25 novembro, 2008

Invictos somos nós e... em dose dupla!!!

«Deram tudo por nós esses atletas,
seu trajo tem a cor das próprias veias
e a brancura das asas dos Poetas,
ó fé de que andam nossas almas cheias
não há derrotas quando é firme o passo,
ninguém fala em perder, ninguém recua
e a mocidade invicta em cada abraço,
a si mais nos estreita: a Pátria é sua!»

Este pequeno excerto do poema «Aleluia» de Pedro Homem de Mello foi a forma que escolhi para homenagear a nossa equipa de andebol, não só pela brilhante vitória diante do Benfica, não só por ser agora líder isolado do campeonato, não só por ser actualmente a única equipa invicta da prova, mas acima de tudo pela atitude fantástica, pelo querer, pelo acreditar, pela garra que todos demonstraram.

O jogo já havia terminado há largos minutos e a plateia (numerosa, desta vez) não abandonava o pavilhão, estávamos todos ali rendidos àqueles homens que tornaram o nosso domingo mais feliz. Um longo aplauso que os jogadores souberam merecer. Continuem com essa atitude para que possamos todos juntos ter mais alegrias como a de domingo.

Além desta vitória no andebol que nos tornou líderes isolados e invictos da prova, também no hóquei em patins passamos a ser líderes isolados (e invictos também) deixando para trás a Juventude de Viana.

A foto anexa (enviada pelo dragão Penafiel) é tão só uma homenagem à claque presente no pavilhão da Póvoa que não se calou um segundo. Um apoio merecido e que no final levou a que os jogadores azuis e brancos se deslocassem até ao sector da claque para em uníssono festejarem esta saborosa vitória. «Allez Porto Allez»!!!

Uma palavra ainda para todos os «VIP» que o Lucho encontrou no jogo de andebol na Póvoa de Varzim, o Dragão Vila Pouca, o Tiago Tripeiro, o Dragão Penafiel, o SDvaladares e o nosso «Presidente» bLuE bOy (que já arranjou um outro inimigo d'estimação, um tal de Carlos... Carneiro). Também vi por lá o Benitez (futebol), o Emanuel Garcia (hóquei) e Alberto Babo (ex-treinador de basquetebol).

FC Porto demonstra estofo de Campeão
(1º FC PORTO- 24 pts/9 jgs; 2º Benfica- 23 pts/9 jgs; 3º Belenenses- 18 pts/9 jgs)

  • FC Porto, 29 - SL Benfica, 25
À chegada ao pavilhão, estranhei tanto movimento, mais de 2 mil pessoas, quase todas afectas ao FC Porto. Bom era, pensei eu, que nos outros jogos também houvesse este apoio. O jogo começou bem para o FC Porto com Eduardo Filipe em grande e a conseguir 4 e 5 golos de avanço mas essa diferença foi anulada pela marcação individual ao nosso experiente lateral originando que o adversário fosse para os balneários a ganhar por 1 golo ao intervalo (15-16) tendo Manuel Arezes convertido o 15º mesmo no segundo final. No final da 1ª parte fiquei com a sensação que Filipe Mota e Inácio Carmo sairam lesionados e por isso não mais entraram.

Na 2ª parte, os Dragões de Carlos Resende estiveram imparáveis com Ricardo Candeias a fechar a nossa baliza (13 defesas), Carlos Martingo excelente a organizar o jogo e Álvaro Rodrigues destemido no ataque fuzilando por completo a baliza encarnada. O FC Porto chegou aos 25-22 com justiça empolgando o pavilhão da Póvoa de Varzim (grande eficácia de Ricardo Moreira e Tiago Rocha) e já nessa altura se adivinhava o resultado final. No último golo do FC Porto, o 29º, o pavilhão quase «explodiu» exultando com a magistral jogada aérea entre Wilson Davyes e Eduardo Filipe. E terminou o jogo com os jogadores do FC Porto fortemente ovacionados pela massa adepta azul e branca.

É daquelas vitórias que dão confiança, moral. Há um ano e meio que não derrotávamos o Benfica (actual campeão) no andebol. Desta feita, conseguimo-lo. Somos de momento a única equipa invicta na prova (retiramos essa condição ao Benfica) e, mais importante que tudo, somos líderes isolados da competição destronando desse posto o rival de domingo. Na próxima ronda, iremos a Braga defrontar o ABC (dia 7 às 16h, sporttv2) e só peço que capitalizem toda essa moral para o restante do campeonato.

