23 julho, 2009

Raio-X ao plantel

“Quem treina o FC Porto, arrisca-se a ser campeão”. A máxima, conhecida e adulterada com o tempo, não é novidade para ninguém. Usada amiúde nas décadas de 50 e 60, visava proclamar os encarnados como um clube cronicamente campeão, onde o mais difícil seria o técnico responsável pela equipa não se sagrar vencedor da competição maior do futebol indígena. No entanto, os jogos espúrios, as jogadas de bastidores e a forma pouco clara como esse domínio era mantido sofreram a necessária evolução histórica.

Hoje, com a hegemonia brutal imposta pelos azuis e brancos, criou-se a ideia de que ser treinador dos Dragões corresponde a um trabalho facilitado, sem grandes obstáculos. A realidade, no entanto, é desmentida anualmente. As vendas do clube, mesmo que cingidas ao estritamente necessário, delapidam o plantel de material humano extremamente precioso. E assim, ano após ano, o trabalho de um treinador naquela casa passa por uma reconstrução cuidada, procurando manter o nível competitivo elevado.

O que vale este Porto, versão 2009/10, ano que se pretende de ataque ao Penta? Pergunta directa, sem preâmbulos, que povoará a mente de muitos dos aficionados do clube do Dragão, nesta fase da temporada. Valerá mais do que o plantel que, brilhantemente, conquistou a dobradinha? Ou a sangria cirúrgica aplicada ao plantel, quase obrigatória e regular nos defesos, como medida profiláctica para encerrar balanços da SAD com as contas equilibradas, poderá pesar nessa equação onde a competitividade é a palavra-chave?

Ressalvando que esta primeira análise carece, obviamente, de elementos factuais, com a precocidade da época a não permitir, ainda, aferir com clarividência o poderio do plantel azul e branco, eis um rudimentar esboço do grupo que terá como objectivo primordial a manutenção do ceptro de campeão.

Baliza: A novidade maior, não medida em centímetros, é a entrada de Beto, ex-guardião leixonense, internacional luso e possuidor de imensas qualidades, capaz de poder discutir a titularidade com o dono e senhor das redes do FC Porto, nas últimas temporadas. Helton terá, para além de Nuno, que lidar com a ambição natural do novel membro da equipa. O brasileiro, de pedra e cal, para já, na preferência de Jesualdo, sabe que não poderá claudicar nos momentos cruciais, sob pena de despromoção ao banco, lugar algo lúgubre para quem habitualmente sente as emoções palpáveis de um encontro dentro das quatro linhas. A entrada do ex-leixonense levou à saída, natural, de Ventura, rumando a paragens sulistas, para o tirocínio que se deseja breve. O jovem portista, no Olhanense e sob o olhar atento e experiente de Jorge Costa, encontrará forma de potenciar as suas características que, estou certo, o levarão num futuro não muito longínquo a ser o digno herdeiro de Vitor Baía, de Dragão ao peito.

Defesa: Depois de, em anos anteriores, o clube ter sentido enormes dificuldades nas laterais, este parece ser o ano da abundância, tantas são as soluções ao dispor de Jesualdo. Há manutenção de Sapunaru, Fucile e, para já, de Benitez, juntaram-se as entradas de Miguel Lopes e o internacional uruguaio Álvaro Pereira. A entrada deste último implicou a saída de uma das pedras cruciais na conquista do Tetra, Cissokho. A sua venda constitui, provavelmente, um novo recorde na valorização de um jogador. Adquirido a preços módicos – uns míseros 300 mil euros - e despachado por notáveis e obscenos 15 milhões, a que acresce a percentagem numa futura venda. Qualitativamente, e com a bela exibição de Álvaro Pereira frente ao Mónaco, o Porto parece continuar a beneficiar de um atleta experiente, capaz de aportar o sentido ofensivo necessário a uma equipa que luta sempre pela vitória. O sentido posicional do novo reforço, ainda não solidificado por inteiro, dada a falta de entrosamento com os colegas de sector, constitui uma mais-valia, evitando sobressaltos defensivos.

No centro do sector, com a cada vez mais provável permanência de Bruno Alves, os azuis e brancos aumentaram o lote de opções, com as entradas de Nuno André Coelho e Maicon, dispostos a importunarem a solidez da dupla de sucesso do ano transacto. Até ver, o jogador português, emprestado na época anterior ao Amadora, tem mostrado alguns predicados, sendo penalizado apenas na incerteza do passe, factor a rever com carácter de urgência. O brasileiro, ex-Nacional, apresenta um poderio aéreo que poderá ser de crucial importância, aliado a uma frieza que precisará de ser testada, em jogos de maior grau de dificuldade.

Sobra Stepanov, aparentemente acessório e dispensável, com um reduzido número de possibilidades de jogar. O sérvio terá, provavelmente, mais ensejos de acertar na combinação certa do Euromilhões do que em ser titular nesta equipa.

