15 janeiro, 2016

OFICIAL - SUK É DRAGÃO.

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Suk é o mais recente reforço do FC Porto. O internacional sul-coreano, ex-jogador do Vitória de Setúbal e autor de nove golos em 16 jogos na atual edição da Liga NOS, chega ao Dragão a título definitivo. O avançado assinou um contrato válido até 30 de Junho de 2020, tendo sido acordada uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros.

Suk Hyun-Jun fez a sua formação nas escolas do Ajax, tendo-se estreado na Liga holandesa na época de 2010/11, ao serviço da equipa de Amesterdão. Na temporada seguinte transferiu-se para o Groningen, chegando ao futebol português em 2012/13, tendo representado o Marítimo e apontado quatro golos em 14 jogos. Em 2013/14 mudou-se para o Al-Ahli Jeddah, da Arábia Saudita, regressando ao futebol português já em 2014/15, para representar o Nacional (19 jogos, cinco golos) e, posteriormente, o Vitória de Setúbal (21 jogos, cinco golos). Em 2015/16 marcou 11 golos em 20 jogos pelo Vitória sadino, antes de se transferir para o FC Porto.

Suk: “Estou muito orgulhoso”
Avançado considera o FC Porto o clube “número um” em Portugal e promete não “desapontar” os adeptos

O FC Porto é um dos clubes “de sonho” de Suk e, por isso, o avançado não poderia estar mais “orgulhoso” nos momentos que se seguiram à assinatura de um contrato de quatro anos e meio com os Dragões. Modesto, o primeiro sul-coreano a chegar ao clube apenas avançou que “gostaria de marcar alguns golos” e até preferiu frisar que não vai ser “egoísta”.

“Estou muito orgulhoso por estar aqui. Obrigado por me darem esta enorme oportunidade de jogar no FC Porto. Não vou desapontar os adeptos nem os treinadores, e todos no clube. Vou tentar dar o melhor para o FC Porto ser campeão e ser o melhor clube do mundo”, declarou ao www.fcporto.pt e Porto Canal, esta quinta-feira.

Depois, Suk prometeu “dar tudo”, em vez de falar na quantidade de golos que poderá apontar. “Claro que sou um ponta de lança e gostaria de marcar alguns golos, mas não vou ser muito egoísta. Gostaria de dar a minha contribuição aos colegas de equipa e os resultados serão sempre coletivos, não individuais”, realçou.

O avançado, ex-Vitória de Setúbal, admitiu que espera poder estrear-se de azul e branco “assim que possível”, para mostrar o que vale aos “adeptos do FC Porto”. “O FC Porto é um dos meus clubes de sonho. É o clube número um em Portugal e a nível europeu está no topo”, avaliou.

fonte: fcporto.pt

0 comentários:

Publicar um comentário