27 julho, 2007

Este vício de vencer...

… é uma coisa que começa a dar ar de merecer honras de ser considerado um «case-study», porque não obstante épocas passadas que foram arrebatadoras e épicas para o clube, com o lapidar permanente de diamantes para os tubarões da Europa se deliciarem lá mais para a frente, continuamos a vencer… e a convencer (mesmo que por cá, tenhamos que continuar a sentir na pele a ‘inveja dos medíocres’).

Tendo ontem participado em mais um torneio de preparação para a nova época desportiva que se avizinha, desta vez, o Torneio Centenário da Atalanta (Itália), acabamos por conquistar mais um troféu enriquecendo ainda mais o nosso historial, fruto das vitórias nos 2 jogos realizados, ainda que de 45 minutos cada um e pelo mesmo resultado (1-0).

É caso para dizer que está cumprida mais uma etapa da preparação para a época que se avizinha, desta vez, em dose dupla.

data: 26.07.2007
torneio: Torneio do Centenário da Atalanta
local: Estádio Atleti Azurri D'Italia, em Bérgamo

FC Porto, 1 – Estrela Vermelha, 0
Adriano (9m)

FC Porto: Nuno; Bosingwa, Bruno Alves, Pedro Emanuel «cap.» e Lino; Paulo Assunção, Raúl Meireles e Luís Aguiar; Lisandro Lopez, Adriano e Quaresma

Não foi tudo, mas os primeiros 45 minutos ficaram de uma forma magistral, marcados pelo monumental golaço de Adriano, quando este amortece a bola no peito, depois de (mais) um cruzamento de trivela do nosso mágico Harry 'Quaresma' Potter, e executa um espectacular pontapé de bicicleta que só acaba com a bola no fundo da baliza adversária, estavam ainda decorridos apenas 9 minutos de jogo … foi um daqueles golos de ‘levantar o estádio’ que merece ser visto, revisto e novamente revisto vezes sem conta.


O FC Porto conseguiu manter neste jogo até bem perto dos 30 minutos, uma já razoável circulação de bola entre os seus jogadores, num onze que era muito próximo do normalmente utilizado na época passada … as excepções eram Nuno, Lino e Luís Aguiar.

Foi conseguindo criar diversas oportunidades de golo para ampliar o resultado, até que à passagem da meia-hora, o árbitro resolveu intervir e procurar dar alguma maior emoção ao jogo, quando inventa literalmente (serão efeitos do ‘apito Bermelho’?) uma grande penalidade que poderia ter alterado o rumo do controle total do jogo que os azuis-e-brancos estavam a mostrar, o que não chegou a acontecer por obra e graça do Nuno “Espírito Santo” que tratou de manter a justiça no resultado do jogo, tendo defendido a grande penalidade.

Pela positiva neste jogo, o fenomenal golo de Adriano, Quaresma com as suas trivelas e Nuno com muito segurança… com nota negativa, apenas o facto de Luís Aguiar me parecer, pelo 2º jogo consecutivo, completamente perdido em campo. Não sei se terão visto o mesmo que eu?

FC Porto, 1 – Atalanta, 0
Lisandro Lopez (8m)

FC Porto: Nuno; Fucile, João Paulo, Bruno Alves e Cech; Bolatti, Kazmierczak, Jorginho; Quaresma, Edgar e Lisandro. -- Jogaram ainda: Lino e Adriano.

Para o segundo jogo, o FC Porto surgiu transformado no seu onze, fruto das muitas mexidas operadas pelo treinado, tendo-se mantido apenas em campo e do 1º jogo, Nuno: Bruno Alves, Quaresma e Lisandro.

Aos 7 minutos de jogo, Lisandro inaugura o marcador aparecendo ao 2º poste para empurrar a bola depois de um passe de cabeça de Edgar, no seguimento de mais uma «obra-prima» de Ricardo Quaresma, que de «letra», faz o cruzamento… mais uma vez, brilhante e só ao alcance dos predestinados.


Contra um adversário mais forte, o da casa (Atalanta), deu para perceber uma já apreciável consistência defensiva, mas onde o sentido ofensivo, alguém que transporte jogo, continua a ser muito deficitário, na maior parte das vezes, disfarçada pela «dependência» dos virtuosismos de Ricardo Quaresma.

Até ao final do jogo, e fruto de alguma pressão ofensiva por parte dos italianos, Nuno tratou de dizer “presente”, tendo segurado o resultado com um punhado de boas e importante defesas.