Meio-campo: Indissociável qualquer análise à versão 2009/10 sem se referir o nome, saudoso, de Lucho Gonzalez. O argentino, tentado por uma oferta milionária, foi sempre um pêndulo, um estratega, o pensador de todo o carrossel ofensivo portista, nas temporadas transactas. Procurando evitar uma orfandade perigosa, chegam ao Dragão dois compatriotas de El Comandante.

Belluschi, namoro antigo portista, médio direito de características vincadamente ofensivas, tem sido um dos destaques da pré-temporada. Extremamente activo e enérgico, aparece amiúde na zona de finalização, o que poderá, futuramente, provocar alguma descompensação na zona nevrálgica do meio-campo. Vértice do destino de muitos passes, aproveita qualquer nesga de terreno para rematar perigosamente à baliza adversária. Não sendo, pelas características enumeradas, o sucessor directo de Lucho, Belluschi possui no entanto qualidades que lhe permitem, desde logo, sonhar com a titularidade.

Valeri aterra na Invicta como um total desconhecido, proveniente do modesto Lanús das pampas. Louvado pelos escribas alvi-celestes como detentor de um futuro promissor, aparece no Dragão saído de uma temporada incipiente, minado por sucessivas lesões. Uma verdadeira incógnita.

Parecendo, desde já, que o plantel se encontra fechado a novas entradas, não deixava de me causar alguma estranheza a ausência de competição para uma posição capital. O lugar de trinco, brilhantemente desempenhado por Fernando, ao longo de um ano em que aliou a aprendizagem a uma maturidade invulgar, para alguém tão jovem, carece de luta, de competição, da necessária e imperiosa disputa pela titularidade, evitando acomodações desaconselháveis. Em caso de imperiosa necessidade, sabe-se que Meireles poderá efectuar, sem grandes transtornos, uma posição que conhece sobejamente desde os tempos do Boavista. Mas não seria de todo aconselhável a contratação de um 6, puro e duro, obrigando o jovem brasileiro a um trabalho aturado como forma de garantir a titularidade, questionava eu os meus botões? A resposta, aparentemente, surgirá durante a presente semana, com o ventilado nome de Prediger [mais um argentino] a ser, à partida, a opção mais viável para colmatar a referida lacuna. Trinco novo, de enorme combatividade, é já internacional pela Selecção principal argentina, elogiado por Maradona.

Ataque: Poderá aplicar-se ao ataque quase o mesmo que foi dito em relação ao meio-campo. Textualmente. Se num desses sectores a equipa se viu órfã do seu comandante supremo, o ataque assiste à partida de um jogador de características quase únicas. Predador insaciável na arte de rematar às redes contrárias, Lisandro marcou indelevelmente uma época, nos azuis e brancos. Letal e cirúrgico, foi uma espécie de ninja dos tempos modernos, relembrando Derlei, pela entrega, capacidade de luta e espírito corporativo que demonstrava, em cada lance.

Mantendo o compatriota Farías, contando ainda com o colosso Hulk, a frente de ataque é o rosto da inflexão da SAD portista no mercado de transferências, com os nomes e rostos a serem facilmente reconhecidos como portugueses de gema. Orlando Sá, jovem e a recuperar de uma grave lesão, estará para já fora da equação, quanto ao real substituto de Licha. Varela, jogador mediano mas com características que podem ser facilmente potenciadas no esquema táctico de Jesualdo, beneficia de uma polivalência que lhe permite jogar em qualquer posição, na frente de ataque.

Falcao, colombiano endeusado por terras de Evita Perón, a quem os escribas conhecedores reconhecem uma enorme facilidade concretizadora, será o mais sério candidato a substituto de Lisandro. Para já, nas experiencias levadas a cabo, Hulk tem surgido como o aríete central, com os extremos entregues a Mariano [em bela forma] e Varela. Confesso não gostar particularmente de ver o brasileiro com alcunha de super herói enclausurado na frente de ataque. O seu futebol explosivo, feito de arrancadas imparáveis, sobrevive melhor com espaço amplo ao seu redor, descaído para uma das alas, onde a capacidade técnica aliada à força prodigiosa o levam a criar inúmeras ocasiões de golo. Provavelmente, a chegada do colombiano ajudará à manutenção do esquema táctico utilizado regularmente no ano transacto. E aí, com o lado esquerdo do ataque a ter dono, depois da recuperação física de Rodriguez, será Mariano o provável sacrificado, permitindo que Hulk se instale no lado direito, personalizando-o à sua maneira.

Um ponto importa esclarecer. Depois de mais um defeso com a fasquia das vendas acima dos 60 milhões, despachando alguns dos excedentes [Vieirinha e Paulo Machado], o Porto aparentemente apresentará aquilo a que habituou os seus adeptos: uma equipa sólida, competitiva e capaz de lutar por todos os objectivos internos.

A aventura europeia será, por isso, apenas a única dúvida residual na temporada que se avizinha. Este Porto, que lutou e provou, na edição finda da Liga dos Campeões, que pode sonhar e almejar em erguer novamente o troféu, terá o necessário para atingir a fase decisiva da prova? Sim. Não tenho qualquer dúvida que, com maior ou menor grau de dificuldade, a fase de grupos será ultrapassada com sucesso, rumo aos oitavos-de-final. No entanto, com os galácticos planteis que apanhará como potenciais adversários, pergunto-me se não seria aconselhável, em termos meramente desportivos [colocando a questão financeira num plano secundário], apostar numa participação na nova Liga Europa, onde o triunfo final parece uma possibilidade mais palpável e menos utópica do que na competição maior do futebol europeu.