FC Porto segue em frente na Taça mas atrasa-se no campeonato
(1º Ovarense - 17 pts/9 jgs; 2º Benfica - 16 pts/8 jgs; 8º FC PORTO - 13 pts/8 jgs)

  • FC Porto, 86 - Académica, 77

Em Matosinhos, decidia-se a passagem aos oitavos-de-final da Taça de Portugal numa partida onde o FC Porto procurava «vingar-se» da derrota em Coimbra para o campeonato. Chego ao pavilhão e confiro a escassa assistência presente; os mesmos de sempre, disse um amigo.

No 1º período, a exibição de Nuno Marçal (7 triplos em 37 pontos) aliada à de Kevin Martin (impressionante nos ressaltos ofensivos, tendo anotado ainda 21 pontos) destroçam uma Académica impotente para tanto fogo do Dragão (31-14). Só que a história não estava toda contada e por isso os 2 períodos seguintes fizeram retornar a incerteza ao marcador com a Académica a aproximar-se perigosamente (5 pontos aos 62-57). E foi nessa altura que o Dragão voltou a deitar fogo com Marçal, Martin e Burns (15 pontos) a sentenciarem um jogo onde Júlio Matos não pode rodar muito a equipa.

Nos últimos minutos, João Figueiredo já deixou um suave aroma do que pode vir a fazer (novamente) nesta temporada enquanto Paulo Cunha nem sequer jogou (ainda recupera de lesão). Quanto a Chuck Bailey, jogou pouco tempo, sinal de que a sua exibição anterior apenas aconteceu pela falta de qualidade do adversário, não tendo, portanto, convencido o técnico Júlio Matos que o dispensou do plantel no dia seguinte a este jogo. Espera-se agora, ansiosamente, por um substituto com outras credenciais (demorou-se tanto tempo a contratar este e até se disse que os critérios de recrutamento iam ser mais ponderados, mas isso não parece estar a verificar-se, pois Bailey já era um substituto de Oates).

Enfim, vitória justa da melhor equipa, a do FC Porto, mas realço que há ainda muitos automatismos por consolidar. O FC Porto segue para os oitavos-de-final que se realizarão a 7 de Janeiro e só depois se conhecerão os 8 participantes da «final-eight».

Uma palavra final para dizer que tive o prazer de conhecer pessoalmente o nosso leitor Dragão66, que muito me surpreendeu pelos seus vários conhecimentos relativos «às outras modalidades». E fiquei também a saber que é irmão de uma pessoa que muito admiro. Presentes neste jogo também estiveram Antero Henriques, Rui Cerqueira, Álvaro Rodrigues (andebolista do FC Porto) e Fernando Sá (ex-jogador de basquetebol do FC Porto e actual treinador do Vitória).


  • Barreirense, 88 - FC Porto, 85
No Barreiro, o FC Porto não contou, desta feita, com um super Marçal e quando assim é, a equipa tem mais dificuldades até porque Daniel e Cunha não jogaram e o Figueiredo ainda não está em forma. Ainda assim, Burns e Martin (25 pts cada) quase conseguiam levar o FC Porto à vitória. Sobrinho com 16 pts também esteve em bom nível, enquanto Marçal (14 pts) acabou o jogo falhando um triplo que empataria o jogo. O 3º período foi muito mau (27-13) e depois foi difícil recuperar da desvantagem. Venha de lá esse 3º americano e que desta vez seja mesmo uma mais valia. À terceira, será que acertam?

No próximo fim de semana, dois jogos; um no sábado (15h) com a Física em Torres Vedras e outro na segunda feira (16h) em casa com o Ginásio.

Heptacampeão FC Porto volta à liderança
(1º FC PORTO - 24 pts/10 jgs; 2º J.Viana - 22 pts/10 jgs; 3º Oliveirense - 21 pts/10 jgs )

  • Oeiras, 4 - FC Porto, 7

Em Oeiras, o FC Porto regressou às vitórias depois de 2 empates consecutivos (Portosantense e Noia), mas entrou mal no jogo vendo-se obrigado a recuperar de uma desvantagem de 2 golos. Ao intervalo, os azuis e brancos já ganhavam por 3-2, mas sofreram o empate logo do início da 2ª metade. Valeu neste jogo a excelente pontaria e eficácia reveladas por André Azevedo (grande exibição e 2 golos) e Reinaldo Ventura (com 3 golos), enquanto os outros foram de Filipe Santos e de Jorge Silva. Os Dragões fizeram 2 golos consecutivos e aos 5-3 tudo parecia decidido. Um golo feliz dos Lisboetas trouxe mais emoção ao jogo mas nessa altura os pupilos de Franklim Pais não permitiram mais deslizes defensivos (que estranhamente têm acontecido nos últimos jogos) e até aumentaram a vantagem para 3 golos de diferença. Uma vitória importante frente a um adversário que tinha ido ganhar à Luz por «incríveis» 1-5.