Pela positiva neste jogo, a consistência defensiva, Nuno imperial, Bolatti em crescendo e toda a jogada que dá origem ao golo de Lisandro… com nota negativa, a falta de alguém que pegue no jogo e leva a bola para a frente, porque apenas e só Quaresma, é pouco, muito pouco.

ps1 – [nova actualização] temos já 15 aliados na divulgação do [CoNtRa dOSsiEr] "o apito Bermelho" com a colocação do banner respectivo nos seus espaços de discussão. São eles o Portistas de Bancada, Estádio do Dragão, O Gil, Dragalhadas do Dragão, Mundo Azul e Branco, Sangue Azul, Dragão Nortenho, Sou Portista com Orgulho, FC Mangalhões, DragãoPentaCampeão, Blog do Dragão Azul, Anti-Lampião, Tribunal do Futebol, BlogHistórias e Alfrodo… e tu, de que esperas afinal para te juntares a nós nesta causa, que não é nossa!, mas sim de todos os Portistas? Se também estás interessado em aderir a esta causa em prol da 'honra e bom nome do FC Porto', solicita-nos via email o código do banner, mas não te esqueças de nos comunicar qual o endereço do teu espaço de discussão, de forma a que possamos manter devidamente actualizada a lista dos aliados.

ps2 – são já ‘4 cérebros do photoshop’ a trabalhar no estirador. E tu? que esperas?… se te consideras um ‘cérebro em photoshop’, tenho a comunicar-te que está em aberto um concurso de ideias para um projecto em que se pretende acima de tudo, prestar a devida homenagem a um momento muito importante deste espaço de discussão e que tudo indica, irá ocorrer em breve, mas ao mesmo tempo, festejá-lo condignamente com todos vocês que nos visitam e que fazem deste espaço aquilo que ele hoje é na blogosfera azul. Se te sentes motivado, só tens que enviar um email para blogdoblueboy@gmail.com, que de imediato na volta, explico-te o que pretendemos. Agora, despachem-se lá com isso, porque o tempo já não é muito e como tal, há que dar corda na sapatilha.

14 comentários:

  1. É mesmo um vício.
    E continuando a saga do Mágico bastou um par de passes mágicos para arrumar os casos.

    Aos 9 minutos da 1ª. partida um passe de 'Trivela Leviosa' do HQuaresmaP para um pontapé de 'Bicicleta Retractum' do Adriano.

    Aos 7 da 2ª. o LL arruma o jogo depois de uma jogada iniciada com um passe de 'Letra Totalis' do mágico de serviço.

    E mais um caneco pró Museu.

    Apenas uma nota para realçar que existe ainda um grupo de jogadores que não vimos (Stepa9, Farias, Mariano, L. Lima, ?) e outros já velhinhos na casa mas que ainda ñ jogaram está época (Lucho, Helton).

    ResponderEliminar
  2. Os cães ladram, a caravana passa.
    Depois da histeria mediática a que assistimos ontem com directos, entrevistas e análises profundas, lá fomos nós ganhar mais uma vez, um particular, é certo, mas de enorme interesse para a preparaçao da equipa. É isso, este vício de vencer ...
    Gostei razoavelmente das duas equipas, dos reforços, com destaque para o Nuno - excelente - o Bolati, o Kaz esteve melhor e o Lino também.
    Dos restantes conhecidos, o destaque para o Lisandro e, claro Quaresma e o Imperador Adriano.
    Sou um fã dele ( Adriano ), é um jogador enorme, pode falhar mas está sempre lá. E aquele golo não é para qualquer um.
    Vamos continuar a trabalhar e a ... ganhar

    ResponderEliminar
  3. Allez, Porto, allez!
    Vencer é a palavra de ordem naquela casa. Duas boas exibições, já com pinceladas da personalidade requerida às equipas de Dragão ao peito e com muita magia à solta de Quaresma. Logicamente que, mesmo em jogos particulares, quanto mais vencemos, mais a azia dispara em muitos sectores. Não me importa que, para poder ter uma capa do Porto, tenha k obrigatoriamente comprar o Jogo, pois os outros pasquins preferem ostracizar-nos. Mas isso também serve de prova para vermos o quanto as nossas vitórias os afectam, obrigando-os a jogos de cintura, empurrando as notícias para cantinhos das páginas, camuflando-os em locais poucos vistos. "Coisa feia, a inveja"!

    Um abraço,

    ResponderEliminar
  4. Eu, cocaína salgado27 julho, 2007

    Então a PutaCocainómana(não tenho nada contra , mas é preciso muita guita para alimentar o vício!) recebe para além de proteção policial paga com os nosso s impostos subsídio de desemprego!?!?!?(dá para pagar umas linha de coca) Não lhe chegam os 20 mil Euros por atacado do Vieira e os royaltyes da dupla pinhão&botelhoSA que nojo de país!

    ResponderEliminar
  5. Vou contar-vos uma história: Ontem num café aqui da Lourinhã, em frente à praia, lá estava eu sentadinho em frente a uma das tvs q por acaso estava na rtp1...por volta das 8 uma situação caricata, todos com uma única excepção (lucho)se viram para a outra tv (tvi q abriu o jornal da noite com a simoneta) e lá estava eu, o único q n quis saber da simoneta para nada, e todos de frente para mim e certamente reparando q só queria era ver a tv por trás deles e o grande porto a jogar...todos melancólicos sem o capitãozinho... no golo do adriano ainda me reservei um pouco mas no do lisandro lá soltei o grito do dragão para se roerem todos de inveja...eheheh q gozo, ganhar assim, mt mais gozo até contra tanta gente mediocre e invejosa... parabéns Porto!!

    blue:
    tb achei o aguiar perdido em campo... E AGORA vou para a praia...eheheh

    ResponderEliminar
  6. Então devem convidar para ALIADOS, as casaS do FCP, espalhadas pelo país , as delegações, as CLAQUES (têm "sites" muito frequentados)e por exemplo também oportal dos dragões.Até o MST, era capaz de fAZER UM RESUMO DO "contradossier", NA SUA CRONICA NA "abola" .e PORQUE NÃO COLOCAR EM "PAPEL" O CONTRADOSSIER,NAS PAREDES DO eSTADIO DO dRAGÃO ?!
    sE ACHAREM UM disparate, eSQUEÇAM!!!

