08 julho, 2009

Circos há muitos...

O Tône adora futebol.
Adora futebol, mas dificilmente compreende como é que se conseguem transformar apresentações de jogadores em actuações circenses.
Nem um joguinho, um 'meiinho', uns centros. Nada.
Após uma temporada desastrosa, junta-se ao microfone, um vendedor de sonhos com um estádio repleto de adolescentes histéricas e abre-se o sinal ao folclore da comunicação social com directos sem fim.
O povo gosta, dizem os entendidos. Claro, da mesma maneira que adoravam agrupar-se à volta das fogueiras da idade média.

Já a opinião do Culatra seria diferente.
Não hesitaria em afirmar sobre o assunto, e mesmo antes do jantar, que se estaria cagando para tudo aquilo.
E depois, nem sequer se desculparia por qualquer má palavra.

O Bino, normalmente distraído, nota alguma semelhanças entre o circo do lado de lá com o do lado de cá da fronteira.
Depois de uma época horribilis, haverá que tentar levantar a moral, de convencer aqueles que não necessitam de serem convencidos a acreditar em mais uma ilusão, mais um milagre.
Pois afinal, Jesus chegou e o espectáculo tem que continuar.

Por cá, no burgo e sem espectáculo, vão-se fortalecendo os alicerces da próxima época.
Alheios a folclores, mas com plena noção da realidade.
Tentam-se colmatar as brechas recentemente abertas, e mais um negócio, milionário, passa, em dia de circo, quase despercebido.
Os gestores de sad´s profissionais teimam já na aplicação total da receita na diminuição de um tal de passivo.
Sim, os mesmos que afinam já o assobio para quando a falta de novos jogadores fosse mais que evidente.
Paciência Professor. Paciência. Mais ainda do que a que tiveste no ano passado.

O que vale é que falta cada vez menos para que a bola volte a rolar dentro das quatro linhas.
Local onde terminam todos os sonhos, todas as ilusões.
Local onde começa toda a realidade.

15 comentários:

  1. Nem mais!

    Tal como o Bino reparou, estão montados os 2 circos de verão ibéricos.

    Claro, o do lado de cá é grande mas contudo mais pequenino.

    Um enche o estádio para se assistir a passagem de modelos que até tentam discursar; o outro enche campos de treinos para verem as vitórias da sua equipa contra... ops, a sua equipa!

    Mas ambos são os maiores do mundo. Ambos têm equipas maravilha e ambos não precisam de receitas... cagam dinheiro, parece.

    E assim continua o Verão: cheio de alegria e entusiasmo. E cheio de vitórias também.

    O problema é o final do Verão. Essa mania de colocarem equipas adversárias a jogar contra estrelas... aí o caldo entorna e lá se vai a erecção. Não dá para jogarem eles contra eles no campo de treinos e manterem a passerele no estádio a época inteira?

    ResponderEliminar
  2. Tudo normal caro Estilhaço, nada a que não estejemos habituados..

    Daqui a um ano chegam à conclusão que nem com Jesus, tem mesmo de vir Deus...

    -------------------

    "Não dá para jogarem eles contra eles no campo de treinos e manterem a passerele no estádio a época inteira?"

    Pois João, eles vão ver se há algum método através da secretaria para que isso seja possível!

    ResponderEliminar
  3. "O povo gosta, dizem os entendidos. Claro, da mesma maneira que adoravam agrupar-se à volta das fogueiras da idade média"

    Ow ow ow,o quanto eu adorei esta expressão!!É que é mesmo isso...xD

    E é mesmo nos campos que vão acabar as ilusões,os sonhos,o circo.
    A vida real vai começar,e só os mais fortes e regulares vencerão.


    Abraço =)

    ResponderEliminar
  4. Nova aquisição do Benfas chegará à Luz quinta-feira: o senegalês Proanoéké, polivalente, joga em qualquer lugar, no arame, no trapézio ou de palhaço.
    E nós só com o Belushi!

