28 julho, 2009

Hulk, o suspeito do costume...

assistência: --- espectadores.

árbitros: Iturralde González (Espanha), Roberto Palomar e Jon Fernández; Fernando Vitienes.

FC PORTO: Helton; Fucile, Rolando, Bruno Alves «cap.» e Alvaro Pereira; Fernando, Belluschi e Raul Meireles; Mariano González, Hulk e Varela
Substituições: Varela por Falcao (59m), Belluschi por Guarín (63m), Mariano por Valeri (85m), Hulk por Farías (86m) e Fucile por Nuno André Coelho (90m)
Não utilizados: Beto, Nuno, Benítez, Maicon, Tomás Costa, Miguel Lopes
Treinador: Jesualdo Ferreira

LYON: Vercoutre; Reveillere, Cris «cap.», Mensah e Cissokho; Toulalan e Jean Makoun; Michel Bastos, Pjanic e Mounier; Piquionne
Substituições: Piquionne por Ederson (46m), Mounier por Kallstrom (56m), Toulalan por Gouvou (56m), Pjanic por Tafer (74m) e Michel Bastos por Grenier (86m)
Não utilizados: Hartock, Clerc, Grosso, Gonalons e Bodmer
Treinador: Claude Puel

disciplina: nada a assinalar.

golos: Hulk (9 e 75m).


O jogo terminou bem para lá da meia-noite, com temperaturas ainda próximas dos 30 graus e uma impressionante torradeira andaluz, mas não se pode dizer que tenha acabado sonolento. O FC Porto fez tudo para combater o cansaço e o calor e desenhou uma exibição muito interessante tendo em conta a fase de ensaios que atravessa. Hulk foi o rosto individual de um colectivo em franco crescimento.

O tiro de Hulk, de pé esquerdo, logo aos nove minutos, depois de uma recuperação inteligente de Fernando e de um drible irrepreensível, provou que o FC Porto entrara no jogo com os melhores processos e com a firme intenção de jogar mais e melhor. A equipa de Jesualdo Ferreira partiria nesse instante para um desempenho competente e coerente com aquilo que são os seus princípios.

Este foi o adversário mais complicado que o FC Porto encontrou até ao momento na sua preparação. O Lyon foi rei de França durante sete anos consecutivos e apresenta um elenco de elite, capaz de impor respeito a qualquer oponente. O Dragão, porém, não se intimida com nada nem ninguém. Muito menos com o desgaste, ainda mais remotamente com a canícula.

A grande dinâmica e mobilidade empregues pelo meio-campo e pelo ataque do FC Porto geraram aflições repetidas na defesa do Lyon e permitiram criar ainda mais duas excelentes situações antes do descanso. Na primeira Mariano falhou por pouco o desvio para a rede, na segunda Hulk voltou a disparar um míssil, mas errou na direcção.

Após o reatamento, o FC Porto foi ainda mais dominador. Vercoutre seria mesmo a figura dos franceses, ao evitar golos de Hulk e Mariano. A qualidade de jogo atingiu momentos de excelência e que forçaram a rispidez contrária. O rótulo de «amigável» impediu que Toulalan, Mounier e Cissokho vissem cartões.

A 15 minutos do fim, e já com Falcao e Guarín em campo, Hulk bisou, após assistência do avançado contratado ao River. Se, no primeiro festejo, o brasileiro tinha apostado na potência, este foi um primor de classe. Sem hipóteses de defesa e sem discussão. O Dragão parece querer dar-se bem com as noites quentes da Peace Cup.

fonte: fcporto.pt

15 comentários:

  1. Foda-se,os comentadores já estão mortinhos por ver o Hulck pelas costas!

    ResponderEliminar
  2. Lá ganhamos 2 0 a uma equipa que nos facilitou muito a vida!
    pelo menos foi o que me pareceu depois de ouvir os comentários!

    ResponderEliminar
  3. Ganhámos!

    Também já meti a imagem do resultado no meu blog!

    Grande Hulk, ainda bem que ele ficou no FCPorto!

    Visitem o meu blog:

    http://campeoesfcporto.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Boa vitória, sem deslumbrar, o que é perfeitamente normal tendo em conta que podemos jogar "dia-sim dia-não" ao longo desta semana!

