25 julho, 2009

oficina do PENTA

Isla Canela: Avança a preparação a pensar na Peace Cup

O FC Porto iniciou esta sexta-feira o período de preparação que irá realizar na Isla Canela (Espanha), no âmbito da participação na Peace Cup. A equipa de Jesualdo Ferreira realizou duas sessões de treino bem intensas e continuou a apurar as características mais marcantes da versão 2009/10.

Sob um calor abrasador, os Tetracampeões entregaram-se a programas de exercícios exigentes e complexos, não poupando no suor na hora de seguir escrupulosamente as indicações do treinador.

Do apronto vespertino, destaque para a sequência de jogos em campo reduzido, marcada por uma dezena de golos, quase todos de belo efeito, a resultarem de excelentes desenhos colectivos e de perfume individual que deixará, seguramente, os portistas com água na boca.

Em relação ao boletim clínico, Rodríguez, Miguel Lopes e Sapunaru repetiram o regime de treino integrado condicionado, complementado com trabalho específico.

Para amanhã, estão novamente agendadas duas sessões. A primeira principia às 9h30 (à porta aberta para a Comunicação Social) e antecede mais uma superflash de um atleta, a segunda arranca às 18h00 (à porta fechada).

Alvaro Pereira: «Sinto-me cada vez melhor»

O trabalho de pré-temporada está a ser intenso, mas Alvaro Pereira mostra-se disponível para responder a todas as exigências em nome do crescimento da equipa e do rendimento global do FC Porto. Impressionado, empenhado e adaptado. Eis o espírito do esquerdino na superflash realizada esta sexta-feira, na Isla Canela.

Cada vez melhor
«Estes primeiros tempos estão a ser bons. Sinto-me cada vez melhor e vou continuar a trabalhar da mesma forma e com o mesmo empenho para poder ajudar o FC Porto»

Surpreendido, mas empenhado
«A apresentação da equipa no Estádio do Dragão foi um momento muito bonito e que me surpreendeu, mas o importante é estar preocupado com o colectivo para podermos começar bem a temporada»

Adaptado e tranquilo
«Sinto-me adaptado ao FC Porto e estou tranquilo para poder treinar. Estou num grande clube e numa grande equipa»

Todos são difíceis
«Não há adversários fracos e todos os jogos são difíceis. Encaramos todos os oponentes da mesma maneira. Ontem foi difícil, mas estávamos mentalizados para vencer. Na Peace Cup também será assim»

Meta e títulos
«Tinha a meta de jogar num clube com ambições e capaz de ganhar títulos. O futebol romeno até é parecido com o português, mas aqui creio que é bom para as minhas características. Mas espero, essencialmente, que a equipa fique bem rapidamente»

FC Porto primeiro
«Seria bom fazer o flanco esquerdo com o Rodríguez, mas também será com qualquer outro colega do plantel. Primeiro está o FC Porto e os objectivos da equipa»

fonte: fcporto.pt

0 comentários:

Publicar um comentário