Aguardemos para ver o que o destino nos reserva. A bola, oficialmente, está aí, quase a rolar. Para mais uma temporada de sonhos…

§ mais logo, cá na "tasca", transmissão em directo de mais um jogo de preparação... FC Porto vs D. Bucareste (21h15).

40 comentários:

  1. boa análise. gostava só que tivesses falado de Tomás Costa e de Guarín, sendo que o último creio que é um elemento a mais no plantel, especialmente se se confirmar a chegada de Prediger (e a sua valia, claro).

    lá estarei no Dragão, camisola vestida e voz preparada para gritar pelos nossos!

    ResponderEliminar
  2. Se de facto o Bruno não sair, o Prediger chegar e confirmar, tal como Falcao, Valeri e Belluschi, qualidades que os fizeram ingressar no F.C.Porto, mais o Varela e a trás os citados Maicon, N.A.Coelho e Álvaro Pereira, penso que temos gente capaz de fazer uma época à altura dos nossos pergaminhos.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Escalpelização escorreita, e onde apesar de nao tao optimista quanto o autor da mesma nao deixo de concordar com grande parte do adiantado. Uma Certeza Bruno Alves e talvez a pedra de toque mais importante neste plantel....ate 31 de Agosto a sua permanencia será sempre uma incognita podendo nao permitir ao mesmo agarrar na sua totalidade as redeas do Onze potenciando alguns focos de intranquilidade onde a supra ventilaçao de novos negoçios envolvendo Fernando e novas contrataçoes também nao ajuda a solidificar a espinha dorsal da equipa...
    Por agora nao me adianto a alvitrar grandes expectativas, ate porque a chave do que este novo FCP pode valer depende nao so de B.Alves, mas tb muito em parte da Valia de FAlcão como neutralizador das intençoes de Jesualdo para com o novo posicionamento de Hulk e do ressurgimento de Rodriguez que diga-se ainda nao percebi o porque de deficit fisico apos ferias ele que nao partiu lesionado????É nestas unidade que reside o onus da valia ofensiva onde depois se poderá enquadrar com mestria formadora de Jesualdo os novos conceitos de transiçao e posse dada pelo triangulo de meio campo onde Belluschi pode ser um jogador primordial em face da sua valia tecnica que nao tanto tactica!!!!

    A Peace Cup será um bom aferidor se os reforços já conseguirem mostrar indices fisicos capazes de serem opçao.

    ResponderEliminar
  4. Bruno, quanto ao Cebola no JN de 13.07.09:

    'segundo o departamento médico dos dragões, fez tratamento a uma contusão no joelho esquerdo, sofrida antes das férias ao serviço da selecção do Uruguai'

    ResponderEliminar
  5. Caros AMIGOS PORTISTAS:
    Gostei da analise mas aproveito este tempo de antena para desabafar sobre um tema que não nos dizendo de todo respeito me deixou atonito face ao julgamento feito pelos doutos e ilustres paspalhos ao serviço da FPF e talvez de mais alguem. Refiro-me aos castigos a aplicar aos clubes envolvidos na final de juniores em que os mesmos de sempre invadiram ameaçaram agrediram vandalizaram e em suma impediram a boa continuação de um jogo que estava a decorrer até aquela altura normalmente. e que fazem esses indignissimos e doutos coisa nenhuma? Atribuem a derrota a ambos os clubes, qual sentença Salomonica. E adivinhe-se a quem interessa tudo isto aos mesmos do costume ou seja benfica. Perdoem-lhes senhores que não sabem ou sabem o que fazem porque agora até sem lupa se detecta qual a razao daquilo quue esses FDP fizeram Para evitar perder em campo assim ganham de certeza na secretaria. Aí eles são preitos donos e quase senhores. E depois disto ainda lhes sobrará algim pingo de vergonha. Talvez porque os cães são uma raça sem vergonha. Só que as vezes esses mesmos cães tambem mordem na mão que lhes dá de comer. Oxalá isso aconteça.
    Um Abraço e saudações PORTISTAS

    276mqj

    ResponderEliminar
  6. 276mqj, o mais grave nesta história toda é o precedente que se abre.

    Em caso de dúvida e quando o campeão for decidido na última jornada é 'boicotar' a mesma e fica campeão o que o era na penúltima.
    Vai depender um bocado das cores envolvidas mas se forem as mesmas seja federação seja liga a decisão será a mesma.

    Pena mesmo é dos calimeros :-)
    Não bastou serem espoliados na taça da liga. Levam agora com a justiça lampiónica (alguns teimam em chamar de salomónica).
    Poderem recorrer é um facto mas de pouco, ou mesmo nada, lhes valherá.

