10 janeiro, 2016

CLAQUES DO FCP ENTRE AS MELHORES DO MUNDO!

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/


Começo com uma merecida distinção. O portal “Ultras Tifo” elegeu as 25 melhores claques em 2015 e as claques do nosso clube figuram entre as nomeadas. São as únicas de Portugal na lista. Parabéns aos Super Dragões e ao Colectivo pelo “prémio”.

2016 começa com clássico em Alvalade. No segundo dia do ano, jogo grande e deslocação à medida dos ultras do FC Porto. Rumaria até à capital em mais de 20 autocarros. Saída depois de almoço. Habitual convívio durante os 300 quilómetros de viagem e muita esperança. A camioneta onde seguia teve uma avaria a cerca de 90 quilómetros de Alverca. Estivemos parados na berma da auto-estrada durante mais de 1h30 e quando chegámos ao Instituto Ricardo Jorge, local da concentração, eram 20h15, no máximo, e já todos os portistas estavam no sector visitante do estádio!

Rapidamente a polícia chegou junto de nós e “cercou-nos” para uma caixa de segurança de cerca de 50 ultras. E ali permanecemos, sem podermos caminhar até ao estádio, mais de meia hora. Já o jogo tinha começado, já se ouviam perfeitamente os nosso adeptos, e nós ainda cá fora. Lá se decidiram a “guiar-nos” até ao estádio, perante ruas desertas. A desculpa para a demora era exactamente o facto de cá fora ainda estarem muitos sportinguistas. Entrámos com quinze minutos de jogo e já fomos encaminhados para o piso superior, onde também já tinha ficado há uns anos.

Uma excelente presença da nossa massa adepta, mais de 2500! Incómodo o facto dos ultras não puderem ficar todos juntos, o que inevitavelmente nos prejudica no apoio e que muitos adeptos ditos “normais”, que estão no nosso meio, não compreendam a nossa forma de viver o jogo e nos digam para “baixar” ou “pousar a bandeira/estandarte”.

Perdemos, e desolados fizemos novamente 300 quilómetros. Sob olhar polícia em tudo o que é bomba de gasolina, cheguei a casa já depois das 4h da manhã. Doente com o resultado, mas com enorme vontade que quarta-feira chegasse.

E chegou… infelizmente. Mais um resultado desastroso e uma exibição paupérrima. A separação dos adeptos com a equipa é evidente. Menos de 20 mil espectadores na bancada. Os que não vergam, lá estavam. Em todas as bancadas, não só nos sectores das claques (que nestes jogos também têm uma razia de elementos). Só faz falta quem lá está! Não admitindo que se vá ao futebol já na esperança que corra mal, (só assim percebo cartazes que vi e LENÇOIS no bolso) os adeptos que marcaram presença, desta vez, não se lhes pode apontar nada.

Os Super Dragões inclusivamente foram esperar a equipa à saída da VCI e “levaram-na ao balneário em ombros”!! Iniciaram o jogo com o HINO DO FC PORTO e uma frase “um por todos… e todos pelo Porto!!!!”.

E os meninos mimados? Os meninos mimados perderam cinco pontos em três dias e brincaram com a nossa cara. O Porto não é nosso, o Porto somos nós, que é diferente. E com o Júlio, o José, o Jacinto ou o Jorge, eu vou apoiar sempre o FC Porto e jamais alguma individualidade.

Um abraço ultra.

0 comentários:

Publicar um comentário