seriam bem melhores opções para sair! Mas porquê esperar até ao intervalo para mexer? Porquê essa lentidão de actuar que nos custou pontos em muitos jogos?

    Achas que um bom treinador fica a olhar para a equipa a afundar-se e só actua ao intervalo quando já se afogou e é tarde?

    Imaginas uma exibição como esta com um treinador como Mourinho?

    Cumprimentos e um abraço a todos!

    ResponderEliminar
  33. Dragao13, o Mariano pode jogar do meio campo para a frente. É de raiz um jogador que actua em qualquer das alas, apesar de ser melhor com o pé canhoto. Pode tb. jogar nas costas do ponta-de-lança, embora seja descaído para qualquer dos flancos que se sinta como peixe na água.
    Conforme as suas próprias declarações:
    "Já joguei nas costas dos avançados, como número dez, nos dois flancos e como segundo avançado. Seja onde for, só espero ser útil e triunfar."

    Falar de substituições, após o jogo, dará sempre pano para mangas. Mas continuo a pensar que foram as mais correctas para dar o sinal que era necessário.

    Em relação ao Mourinho não é à toa que tem o apelido que tem e penso até ser injusto entrar em comparações.

    Respeito, como é óbvio, as tuas opiniões mas sinceramente não concordo com elas.

    Manda o teu contacto ao blue boy e continuaremos a nossa saudável discussão no Jamor :-)

    ResponderEliminar
  34. Estou totalmente de acordo com o que dizes das posições do Mariano! Mas, neste jogo com o Nacional, ele entrou a jogar mais pelo meio, como ponta de lança número 2 e com o Quaresma a jogar atrás dele e do Lisandro. Foi por isso que falei.

    Mando então o meu contacto ao BlueBoy!

    Cumprimentos e Viva o Porto!

    ResponderEliminar
  35. E, como seria de esperar, o assunto foi prontamente resolvido dentro de portas.
    Folga cancelada e presença do Presidente no treino.
    Sem grandes paragongas, entrevistas ou declarações.

    ResponderEliminar
  36. Pois eu estive no Dragão e custou-me muito assistir a uma exibição que foi abaixo de mau mas nem por isso eu vou aplaudir os golos dos adversários ainda por cima marcados por um "rosinha" malcriado. Também eu acho que todos foram culpados a começar no Helton (disparates desde o 1º minuto passando por um chapéu que não me convenceu e acabando num golo muito consentido)passando pelo Bosingwa (que não se mexeu e ainda ficou a ver o rosa no 2º golo a correr) e todos os outros e acabar no treinador que faz 3 substituições miseráveis. O Mariano era dos mais esforçados e para tirar o Lino mexeu em meia equipa para depois meter o Bolatti e mexer em mais meia equipa. É verdade que foi tudo muito mau mas, na realidade, a diferença foi entre ficar com 23 ou 20 pontos à frente da concorrência. Por isso, que este jogo sirva de lição e que ganhemos a Taça que é o mais importante. Só espero que o Jesualdo não invente como fez em Alvalade, Liverpool ou Gelsenkirchen onde, por coincidência, perdemos.
    FORÇA PORTO!!!

    ResponderEliminar