26 julho, 2009

Quando começa o campeonato?

Estou aqui em pulgas… nunca mais começam as verdadeiras competições: superliga, champions, taças e afins… estou sedenta de adrenalina dos jogos, de picardias, de vitorias, de alegrias!

Não devo ser a única a ter esta sede de FC Porto. Bem sei que temos tido uns quantos jogos, mas como se diz na gíria portuguesa, “são jogos a feijões”, não dão aquela sensação de frio na barriga, a vontade enorme de roer as unhas, aquele nervosismo inquietante que antecedem os jogos.

Faz falta... o gozo que dá ver os adversários ruídos de inveja do nosso clube, o entusiasmo a ouvir ou a ver um jogo, o bater do pé enquanto se espera pela marcação de um penalty ou de um livre, os insultos aos jogadores, árbitros e treinadores, aquele aperto no coração quando estamos a perder e rezamos para que consigamos dar volta ao resultado, a explosão de alegria quando se marca um golo.

Somos FC Porto dependentes. Temos sede de vitórias.

Que começem os jogos... e deixem-nos vibrar com o FC Porto.

Saudações azuis e brancas
Sodani

5 comentários:

  1. assim funcionam as AG na agremiação corrupta
    http://oantilampiao.blogspot.com/2009/07/democracia-rosinha.html

    ResponderEliminar
  2. Admito, também sou FC Porto dependente! :)

    ResponderEliminar
  3. Já Benficas adoram a pré-época, é sempre propícia a ilusões e crenças. Já no final da época ninguém os ouve. LOL

    ResponderEliminar
  4. Estes jogos em termos desportivos têm mais interesse para os treinadores do que para os adeptos.

    Enquanto os primeiros terão ensejo de fazer experiências, aquilatar das qualidades dos reforços e sua adaptação e preparar a equipa para as competições oficiais, já para os segundos resulta normalmente em espectáculos de futebol geralmente pouco atractivos, condizentes com a ainda insípida performance dos atletas, em inicio de época.

    São jogos normalmente encarados como treinos, mas que ninguém quer perder. Com muitas substituições, que provocam rendimentos dispares. Apesar de tudo o registo de vitórias é importante, quanto mais não seja para cimentar o prestígio.

    Enfim, um mal necessário!

    ResponderEliminar
  5. Eu sei o que queres dizer, Sodani, esta pasmaceira não leva a nada.
    Falta-os aquele cheirinho a relva e o risco de perdermos.
    Como tu, falo F.C.Porto, vivo F.C.Porto, respiro F.C.Porto, pelo que o defeso se me torna absolutamente indigesto.
    Parabéns pelo post e pela forma corajosa como assumes o teu portismo.

    ResponderEliminar