17 abril, 2013

Uma Nação

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Em momentos complicados é normal haver divisões, é normal haver quem ache que por aquele caminho é que estava certo, haver quem desde o inicio já previa, já sabia o que ia acontecer... e depois existem ainda os tolinhos, como eu, que ainda esperam um final feliz.

Não sei se a equipa deitou a toalha ao chão, muito sinceramente, espero que não. E espero que não, porque as coisas têm tomado um rumo que não me agrada, não tanto pelos resultados, mas olho para esta equipa e vejo que mais parece um castelo de cartas que ao mínimo sopro tudo cai.

Não sei de quem é a culpa, não faço a mínima ideia de quem seja e muito sinceramente não ando à procura de culpados, ando sim à procuro de um Rumo!

Mesmo não procurando culpados como diz o meu amigo Norte, eu também já me preparei psicologicamente para os diferentes cenários, e como ele, não será por isso que não vou a todas até ao final, como tem sido tradição.

Faltam poucas jornadas e não vou desistir daquilo em que acredito.

Isto, porque vi contra o sc braga no Dragão algo que não vi na Madeira e contra o Olhanense; vi aquilo que faltou por exemplo em Malaga, vi vontade de lutar e dar a volta aos problemas quando eles se apresentam à nossa frente.

No final, farei contas. No final, procurarei explicações. No final, procurarei culpados. Apenas e só no final.

Até lá, defenderei o meu clube contra os inimigos, defenderei o meu clube e o meu território, lutarei contra esta MOURALHADA que todos os dias aqui vem espetar a faca e lançar a confusão porque sabem que este ano têm uma nova oportunidade de fazer aquilo que o FC Porto já fez.

Um recado simples, IDES SOFRER COMO CÃES, dentro e fora de campo!

Meus Amigos, um grande abraço Tripeiro e muito... muito Portista.

4 comentários:

  1. Tolinho, eu mesmo, igualmente se apresenta... prazer Fred ;)

    tristes daqueles que desistem sem sequer tentar ser felizes...

    Bamos a Eles que nem Dragões!!

    ResponderEliminar
  2. "Não sei se a equipa deitou a toalha ao chão, muito sinceramente, espero que não"

    Deixa-me acrescentar que espero BEM que não porque ainda há muitos que acreditam e merecem que se lute até ao final, sem tréguas!

    E digo mais, quem já não acredita nem um mísero 1% ou quem secretamente deseja dizer no fim "eu não disse?" não pode nem é de facto Portista...

    As contas fazem-se no fim e se eles quiserem ser campeões que sejam com um vice-campeão invicto e que lhes deu na pá na penúltima jornada!

    ResponderEliminar
  3. Tolinhos?
    Aqui por casa somos dois...

    ResponderEliminar
  4. Um portista "A SÉRIO" N-U-N-C-A pode atirar a toalha ao chão, nem baixar a cabeça! Isso é precisamente o que a "armada moura" há TANTO anseia! Recuperar o estatuto que durante TANTOS anos, o regime lhes deu de bandeja!

    A nossa origem é genuína, forjada nas dificuldades de um clube de província, que lhes fez frente, mostrou os dentes e lhes roubou o "lugar"!!! Eles que já voltam a falar de "um novo ciclo"...pois aqui cito o autor do POST de hoje «IDES SOFRER COMO CÃES»!!!!!

    Não sei estar nisto de outra forma!

    Sabendo que não se pode ganhar sempre...SÓ penso em ganhar! No futebol sénior, de formação, andebol, basquete ou hóquei, enfim...TUDO o que é FCP!!!

    Eu sei que quem mais sofre com o clube do qual é adepto é...o próprio adepto e há alguns (como prova este blog) que fazem autênticos sacrifícios para acompanhar o clube em tudo o que participa...uma espécie de "voluntários por uma causa".

    Por isso, dos atletas, mesmo sabendo que «não são do Porto desde pequeninos» não espero menos do que: crença, abnegação e luta até ao fim! São pagos e acarinhados para isso!

    NO FINAL e SÓ no final, SE não ganharmos...que os adversários estejam com os calcanhares TODOS FERRADINHOS!!!O nosso manto é SAGRADO!!!

    Pedro Pinto

    ResponderEliminar