    ResponderEliminar
  7. bons testes.
    Gostei da equipa, quanto a faltar um homem que pegue no jogo de tras,lele existe mas como ontem foi mencionado tanto o luis aguiar como o jorginho estavam muito avançados no terreno,vamos esperar pelos novos reforços para ver,mas penso que temos mais e melhores solucoes que o ano passado.


    abraço

    ResponderEliminar
  8. Gostei do que vi ontem embora falte olear a tranzição defesa-ataque, mas como ainda faltaram alguns jogadores espermos para ver os proximos jogos.


    Amigo Estilhaço "E mais um caneco pró Museu.", onde é que fica o museu,carago? Não me digas que fizeram o museu e não me disserem nada... eheheheh

    BFDS.

    ResponderEliminar
  9. Dragão Azul, é mesmo boca, a ver se andam para a frente com a história do museu.

    ResponderEliminar
  10. Gostei do pouco que vi. É indisfarçavel a falta do Lucho no meio campo.Tenho muita fé no Bolatti. Na esquerda prefiro o Fucile em detrimento do Lino e Cech.Gostei do trio de ataque, embora não seja um super fã do Adriano, embora neste momento justifique a titularidade. Estou ansioso para ver o Stepanov e o "Teclas". Transição defesa-ataque não pode depender tanto do mágico ciganito.

    Se a máquina ficar bem afinada e oleada, teremos uma óptima equipa.



    P.S: Nuno Esírito Santo, aquele guarda-redes que na final da Taça Intercontinental resolveu danificar os nervos dos adeptos ao não se aplicar nos penalties, ontem, supreendeu-me.

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Uma só palavra para o golo do Adriano: FENOMENAL!!!!!

    ResponderEliminar
  12. Nascidos para ganhar.

    Este poderia ser o título, dos futuros portistas.
    Andei 37 anos (1987) para dizer que era CAMPEÃO DA EUROPA DE FUTEBOL, mais uns mesitos e já podia dizer CAMPEÃO MUNDIAL DE CLUBES, 17 anos depois mais uns titulozinhos para a estante, ENFIM, tenho orgulho em ter escolhido o CLUBE da minha vida.

    Bem hajam

    ResponderEliminar
  13. Faço as coisas por outro lado27 julho, 2007

    ...e com um Clube(protegido por todos os regimes Fascista(Comunista/Socialista/SocialDemocrata etc) possesso de inveja ( o Lisboa e Benfica) a perseguir-nos ainda mais orgulho tenho!!

    Inspectora Morgado mulher do»Sanches»fiscalista do Vieira» o gajo que pagou o livro da COcaína Salgado»que escreveu um livro que foi reescrito pela Pinhão»mulherdo botelho» q quer fazer um filme "PERSEGUIÇÃO"

    ResponderEliminar
  14. Porto contra Lisboa
    Guerra entre gémeas Salgado alastra ao DIAP

    A PSP recusou fornecer segurança pessoal a Ana Maria Salgado com base num relatório do DIAP de Lisboa. O DIAP do Porto ficou descontente.


    Ana e Carolina Salgado: apenas a segunda tem protecção policial



    A recusa do Comando Central da PSP em fornecer segurança pessoal a Ana Maria Salgado, depois de ter atendido a idêntico pedido feito pela sua irmã gémea Carolina, está na origem de um profundo mal-estar entre os DIAP (Departamentos de Investigação e Acção Penal) do Porto e Lisboa.
    Os responsáveis pelo DIAP do Porto não gostaram de saber hoje que a PSP justificava a recusa em garantir a segurança de Ana Maria num relatório do DIAP Lisboa.
    O pedido de atribuição de segurança a Ana Maria foi apresentado no passado dia 17 pelo procurador Almeida Pereira, do DIAP do Porto, e por duas vezes reiterado.
    Foi a primeira vez que um pedido de protecção de testemunha feito pelo DIAP foi recusado pela PSP.
    A divergência entre os dois departamentos da PGR foi confirmada ao Expresso por uma fonte judicial.
    O Ministério Público tornou-se uma baixa colateral da guerra fraticida entre as gémeas Salgado, que transbordou para o domínio público depois de Ana Maria ter desmentido muitas das informações publicadas pela irmã no livro "Eu Carolina" e que estão na base da reabertura de vários processo judiciais no âmbito caso "Apito Dourado".

    ResponderEliminar