  • FC Porto, 6 - Valongo, 3

A vitória Portista foi clara e indiscutível numa partida onde esteve o nosso Amigo e colaborador, Estilhaço (ver por aqui as fotos, mas também o vídeo1, vídeo2 e o vídeo3), e onde o FC Porto aproveitou o empate da Oliveirense na Maia e a derrota do Viana em Braga para assumir o topo da classificação de forma isolada e invicta. Neste jogo diante de um aguerrido vizinho, o FC Porto contou com Emanuel Garcia em grande forma apontando 4 golos, sobrando os outros 2 para André Azevedo e Pedro Moreira. No próximo sábado, o FC Porto recebe o Gulpilhares (18h) em jogo onde tenciono estar presente.

Emanuel Garcia

O hoquista argentino do FC Porto, foi o grande destaque da vitória de sábado diante do Valongo apontando 4 golos. Um jogador importante pelo seu posicionamento no interior da área recebendo as assistências dos colegas, bem ao estilo de Tó Neves. Tem apenas que ter cuidado com os cartões, pois já foi expulso noutro jogo e sábado levou mais um azul. Foi agradável tê-lo encontrado na Póvoa ao lado do futebolista Benitez, ambos no apoio à equipa de andebol do FC Porto. Em bom plano esta semana, também estiveram Reinaldo Ventura e André Azevedo. Os basquetebolistas Marçal (na 4ª feira), Burns e Martin (sábado) também registaram boas perfomances, enquanto no andebol se destacaram o guarda-redes Candeias (13 defesas), Eduardo Filipe e Ricardo Moreira (6 golos cada), Tiago Rocha (5) e Álvaro Rodrigues (4).


FC Porto 5-1 Penafiel (futebol/juniores)... próximo jogo: dia 29/11, pelas 15h (Merelinense-FCP)

Naval 0-1 FC Porto (futebol/juvenis)... próximo jogo: dia 30/11, pelas 11h (FCP-Feirense, no Olival)

FCP 4-0 Pasteleira (futebol/iniciados)... próximo jogo: dia 30/11, pelas 11h (Leixões-FCP)

***

Águas Santas 28-30 FC Porto (andebol/juniores)... sem jogo no próximo fim de semana

Águas Santas 26-27 FC Porto (andebol/juvenis)... sem jogo no próximo fim de semana

--- (andebol/iniciados)... próximo jogo: dia 29/11, pelas 14h (FCP-M.Beira, na Escola N.Nasoni)

Santana 18-17 FC Porto (andebol/infantis)... próximo jogo: dia 30/11, pelas 17.30h (FCP-S.Mamede, na Escola N.Nasoni)

***

--- (basquetebol/juniores sub-20) ... próximo jogo: dia 26/11, pelas 21h (FCP-Vasco, em Matosinhos) e dia 1/12, pelas 21h (FCP-Maia em Matosinhos)

Gaia 67-75 FC Porto (basquetebol/juniores sub-18)... próximo jogo: dia 29/11, pelas 18h (Guifões-FCP) e dia 1/12, pelas 11h (FCP-Vasco, em Matosinhos)

Póvoa 52-68 FC Porto e FC Porto 84-62 Vasco (basquetebol/cadetes sub-16)... próximo jogo: dia 29/11, pelas 14h (Académico-FCP)

Guifões 40-101 FC Porto (basquetebol/iniciados sub-14)... próximo jogo: dia 29/11, pelas 16.30h (FCP-Académico, na Escola S.Romão Coronado)


[ todas as informações do basquetebol, com a preciosa colaboração do Eurico Brandão ]

***

O JOGO DA JORNADA (SUB 19, CAMPEONATO NACIONAL DE FUTEBOL/JUNIORES A)

FC Porto 5-1 Penafiel

[ crónica do Pedro Porto ]

Vitória fácil dos Dragões num jogo em que não foi necessário imprimir um ritmo muito elevado para obter uma vitoria incontestável. Um FC Porto que entrou à “Adriaanse” com um esquema de apenas 3 defesas com Ramon a desdobrar-se entre o meio-campo e a defesa, e com Diogo Viana de regresso após castigo.

