16 maio, 2008

Um Clássico… ou talvez não!

Domingo, dia 18 de Maio… está tudo preparado para mais um jogo da final da Taça de Portugal. O FC Porto defronta mais uma vez a lagartagem, que andam tão entusiasmados por terem chegado ao segundo lugar da liga Bwin, o que equivale a dizer que lá ganharam o «seu» campeonato (terminar à frente das galinhas).

De facto, há um grande entusiasmo quer por parte da lagartagem, quer por parte dos adeptos azuis e brancos. Os de «berde», estão de tal forma convictos, que para se justificarem, argumentam com o jogo no WC XXI, em que sem saberem ler nem escrever, venceram por 2-0.

Afinal, o que esperar desta final?
Um jogo de muitas emoções?
Um jogo de roer as unhas até sangrar?
Um jogo pacífico, em que vamos dominar nas calmas?
Uma luta renhida?

Por um lado, apetecia-me ver um jogo pleno de emoções, de roer as unhas, de estar nervosa, etc. Mas por outro, desejo um jogo onde o FC Porto mostre toda a sua supremacia, pregando um valente estalo de «luva branca» a todos os que nos criticam e têm inveja do nosso GRANDIOSO CLUBE!

Importante mesmo, é que se faça a nossa festa e se festeje, aqui em Lisboa, a festa do TRI, da Taça, da dobradinha... mostrando a toda essa gentinha o que de bom tem Portugal!

Esta é a parte que mais gozo me dá… festejar no meio dos rivais, as nossas conquistas!

Desejo fortemente que o FC Porto mostre toda a sua GRANDEZA e festeje alto e em bom som!

Domingo, podendo estar no estádio, ou então em casa a assistir ao jogo, irei apoiar incondicionalmente a equipa do meu coração!

Saudações Azuis e Brancas,
Sodani

24 comentários:

  1. Sodani, bem vinda sejas depois do descanso merecido... em terras paradisiacas, só mesmo prá boa vidinha :D

    Quanto ao tema propriamente dito, a mim, importa que domingo, se concretizem 2 desejos:

    - que a viagem aqui dos amigos do blog, corra bem, na ida e regresso; e

    - que o FC Porto conquiste com mérito, justiça e sem espinhas, o troféu em disputa e a «dobradinha».

    Se assim acontecer, 5 estrelas... não peço mais!

    ResponderEliminar
  2. Eu desejo que o Porto ganhe a Taça com ou sem mérito porque já se sabe q para alguns «iluminados» nunca temos mérito. Nem que seja com um golo com a mão. Quero é festejar a vitória!

    E esta viagem a Lisboa com os amigos do blog terá um regresso ao Porto mt mais animado!

    ResponderEliminar
  3. Façam boa viagem e tragam muitos golos, está bem ?

    Vai haver fotos da comitiva a Oeiras ?!!
    Vai ?!!
    :)

    ResponderEliminar
  4. Essa da "luva branca" , melhor é q a troquemos por "luva de box", e das grandes que parecem repolhos , eh ?

    ResponderEliminar
  5. Boa Viagem a todos os companheiros até Oeiras e volta, que espero seja com a Alegria de mais uma TAÇA.

    Desta vez, a minha viagem é mais curtinha.

    Viva o FC PORTO!!!!!!

    ResponderEliminar
  6. Obrigado Sodani por finalmente se começar a falar de Futebol!!!!

    Já ando farto de falar de apitos e cornetas e o raio que parta!!!

    Domingo é para ganhar...

    Jesualdo deixou de fora Bosingwa, creio que é uma pequena vingança do nosso treinador contra o jogador, de certa forma merecida, por tudo que jesualdo ja passou com os actos de indisciplina do jogador.

    Não estou com isto a dizer que não é um jogador que faça falta...
    Vai fazer muita falta e desejo ao Bosingwa que tenha muito sucesso...
    Afinal ele aprendeu a jogar à bola no Freamunde e isso não está ao nível de qualquer jogador :D:D:D

    Saudações azuis e brancas
    Carlos Pinto

    PS- Sodani mais uma vez obrigado por se voltar a falar de futebol por entre a blogosfera azul e branca!!!