    ResponderEliminar
  7. Oh Amigo sócio PORTISTA DO CENTRO....onde raio vê neste artigo uma cultura de yes man para com as praticas da SAD ou do Clube?????Em vez de criticar e uma vez que ate lhe damos Voz pois o seu comentario esta on..porque nao aoroveitar e me vez de criticar a linha editorial aqui da praça, comente, discuta mas nao apelide os outros so porque nao se enquandram na sua forma de pensar..é que nao é qualquer grupo de acefalos que consegue por este BLOG como um dos mais conceituados e visitados na blogsfera!!!!Caso nao se tenha apercebido existe muito mais gente aqui capaz de pensar sozinho e nao de forma seguidista!!!

    Aqui no gostamos de convidar ninguem sair ou vetar opinioes desde que feitas ou tecidas de forma correcta e no abusiva...

    De outra forma deixo-lhe ainda outra sugestao tem sempre a possibilidade de criar seu proprio blog ou espaço pessoal onde a linha editorial e aprovação de comentarios é de sua elementar autoridade!!!!

    Estilhaço, obrigado pela informação noticiosa sobre o Rodriguez ja me tinha chegado ao conhecimento algo semelhante mas desconhecia a origem do problema e a sua grvidade...raio das selecçoes!!!

    ResponderEliminar
  8. Portista do Centro23 julho, 2009

    Oh amigo BRUNO ROCHA... se eu quiser criar um blog com a linha editorial deste, depressa tenho tanto ou mais sucesso do que este. E nem é preciso saber grande vocabulário. Basta repetir o YES MEN muito em voga e terei todo o sucesso. Isso é fácil. Difícil é ser capaz de pensar diferente. Criticar mesmo quando se ganha.

    Fácil é pertencer ao grupo ao mesmo grupo de sempre. Quando deixamos que sejam os outros a pensar por nós, ó vida boa. Simples, básico e só não dá milhões porque esses vão parar aos bolsos de outros.

    ResponderEliminar
  9. Portisia do Centro23 julho, 2009

    Oh amigo BRUNO ROCHA... Se analisar os comentários dos posts deste blog, vai reparar que todos só dizem "Amém" ao que foi escrito. Porque motivo não há comentários contestatórios? Porque são todos apagados. Quem não seguir a cartilha, mais tarde ou mais cedo, é riscado. Porquê? Porque não aceitam opiniões diferentes? E nem venha falar de comentários insultuosos ou sem elevação. Basta alguém opinar algo diferente e é logo considerado insultuoso.

    A quem interessa essa situação? Que interesses são defendidos? Será que ainda funciona a base do "toma lá um convite e 'tá caladinho"?

    ResponderEliminar
  10. Parabéns, grande post Paulo!
    Mais logo comento com mais tempo...

    -----------------------

    "...se eu quiser criar um blog com a linha editorial deste, depressa tenho tanto ou mais sucesso do que este."

    Todos têm direito à sua opinião, mas isto é que eu dúvido que seja verdade...

    Um Abraço

    ResponderEliminar
  11. Portista do Centro23 julho, 2009

    Oh amigo BRUNO ROCHA... A prova disso foram os meus comentários. Não insultei ninguém e o meu comentário foi logo apagado. Apensas apresentei a minha opinião, lamentando a falta de democracia deste blog. Quer maior prova do que esta?

    ResponderEliminar
  12. Portista do FCPorto23 julho, 2009

    Seja ao centro seja na periferia o que é de espantar são comentários disparatados que nada tem a ver com o conteúdo do post.

    Eu cá não perderia tempo com nicks manhosos e de ocasião.
    Darão de certeza muitos comentários.
    Conteúdo é que nada.

    Força é com o Vosso trabalho.

    ResponderEliminar
  13. Caro Paulo Pereira, boa e sucinta análise ao plantel.Parabéns.

    Apenas discordo da opção pela Liga da Europa.Só a LC nos dá estatuto, ser montra de jogadores e postura competitiva.

    ResponderEliminar
  14. Paulo Pereira,

    Sábio post este... em sintonia com tantos outros de tua autoria.

    Diria que concordo quase em absoluto com toda esta tua visão, aqui e acolá, apenas pincelada com uma ou outra discordância de pormenor, nada de relevante.

    Como sou por norma um optimista, de esperar para ver e só depois opinar, afino pelo teu mesmo diapasão, quando evidencias que "o Porto aparentemente apresentará aquilo a que habituou os seus adeptos: uma equipa sólida, competitiva e capaz de lutar por todos os objectivos internos."; ora nem mais!

    Que chegue mas é rápido, o mais logo, para voltar a saciar a sede de bola a rolar no tapete verde...

    ResponderEliminar
  15. Ahhh, pois, escapou-me essa tal nuance de discordância de maior relevância que aqui foi já referida pelo Fanático.

    O nosso lugar é na "Champions"... ainda que necessitando de criar novas rotinas de jogo e entendimentos obrigatórios com os "novos", estaremos lá novamente... no meio dos tubarões... enquanto "tubarões" que também somos!

    Aquários de água doce e quente... não são para a nossa divisão!