    ResponderEliminar
  5. "Depois de assinar um contrato milionário com o Real Madrid, Cristiano Ronaldo deixou de pensar que acha para passar a achar que pensa. Cristiano domina a língua portuguesa como poucos ucranianos ao fim de 6 meses de estadia em Portugal e muito perto do nível de jogo que apresenta na selecção. Já agora era interessante saber o que acha ele dos valores da sua transferência mas provavelmente nem pensa nisso..."

    "O jogador mais caro do mundo, está decidido a estabilizar a sua vida amorosa. Na procura da pessoa amada, Ronaldo, colocou um anúncio no hi5 a dar conta da sua disponibilidade. O jogador do Real Madrid pretende moça dos 16 aos 35 anos, bem dotada, desinteressada, aventureira e aberta a novas experiências. Oferece 500 euros por cada sessão de 3 horas, transporte com motorista, e dormida, exigindo sigilo absoluto."

    desinformanahora.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Já agora em relação ao circo do lado de cá...

    Descubram lá se o conhecem pelo nariz...

    O PALHAÇO ESTRÁBICO

    "O palhaço estrábico como carinhosamente o vou tratar, é uma personagem que conheço, e que infelizmente consegue fazer-nos questionar se há realmente vida inteligente no planeta Terra. Adepto do Clube dos Sonhadores com Asas, e membro da sua direcção, já andou nas lides políticas com o sucesso que eu lhe augurava, ou seja: nenhum. De voz amaricada e pouco sonante, o palhaço estrábico consegue a proeza de despertar em todos nós o sentimento de superioridade. A pobre criatura vai derramando as suas frustrações, semanalmente num boletim informativo do Clube dos Sonhadores com Asas por indicação médica, no tratamento da ansiedade aguda, que padece. Num destes dias passou-me pelas mãos o seu artigo e confesso que me surpreendeu. Não é que esta figura decorativa conseguiu fazer um jogo de palavras que para os menos atentos até pode parecer inteligente? A determinada altura, sobre a homenagem do Clube dos Vencedores a um ilustre centenário, escreveu mais ou menos assim:
    “… blá blá blá blá há cem anos quando nasceu, o seu clube tinha 2… agora aos 100 o seu clube tem 115, blá blá blá...”
    O que não correspondendo à verdade, teve bastante piada, porque o Clube dos Sonhadores com Asas é resultado da união de dois clubes: O Clube dos Sonhadores e o Peito de Frango com Asas, aproveitando quem os uniu para colocar como data de fundação, não a verdadeira, mas a do mais antigo dos dois, com o intuito de poderem usufruir do abono de família com retroactivos.
    Acho que finalmente o palhaço estrábico conseguiu desempenhar bem o seu papel: Fazer rir com as suas palhaçadas."

    as qualidades circenses...

    DECADÊNCIA ENCARNADA DEVEU-SE ÀS BALIZAS

    "Tenho que admitir que muitas vezes face ao declínio de um clube, opto apenas por mostrar as evidências sem procurar as razões essenciais que o levaram à decadência. Isso resulta de alguma intolerância que a agremiação em causa me possa causar.
    Foi o que aconteceu com o Benfica, clube do regime e beneficiário maior da combinação antecipada de resultados e sobretudo de campeonatos durante mais de 30 anos, o que ainda hoje se reflecte embora de forma menos eficaz devido à libertação e natural crescimento da instituição F.C. Porto, mas não só!
    Muitos desconhecerão que nos tempos aúreos dos encarnados, na década de 60, as balizas tinham a trave e os postes quadrados, o que podendo parecer insignificante, em boa verdade não é, já imaginaram se a bola para o F.C. Porto se tornasse quadrada? Então imaginem o que é para o Benfica jogar com balizas de postes redondos, é óbvio que o sucesso só pode ser redondinho como o zero… apesar dos empurrões!"

    vozdedragao.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Tinhamos o Tone, O Bino e agora, o Culatra. Temos o homem da mesa de cor esquesita, em grande e com a acutilância do costume.
    Estás em forma e pronto para rebentar, Estilhaço. Vamos a eles, que o Penta é o objectivo supremo.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Em cheio Estilhaço. Gostei da analogia:)

    Força Porto! Os teus soldados estão em forma!

