14 outubro, 2011

Chamem a polícia

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Estou a gozar os últimos dias de liberdade. Não faltará muito para estar atrás das grades. É que “o Ministério Público quer portistas na prisão”, como efabulava um “jornal” da capital no título da notícia que fazia a manchete da edição da passada terça-feira. Ora bem, o anúncio não podia surgir em melhor altura: senhores polícias, para vos poupar trabalho, é com todo o gosto que vos informo de que no sábado estarei bem perto de Lisboa: em Sintra, no Campo Pardal Monteiro, por volta das 15 horas. Já sabem onde me encontrar. A mim e a mais uns poucos criminosos por amarmos este clube que tanta azia provoca neste país mesquinho.

Confesso que já tinha saudades destas histórias do “jornal” mais lido pelo Portugal acéfalo. À falta de notícias sobre mais pedófilos apresentadores de televisão, sobre “serial killers” que matam uma família inteira com a tesoura da poda, sobre acidentes de automóvel que matam estrelas da TV, o “Correio da Matilha” atira-nos para manchete para, como sempre, se atirar a nós. Nós, que tantos jornais lhes vendemos, com as bombas que nos lançam, mas que não caem em lado algum. Ao contrário de outros, pois claro, a quem é sempre devido um destaque diário – mínimo que seja – mesmo quando a relevância dos factos é igual a zero, como as histórias da “Mulher de Salvio gosta de viver em Lisboa”, do “Jesus leva os netos à escola” ou do “Gaitan encomenda chuteiras vindas dos EUA”.

Desta vez, o protagonista – mas sempre o alvo número um destas histórias – não é Pinto da Costa, que mudou de casa, que está solteiro, casado e divorciado ao mesmo tempo, que anda metido com uma brasileira que podia ser sua filha ou que tem as luvas investigadas pela PJ. Agora, lembraram-se de recuperar o célebre e não menos vergonhoso caso do túnel da Luz que em 2010 deu o campeonato ao 5LB.

Hulk, Sapunaru, Helton, Fucile e Rodriguez foram acusados pelo Ministério Público pelo crime de ofensa à integridade física, que pode ser punido com pena de prisão até cinco anos. O que para o “Correio da Matilha” significa, tão-só, que eles já deviam estar atrás das grades, a apanhar sabonetes no chuveiro e a dar um ponto ao 5LB por cada dia que lá estivessem presos. Isto, claro, se o juiz se lembrar de os levar a julgamento e se os condenar por terem andado aos tabefes com uns macacos devidamente amestrados por superiores hierárquicos.

De qualquer forma, vou passar a estar mais atento à actividade do Ministério Público – não se lembre a dona Morgado de criar outra equipa especial para tratar deste caso hediondo de violência atroz, gastando mais uns milhares de euros ao erário público. Mas também vou estar mais atento ao campeonato de futebol interprisões. Hulk, Sapunaru, Fucile, Rodriguez e Helton são reforços de peso e estou em crer que o Custóias, para o ano, vai ter uma equipa do carago.

4 comentários:

  1. Afinal não bastou chamarem a polícia...

    O João está já a caminho de Portimão.
    Será que lhe vão emprestar um par de chuteiras?

    Pode ser.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Este é o país em que o Ministério Publico se preocupa com a prisão de meia equipa do FC Porto, mas que não se preocupa em apurar responsabilidades e investigar os senhores que criaram o buraco financeiro do BPN, os desvios colossais que agora levam a que se vá aos bolsos dos portugueses, os buracos financeiros nas autarquias, governos e empresas publicas…

    Este é um país a brincar…

    Quanto à forma como o nosso clube se tem de posicionar face a tudo isso?
    Terá de actuar como tem feito em todos os outros processos judiciais que têm envolvido o FC Porto…

    ResponderEliminar
  4. manuel moutinho14 outubro, 2011

    Eu acho que eles deviam prender a equipa toda do Porto e os Juniores também porque só assim é que o clube do regime pode ser campeão,o último campeonato que os do regime ganharam foi quando o Hulk e o Sapunaru estiveram castigados 2 meses.Por isso estão a tentar novamente o mesmo golpe,é esta a verdade desportiva que os gajos do regime querem! VIVA O PORTO.

    ResponderEliminar