    ResponderEliminar
  16. Se nós somos os tubarões, o que serão o Olympique de Lyon e o Olympique de Marselha quando nos vêm comer as nossas melhores "trutas" do aquário?

    E já não falo dos verdadeiros tubarões da Europa como o Barcelona, Manchester, Real Madrid, etc.

    ResponderEliminar
  17. A nova Liga Europa em futebol, prova que substituirá na próxima época a Taça UEFA , ajustando-se aos moldes da Liga dos Campeões , vai ser alvo de uma melhoria substancial dos prémios monetários.

    O Comité de Competições de Clubes definiu « uma nova redistribuição » dos valores monetários, comparativamente à Taça UEFA, como « reflexo das alterações ao formato da prova », disse à Agência Lusa fonte da UEFA.

    Sem querer adiantar mais pormenores sobre os novos números para 2009/2010, que também serão actualizados para a Liga dos Campeões, a mesma fonte acrescentou, porém, que as verbas para a próxima época « aumentarão significativamente devido à introdução de uma política de "marketing" centralizada » na Liga Europa. No entanto, as verbas definidas segunda-feira terão de ser ainda aprovadas pelo plenário do Comité Executivo, que reuniu a 24 de Março, e só deverão ser tornadas públicas « no início de Setembro ».

    Os valores de 2008/2009:
    - Liga dos Campeões
    Prémio de presença: 3 milhões euros
    Prémio total pelos 6 jogos na fase de grupos: 2,4 milhões euros (400 mil euros por jogo)
    Vitória na fase de grupos: 600 mil euros
    Empate na fase de grupos: 300 mil euros
    Qualificação para os 1/8: 2,2 milhões euros
    Qualificação para os 1/4: 2,5 milhões euros
    Qualificação para as 1/2: 3 milhões euros
    Finalista vencido: 4 milhões euros
    Campeão: 7 milhões euros
    Total de market pool: 274,84 milhões euros

    - Taça UEFA
    Primeira eliminatória: 100 mil euros
    Presença da fase de grupos: 115 mil euros
    Vitória na fase de grupos: 40 mil euros
    Empate na fase de grupos: 20 mil euros
    Qualificação para os 16/avos: 70 mil euros a).
    Qualificação para os 1/8: 70 mil euros a).
    Qualificação para os 1/4: 300 mil euros
    Qualificação para as 1/2: 600 mil euros
    Finalista vencido: 1,5 milhões euros
    Campeão: 2,5 milhões euros
    Total de market pool: 14,55 milhões euros b).

    a) os terceiros classificados da fase de grupos da Liga dos Campeões, e repescados para a segunda fase da Taça UEFA, não têm direito aos prémios relativos à presença nos 16 avos e oitavos-de-final.
    b) A verba só será distribuída pelos oito clubes que se apurarem para os quartos-de-final.

    ResponderEliminar
  18. Olympus,

    Sinceramente, não percebi nada de nada... mas queres falar do quê, afinal?

    - queres falar dos donos da "trutas" que vendem as suas "trutas" a outros iguais receptores de "trutas"... vide as tais "trutas" que tu próprio enuncias, que não eu... FCP e OL+OM.

    - ou queres falar dos donos de "tubarões" que vendem os seus "tubarões" a outros iguais receptores de "tubarões"... vide os tais tubarões que tu enuncias, que não eu... MU e RM!!!

    É caso para perguntar: se o RM é um "tubarão", exactamente pela mesma tua visão opinativa, não vai tardar nada, tarás a dizer que o MU é o "capuchinho vermelho", que tão pobre, indefeso e coitadinho, foi comido pelo "lobo mau". Realmente, até eu tinha vergonha de ter aquela espécie de dirigentes a comandar o meu clube. São tão, mas tão cepos e ignorantes aqueles tipos do MU, que até dói, carago... olha lá se faz algum sentido, um clube assim pró-multimilionário, talvez até, o "tubarão" dos "tubarões", acabar a ser comido pelo "lobo mau" de Madrid. Mas ca ganda chatice... tudo pá rua, já, agorinha mesmo! Esta coisa do MU estar a ser dirigida por uma cambada de comissionistas, disto e daquilo, não tá com nada, com nada mesmo.

    Mas é assim tão dificil perceber que o nosso "mercado", na Europa do futebol, apesar de competirmos olhos nos olhos com esses tais de "tubarões", é outro bem, bem diferente... que por ora, é incomportável para os nossos cofres investir 15, 24 ou 30M num único jogador? Mas é assim tão dificil???

    E que dizer dos tais OL e OM? apresentem-me os resultados "futebolisticos", já nem quero saber nas ligas internas, que isso são chiclets... apresentem-me os resultados "futebolisticos" na Europa? e até digo mais, podem pegar nesses tais resultados e multiplicá-los por 2... conseguem perceber a que resultado chegam de ambos, até ainda mais, peguem nos 2 em conjunto?... eu digo o resultado final: ZERO, ZERO, ZERINHO ao quadrado!!!!

    Enfim, quando se quer, (parece que)tudo serve, (parece que) tudo serve...

