22 maio, 2008

A «negra» vai decidir tudo...

FC PORTO, 71 - AD OVARENSE, 69
(6º jogo da final do play-off / FCPorto, 3 - Ovarense, 3)

O FC Porto ganhou esta tarde à Ovarense, por 71-69, no sexto jogo da final do Campeonato da Liga de basquetebol, disputado no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos, empatando de novo a contenda. Julian Terrell (20 pontos), Torre Morris (18) – suplente – e Nuno Marçal (15) foram os melhores marcadores do FC Porto, enquanto pela Ovarense John Waller, com 16 pontos, esteve em destaque.

O 7º e decisivo encontro vai ter lugar no Arena Dolce Vita, em Ovar, já no próximo sábado, pelas 17h00, com transmissão televisiva na RTP2.

Resultados:
09 Maio: Ovarense - FC Porto, 59-61
11 Maio: Ovarense - FC Porto, 74-72
15 Maio: FC Porto - Ovarense, 72-69
17 Maio: FC Porto - Ovarense, 59-69
20 Maio: Ovarense - FC Porto, 69-57
22 Maio: FC Porto - Ovarense, 71-69
24 Maio: Ovarense - FC Porto (17:00 horas)

6 comentários:

  1. Segundo O Jogo os 3785 lugares do Pavilhão estavam completos.
    Não me pareceu mas andava-se por lá perto.

    Jogo impróprio para cardiacos com o FC Porto sempre em vantagem mas a baquear no final. A Ovarense a falhar dois triplos nos últimos segundos que dariam a vitória e o campeonato. Bom jogo interior e a contínua desgraça nos LL.

    Para amanhã é mais garra e coração. Segundo o Portal dos Dragões existirão por parte dos SD cerca de 400 lugares para apoio à equipa. Força Porto.
    Nós por aqui vamos a Fânzeres.

    ResponderEliminar
  2. Estive lá (tb estiveram o Estilhaço, blue boy, lady in blue, Vila Pouca...) uma vez mais a vibrar com mais um jogo dramático... No último ataque o Porto lançou 3 vezes e falhou e na última posse de bola com 71-69 a Ovarense tentou ganhar e fazer a festa, falhou 2 triplos e o pavilhão exultou com mais uma vitória sofrida mas muito saborosa do nosso Porto. Estivemos sempre na frente e merecemos ganhar. Agora sábado é pedir «só um pouco mais de azul» e mesmo sabendo das adersidades q lá vamos encontrar tem q se pedir a estes verdadeiros heróis que voltem a acreditar e que dignifiquem esta camisola adorada, a nossa, a do Porto.

    Terrel com 20 pontos e 10 ressaltos e Toree Morris (muito bem com Alberto Babo a ganhar a aposta nele desta vez) com 18 pontos e 5 ressaltos. Marçal com 15 pontos já n é novidade. Para mim o melhor em campo foi mesmo o Toree Morris com os seus 2.15m e aqueles afundanços tremendos...

    No 3º período os adeptos do FCP (3/4 do pavilhão) levaram a equipa ao colo e esta correspondeu. Cânticos incessantes que motivaram a equipa q nessa altura construiu uma vantagem q se revelou no final decisiva.

    AMANHÃ ACREDITEM. Nós demonstramos ontem q ainda acrditavamos e vocês não nos deixaram ficar mal. Amanhã é só um pouco mais de azul.

    ResponderEliminar
  3. Nos lances livres falhamos 12 mas a Ovarense tb falhou 9... Nos triplos é q a Ovarense acertou 8 contra 1 (gentry) do Porto...a pontaria ontem só mesmo de 2 pontos onde no jogo interior o Porto esteve muito bem com terrel e morris em grande ganhando mesmo a luta dos ressaltos (42-38).

    Babo ficou afónico e foi Júlio Matos quem falou aos jornalistas. Parece q estou a ver amanhã o babo a dar indicações só por gestos:)

    ResponderEliminar
  4. Bibó-Porto e amigos sempre a apoiar o F.C.Porto, ontem em Matosinhos, amanhã em Fânzeres.
    Nós é que somos os notáveis!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Sábado, ou vai, ou racha... mas tenho medo, muito medo do ambiente em Ovar... que é de 'cortar à faca' e a arbitragem, por norma, tem medo, muito medo!

    Mas a ver vamos... a esperança é a última a morrer... já lá ganhamos o 1º jogo, por isso, nao há uma, sem duas! Vamos pra cima deles, sem dó, nem piedade... os favoritos, são eles, não nós!!

    ps - ontem, aquele caramelo do 2º base, aliado ao constante falhar de lances livres, quase que me tiravam do sério... aposto que eu, faria melhor... arreeee!

    ResponderEliminar
  6. É verdade, é verdade...foi mais um jogo impróprio para cardíacos, mas daqueles em que eu vibro mais ;)
    Ao contrário do outro jogo, em que só conseguimos estar à frente no marcador 2 únicas vezes :(, desta vez conseguimos a proeza do jogo todo :D, mas valha-me Deus, aqueles últimos segundos foram mesmo de cortar a respiração. O coração bateu forte ao falhanço dos 2 triplos do adversário ;)
    É sofrer até à última...
    Espero que amanhã, se tivermos que "sofrer" assim, ao menos que venhamos de lá com o mesmo sorriso no final :D

    ResponderEliminar