    ResponderEliminar
  9. Rumo ao Penta!
    E agora vamos jogar frente ao Lyon, de Lisandro, na Peace Cup..

    ResponderEliminar
  10. O povo gosta. Pois gosta, mas é preciso seleccionar (será que esta palavra ainda mantém a consoante dupla?) o povo que gosta, ou melhor, o povo que vai nessas tretas. Pelos vistos os Gaivotas, “gosto do epíteto, voo majestoso voltinha ao redondel, o tal povo de olhos arregalados e boca aberta, para no fim papar uma isca e cagar no poleiro”. Esse povo gosta de tudo o que lhe impingem os arautos da felicidade e do sucesso já ao virar da esquina. Ainda bem que o outro povo, o tal que tem o coração de uma só cor (azul e branco SIC.), e que não vai em cantigas de embalar “parolos” persegue com calma e sem grandes parangonas, o seu caminho de vitórias.
    O circo que continue. Venham os palhaços, os trapezistas e os ilusionistas, fazerem os seus números, que nós nas bancadas vamos continuar a gozar o espectáculo.
    Biba o porto e mai nada.

    ResponderEliminar
  11. Boas
    Uma vez que vejo jogos do FCP desde 76, sempre admirei as equipas do FCP cuja maioria era formada por jogadores portugueses.
    Acredito que este ano, muitos dos que afirmaram e choraram baba e ranho pelos que saíram, serão os primeiros a bater palmas pelas "bitórias" que se advinham.
    Acredito que a surpresa será o Varela, se este não se perder nas noitadas.

    O que o FCP tem que continuar a fazer, é não caír na tentação de transformar o Dragão no circo que os outros gostam de fazer. Das poucas vezes que o tentaram fazer, fizeram asneira da grossa, e os jogadores com tiques de vedetas foram rápidamente despachados mesmo pelo valor que foram comprados.
    Aqui só gente raçuda, lutadora e com espírito de afirmação e com gosto em vencer, poderá triunfar. É este o nosso adn, e espero que ninguêm o tente mudar.

    Quanto aos outros que se entretenham com o circo que comprem mais parelhas de palhaços pois começa nessa situação a nossa primeira vitória. Mais tarde todos vão querer demonstrar que são os meslhores da companhia, mas só 11 podem jogar de cada vez. Posteriormente que se entretenham no boxe e judo dentro do balneário.

    Quanto ao mestre das tácticas, já começo a ficar com medo. 3 treinos diários, e vão jogar o dobro do que jogaram o ano passado??? Se calhar foi por isso que foram a Braga espetar-lhe 4 a 1...sim..sim. Se fosse transferido para o FCP depois de ter perdido o jogo daquela maneira??? Coitado do PdC já estaria com o apito à perna novamente.

    Sintomático é ver a nossa selecção de hóquei. Ontem o unico que remou contra a maré de que clube era??? Do FCP pois claro. Os outros é ve-los a limpar o chão, a espernear-se e a fazer piruetas, agarrando os adversários pensando que estão a jogar no seu clube. Coitados.
    Palavras para quê?

    Biba o FCP.

    ResponderEliminar
  12. POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:

    http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

    ResponderEliminar
  13. http://deusesdabola.blogspot.com/2009/07/dividir-para-reinar.html
    Caros amigos portistas
    Boa Noite
    Gostaria que lessem e comentassem.
    Obrigado e abraço

    ResponderEliminar
  14. Circos há muitos... e como o de Lisboa não há nenhum! :)

    ResponderEliminar
  15. Ora nem mais Estilhaço, há circos... e circos!

    Uns, os da alegria e felicidade... outros, os habituais, os do costume, os dos invejosos, ridiculos e mediocres, sempre mais do mesmo... banha, muita banha da cobra para os parolos e provincianos paparem que nem ginga!!

    É deixá-los "reinar" enquanto a coisa é a brincar e pra entreter papalvos... depois, na hora da verdade, nem vão saber de que lados elas caiem!!!

    ResponderEliminar