    ResponderEliminar
  19. Os tubarões não são quem mais ganha mas quem tem mais dinheiro.

    O Inter é um tubarão? Claro que é. Ganhou o quê na Europa nos últimos 10 anos?

    O Chelsea é um tubarão? Claro que é. Ganhou o quê na Europa nos últimos 10 anos?

    O Arsenal é um tubarão? Claro que é. Ganhou o quê na Europa nos últimos 10 anos?

    Pergunta por essa Europa quem são os tubarões europeus e verás quantos responderão o nome do FC Porto.

    O Manchester vendeu o CR por necessidade? Vendeu para equilibrar as contas? Ou vendeu porque o CR9 queria sair e já não dava aguentar mais?

    Foi o nosso caso também?

    Se me sair o Euromilhões e ganhar 15 milhões de euros, serei multimilionário. Já me poderei comparar ao Belmiro?

    Somos uns tubarões tão temidos que nos oitavos e nos quartos-de-final da Liga dos Campeões estavam todos a torcer para que lhe saíssemos na rifa.

    Somos uns remendados a nível da Europa. Vamos levando a nossa vidinha. Agora temos dinheiro. Daqui a uns meses já estamos tesos outra vez. Querer ser mais do que isto, é ser utópico.

    Somos aquilo que somos mas não queiramos ser mais do que somos só porque somos portistas.

    Ou quem pensar assim já não é portista?

    ResponderEliminar
  20. "Ou quem pensar assim já não é portista?"

    já cá só faltava (mais) esta... a teoria da vitimização!

    mas por um acaso, em algum lado do meu comentário, questionei o teu grau de Portismo?

    se não questionei, qual o teu (verdadeiro!?) interesse em desviar a discussão para esse tema?

    lamento, mas para discussões acerca do "tamanho", não contribuo... fica lá com o teu, que eu fico com o meu.

    discussão encerrada... passa bem!

    ResponderEliminar
  21. Pis é amigo Olympus..todos queriam que lhes calha-se-mos em sorte na CL..mas so por manifesta felicidade num Pontape do ex-CR7 é que o FCP nao deitou por terra um dos tais Tubarões....Para si amigo o futebol ta inventado e como tal o dinheiro compra tudo...como tal não somos Tubarões mas as nossas qualidades acredite ou nao atemorizam mtos dos que nos defrontam!!!É certo que nem sempre os treiandores que regem as equipas Portuguesas nas competiçoes europeias se assumem no jogo e talvez por isso nós e outros nao sejemos tao Tubarões como outros...Olhe no dinheiro que temos nao seremos Tubaroes, mas dentro das 4 linhas somos DRagoes e que DRagoes!!!Se essa massa combativa que nos enche de orgulho continuar a vergar os ditos Tubarões nem me interessa que nao nos considerem , assim as "surpresas" continuam e brevemente estaremos num estadio dessa Europa levantando mais um caneco da CL enquanto os Tubaroes conta o dinheiro para nos virem comprar mais uns Salmões, Trutas ou peixe de inegavel valor!!!


    Mas isto sou eu a pensar da minha cabeça, não foi ninguem da SAD ou do CLube que me pediu para dizer...consegui pensar isto tudo sozinho sem ajuda de nenhum administrador amigo inserto nas bases do CLUBE AZUL E BRANCO!!!!!!

    ResponderEliminar
  22. Sem querer entrar na discussão realço a minha total concordância com o que o nosso FANTÁSTICO PAULO PEREIRA escreveu mesmo no final da sua SOBERBA crónica:

    "O Porto aparentemente apresentará aquilo a que habituou os seus adeptos: uma equipa sólida, competitiva e capaz de lutar por todos os objectivos internos."

    O resto são fait-divers...

    ResponderEliminar
  23. Um Tubarao é um predador nao é SR. Antero Henrique????

    Sim é !!!

    Entao mas só se é predador se houver presas???


    Sim, mas não só!!!!


    Então mas e os Tubaroes nao sao presas de ninguem???

    São das Orcas e dos Humanos Terraqueos!!!

    Entao que dizer que uma equipa de 11 homens de azul vestido podem dar caça aos Tubarões???

    Sim, desde que devidamente organizados, estruturados, explosivos, velozes e combativos!!!!

    Ah, obrigado!!!Já agora e isso ja alguma vez aconteceu???

    Sim...a ultima vez foi em 2004..espera ai que acho que ate tenho ali uma fotografia que tirei com a minha olympus..para mais tarde recordar!!!!!

    ResponderEliminar
  24. Só porque pensamos que de forma diferente, não precisas de ficar chateado.

    Diferenças de opinião até é saudável. Não queiras dar razão a quem critica o blog por falta de democracia. Isto é mesmo assim.

    Hoje, discordo de ti. Amanhã, talvez já concorde contigo noutro assunto qualquer.

    ResponderEliminar
  25. E espero que tires mais vezes.

    ResponderEliminar
  26. AGORA QUERO MESMO ENTRAR NA DISCUSSÃO:

    «A quem interessa essa situação? Que interesses são defendidos? Será que ainda funciona a base do "toma lá um convite e 'tá caladinho"?»