    ResponderEliminar
  7. Obrigado Sodani por finalmente se começar a falar de Futebol!!!!

    Já ando farto de falar de apitos e cornetas e o raio que parta!!!

    Domingo é para ganhar...

    Jesualdo deixou de fora Bosingwa, creio que é uma pequena vingança do nosso treinador contra o jogador, de certa forma merecida, por tudo que jesualdo ja passou com os actos de indisciplina do jogador.

    Não estou com isto a dizer que não é um jogador que faça falta...
    Vai fazer muita falta e desejo ao Bosingwa que tenha muito sucesso...
    Afinal ele aprendeu a jogar à bola no Freamunde e isso não está ao nível de qualquer jogador :D:D:D

    Saudações azuis e brancas
    Carlos Pinto

    PS- Sodani mais uma vez obrigado por se voltar a falar de futebol por entre a blogosfera azul e branca!!!

    ResponderEliminar
  8. É muito difícil falar de futebol com tantas provocações e com tantos portistas a irem na onda.
    Mas falemos de futebol: fez bem Jesualdo em não levar Bosingwa, pois aquela cabecinha já não está aqui. No Domingo todos têm de dar tudo para vencer e o Zé há muito tempo que desligou.Espero é que o mestre não invente por causa disso.
    Um abraço e no Domingo lá estamos.
    Ah, levarei o cachecol do Bibó-Porto.

    ResponderEliminar
  9. Eu fico triste com a saída do Zé :(
    E gostaria muito que ele jogasse no domingo....

    Carlos Pinto, fica aqui um texto, enviado por uma Portista, que não a autora do texto, para ver o quanto manipuladas andam as notícias por cá:

    "desconheço o autor...



    Eu não sou portista mas tal facto não me impede de encarar os factos
    com seriedade e
    de os tratar como tal; factos e não convicções. Presentemente tenho
    que confessar que já não
    consigo calar a minha revolta e estupefacção pelo momento que
    atravessa Portugal.

    Assistimos, neste momento, ao assassinato social de uma personagem pública, em
    absoluto frenesim mediático e perante o gozo, finalmente alforrio, de
    três quartos do país. Pinto
    da Costa é o seu nome e atrás dele arrasta-se pelo chão o nome do
    clube a que ele preside - o
    Futebol Clube do Porto.

    Na entrega dos Globos de Ouro, onde o Jesualdo Ferreira recebeu o galardão de
    treinador do ano, as vaias e apupos que se ergueram só não foram mais
    explícitas na transmissão
    televisiva por causa das palmas pré-gravadas; esta reacção fez-me
    corar de vergonha como se
    tivesse sido eu o alvo. Perante a audiência das elites mediáticas
    sufragou-se o nojo do país por
    tal clube e presidente. No dia seguinte a um outro espectáculo
    mediático, este o da leitura da
    sentença da Liga de Clubes, publicaram-se notícias sobre a perda de
    sigilo bancário de Pinto da
    Costa em relação a contas de empresas suas, vítimas de denúncias de
    Carolina Salgado. Quando
    o inimigo cai no lodo não se deve cometer o erro estratégico de o
    deixar levantar; as solas das
    botas servem para alguma coisa.

    Mas afinal qual a causa que levou, finalmente, à condenação, não dos
    tribunais – que
    estes são o que sabemos – mas em sede da opinião publica
    (desportiva?), do homem por causa
    de quem foi formada a segunda equipa especial de investigação do
    Ministério Público em toda a
    história da terceira república em Portugal. Antes desta só uma foi
    criada e foi-o para investigar
    um outro fenómeno de "proporções equivalentes": as FP 25 de Abril.

    O que está aqui em causa não é se ele é corrupto ou não. Eu disso não
    sei e se o for não
    sei se é muito diferente dos que o perseguem, inclusive dos que
    dirigem o meu clube. O que está
    aqui em causa são duas acusações específicas, ocorridas numa
    determinada data, envolvendo
    determinadas pessoas. Acusações que são o corolário de anos de
    investigação por parte da mais
    cara e mais "independente" equipa de investigação em Portugal e que
    continuamos a pagar
    como se não houvesse problemas mais graves a resolver neste pais. Por
    mais que alguns
    queiram, não se trata de absolutamente mais nada.