Primeira parte completamente dominada pelo Dragões, que desde inicio se instalaram no meio-campo adversário com o Penafiel a preocupar-se apenas em evitar as situações de perigo para a sua baliza. No entanto, os Dragões, superiormente comandados pelo pé esquerdo de Josué (mais uma grande exibição), iam chegando com relativa facilidade à baliza defendida por Tiago. As situações de aflição para a baliza penafidelense iam surgindo com naturalidade, com realce para as oportunidades falhadas por Claro (6 e 7 min) e por Diogo Viana (15 min).

Foi com naturalidade que aos 26 min. Josué abriu o marcador. Livre directo, descaído para a esquerda, executado de um modo perfeito por parte do nrº 10 portista. Aos 39 min, já depois do 2-0 por Galeão, Claro depois de fintar o guarda-redes e quando se preparava para marcar, é derrubado. Cartão vermelho e o mesmo Claro a fazer os 3-0. Mesmo antes do apito final da 1ª parte, o Penafiel reduz num remate do meio da rua, surpreendendo Ruca que se encontrava um pouco adiantado.

Na 2ª parte acentuou-se o domínio do FC Porto, isto apesar de o ritmo da partida ter decrescido bastante. Os dragões limitavam-se a circular a bola entre os seus jogadores, com o Penafiel apenas preocupado em não sofrer mais golos. As oportunidades continuavam a surgir naturalmente sempre que o Porto acelerava mais um pouco, ou então em acções individuais (às vezes um pouco exageradas) dos seus jogadores. No entanto apenas conseguiram 2 golos neste período. Um por Júlio Alves (boa 2ª parte) e outro por Miguel Galeão, a culminar um rápido contra-ataque.

Quero realçar a exibição do nrº 10 (Josué). Excelente jogador. Um pé esquerdo fantástico. Defende, organiza, ataca, lidera. Salvo as devidas comparações, faz-me lembrar um pouco o Deco.

FC Porto: Ruca; Ivo Pinto (Bosingwa aos 64'), Roberto, Ramón e Massari; Júlio Alves (Sérgio Oliveira aos 62'), Miguel Galeão e Josué (Cap); Diogo Viana, Jorge Chula e Claro (Caetano aos 72').
Suplentes não utilizados: Rafael, Hugo, Alex e Cardoso.
Treinador: Patrick Gravegaars.

Marcadores: 1-0 por Josué aos 26'; 2-0 por Miguel Galeão aos 35'; 3-0 por Claro aos 39'; 3-1 por Coronas aos 45'; 4-1 por Júlio Alves aos 56'; 5-1 por Miguel Galeão aos 88'.


Neste fim de semana, a nossa nadadora juvenil, Ana Neto (1995) estreou-se como internacional (“prémio” pelos bons resultados alcançados na época passada) ao representar a Selecção Portuguesa no XXI Torneio Real Canoe “Villa de Madrid”. A Ana nadou os 400Livres (3ºlugar), os 800Livres (2ºlugar) e os 400Estilos (2ºlugar). Este foi um torneio Absoluto, ou seja, foi aberto a nadadores de todas as idades, que competiram entre si.

Os próximos internacionais serão o Paulo Santos (50 e 100Livres) e a Sara Loureiro (100, 200 e 400Livres), esta última estreia-se como internacional, que vão representar Portugal no Campeonato da Europa de Piscina Curta que vai decorrer na cidade croata de Rijeka entre os dias 11 e 14 de Dezembro.

[nota: informações enviadas por André Cereja]

Saudações Portistas,
Lucho.

# post publicado em simultaneo no fórum fcporto.planetaportugal

25 comentários:

  1. Fantástico resumo das modalidades. E vejo que nos Sub-19 aparece outro Bosingwa!

    ResponderEliminar
  2. Modalidades com o destaque merecido, um Lucho no BiBó-PoRtO.
    No andebol, bela vitória num jogo que teve de tudo: entusiasmo, qualidade, alternancia no marcador e que acabou com a vitória da melhor equipa.
    Estive lá, mas já fiz uma promessa: nunca mais vou para a bancada por trás dos bancos.

    No Hóquei, mais uma alegria, mais uma vitória.

    No Basquetebol, há uma irregularidade, que tem a ver com o facto de alguns jogadores ainda não estarem na forma ideal depois de paragens prolongadas, mas também, não se acerta no terceiro americano. Com mais um americano do mesmo nível dos outros dois que temos, mais os portugueses, acho que podemos discutir o título.

    Na formação lideramos em todas as categorias, o que é significativo do trabalho -bom trabalho - que estamos a fazer.

    Um abraço e força Porto.
    Não há inferno que apague o fogo do Dragão.