    OLHE, meu caro, o convite q me deram foi 2 contas para pagar, uma relativa ao lugar anual no estádio e outra relativa ao lugar anual no pavilhão (sem contar com as quotas)...

    Por isso, AQUI isso não cola. Ninguém me dá nada para escrever isto ou aquilo, escrevo por amor ao FCP e pela minha cabeça. Eu e todos os outros amigos deste espaço.

    ResponderEliminar
  27. Eu realmente estive a pensar e de facto tb nao concordo ..vendo à esquerda a direita e ao centro, penso de que...em vez de um FALCAO deveriamos ter trazido uma cegonha ou um flamingo...sao mais catitas!!!!
    Em vez de ter-mos comprado um a VALER(I) talvez fosse melhor ideia comprar um a fazer de CONTA...

    Trocar um MAI(s)COM por um MENOSEM...ou trocar o N.A. Coelho por uma qualquer RAposa...
    Em vez de BElluschi, talvez um prato de Sushi!!

    Agora sim que descordei sinto-me menos seguidista e mais FIDEL a reivindicar o meu Portismo!!

    Também ja sei isto ate vai ser corrigido pelo lapis azul!!!!

    ResponderEliminar
  28. Não queiras dar razão a quem critica o blog por falta de democracia...

    olha, quanto a isto, nem vou dormir esta noite a pensar no assunto... não vou mesmo!

    aliás, até se reparares, os teus comentários foram todos apagados, não foram? é que quem te leu ainda hoje, até pensa que me está a ouvir a mim...

    afinal, em que ficamos?
    há ou não democracia?

    ps - este aparte não é para ti, mas sim para quem enfiar a carapuça, se me faço entender... a piada da coisa, é que desde esta manhã (com em tantas outros dias), o mesmo IP, repito, o mesmo IP, já fez comentários com 3 nomes diferentes, julgando-se indecifrável... e nem interessa para o caso se a ladainha é sempre a mesma, a tal pouca democracia, que aqui que é o sitio certo para ser carneiro, ser acéfalo, ser bajulador, etc etc... tem piada, não tem? mas porque será que esse "deficiente" ainda não percebeu que muda que muda e volta a mudar, ontem, hoje e amanhã novamente, mas o crivo do IP no comentário, destapa-lhe sempre a careca? será preciso fazer um desenho?... mas vá lá, prontos, tb não custa nada por vezes dar-lhe um bocadinho de música... ele acha que sim, e eu, muito pacientemente, lá vou fazendo um esforço para lhe aturar o "défice cerebral".

    ResponderEliminar
  29. E esse IP corresponde a um único computador ou a várias centenas?

    Até te dou o meu IP que é fixo e vê-se descobres a que instituição corresponde: 193.136.33.204

    Curiosamente, apesar de cada computador ter um IP interno da rede, as várias centenas de computadores têm todos o mesmo IP na internet.

    Vê lá descobres se fui eu que escrevi sob três nicks diferentes com o mesmo IP. Escusado será dizer que em casa seria fácil mudar de IP, mas vê lá se fui eu ou se há hipóteses de haver mais pessoas a consultar o teu blog com este mesmo IP sabendo a que instituição corresponde.

    Sou suspeito?

    ResponderEliminar
  30. Até te indico um site para descobrires mais rápido:

    http://www.cqcounter.com/whois/

    ResponderEliminar
  31. Olympus,

    eu não falei para A, B ou C...
    limitei-me a falar apenas e só para o "ar"...

    tu lá sabes o que queres deixar aqui em comentário para quem quiser ler... a mim, torna-se desnecessário passar a info do teu IP porque eu sei-o qual é a partir do momento que comentas na caixa de comentários... se quisesse saber que IP agora comentou nestes 3 últimos, era mesmo só consultar os IP's dos comentários das 16:38, 16:30 e 16:30... e voilá!

    quanto ao resto, não te apoquentes nem um pouco... como disse, eu não me dirigi a ninguém em particular, mas apenas e só para o "ar"... nada mais que isso.

    ps - ahhh, só mais 2 coisinhas... não, não estou chateado!... e definitivamente, esta discussão estéril, morreu aqui... senão, o 13º arquivo vai começar a funcionar.

    ResponderEliminar
  32. Sabes bem o que dizem quando atiramos algo para o ar, pode-nos cair em cima. É preciso ter cuidado.

    Em relação aos IP's pouco poderás concluir.

    Em casa é facil mudar o IP. Em instituições com centenas de computadores com o mesmo IP também não podes ter certeza de nada.

    É uma chatice, eu sei.

    Já te disse e volto repetir. Hoje discordo contigo em alguns pontos e amanhã concordarei noutros. É assim a vida.

    E não te ficam bem ameaças.

    ResponderEliminar
  33. Já te disse e volto repetir. Hoje discordo contigo em alguns pontos e amanhã concordarei noutros. É assim a vida.

    ora nem mais... lá está algo em que estamos total e inequivocamente em acordo.

    cada cabeça, sua sentença... desde que com respeito, educação e elevação.

    hoje é assim, amanhã há-de ser diferente...

