24 julho, 2007

Momentos de glória (II)

Na semana anterior explanei aqui, nesta coluna de opinião, as conquistas da época 98/99 quando se conseguiu o 1º pleno das modalidades. Segue-se uma viagem a um passado não tão «longínquo», altura em que o FC Porto conseguiu o seu 2º pleno nas 4 modalidades. Vamos recuar então, até 2003/04, época em que pela segunda e última vez, até hoje, um clube conseguiu ganhar todos os campeonatos:



24 de Abril de 2004

O FCPorto de Mourinho preparava-se para o jogo do dia seguinte em que se os Dragões ganhassem ao Alverca sagrar-se-iam, de imediato, bicampeões Nacionais de futebol. O FCPorto ganhou 1-0 com um golo de Bosingwa num Estádio do Dragão completamente lotado (eu incluído), mas a primeira festa tinha sido na véspera desse jogo quando o Sporting perdeu em Leiria e logo ali deu o título aos Portistas. O FCPorto pode assim preparar convenientemente a sua campanha Europeia que terminou 1 mês depois com a conquista da Champions (no ano anterior tínhamos conquistado a Uefa). Este FCPorto bicampeão Nacional era treinado por Mourinho e tinha como principais jogadores Vítor Baía, Nuno, Paulo Ferreira, Nuno Valente, Ricardo Carvalho, Jorge Costa, Costinha, Maniche, Alenichev, Deco, Carlos Alberto, Derlei, McCarthy, Pedro Mendes, entre outros... O FCPorto terminou a prova com 8 e 9 pontos de avanço sobre Benfica e Sporting, respectivamente.


05 de Maio de 2004

Nessa noite o Sporting perdeu em Braga o que, desde logo, garantiu o tricampeonato de andebol ao FCPorto que no dia a seguir goleou, no Restelo, o Belenenses por 36-28. Dias antes, tinha estado em Santo Tirso a ver o Porto-34-ABC-30 que terá sido a vitória mais importante do FCPorto nesta fase final. O Porto terminou a prova com 10 pontos de avanço sobre o Sporting. Paulo Jorge Pereira era o treinador (sucedera ao categorizado Branislav Pokrajac no final da época anterior) e tinha como principais jogadores Resende, Petric, Dedu, Carlos Ferreira, Ricardo Costa e Rui Rocha, uma equipa fabulosa...


29 de Maio de 2004

Em Queluz, o FCPorto bateu a formação local (treinada por Alberto Babo) por 74-72 e sagrou-se campeão Nacional de basquetebol, 5 anos depois, com Pinto da Costa a assistir ao jogo decisivo ao lado do Presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara. Na final do play-off o FCPorto bateu o seu adversário (Queluz) por 3-1 tendo como treinador Luís Magalhães e como principais jogadores Heshimu Evans, Stewart, Stanback, Paulo Cunha, Rui Mota e Elvis Évora. Até à final, o FCPorto despachou o Seixal por 3-0 e o Belenenses por 3-1. O FCPorto dessa época ganhou todas as provas Nacionais, campeonato Nacional, taça de Portugal e taça da Liga, enquanto o Benfica surpreendeu, pela negativa, ao não conseguir o apuramento para o play-off do Campeonato.


26 de Junho de 2004

No hóquei em patins os Dragões foram tricampeões Nacionais numa época de renovação (Tó Neves saiu mas também Paulo e Pedro Alves) em que no início da fase final o Porto não estava na liderança mas não tinha perdido a esperança... Na fase final os Dragões efectuaram uma bela prova e chegaram à última jornada com possibilidades de se sagrarem (tri)campeões mas para isso tinham a obrigação de ganhar ao líder Barcelos, a quem bastava empatar. O treinador Portista era Franklim Pais que ambicionava chegar à liderança (e ao título) pela 1ª vez durante essa época. Em Fânzeres, uma enorme massa adepta (também lá estava o Lucho) levou o FCPorto à vitória por 7-4, num jogo memorável e assim se celebrou de forma intensa e emocionante um quase impensável tricampeonato. Ainda recordo a emoção de Ilídio Pinto e Franklim Pais, momentos após o final do encontro. A partir dessa conquista, foi sempre a abrir, e, como devem saber, já vamos no hexacampeonato. Em 2003/04 os principais jogadores do Porto eram Bosch, Ventura, Filipe Santos, Reinaldo Garcia, Pedro Gil e Emanuel Garcia (todos eles faziam ainda parte do plantel 2006/07). Em 2004 o Porto foi, de novo, finalista vencido da Taça dos Campeões Europeus, ganha pelo clube em 1986 e 1990.




E pronto, a viagem a 2004 está finalizada. A magia do nosso clube tem, de facto, muitos capítulos gloriosos mas, a partir de agora, é unir forças e encarar a próxima época, 2007/08, com optimismo e confiança. O nosso Porto encarregar-se-á de voltar a fazer história e nós cá estaremos para comentar. E, sempre de forma dedicada e apaixonada. O exército conquistador, como lhe chamou o Paulo Pereira, está já a preparar mais uma época de muitas batalhas, muitas lutas e também de muitas injustiças, acusações e discriminações. Mas, este não é um exército qualquer, é um exército que tem nos seus muitos admiradores a principal mais valia. Porque, como alguém já disse, ser Portista é um estado de alma, um estado de espírito que nos acompanha todos os dias das nossas vidas. Por isso, F.C.Porto, por muito que te ataquem, nunca estarás só! Então, mãos à obra!! Queremos o 3º pleno da história do desporto Nacional!!!




Quando alguém se atrever a sufocar
o grito audaz da tua ardente voz

oh, oh, Porto, então verás vibrar

a multidão num grito só de todos nós.


(Excerto do hino oficial do FCPorto)




Saudações azuis e brancas,

Lucho.

notas do administrador:

ps1 – nova actualização no [CoNtRa dOSsiEr] "o apito Bermelho" com o upload de 5 novas imagens (actualmente com 118 slides) bem fresquinhas, agora que parece que o “apito vai mesmo apitar”… passem por lá para confirmar [os problemas técnicos ontem detectados com a não visualização automática em slideshow, já foram resolvidos].

ps2 – temos já 8 aliados na divulgação do [CoNtRa dOSsiEr] "o apito Bermelho" com a colocação do banner respectivo nos seus espaços de discussão. São eles o Portistas de Bancada, Estádio do Dragão, O Gil, Dragalhadas do Dragão, Mundo Azul e Branco, Sangue Azul, Dragão Nortenho e Tribunal do Futebol… e tu, de que esperas afinal para te juntares a nós nesta causa, que não é nossa!, mas sim de todos os Portistas? Se também estás interessado em aderir a esta causa em prol da 'honra e bom nome do FC Porto', solicita-nos via email o código do banner, mas não te esqueças de nos comunicar qual o endereço do teu espaço de discussão, de forma a que possamos manter devidamente actualizada a lista dos aliados.

ps3 – já temos ‘3 cérebros do photoshop’ na mesa de inscrições, e tu? porque esperas?… se te consideras um ‘cérebro em photoshop’, tenho a comunicar-te que está em aberto um concurso de ideias para um projecto em que se pretende acima de tudo, prestar a devida homenagem a um momento muito importante deste espaço de discussão e que tudo indica, irá ocorrer em breve, mas ao mesmo tempo, festejá-lo condignamente com todos vocês que nos visitam e que fazem deste espaço aquilo que ele hoje é na blogosfera azul. Se te sentes motivado, só tens que enviar um email para blogdoblueboy@gmail.com, que de imediato na volta, explico-te o que pretendemos. Agora, despachem-se lá com isso, porque o tempo já não é muito e como tal, há que dar corda na sapatilha.

8 comentários:

  1. Bom post.
    Parabens

    ResponderEliminar
  2. O meu maior orgulho neste post é ter encontrado estas 4 fotosc com nomes de grandes atletas e técnicos do nosso Porto q jamais esqueceremos, nomes q fizeram história... Temos Alenichev, Deco, Derlei e Maniche no futebol...dp temos Petric e Deduno andebol...dp Heshimu Evans no basquetebol e Franklim Pais no hóquei...

    ResponderEliminar
  3. Pois é Lucho, sempre a recordar-nos as grandes epopeias do Dragão.
    Quanto ao futebol, mais uma vez, lá soubemos antes da hora que eramos campeões, o que lhe tirou algum brilho, mas prontos, o que mais interessava, tinha sido atingido, o título de campeão (pera lá, mas eles não dizem que nós só fomos campeões esse ano porque o de preto se enrolou com umas gajas no jogo caseiro contra o EAmadora? olha que sim, olha que sim :-P)
    No andebol, uma época de grandes estrelas no nosso plantel e um 7 base de sonho... no final, mais uma conquista!
    No basquetebol, lembro-me perfeitamente de ter visto esse jogo... e que grande equipa tinhamos nessa altura.
    No hóquei, tb estive lá nesse jogo e que 'sauna' era aquele pavilhão, tamanho era o calor que por lá emanava... desidratação era aos montes, mas no final, venceram os melhores, venceu o FC Porto! Em grande destaque a épica fase final do FC Porto... memorável, carago!
    aKeLe aBrAçO,
    http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. E recordar é viver. Grande época essa - mais uma na nossa longa história - com a epopeia de vencer os 4 campeonatos principais. E, ao ler isto, ao reviver momentos tão intensos, fiquei também algo confuso:
    Se estamos a ser investigados por essa época, parece-me, por essa equipa abnegada de inspectores, procuradores e mais uns parasitas, apenas nom futebol, pk não no resto?
    Já agora, fica aqui o apelo a essa paladina, ex-PCP, mulher algo amarga mas tão louvada neste País de brandos costumes. Investigue o Hóquei, o Basquetebol, o Andebol. Pela lógica da batata, se vencemos aí também...

    Um abraço Lucho

    ResponderEliminar
  5. Nada como recordar estes momentos gloriosos para nos dar inspiração que nos leve a novas conquistas e novos feitos.
    E este ano até estivemos perto...
    Já dizia o Mourinho: É difícil mas não irreptível.

    ResponderEliminar
  6. Lucho, um post à...Lucho.
    Obrigado por partilhares estas memórias.

    ResponderEliminar
  7. Rumor de uma contratação bombástica.
    http://www.estadiodragao.com/

    É de aguardar.

    ResponderEliminar
  8. Bombástica? só se for o Deco...

    qT à época de 2003/04 tb acho difícil repetir, mas é verdade q acredito ser possível... Força Porto...

    ResponderEliminar