    ResponderEliminar
  3. VILA Pouca:

    «Estive lá, mas já fiz uma promessa: nunca mais vou para a bancada por trás dos bancos»

    Porquê? :) Não te deixavam reclamar:)

    Olha, eu passei o jogo todo a puxar pela equipa, reclamando com os árbitros, festejando exuberantemente os 29 golos do Porto... Ao meu lado o Blue Boy parecia calmo, mas de um momento para o outro passou-se com um Carneiro:)

    ResponderEliminar
  4. Pena mesmo o resultado no basquete.

    A partida em Fânzeres foi quentinha e afastou o frio que estava.
    Picardias q.b. e até uma senhora que foi identificada pela GNR por ter entrado no corredor entre as bancadas e o ringue (a porta deveria estar trancada) para mandar umas bocas ao Jorge Silva.
    O Valongo tinha muito pessoal a assistir ao jogo mas a nossa claque esteve em excelente nível.

    Valeu, uma vez mais, a superior qualidade individual e a rotatividade da equipa sem se notar diferença alguma no rendimento da mesma que continua sem perder.

    Vi tb. o andebol do sofá e penso até ter visto o GNR a 'pegar' com o Vila Pouca e o Presidente a chamar o tal Senhor pelo seu nome :-)

    ResponderEliminar
  5. Lucho, o polícia implicou comigo porque na segunda-parte, como estava mesmo a beirinha do banco do Benfica, chamei Carneiro ao Carlos...Carneiro.
    " O senhor não pode dizer isso!" dizia o polícia." Mas ó senhor guarda, ele é Carneiro, ora veja na camisola: Carneiro, está lá escrito e é o nome dele." Dizia eu.
    Enfim, foi uma bela tarde de andebol, mas eu sou adepto, não sou VIP e se estivesse ali caladinho, ainda me dava qualquer coisa.

    ResponderEliminar
  6. Entrevista de Álvaro Rodrigues (meu conterrâneo) ao JOGO, ele q foi um dos melhores no jogo de domingo (andebol):

    Álvaro sem medo
    P.C.M.

    Álvaro Rodrigues está de volta. A longa ausência do lateral-esquerdo despertou nos mais cépticos dúvidas inabaláveis quanto ao seu regresso à boa forma. Vê-lo a fintar os defesas da meia-distância ou entrar de rompante pela linha dos seis metros era para alguns uma miragem. Adivinhar o futuro só com bola de cristal. Mas no clássico com o Benfica, Álvaro Rodrigues, o mesmo que em miúdo e no percurso pelas camadas jovens era apontado como o mais promissor da sua geração, respondeu à letra.

    Nos últimos dois anos, pouco se vira dele. Uma pubalgia levou-o ao bloco operatório e após uma paragem de três meses o azar bateu-lhe de novo à porta, quando uma lesão num joelho só se resolveu com o bisturi e mais oito meses de fisioterapia e treino condicionado. "Estive muito tempo a ver jogos da bancada, tal como o Candeias. Vimos muitos jogos juntos e sofremos juntos, por não podermos entrar em campo e ajudar" lembrou Álvaro, que agora, nos primeiros jogos a sério, já testa as suas capacidades: "Os jogadores reagem de forma diferente às lesões. Dei por mim a questionar se iria ser o mesmo jogador quando voltasse, se iria ter a mesma força. Até agora estou a safar-me". Foi entregue às suas ansiedades e a quilómetros de playstation, a sua outra paixão, que o andebolista foi fazendo um esforço por se manter optimista.

    Todos lhe reconhecem a organização metódica, o esforço que faz para não desiludir. Por isso, na equipa não houve quem não se empenhasse em o ajudar a ultrapassar uma caminhada solitária: "O apoio da equipa foi fundamental para mim. Nós temos mesmo um balneário forte e unido. Acho que isso se nota. O treinador sempre me tranquilizou. Dizia-me para ter calma, que quando estivesse pronto ia jogar".

    Há uns anos, quando representava o ABC de Donner, raramente atacava. O treinador vaticinava-lhe um futuro brillante, dizia que Álvaro tinha tudo para ser o sucessor de Resende, mas nos jogos apenas lhe atribuia tarefas defensivas. Depois de uma passagem pelo Arrate, ingressou no FC Porto em 2004 e, aos 24 anos, foi incluído nas acções ofensivas. A pressão aumentou, mas tanto Paulo Jorge Pereira como Carlos Resende depositaram total confiança.

    Agora, na vitória do FC Porto sobre o Benfica, um ano e meio depois da última vitória sobre os encarnados, Álvaro Rodrigues foi valioso. E até o seleccionador Mats Olsson já o incluiu na convocatória: o seu objectivo é agora derrotar a Letónia, em busca do apuramento para o Europeu de 2010.