    ResponderEliminar
  34. Gostei e estou de acordo com a análise feita. Pronto já sei que também vou entrar na lista dos que dizem amem, mas não me importo nada, mas é que é mesmo nada, pois compreendi desde o primeiro minuto em que resolvi seguir este blog, que estaria em companhia de verdadeiros Portistas, daqueles cuja paixão clubista, os torna tão isentos como eu sou nos comentários que escrevo. É que eu pelo menos não vejo nada de errado em enrolar aquele cachecol entorno do pescoço, e achar que aquelas “vestes sagradas” dão-me sempre carradas de razão.

    ResponderEliminar
  35. Engraçado que desde a expulsão de um personagem de um blog da concorrência, que anda na blogosfera azul-e-branca uns individuos travestidos de portistas.
    O discurso passa sempre pelo recurso ao insulto sempre que alguém contrapõe as suas ideias. Normalmente chamam-nos de carneiros, de cães e de seguidistas.
    São sempre senhores da verdade, com carreira universitária e especialistas em R&C,em passivos e com tiques de xenofobos quando se referem aos jogadores sul-americanos que brilhantemente defendem a nossa camisola.

    Nós somos carneiros e vocês?

    ResponderEliminar
  36. O normal é criticarem e lançar graves insinuações sobre o nosso Presidente e os dirigentes da SAD, elogiarem a postura dos disrigentes de outros clubes, nomeadamente os dirgentes sportinguistas. Elogiam a aposta na formação do Sporting, mas não entendem que é a unica saída que têm. Os que falam nos juniores desaproveitados nunca meteram os pés no Olival para verem um jogo de juniores. O mais provável é nem sabarem onde fica a frequesia de Olival...

    ResponderEliminar
  37. Viva !

    Paulo Pereira : Belo texto.

    Eu penso que o que tem sido a força do Porto tem sido a escolha acertada dos treinadores.

    Escolher aliar quem sabe conjugar a Língua de Camões com conhecimentos de futebol, parece-me importantíssimo para a projecção ainda maior do Porto.

    O futebol é um desporto colectivo. Para isso, muito contribui o treinador.

    Não me vou pronunciar quanto ao plantel da época que está a chegar.

    A patente registrada, "Mais uma Vitória mais uma Alegria " só entrará em vigor nos jogos oficiais.

    Mas como não há regra sem excepção : Em vista da época anterior, penso que Hulk estaria mais à vontada nas faixas.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  38. Uma análise muito interessante Paulo. No entanto há algumas coisas em que não estou de acordo e, além disso, estou algo apreensivo com a constituição do plantel para esta época.

    Pelo que vi até agora temos contratações muito promissoras comoVarela, Álvaro Pereira, Belluschi, Maicon e até Beto mas também ainda temos muitas indefinições e algumas falhas no plantel.

    Parece-me que a defesa está muito bem resolvida e mesmo que Bruno Alves saia temos soluções quer com Maicon quer com o regresso de Nuno André Coelho. Na direita temos, este ano, 3 soluções sendo que eu penso que Sapunaru se mantiver a evolução que foi evidenciando a partir do meio da temporada será o melhor. Fucile é um jogador que me irrita à direita (costume ser mais equilibrado à esquerda) porque é displicente e acaba por perder muitas bolas e arranjar muitos problemas além de ser baixo.
    Na esquerda, Álvaro Pereira será o dono do lugar e pelo que vi até agora poderá fazer esquecer o Cissokho em pouco tempo.

    No meio campo tenho um misto de curiosidade e apreensão para ver como é que Jesualdo organizará a equipa pois Belluschi não é Lucho e Meireles também não o é. Gostei de ver o Valeri nos 20 minutos que jogou mas é pouco. Depois temos Guarin e Tommy que me parecem ser 2 unidades de reserva. Claro que ainda temos Fernando que com Raul Meireles sãoi, neste momento, insubstituíveis.

    Na frente temos baastantes jogadores mas faltam, para mim, 2 alas. Não temos no nosso plantel verdadeiros alas. Rodriguez não é um ala apesar de difarçar e Mariano é um ala muito trapalhão apesar de muito combativo e de estar melhor. Temos Varela e Hulk mas longe de serem extremos e especialmente Hulk precisam de espaço.
    No centro do ataque Farias continua a ser o suplente e aparece Falcão para ser titular mas longe das características de Lisandro.

    Resumindo: A defesa está bem, o meio campo tem 2 unidades certas mas muitas incertezas e o ataque vai ser alterado sendo que, neste momento, falta confirmar que falcao é ponta de lança para matar as jogadas de Hulk e Varela que tem sido a estrela das contratações.
    Quero acreditar que vamos conseguir o penta mas não consigo entender que se façam 11 contratações para uma equipa que ganhou campeonato, Taça e fez uma boa campanha na Champions.
    E também não acho normal que numa equipa portuguesa existam 17!!!! sul-americanos num plantel com 26-27 jogadores.

    ResponderEliminar
  39. Há jogadores, "toca" a construir a equipa!!

    Força PORTO

    ResponderEliminar