    Ganhámos bem, com toda a justiça, a uma boa equipa que já leva mais tempo de preparação do que nós. Já estamos em primeiro, basta um empate na quarta para passarmos às meias-finais, que ao que me parece poderá vir a ser contra o Aston Villa ou contra o Atlante.

    Gostei do Hulk, dois golos, grande jogo, endiabrado. Também gostei da entrada do Falcao, deu mais velocidade, mostrou mais, boa assitência! Belluschi hoje teve mais apagado.

    Força GRANDE PORTOOO!

    TETRAbraço

    ResponderEliminar
  5. Foi um bom jogo. Sem sermos muito deslumbrantes (tirando o Incrível), conseguimos domar o Lyon. Um jogo muito seguro apenas a pecar nalguns passes falhados aquando de perigosos contra-ataques.

    Falcão mostra que não é assim tão parecido com Farías como muito diziam. É mais móvel, vem atrás tabelar e de certeza que deverá ser bom a finalizar.

    Vareli tem muita classe. Jogou pouco, mas bem.

    Guarin tem estado a esforçar-se para mostrar o muito potencial que tem. Não podemos desperdiçá-lo!!!

    Pereira em poucos dias já mostrou que é melhor que Cissokho.

    Bellushci esteve mais apagado, mas é um jogador à imagem de Deco ou Roger, com muita técnica e qualidade de passe, aparecendo muitas vezes para finalizar com qualidade. Será muito importante quando for preciso jogar em 4-4-2.

    Varela está a mostrar que pode ser um jogador à imagem de Hulk: força, velocidade e técnica. Muito bom jogador. O Cebola vai ter muito trabalho para segurar o lugar.

    ResponderEliminar
  6. Petição para o Porto comprar os restantes 50% do passe de Hulk e fixar a clausula de rescisão em 100 milhões, no sentido de evitar que algum tubarão europeu nos leve o Incrível.

    Assinem-na!

    http://www.ipetitions.com/petition/passedehulk/


    Saudações portistas

    ResponderEliminar
  7. O Super-herói resolveu e deixou abanados os que estavam sentados ao meu lado.. "ah e tal, o Lyon é capaz de ganhar isto...", pagaram a "jola", saíram de mansinho e nem terminaram os tremoços.

    Ainda lhes lancei o bitaite: "nós ganhamos a equipas de nomeada, não nos deslumbramos com vitórias sobre equipas com nome de detergente ou limpa superfícies", embrulha!!

    Psd - Blue, está quase catano, esse cadáver bem refastelado e tal

    Saudações malta!!

    ResponderEliminar
  8. Olha o Catita por aqui :-)
    Vieste ver o incrível?
    Vê lá é se aparaces.

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Frente ao Lyon - quem ouvisse os comentadores da Sport Tv, diria que estavamos a jogar contra uma equipa do Luxemburgo ou de Malta -, não fomos exuberantes, mas tivemos segurança, tranquilidade, qualidade e vencemos, com toda a justiça, um adversário, que apesar de não ter sido campeão na temporada anterior, tem, não nos esqueçamos, dominado o futebol francês.
    Tendo por princípio, só fazer uma avaliação mais exaustiva, quando os jogos forem a valer pontos e troféus, penso que não cometerei nenhum erro grosseiro de análise, se disser, que apesar da saída de bons jogadores e com influência na equipa - Lucho, Lisandro e Cissokho -, temos um plantel mais equilibrado, com mais soluções e que vão dar algumas boas dores de cabeça a Jesualdo. Por exemplo, para os três lugares da frente, o treinador tem 6 jogadores capazes de lutarem pelo lugar: Hulk, Varela, Rodríguez, Farías, Mariano e Falcao, permitem várias combinações e todas de boa qualidade. O mesmo acontece no meio-campo, com Guarín, T.Costa, Fernando, R.Meireles, Belluschi, Valeri - tem pormenores que não enganam acerca da sua qualidade - e a incógnita Prediger - espero vê-lo uns minutos frente ao Besiktas.

    Atrás também estamos fortes e se não houverem surpresas de última hora, ficaremos com uma defesa de betão. Fucile, Sapunaru, M.Lopes e Álvaro Pereira para as laterais, Maicon, N.André Coelho, Bruno Alves e um Rolando cada vez mais jogador, para o centro da defesa, dão totais garantias e garentem que a casa vai ter alicerces seguros.