    Todos os que comentam este caso confessam, em privado ou na televisão, o seu
    desconhecimento do processo, mas no entanto louvam a coragem da
    condenação. Como é
    possível? Que estado de loucura é que nos atingiu?

    De certeza que não é por causa das escutas telefónicas que Pinto da Costa será
    condenado, porque se for, não se compreende por que é que as escutas
    que mostram Luís Filipe
    Vieira, João Rodrigues e Veiga a escolher árbitro e pedir favores, e
    que foram publicados nos
    mesmos jornais, não deram origem a processos.

    De certeza que não é por causa do testemunho de Carolina, porque em
    qualquer parte do
    mundo ela não seria considerada uma testemunha credível. Não por causa
    do seu passado de
    alterne, mas porque é uma companheira desavinda e com pronunciada e
    notória intenção de
    denegrir o antigo companheiro. Para além disso nunca conseguiu
    apresentar qualquer prova do
    que afirmou, exibindo apenas testemunhos contraditórios. E testemunhos
    valem o que valem.
    Todos podemos dizer mal ou bem de quem nos apetecer.

    Pinto da Costa é condenado porque existe uma generalizada convicção de
    culpa. De que
    é corrupto e que arquitecta os resultados do clube a que preside à
    mais de vinte e cinco anos e
    que portanto este não os merece e que lhes deviam ser retirados. Esta
    convicção continua a ser
    uma convicção e não uma certeza, depois do falhanço da toda-poderosa
    equipa de Morgado em
    apurar factos novos e emancipados da Carolina. Neste momento a equipa
    da eminente
    magistrada investiga transferências de jogadores do FCP e mais
    recentemente empresas de Pinto
    da Costa para apurar fugas ao fisco. Tudo com base nas informações de
    Carolina. Já não se trata
    de futebol. É a procura de um ponto fraco, do calcanhar de Aquiles.
    Trata-se de um inimigo que
    urge abater a qualquer custo. Se doer melhor. Eu nisto não me revejo.

    E quem possui, então, esta convicção tão forte que até se confunde com
    uma certeza?
    Esta convicção que desmobiliza qualquer interesse sobre aspectos
    legais ou morais e apenas
    direcciona para o pelourinho. Os adeptos do Porto não a têm, claro.
    Têm-na os adeptos dos seus
    dois clubes realmente rivais, os quais constituem perto de três
    quartos dos adeptos em Portugal.

    E como é possível que massas tão colossais de pessoas tenham crenças
    tão parecidas ou
    tão diferentes?

    A explicação não me parece difícil.
    Todos se lembram do campeonato ganho pelo Sporting em 1999/2000? Pois o Sporting
    chegou ao último jogo com dois pontos de vantagem sobre o Porto,
    depois de o segundo ter sido
    "roubado" de uma forma – mesmo eu tenho que admitir - inacreditável,
    por Bruno Paixão em
    Campomaior. Os meus amigos portistas ficaram cabalmente convencidos
    da corrupção desse
    campeonato que lhes roubou o "Hexa". No ano seguinte o mundo do
    futebol escandalizou-se
    com a benevolência com que o "sistema" permitiu ao Boavista molhar a
    sopa em praticamente
    todos os relvados do país, deixando uma esteira de mortos e feridos
    nas fileiras adversárias. Em
    2001/2002 o Sporting ganhou um campeonato em que os adeptos contrários
    se indignaram com
    o número de jogos resolvidos com penaltis. As suspeitas foram como de
    costume descomunais.

    Em 2004/2005 o Benfica arrecadou um campeonato invulgar, pisando com
    pezinhos de lã o que
    se convencionou chamar de "passadeira vermelha". Mais uma vez foi
    grande e generalizada a
    revolta e a suspeita.

    Ora, este curto parágrafo contém a descrição de todas os campeonatos ganhos por
    equipas adversárias do Porto desde 1994 e isto é que constitui o
    cerne do problema. Basta
    aplicar a fórmula explicada em cima para se perceber o porquê do ódio
    ao Porto e da convicção,
    por parte dos adversários, da sua culpa e da do seu presidente que tem
    permanecido o mesmo.

    Neste país ninguém ganha por merecimento. Tudo ganha na batota.
    Ganhasse o Porto dois
    campeonatos por década e era um clube simpático e o presidente um tipo
    culto que até declama
    poesia, passe a pronúncia.

    É claro que existe corrupção no futebol. Ninguém é ingénuo. No
    futebol e na politica,
    nas modalidades amadoras e sociedades recreativas. A corrupção existe
    onde existem interesses.
    Nas mesas de café, por entre cervejas e tremoços, os amigos e
    conhecidos repartem
    amigavelmente estas histórias e convencimentos, riem-se do golo que
    marcaram com a mão e
    ofendem-se com a vista grossa feita à bola que bateu em pelo menos 15%
    do ombro e portanto
    deveria ser penalti.

    Falta apenas o catalisador de todas estas energias, positivas e
    negativas e o catalisador
    são os media. No momento em que escrevo este texto não sei quantas
    pessoas o vão ler, mas se
    o fizer na televisão sei que vai ser escutado por milhões. Os
    dirigentes dos clubes que não
    ganham o suficiente, ou então velhas comadres desavindas, extravasam
    os seus ódios e
    dissimulações nos meios de comunicação e catalisam todas as
    frustrações dos adeptos que
    conduzem da mesma forma que os políticos gerem os povos nos comícios e
    mesas de voto.

    Temo que o processo tenha ido longe demais e apenas a justiça civil
    tenha oportunidade
    de repor o estado de direito que permanece na aparência mas que foi
    suspenso de facto. Nesta
    sociedade, quem acusa tem que provar, não o contrário. Nesta
    sociedade, perante a justiça,
    causas iguais originam processos iguais. Não pode haver descriminação.
    Não pode haver
    perseguição.

    Aquilo que está aqui em causa é apenas demonstrar se os dois
    acontecimentos de que
    Pinto da Costa é acusado são provados ou não. O resto é política,
    mediatismo ou clubite.

    Quando a chacina de uma pessoa por causa de campeonatos ou outra coisa
    tão mesquinha como
    esta, é permitida - gostemos da pessoa ou não da pessoa, e eu não
    gosto - mais vale passarmos
    mudarmos de vida. No fim, o trago será sempre amargo. Assim não vale a pena.


    Um olhar de fora"

    ResponderEliminar
  10. Acho muito bem que o Zé não esteja convocado. Apesar de considera-lo o 4º jogador mais importante da equipa, e apesar de achar que o primeiro erro foi o Porto ter permitido que as negociações da transferência dele fossem feitas/fechadas antes de acabada a epoca. Afinal tanto apregoa Pinto da Costa que ninguem sai, que propostas só são consideradas no fim da epoca, e afinal é tudo treta...

    ResponderEliminar
  11. pessoal, venho aqui pedir a todos os portistas que votem no lisandro para jogador modelo da liga no site da liga... é que os adeptos desse clube da treta que é o guimarães andam-se a esticar e o geromel já está á frente do nosso LICHA... e nós não podemos deixar que seja um manco a ganhar não é? vamos lá pessoal....

    ResponderEliminar
  12. Nem vou concordar, nem tão pouco discordar com o que aqui já foi dito sobre a não convocação do Bosingwa.

    Esta situação, merece-me apenas um único comentário:

    No domingo, dia 18 de Maio, o Bosingwa é ou não ainda jogador do FC Porto? se o é, não entendo... se já não o é, então já entendo!

    Mas, não se terá passado nada de anormal, para além desta historieta do já ter assinado, que a mim me parece mal contada?

    Não sei... quem souber, que responda!

    Com Bosingwa, ou sem Bosingwa, temos de jogar para ganhar... o resto, são fait-divers para nos entretermos nas discussões de café.

    ResponderEliminar
  13. Com o Zé ou sem o Zé a táctica é sempre a mesma. É para ir para cima deles antes que eles venham para cima de nós.

    Espera-se uma boa partida de futebol onde será imperativo um bom desempenho do nosso meio-campo, geralmente um homem mais curto que o do Sporting e espero, tb. como o Draga Vila Pouca, que não existam invenções por causa disto.

    E este fim de semana estamos em várias frentes. Basquete, andebol, hóquei e futebol.
    Que seja mais um fim de semana Azul e Branco.

    ResponderEliminar
  14. Vitor, se é verdade que o Geromel já está na frente, é caso para perguntar que raio então de sistema a Liga implementou para que as «trafulhices» continuem a acontecer?

    Esse caramelo do Geromel já por diversas vezes esteve na frente de Lisandro, e de um momento para o outro, vem novamente para o seu lugar... querem ver que voltou o ataque dos clones nos registos, só para marcar pontos a favor do Geromel... é o mais certo!

    ResponderEliminar
  15. Heliantia, fantástico esse texto que aqui nos reproduziste... esse, sem dúvida alguma, merecia honra de «post» único para ser divulgado.

    As verdades, duras como punhos... estão ali todas descritas!!

    Só não vê, quem não quer... e anda por ai muita gente que não vê mesmo... ou então, faz que não vê... e ainda pior, comem tudo o que lhes colocam na frente e com isso, injustiçam o seu clube do coração!!

    ResponderEliminar
  16. é isso blue boy...também me cheira a trafulhice...como é que um postal como o geromel tá á frente do melhor jogador do campeonato e melhor marcador... temos que virar isto...bora lá pessoal, toca a votar no licha...

    ResponderEliminar
  17. Ó Blue antes de comentares conta até dez para no caso do Bosingwa,não acontecer o mesmo que no caso dos Bilhetes.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  18. Heliantia essas fontes são boas para esses lados... :D

    Brilhante texto que apesar de ser de um intitulado não portista exprime bem a opinião de muitos de nós.

    Blue, concordo que este texto mereça um post para que seja feita uma reflexão em torno do mesmo.

    A nossa voz não se pode calar perante o que se passa! Apesar de eles serem mais, não nos podemos vergar!!!

    Eles é que têm de se vergar perante a nossa superioridade imensa!

    Já se venceram muitas batalhas com menos guerreiros e nós portistas somos os guerreiros que temos de defender a honra, dignidade e superioridade do nosso clube.

    Lutemos com as nossas armas para defendermos as nossas convicções.

    Como diz o companheiro Dragão Vila Pouca é dificil de falar de Futebol nestes tempos que correm, mas felizmente ao contrário de outros isso que nos dá alegrias e não podemos caír no mesmo erro dos outros de se vangloriarem e darem valor a factos menores e que não nos dão titulos.

    O assunto do dia é o Bosingwa, sendo de sobremaneira interessante ver que uma medida do nosso treinador que em muito podia ser polémica e divisionista, é bem aceite pelos portistas que partilham de uma opinião praticamnete generalizada sobre o assunto.

    O Zé devia ter esperado mais uma semana... Ninguém o censurava por sair...
    Como já o referi várias vezes acho-o um jogador fantástico e e com umas capacidades ímparares para o futebol, mas o que tém a mais em futebol, falta-lhe em cabeça!!!

    Não havia necessidade... (Diácono Remédios) de apregoar insistentemente ao quatro mundos que queria sair e jogar num outro campeonato...
    Não tinha de ser indiscíplinado dentro do clube durante todas estas épocas...
    Não tinha de assinar contracto agora, esperava pela final da Taça de Portugal... Veio de Inglaterra a dizer que a queria ganhar, mas agora vai ficar apenas pelas intenções... Em Inglaterra também existem muitas taças em disputa.

    Apesar de saber que nos vai fazer muita falta neste jogo e em diante e de lhe desejar as melhores felicidades, acho que o mestre esteve muito bem.

    Foi uma lição para o Zé, bem como uma prova e mostra de determinação, de falta de medo e um exemplo de coragem que o treinador teve. Além de ser um aviso sério a todos os jogadores de quem manda dentro do balneário para não perder as rédeas...

    De se lhe tirar o chapéu...

    Mourinho para fazer o mesmo castigou o nosso «intocável» Vitor Baia e relegou-o pra equipa B.

    Os treinadores têm de fazer isto senão começam a perder o controle e o pulso dentro do balneário.

    Só mais uma palavra que sei que o Bosingwa não deve ler, mas que deve ser opinião de muita gente!!! Ou ganhas tino ou então não vais mais longe!!!

    Ah, quanto ao licha já lá tem o meu voto...

    Saudações azuis e brancas
    Carlos Pinto

    ResponderEliminar
  19. PSP recebeu uma queixa-crime contra o motorista de Luís Filipe Vieira, por agressões, e uma queixa contra o próprio presidente do Benfica por insultos alegadamente proferidos, na passada segunda-feira. As acusações são feitas por um homem de 28 anos, Tiago Pina, que diz ter sido agredido dentro das instalações da Caixa Geral de Depósitos, em Telheiras. O Benfica não comenta, mas fonte próxima do presidente tem outra versão dos factos.

    Os acontecimentos descritos por Tiago Pina terão ocorrido na passada segunda-feira, pouco antes das 15h. Fonte da PSP confirma ao PortugalDiário a ocorrência, sem adiantar, no entanto, os nomes dos envolvidos. O jovem, residente em Telheiras, conta que se deslocou ao balcão da CGD para depositar um cheque, mas parou mal o carro. «Admito que estacionei mal, mas dava para passar, tanto que passaram dois veículos sem problemas. De dentro do banco conseguia ver o carro», explicou.

    O mau estacionamento de Tiago levou a que, momentos depois, surgisse um «Mégane e um Mercedes», que não conseguiam passar. Tiago ouviu um buzinar «insistente». «Assim que me apercebi, fui logo tirar o carro. Fiz marcha-atrás e o Mégane seguiu caminho. O Mercedes continuou a buzinar e comecei a ouvir insultos do género: ¿És um palhaço, isto não é sítio para estacionar!¿. Virei costas, mas quando passei em frente ao carro, para voltar a entrar no banco, reparei que os insultos vinham do banco do pendura».

    «Ainda por cima é do Benfica!»

    Tiago Pina conta que ficou «estupefacto» quando viu quem proferia os insultos: «Era o presidente do Benfica. Nem queria acreditar e a única coisa que me saiu foi: ¿Ainda por cima é do Benfica!¿. E virei costas», explicou, adiantando que voltou a entrar no banco sem «nunca pensar» que o seguiriam.

    Pouco depois, conta que sentiu uma mão no ombro. Virou-se e viu Filipe Vieira «fora de si» a proferir insultos. «Ele perdeu a cabeça», acusa. Nos instantes seguintes, conta, só teve tempo de se desviar quando viu que ia ser socado pelo motorista do presidente. «Levei socos, caí no chão, protegi a cara, mas levei joelhadas e pontapés na cabeça. As pessoas intervieram e eles saíram para a rua».

    Benfica não comenta

    Contactado pelo PortugalDiário o director de comunicação do Benfica não quis comentar, por se tratar de um assunto da «esfera pessoal». Já fonte próxima de Luís Filipe Vieira explicou que os insultos partiram de Tiago Pina, que estaria irritado com o buzinar de um outro veículo, também impedido de passar, e que terá proferido «os piores insultos» contra o presidente do SLB, acabando por «pontapear» o carro em que este seguia. A mesma fonte esclarece que foi apresentada uma contra-queixa.

    Dinheiro e desculpas em privado

    A PSP foi chamada ao local pela CGD, segundo conta a vítima. Contactada pelo IOL PortugalDiário a instituição recusou-se a comentar o caso. «Fui à esquadra apresentar queixa», adianta Tiago Pina. No entanto, no primeiro documento, a queixa ficou registada contra desconhecidos. «Esta sexta-feira voltei à esquadra para especificar uma queixa de injúrias contra Luís Filipe Vieira e de ofensas à integridade física contra o motorista, e apresentar os registos do hospital». Fonte policial confirmou ao IOL PortugalDiário que foi efectuado um aditamento à referida queixa.