    "Dá-me prazer jogar na defesa"

    "Estive muitos meses a treinar sozinho com o fisioterapeuta, a fazer trabalho específico. Não sei como vai ser a partir de agora. Isso é algo que o treinador tem de avaliar durante a semana. Eu só tenho de dar o máximo", confidenciou Álvaro Rodrigues, que reapareceu em forma num clássico, o que não está ao alcance de todos. E não só não deixou ficar mal o treinador, como agradeceu a dupla missão em campo: "Dá-me prazer jogar na defesa. Gosto do embate, do contacto. Não quer dizer que goste só de defender. Não é isso, mas sinto-me bem e no andebol internacional já não há muitas trocas defesa/ataque. O Carlos [Resende] tenta fazer isso". Esteve dois anos impedido de fazer o que mais gosta, mas finalmente a recompensa chegou: "Estes jogos são os que me dão mais prazer, porque têm um ambiente especial e porque defronto grandes jogadores como nós".

    ResponderEliminar
  7. Eu gosto de ANDEBOL, não gosto de ténis nem de golfe vejam se sabem porque????
    Vips o que é isso??? Adeptos são os anónimos que fazem quase 160km para ver um jogo de andebol, e apoiarem o F C PORTO .
    Blue boy
    Eu tenho um vídeo da jogada aérea que nem se pode mostrar , tal é a minha LOUCURA FORÇA PORTO......


    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Lucho

    Parabens por mais uma das tuas brilhantes crónicas, já muito "personalizadas ao teu estilo". E já agora aproveito para voltar um pouquinho atras, e dizer-te que não concordo quando dizes que nao damos muita importancia às «outras modalidades», isto porque devoro as tuas crónicas e as entrevistas então... :D, agora o facto de não comentar, não penses que me passas ao lado :P

    Confesso que não aprecio muito Andebol, ao contrário de Hoquei e Basket que simplesmente adoro ;) mas pude ver pela tua crónica que devia ter estado um ambiente fantástico na Póvoa e só por isso já fiquei com "pena" de nao ter feito parte da festa :), mas mais jogos virão...

    Dragão Vila Pouca o seu "episódio" dava uma anedota fantástica :) mas também quem o mandou meter-se na boca do lobo :)

    Há que continuar assim no caminho das glórias, e pensar já em festejar mais uma vitória logo á noite...

    ResponderEliminar
  9. Viva !

    Em grande como sempre !

    E cada vez mais completo. Gosto de ler a crónica de Pedro Porto. Acho que é preciso realçar o trabalho das camadas jovens.

    Mais uma vitória mais uma alegria em andebol !

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  10. Lucho:

    Pois é, não foram só os vips do bloge e não só, que foram ao Andebol, lol.....
    Também lá estive bem pertinho, e até confirmo, como o prometido, a excitação do presidente, com o tal, Carlos.....Carneiro!
    Como nunca comentei, as tuas crónicas, mas habitualmente leio todas as semanas, aproveito para te dar os Parabéns, pelo magnifico trabalho,que realizas!
    Saudações Azuis e Brancas!

    ResponderEliminar
  11. Mafaldinha:

    Pois, o prometido é devido. O comportamento simpático do Blue Boy não podia deixar de aqui ser referido:)

    Lady in Blue:

    Carago, tens q vir com a malta ver tb o andebol, para tb ficares fã deste desporto q tanto gosto.

    ResponderEliminar
  12. Porto Maravilha:

    Grande trabalho, o do Pedro Porto, um fã das nossas camadas jovens. Uma grande ajuda pois não posso estar em todo o lado:)

    ResponderEliminar
  13. Ta combinado Lucho...não duvido que ver andebol ao teu lado é mesmo para ficar fã.
    Qualquer dia fazemos uma claque só com membros do blog e aí sim... até os comemos carago loooool

    ResponderEliminar
  14. Lucho:

    Que mais haverá para dizer, senão que a cada semana que passa, cada vez mais nos surpreendes com os teus "resumos" soberbos das modalidades amadoras do nosso FC Porto do coração?

    Agora até, com a preciosa ajuda de outros Amigos do blog que sem eles, não seria possivel fazer crescer cada vez mais esta tua crónica semanal. São eles, o Pedro Porto, o Eurico Brandão e o André Cereja. Em meu nome pessoal, o meu especial obrigado por toda a ajuda/colaboração que dão ao nosso Lucho, sendo este espaço, tb vosso por mérito próprio. Mais uma vez, muito obrigado!!