    Na baliza, Helton não pode ter ou melhor, continuar a ter, aquelas distracções que às vezes nos causam tantos amargos de boca. Ontem voltou a ser displicente e ia dando barraca...definitivamente isso tem de acabar, sob pena de esta época, com a chegada de Beto, ficar a ver jogar.
    - Helton, vais continuar a dar o flanco aos teus detractores?

    Frente ao Lyon, dos "velhos" e dos que jogaram tempo que se visse, gostei de todos e até estava capaz de pedir ao Hulk para acalmar um bocadinho e ser mais discreto...- Givanildo, meu rapaz, tem calma, a época é longa e assim tu não aguentas!...

    Dos novos: muito bem Álvaro Pereira a justificar a contratação - se Aly Cissokho não tivesse saído ia ser o cabo dos trabalhos para Jesualdo.
    Bem Belluschi, que tem muito talento e quando estiver totalmente integrado vai ser muito importante. Sabe ter a bola, é forte no um para um, aparece bem na frente...não é Lucho, ou melhor, é diferente de Lucho, mas é um belo jogador.
    Varela cumpriu e vai brigar, ninguém duvide, por um lugar e quem o quiser fazer sentar no banco, vai ter de trabalhar muito.
    De Valeri, que jogou pouco tempo já disse tudo e N.André Coelho nem tocou na bola...
    Falcao, gostei do que vi. Diferente de Farías - muito mais mobilidade -, o colombiano recepciona e segura bem a bola, tabela e pressiona bem, sabe aparecer a finalizar...vou querer ver mais, mas estou a gostar.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. O Hulk continua incrivel, o Alvaro Pereira é uma mais valia assim como o Varela e o Beluschi. Dos outros reforços pouco deu para ver.
    Quanto aos que já cá estavam estou a ficar desapontado com o Fucile. Não parece o mesmo. Assim até o Sapunaru lhe tira o lugar. Vamos esperar para ver o Miguel Lopes.
    E não esquecer que ali falta o Rodriguez.

    Coimbra Space

    ResponderEliminar
  11. Ontem, dia 27 de Julho, foi a nossa vez de jogarmos para a Peace Cup, e desta vez frente ao Lyon que tem lá Cissokho ( ex - fcporto ) que jogou ontem frente ao porto e também Lisandro ( também ex - fcporto ) mas não jagara devido a uma lesão. Na época passada também enfrentámos o Lyon em jogo de pré-época.
    Ontem foi um bom jogo, muito equilibrado, e logo aos 9 minutos uma boa arrancada pela parte do porto, Hulk com um grande tiro meteu a bola no fundo das redes.
    A história na 2ª parte se repetira, aos 74 minutos novamente Hulk com uma arrancada extraordinária mete mais uma vez a bola lá dentro, e os franceses neste jogo só criaram uma situação de perigo.
    E agora o FCPorto joga no dia 29 ( amanhã ) contra o Beskitas.

    ResponderEliminar
  12. Foi um bom jogo e um bom resultado, onde não podemos dar os elogios mais rasgados á equipa e nem tão pouco podemo-la criticar, este jogo serviu como um teste mais a sério e conseguimos supera-lo, o que é de facto bom, vimos também uma boa atitude por parte dos jogadores, principalmente dos novos reforços, que se mostram já bastante entrosados na equipa, nomeadamente Varela, Belluschi e Álvaro.
    Penso que depois de este jogo, podemos estar animados mas nunca entrar em euforia, ainda há muito que tabalhar e que assimilar nesta equipa, agora que venha o Besiktas e mais uma vitória.

    Um abraço, http://varanda-do-dragao.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  13. Gostei do que vi (apesar de não ter visto o jogo todo), claramente Hulk foi o melhor em campo e o Porto, pode-se dizer, até dominou o jogo.

    Um abraço, Gaspar
    http://odragaozinho.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. O Hulk está de facto em grande forma. Mas o colectivo da equipa já parece funcionar. Há matéria prima para o penta...

    ResponderEliminar
  15. Viva !

    Vi o jogo a partir, aproximadamente , dos primeiros vinte minutos.

    Do que vi não desgostei.

    Vamos esperar pelos jogos a valerem pontos.

    Segundo o que li : 600 espectadores ( mas a verificar ).

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar