01 dezembro, 2007

Prónuncia do Norte

data: 01.12.2007 - competição: bwin LIGA 2007/08, 12ª jornada
local: Estádio da Luz, Lisboa - assistência: ??? espectadores
fc porto: Helton; Bosingwa, Bruno Alves, Pedro Emanuel, Jorge Fucile; Paulo Assunção, Raul Meireles (Bolatti 81'), Lucho Gonzalez; Sektioui (Hélder Postiga 60'), Quaresma (Mariano Gonzalez 68') e Lisandro Lopez.
golos: Quaresma (41').

E não é que o 2º ‘grande europeu’ a visitar o galinheiro esta semana os deixou em perfeito estado de lágrimas, tamanho foi o banho de bola que levaram em todas as nuances de jogo? Provavelmente, lá voltarão os habituais ‘rídiculos e invejosos’ nos próximos dias com a velha cassete já gasta do ‘sistema’… sim, o ‘sistema das vitórias’, dizemos nós, e sem espinhas!

Quem estivesse alheado do que se passa desportivamente a nível interno, era capaz de jurar que do outro lado estava uma super-equipa, uma super-potência, uns super-herós de enc(o)rnada vestida; bastava atentar no que se ia dizendo, ouvindo ou escrevendo… mas como sempre, não passam de uma manta de retalhos de má, muita má qualidade, que quando visitados pelo GRANDE FC Porto, são literalmente vergados à nossa SUPERioridade.

Elogios também para o esquema e o onze seleccionado para este jogo por parte do Prof. Jesualdo Ferreira que mais não fez do que seguir as indicações dadas em campo desde há muito pelo ‘onze’ mais forte, agora que Pedro Emanuel recuperou o seu lugar na defensiva, para ocupar a vaga do até agora recentemente titularissimo Stepanov, que nos últimos jogos, comprometeu e de que maneira, justificando-se plenamente esta alteração… se há que defender o FC Porto, também se justifica defender o jogador do ‘linchamento público’, que mais tarde, acredito, nos virá a ser muito valioso num futuro próximo.

O jogo começou com os enc(o)rnados a mostrarem-se nos primeiros minutos mais perigosos, com mais posse de bole a até tendo criado uma grande oportunidade por Nu(l)o Gomes, ainda não estava decorrido o 1º minuto de jogo, mas foi ‘sol de pouca dura’, porque com o passar do tempo, rapidamente o nosso meio-campo mais uma vez magistralmente comandado por ‘El Comandante’ Lucho e bem acompanhado na batuta por Paulo Assunção e Raul Meireles, serviam e chegavam para todas as encomendas, pautando todo o nosso jogo.

A partir dos 10 minutos de jogo, e quando o ‘trauliteiro’ David Luiz, uma tal de coqueluche para aqueles bandas (mas para lá, e com o apoio da descomunicação social bajuladora e subserviente, qualquer m#$%& é uma coqueluche) já deveria estar na rua por distribuir lenha atrás de lenha, o FC Porto começou a crescer no jogo e com maior ou menor dificuldade, ia começando a criar oportunidades de golo com uma naturalidade, que adivinhava-se a todo o momento, o nosso golo.

Pelo meio, Tarik com um excelente remate descaído para o lado direito na área adversária e depois Lisandro à boca da baliza a não conseguir desfeitear Quim, poderiam muito mais cedo ter inaugurado o marcador a nosso favor.

Esse momento aconteceu apenas quando se caminhava para o final da 1ª parte, estavam decorridos 41 minutos, quando Lucho com um passe magistral desmarca Quaresma na ponta direita que parte em direcção à defensiva e com a tal ‘coqueluche’ pela frente, resolver dar-lhe um nó cego que o deixou até esta hora (aposto!) ainda meio desorientado e coloca a bola entre Quim e Luizão com o seu remate mais característico: a trivela. Estava feito o 0-1 para o FC Porto e a dar-se justiça ao resultado, tal era a superioridade demonstrada em campo pelos azuis-e-brancos.

Para a 2ª parte, voltou a ser o FC Porto a entrar melhor e a conseguir suster com relativa tranquilidade uma ligeira pressão imposta pelo adversário enc(o)rnado, tendo mesmo até conseguido no primeiro quarto de hora, por intermédio de Hélder Postiga e Quaresma disposto de oportunidades para aumentar a vantagem no marcador.

A determinado altura, sentiu-se um ligeiro retraimento defensivo pela nossa parte, mas sem nunca descurar os rápidos ataques que procuravam aproveitar algum desnorte táctico do adversário, mas que por um ou outro motivo, nunca tiveram o sucesso pretendido.

A cerca de 10 minutos do fim, tempo para Hélton brilhar ao mais alto nível, quando consegue defender uma bola que levava selo de golo por parte de mais uma das ‘coqueluches’ daquelas bandas, um tal de Freddy Adu, que até hoje mais não fez do que se apresentar como ‘americano’ e trazer atrás de si um arsenal publicitário da Nike, o que para aquelas bandas, deve ser uma coisa importantíssima. Pobres de espírito.

O jogo foi-se arrastando para o seu final, sem mais grandes destaques, senão dizer que o controle do jogo era nosso em todos os domínios de jogos, dando até tempo para circulação de bola que dava origem a ‘olés’ por parte da nossa magnifica claque que se deslocou a Marrocos para apoiar o nosso PORTO.

Se dúvidas haviam, elas voltaram a ficar desfeitas (mais uma vez!)… com 7 pontos de distância para o ‘clube do regime’.

azul + : Ricardo Quaresma (VIPortista), Lisandro Lopez, Lucho, Pedro Emanuel e para a demonstração de ‘alma de Dragão’ do Prof. Jesualdo Ferreira no final do jogo onde insultado, os ‘mandou a todos’ para o sitio respectivo!!!

azul - : Hélder Postiga e Mariano Gonzalez, que pouco ou nada trouxeram à equipe.

arbitragem: Jorge Sousa (Porto), procurou refugiar-se dos problemas, mas ao fim do 1º quarto de hora de jogo, já tinha feito 2 asneiras e das grossas: olhos vendados para as ‘traulitadas’ do caceteiro (para aquelas bandas, chamam coqueluche) David Luiz que deveria ter ido tomar banho por aquela altura e mais tarde, para uma vista grossa à grande penalidade (mais uma!) cometida sobre Lisandro. No resto, procurou segurar o jogo… e conseguiu.

ps - depois desta, não me falem mais em padres... sei bem onde é que lhe devia de nascer um pinheiro... dassseee pó carago!!!

12 comentários:

  1. Parabéns ao Porto que hoje foi uma equipa eficaz e inteligente...

    Hoje não direi mal do jesualdo, pois as opções que tinha no banco usou as melhores...

    Mas se as escolhas estão correctas isso é outra coisa...

    Mas hoje é dia de festa, altura de comemorar e viva o FCPorto...

    Afinal os jornais vão ter de refazer de novo as contas, porque afinal o Porto não vai ter só um ponto de vantagem... São 7!!!!!!

    Quaresma é fantástico e merece o que ganha... Lisandro, sem mais palavras para enaltecer o grande jogador que se tornou... Lucho, o cérebro de uma equipa...
    Pelo inverso, Postiga e Mariano, foi difícil acabar só com 9 em campo...

    Amanhã faço o meu report ao jogo...

    VIVA O FCP

    Saudações azuis e brancas
    Carlos Pinto

    ResponderEliminar
  2. Não vi o jogo nem sabia o resultado.
    Liguei a TV e deliciei-me com o 0-1 e com as caras das gentes da comunicação social - um até falava como razão da derrota um posivel maior cansaço benfa devido ao Porto ter alguns jogadores que não jogaram em Liverpool - , um tanto desolados. Gostei de ouvir as críticas benfas ao Camacho, enfim vai ser um bom fim d semana.
    Grande golo do Quaresma, genial, Tarik quase marcava num excelente remate, Helton esteve bem salvo mais uma saida tremida.
    Grande Porto, excelente vitória.

    ResponderEliminar
  3. Em feriado da Restauração da Independência uma dupla vitória.
    4-2 ao HCBraga em Fânzeres e 0-1 na Luz.
    Miau, Caxana, na volta tragam umas sandes de leitão.

    Na 1ª. parte e tirando os primeiros dez minutos grande lição de classe. Várias oportunidades falhadas.

    Na 2ª. uma demonstração COLECTIVA de imenso sacrifício e entrega.
    Substituições feitas nas peças e horas exactas.
    Parabéns ao treinador que bateu o D. Sebastião ponto por ponto.
    Até deu para uns olés com uma claque super barulhenta.

    Um + para o Nulo Golos que dever ser do Porto desde pequenino.
    Assim ñ é de admirar as dificuldades no apuramento da selecção.

    ResponderEliminar
  4. "A Associação Nacional de Farmácias vem por este meio agradecer a Quaresma e aos restantes elementos da comitiva portista o facto de, após o apito final do árbitro, o consumos de comprimidos para a azia ter disparado brutalmente nas farmácias nossas associadas".

    Parabéns Porto!

    ResponderEliminar
  5. Agora deixando-me de ironias, valeu a pena o sofrimento. E o sofrimento, apenas e só pk eu sou assim, consumo-me a vr os jogos dos Dragões.

    Não fosse essa faceta da minha personalidade, e até teria sido um serão bem descansando, com poucos sobressaltos, tamanha foi a demonstração de classe efectuada no mesmo local que o nosso grande Artur Jorge apelidou de circo...

    Por momentos, julguei mesmo k seria uma espécie de espectáculo circense, com a turba ululante nas bancadas e um senhor qualquer, vestido de preto, vesgo como tudo, incapaz dever mais um penalty do tamanho da Torre dos Clérigos.

    Bela demonstração de classe, raça e entreajuda, demonstrando que internamente, pesem os "apenas 7 pontos de avanço", não termos rivais à altura. O melhor "Benfica dos últimos 10 anos", capaz de, logo após o empate com o Milão, "vencer qualquer adversário, até o Porto", limitou-se a esporádicas jogadas, feitas essencialmente de suor e entrega, mas onde existia uma total ausência de qualidade. Os hossanas, loas, elogios, debitados nos últimos dias, ad nauseum, provaram ser fruto de um clubismo exacerbado, e não de uma lucida análise jornalística.

    Como disse e bem o Estilhaço, o D.Sebastião foi batido literalmente pelo estratega Jesualdo. Provou-se que, não existindo invenções, o Porto raramente falha.

    Sinto-me eufórico. Hoje os sonhos vão ser azuis e brancos, de certeza, esquecido já que está o horror de Anfield.

    Abraço,

    ps: e espero k o nosso presidente do blog esteja ainda em liberdade. Segundo me constou, foi invadido por uma fúria homicida contra um pobre homem da igreja (private joke).

    ResponderEliminar
  6. Viva !

    Ganhamos!

    Quem quer vender a pele do urso (metaforicamente, o treinador) antes de o ter matado ?

    Antes, de me expressar sobre o jogo.

    Obrigadão ao Dragãotvnet pelas suas indicações. Pude acompanhar o jogo sem ter que sair de casa.

    Obrigadão,igual, ao Estilhaço por ter lembrado o dia 1 de Dezembro.

    E Viva Portogal !

    Quanto ao jogo :

    Estou contente mas não convencido.

    Gostei muito do Lisandro. Ataca e defende. Grande assistência para Quaresma que, parece isso cada vez mais,daí a sua não existência contra equipas fortes, quando apertado falha. Cada vez me convence menos. Creio, se bem vi, que o golo é mais desmérito da defesa que mérito do Quaresma. Atenção nada tenho contra ele. O que me interessa é o colectivo do meu Porto. É inadmissível ficar de braços levantados para o ar, por isto ou aquilo, em vez de vir defender o seu corredor.

    Gostei muito do Lucho. Mas sem apoio dum bom tecnicista no meio campo em breve dará o berro fisicamente. A ver vamos !

    Gostei do Bruno Alves. Está a ficar um senhor.

    Tarik é um grande jogador.E Luta.Mas,quanto a mim, só tem capacidade física para uma parte. Como já aqui assentei. Mas pode destabelizar uma defesa. E criou receio na defesa benfiquista no início do jogo com a sua arrancada.

    Continuo a gostar do Fucile !

    Detestei ver o Porto fazer passes laterais nos 25 metros. (Proibição ABC du futebol) Cuidado porque os Turcos são muitos rápidos.

    Detestei que o Porto me fizesse sofrer porque autorizava remates de meia distância frontais nos últimos vinte minutos. Isso não pode ser ! Cansaço físico ?

    O Porto ganhou ! Mas há que lembrar que não é nestes jogos que se ganha o campeonato.

    Acho que estou a ser um pouco severo. Mas já estou a pensar no jogo contra os Turcos.

    Já imaginaram as minhas dores de cabeça se o Marselha segue em frente e o Porto fica ?

    E Viva o Porto.

    ResponderEliminar
  7. Recebidos na quinta feira na Assembleia da Republica...

    HOJE AJOELHADOS PERANTE A NOSSA SUPERIORIDADE!

    Que grande FC PORTO!

    Para quem tanto criticou o nosso presidente ... agora têm que contratar uma boa empresa de construção civil.

    Motivo: Os telhados de vidro partiram!!

    Quanto ao jogo de hoje mais uma vez o FC PORTO a provar que é melhor e quando assim é ... nada a dizer, basta sorrir e viver este momento saboroso!

    POOOOOOOOOOOOOOOOORTO

    Abraço a todos

    www.tribunaldofutebol.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Não é que o gráfico tinhas razão?? O Quaresma marcou o golo pelo lado direito!! Quanto ao Mariano não veio trazer nada mas ainda andou para lá a enervar os defesas. Lucho hoej sim mostras-te o porquê de termos comprado o resto do teu passe.
    Importantissima vitória. Sabem o que é que o Quaresma disse à Antena 1???
    "A1" - Quaresma que achou do seu golo?
    "Quaresma" - Nâo sei que ainda não o vi.
    E disse também que ao contrario daquilo que a descomunicaçao social dizia, disse que estava de volta. E agora só para nós, ainda bem.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Rebolei de riso ao ver o ar de satisfação e gozo do nosso Presidente aquando do golo do Quaresma.
    Gostei imenso de ouvir o Pedro Emanuel a mandar um recado à comunicação social no sentido de nos darem o mérito a que temos direito. Gande capitão.
    Fabuloso o ar de enterro da ( des) comunicação social. Conpensan, compensan.......

    ResponderEliminar
  10. Pessoal

    http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?div_id=1304&id=887299

    E eu que pensava que os animais eram os da provincia...

    Que grande azia e mal estar!!!

    ALLLEZZ ALLEEEZZ QUARESMA ALLEZZZZZ

    Abraço a todos

    ResponderEliminar
  11. Boas!!
    Má entrada no jogo, o q vale naquele lance a bola foi parar aos pés do Nulo Golos!! Depois dos primeiros dez minutos o Porto estabilizou na marcação e começou a jogar o seu futebol!! Bom golo do Quaresma, embora haja uma falha de marcação do Léo!! N gostei da segunda parte pois devíamos ter defendido mais subidos no terreno, o Porto baixou o bloco e podia ter corrido mal!! Será que não se pode ganhar por mais de um golo??
    Abraço!!

    ResponderEliminar
  12. Grande Porto, grande vitória, grande Lucho, Lisandro, GRANDE QUARESMA, GENIAL TRIVELA:)
    60 MIL cabeçudos no final, foi lindo, lindo:) Embrulhem!!!

    ResponderEliminar