    Depois, vamos então esmiuçar isto tudo por partes.

    No ANDEBOL, excelente final de tarde de domingo na Póvoa de Varzim, com uma vitória categórica sobre os GAYvotas por 29-25. Foi a minha primeira ida ao pavilhão da Póvoa, já que nunca lá tinha estado, e que primeira vez, direi eu.

    Tempo ainda para no intervalo conhecer pessoalmente um dos nossos habitués comentadores cá do burgo, o Dragão de Penafiel, a quem aproveito aqui para endereçar um forte abraço, tendo sido um prazer conhecê-lo.

    Por fim, dizer apenas que o tal Carlos... Carneiro... teve 2 adeptos especiais nas bancadas a torcer por ele. Era o Vila Pouca na zona VIP... era eu próprio na bancada oposta. Mas afinal, que mal tem assim de especial, em chamá-lo de Carneiro? era o nome dele, ora que caraças :D prontos, admito, Carneiro, foi mesmo o nome mais horrendo que lhe dirigi ;)

    No BASQUETEBOL, meio por meio, ou seja, uma vitória, uma derrota... pena é que se continue a não acertar com as «americanices».

    No HÓQUEI, sempre a mesma coisa... soma e segue. Nada a acrescentar.

    Por fim, nas CAMADAS JOVENS, excelente e importante análise aqui deixada pelo Pedro Porto... e por acaso, tb já tinha ouvido falar desse tal Josué que poderá estar ali um diamante em bruto pronto a lapidar... a ver vamos.

    ResponderEliminar
  15. Lady in Blue:
    Qualquer dia fazemos uma claque de andebol só com membros do blog!!!!!
    Gosto da ideia, pessoal vamos lá pensar nisso
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Ahhh, é verdade, óh Lucho vê lá se para a próxima evidencias todas as presenças dos Amigos do blog nas bancadas, senão um dia destes, ainda vais ter direito a um livro daqueles côr de GAYvota, vulgo, de reclamações, só para os teus esquecimentos :D

    Não fosse teres arranjado um convite extra pó terrorista júnior que me acompanhava, e que só me disseram depois à posterior, porque estava tão entretido em confraternizar com esse tal de (Carlos) Carneiro durante o jogo, que nem me apercebi que ele me acompanhava sempre nos dislates verbais em querer descer bancada abaixo para enfiar duas chapadas nesse tal... e queria ver como é que eu ia agora salvar-te a pele :)

    ResponderEliminar
  17. Pois, pois Blue Boy. Não sabia o nick dessa pessoa, mas agora já sei, da px não esqueço:)

    ResponderEliminar
  18. Dragão Penafiel:

    E atão tens esse vídeo da jogada «aérea» e quê-lo só para ti? Não é justo... toca mas é a colocá-lo aqui para todos os que não tiveram oportunidade de o ver, se deliciarem com a arte do andebol bem jogado.

    Já agora, ali acima já o tinha endereçado, mas aqui vai novamente um forte abraço por te ter conhecido pessoalmente no intervalo do jogo de domingo... na zona da fumarada que era tanto, que só de lá passar, para quê acender mesmo o cigarro? aquilo era só snifar o ar altamamente poluente e cair para o lado que nem tordos :D

    ResponderEliminar
  19. Pois é. Hoje é terca-feira. E nessa blogosfera já toda a gente sabe. É dia de amadoras, sob a pena do Lucho, sempre em reportagens excelentes e preciosas, permitindo que o dia a dia do Porto não seja monopolizado pelo futebol.

    No meio deste resumo das nossas modalidades, destaco a F-A-B-U-L-O-S-A foto do andebol, com a expressão na cara do nosso atleta a poder servir de exemplo do que se pretende de quem enverga aquela camisola. Está lá tudo. Garra. Querer. Poder. Mística. Espírito indómito.

    Pelo que li, o jogo de andebol teve uma moldura humana condizente com o espectáculo esperado, prova evidente que os Dragões nunca caminham sozinhos. Seja onde for.

    ResponderEliminar
  20. Quero agradecer os elogios que me tem feito.. Sou ainda um caloiro nestas andanças mas fico muito satisfeito por ajudar a divulgar as nossas camadas jovens.. Já escrevi sobre os iniciados, sobre os juniores e para a semana vai ser a vez dos nossos juvenis.. Este ano não tenho acompanhado ao vivo as nossas modalidades ( para o ano já vai ser diferente...é que eu vivo a 2 min do estádio e do futuro pavilhão;)), mas conto quando chegar as fases decisivas dar umas saltadas a Povoa..Fanzeres e a Matosinhos...
    Só tenho pena que a equipa de basket, que é a minha modalidade favorita a seguir ao futebol, não estar com uma qualidade semelhante as equipas de hoquei e de andebol..Tenho saudades de ir ao Rosa Mota ver Jared Miller e companhia a dar "showtime".. Mas a epoca ainda está no inicio..
    O hoquei ocupou a sua posição normal..
    Quanto ao andebol estou com grandes esperanças este ano.. Parece-me uma equipa solida e unida e bem orientada..

