12 agosto, 2012

FC Porto B arranca com empate em Tondela

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Tondela 2-2 FC Porto B

II Liga 2012/13, 1.ª jornada.
12 de Agosto de 2012.
Estádio João Cardoso, em Tondela.
Assistência: cerca de 1500 espectadores.


Árbitro: Nuno Almeida (Algarve).
Assistentes: Paulo Ramos e Valter Rufo.

TONDELA: Bruno; Edson Silva, Pica, Carlos André, Pedro Araújo; Fábio Pacheco, Tiago Barros, Márcio Sousa, L. Aurélio, Dyego Sousa e Piojo.
Substituições: Luís Aurélio por Ericson (46m), Dyego Sousa por Jo (60m), Márcio Sousa por Bacar (82m).
Treinador: Vítor Paneira.

FC PORTO B:
Stefanovic, David, Zé António, Tiago Ferreira, Victor Luís; Mikel, Sérgio Oliveira, Edu; Sebá, Fábio Martins e Dellatorre.
Substituições: Sérgio Oliveira por Vion (66m), Fábio Martins por Tozé (90m).
Treinador: Rui Gomes.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores: Dellatorre (11m e 76m)), Tiago Barros (42m), Piojo (47m).

Cartões amarelos: Sérgio Oliveira (38m), Edson Silva (45+1m), David (49m), Ericson (53m), Carlos André (75m), Edu (80m).

Cartão vermelho: Pica (26m)

O FC Porto B estreou-se no campeonato da Segunda Liga com um empate em Tondela a dois golos. Dellatorre bisou e foi a figura da partida, mas os jovens Dragões acabaram por ser traídos por erros colectivos em dois pontapés de canto, que impediram a vitória.

O jogo começou com o FC Porto B a controlar a bola e o jogo e logo aos 11 minutos adiantou-se no marcador, com um belo remate de cabeça de Dellatorre, após cruzamento de Vítor Luís da esquerda. Pouco depois Seba surgiu pela esquerda em boa posição, mas o remate do jovem brasileiro bateu na trave. Ainda na primeira parte, Seba foi travado em falta quando seguia isolado, provocando a expulsão do central Pica.

A verdade é que a vantagem numérica acabou por ser contraproducente para os jovens jogadores dos Dragões, que permitiram o empate ao Tondela, com Tiago Barros a concluir de cabeça um pontapé de canto, aos 42 minutos.

A segunda parte começou da pior forma possível para o FC Porto B, que sofreu novo golo de canto, apenas dois minutos após o recomeço. A defesa demorou a afastar a bola, que acabou por sobrar para Piojo, que atirou para a rede.

A perder, a equipa foi para o ataque, encontrou um Tondela de bloco baixo, que dificultou muito a tarefa dos Dragõezinhos. Uma grande jogada de Dellatorre, aos 76 minutos, valeu o empate: arrancada pela direita, tabelinha com Edu, com o brasileiro a concluir com um remate cruzado e indefensável.

fonte: fcporto.pt



RESUMO DO JOGO

0 comentários:

Publicar um comentário