    Tiago Pina conta ainda que os seus advogados contactaram «pessoas próximas» de Vieira para «sondar» um acordo. «Propuseram 2500 euros e um pedido de desculpas privado. Mas não é dinheiro que quero. Quero sim, um pedido de desculpas público, porque isto não se faz!», adiantou.

    vamos todos divulgar isto!
    uma noticia destas so tem k ser divulgada em tudo o que e sitio!

    http://diario.iol.pt/sociedade/iol-cgd-vieira-ultimas-noticias-agressoes-benfica/953193-4071.html

    ResponderEliminar
  20. Viva !

    Compreendo e dou continuação às palavras de Carlos Pinto.

    É preciso continuar a falar de futebol ! É verdade que os tempos são difíceis, mas a bola continua em campo. Ainda nem vi se o jogo vai dar na rtpi ou não. Mas vou ver. A bola continua pois em campo !

    Nós Portistas, com as nossas sensibilidades diferentes, devemos estar em todas as frentes.

    Para mim, não há qualquer drama porque sei que o FC Porto tem uma posição internacional conquistada só por si. Não há crise. Como bem escreveu Pascal Boniface, os adeptos de futebol sabem pensar !

    Mas talvez me seja fácil escrever isto porque não estou em imersão. Aqui acho que ninguém anda a par. Não falo das grandes instâncias porque não as conheço. Mas o comum dos mortais adepto de futebol com quem convivo anda a Este ( aqui diz-se a Oeste : ok Blue ! Não dou aula de geo !) dessa coisa do corneto final.

    A posição do treinador do Porto parece-me lógica e coerente. Bosinguá já não é jogador do Porto em pensamento.

    Heliantia, de que revista ou jornal "tirou" o texto que reproduz? Espero não estar a ser indiscreto ?

    Bom : Eu não consigo votar. Aquela coisa (chamada fornecedor de acesso) faz-me cair. Mas posso escrever que o golo do Lisandro contra o S04 ( má memória) é um dos eleitos pela imprensa Francesa !

    E Viva o Porto !



































































    É verdade que estou longe e

    ResponderEliminar
  21. Viva !

    e tão perto de coração !

    Será que a minha mensagem ultrapassou Perineus e Meseta ? Vou ver .

    E Viva o Porto

    ResponderEliminar
  22. O meu voto já lá mora...Para nos inscrever-mos -Caro Porto Maravilha, boa-noite- temos de lançar os nossos dados completos e aguardar o contacto -que é imediato- no nosso E-mail...Nesse contacto surge um link que nos posiciona de imediato no site da BWin Liga...Aí, temos de nos voltar a identificar agora apenas com o e-mail e a respectiva password e é-nos concedida a possibilidade de votar...Eu votei em Lisandro, Lucho e Paulo Assunção exactamente por essa Ordem!...

    Blue, é extraordinária a descrição que a Heliantia -bonita imagem do identificador, tão difícil de descortinar numa primeira olhadela- será que a posso transcrever no Portistas de Bancada ou achas melhor serem vocês a tratar deste comentário, com mais "generosidade"?...Nele está condensada toda a forma de eu ver o problema. Faz-se uma descrição com fôlego, mas isenta, eu vejo-o assim e põe-se -aqui sim- sem medo, os nomes nos Bois!...

    ResponderEliminar
  23. VilaPouca, afinal, acreditando no que acabei de ler pela net, o «travão imposto pelo Chelsea» à utilização de Bosingwa que me foi falado por mais do que uma pessoa na hora do almoço, até era capaz de ter a sua razão de ser.

    Por isso perguntava se domingo, dia 18 de Maio, era ainda ou não jogador do FC Porto.

    Continuo sem saber a resposta.

    Mas, como sempre digo, o FC Porto é um todo e não 11 Bosingwas... portanto, com ele, ou sem ele, há que jogar para ganhar e mai'nada!

    aKeLe aBrAçO,

    ResponderEliminar
  24. MeirelesPortuenses, por mim, no problem... quanto mais se divulgar este texto, tanto melhor!!

    ResponderEliminar