    ResponderEliminar
  21. Três «grandes» em Almeirim
    Benfica, FC Porto e Sporting vão participar no Torneio de Andebol Cidade de Almeirim, evento
    que vai decorrer nos próximos dias 29 e 30 de Novembro no Pavilhão Alfredo Bento Calado,
    em Almeirim.

    O torneio quadrangular contra ainda com a participação da
    equipa de andebol da Associação 20Km de Almeirim, que no
    primeiro dia do torneio defronta o Benfica. Sporting e FC Porto
    disputam o segundo jogo de apuramento para a final.
    Para dia 30, domingo, estão reservados os jogos de apuramento
    do 3.º e 4.º lugar, bem como final, marcada para as 16.45 horas.


    scp-fcp (16.15h)
    slb-almeirim (18.00h)

    3º/4º (15.00h)
    final (16.45h)

    ResponderEliminar
  22. Mais uma excelente crónica do Lucho, e agora com mais dois ajudantes !
    Quem é portistas e ama este clube, não pára de ganhar !
    Vamos por partes:

    No Basquetebol, penso que a equipa anda a oscilar muito, ora com boas, ora com más exibições ! Perdemos no Barreiro, mas não penso que tenhamos jogado mal. Penso sim, que nos falta "o tal" terceiro americano, para completar o plantel. A derrota deste fim-de-semana foi tangencial. Na taça de Portugal, continuamos !

    No hóquei em patins, ganhámos bem em Oeiras e no sábado estive em Fânzeres e vi o FC Porto regressar ás vitórias depois de dois empates caseiros. Um jogo que não foi fácil de todo, mas teve uma grande exibição do Emanuel Garcia. É um bom jogador, mas penso que deverá corrigir um pouco a sua disciplina, pois é várias vezes admoestado com cartões!
    No próximo Sábado vou tentar estar presente contra o Gulpilhares.

    Quanto ao andebol, estive pela primeira vez no Domingo, no pavilhão da póvoa e vi o FC Porto derrotar os lampiões e passar para primeiro lugar na classificação ! Somos neste momento a única equipa sem derrotas na competição ! Foi um grande jogo sempre com um apoio constante durante todo o tempo à equipa que no final agradeceu (apareço na foto) !!
    À saída encontrei-me com o Lucho e será um prazer das próximas vezes conhecer mais pessoal aqui do blog ! :)

    Abraço,
    Tripeiro SD 86

    ResponderEliminar
  23. Meu caro Lucho:

    É com enorme prazer que leio a tua crónica de terça sobre as modalidades ditas amadoras e que esta semana é bem extensa.

    Foi agradável ter conhecido uma das pessoas importantes deste blog que tanto gosto.

    Tal como te disse no jogo com a Académica (basquete) achei que o Porto defende mal e que falta bastante jogo colectivo. É verdade que contra a Académica Nuno Marçal esteve imparável com os seus triplos mas, mesmo assim, sofremos demasiados pontos e muitas penetrações para o cesto por má colocação dos jogadores na defesa. Por isso, foi sem surpresa que perdemos no Barreiro.

    Também foi sem surpresa que ganhámos no hóquei pois esta equipa é uma máquina. Só tem de ser mais eficaz na Champions.

    No andebol foi sem surpresa mas com redobrada satisfação que soube da magnífica vitória sobre as GAYvotas passando assim para o comando do campeonato. Depois de ler a tua crónica sobre o desenrolar da partida e sobre a presença do Estado-Maior do Bibó-Porto fico com pena de não ter estado lá. Fica a promessa de num dos próximos jogos me delocar à Póvoa para ver o andebol.

    Uma palavra para as camadas jovens: depois de um arranque aos repelões, parece que finalmente os juniores A estão a carburar em pleno e a assumir as responsabilidades do comando da série.

    ResponderEliminar
  24. Dragão66 e Tripeiro:

    É sempre um prazer encontrar-vos nos jogos das modalidades do nosso Porto e tb por aqui nos comentários. Apareçam mais vezes para colocarmos a conversa em dia.

    Um abraço para os 2.

    ResponderEliminar