22 março, 2010

Via-sacra

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

assistência: 23.437 espectadores.

árbitros: Jorge Sousa, José Ramalho e José Luís Lima; 4º árbitro: Duarte Gomes.

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão «cap.», David Luiz e Fábio Coentrão; Airton e Carlos Martins; Ruben Amorim, Aimar e Di Maria; Kardec.
Substituições: Aimar por Saviola (62m), Carlos Martins por Ramires (67m) e Kardec por Cardozo (77m).
Não utilizados: Moreira, Javi Garcia, Nuno Gomes e Sidnei.
Treinador: Jorge Jesus.

FC PORTO: Nuno; Miguel Lopes, Rolando, Bruno Alves «cap.» e Alvaro Pereira; Fernando, Rúben Micael e Raul Meireles; Belluschi, Falcao e Rodríguez.
Substituições: Miguel Lopes por Fucile (46m), Rúben Micael por Valeri (46m) e Belluschi por Orlando Sá (70m).
Não utilizados: Beto, Guarín, Maicon e Tomás Costa.
Treinador: Jesualdo Ferreira.

golos: Rúben Amorim (9m), Carlos Martins (44m) e Cardozo (90m).

disciplina: Cartão amarelo a Miguel Lopes (10m), Belluschi (37m), Maxi Pereira (38m), Bruno Alves (45m), Aimar (45m), Raul Meireles (51m), Fábio Coentrão (85m) e Ramires (89m).

Jesualdo tinha uma valente dor de cabeça, antes desta partida. Daquelas bem grandes, capaz de por si só provocar insónias ao desgraçado atormentado pela maleita. Faziam-se conjecturas, avançavam-se projecções, praticava-se a adivinhação, tentando decifrar a táctica portista para o embate frente aos encarnados.

Com o 4-3-3, rosto deste Porto ainda tetracampeão, estilhaçado por má fortuna, a curiosidade crescia, consoante o ponteiro do relógio diminuía a distância para o apito inicial da contenda. Sem extremos para praticar o futebol ginasticado e veloz, os azuis e brancos, suspeitava-se, iriam para o plano B. O de reserva. Um convencional 4-4-2, com o ponto de interrogação – enorme – no lugar do acompanhante de Falcao.

Presunções à parte, é por demais evidente que, agora que ele se apresenta assim, cru e despido de qualquer subterfúgio, o plantel foi ingenuamente construído, com as lacunas a lapidarem qualquer hipótese de lutar por outros voos.

Voltando às hipóteses. Existia uma que me agradava, pese o risco de inovação, numa partida que, por muito que seja menosprezada, era imperiosa de vencer. Um elástico 4-5-1, beneficiando do regresso de Fernando, com linhas bem-dispostas no terreno, aproveitando as características de médio esquerdo de Rodriguez. Nessa disposição, Belluschi seria o torniquete na banda direita, bem junto da linha de meio-campo, deixando o centro para Meireles e Micael aproveitarem a superioridade numérica e lançarem venenosos contra-ataques. O madeirense seria, neste sistema, a pedra nuclear. Um vagabundo, apenas manietado na criatividade pela entreajuda prestada nas tarefas defensivas, mas podendo, nas transições atacantes, usar as suas habilidades. Seria aquilo que o futebol portista está órfão, há demasiado tempo: um nº 10.

O treinador portista, mais comedido, optou pelo básico. Como sempre.

E a bola começou a rolar. À partida, uma Taça menosprezada, por quem prefere guerrilhas políticas subterrâneas, ao invés de conferir liberdade ao ADN azul. Estamos nisto, sempre, para vencer. Qualquer prova. Mas isso são contas de outro rosário, para analisar noutra altura…

Provando que a força mental e a audácia, quase sempre, andam de mãos dadas com a fortuna, os acontecimentos parece que testam, a cada nova acção, os nervos e paciência dos apaniguados portistas. Depois dos 3 de Alvalade, dos 5 de Londres, da brutal lesão de Varela, faltava ainda algo mais: o frango de Nuno.

A lei de Murphy continuava a desempenhar o seu papel, ameaçando tornar os 90 minutos num verdadeiro calvário.

O equilíbrio do jogo tinha sido quebrado, demasiado cedo. Percebia-se que a gestão física, por parte do adversário, era a principal preocupação. Mantendo Di Maria e Fabio Coentrão, nos flancos, deixando que Rubem Amorim e Carlos Martins se ocupassem de travar as investidas portistas, Jesus sabiamente aumentou a distância entre a linha central azul e branca e o seu único ponta de lança, estrangulando as transições, com Airton a desempenhar um papel fulcral.

O Porto, combalido de tantos desaires, à deriva psicológica (acho espantoso como se deixa um grupo de profissionais chegar a este ponto, parecendo amiúde uma equipa de insurrectos), levava um sopapo, ficando num estado quase comatoso.

Ainda reagiu. Mais por galhardia, com aquela centelha de orgulho nas cores que envergam a galvanizar a equipa. Podia ter empatado. Por várias vezes, com destaque para a incursão solitária de Falcao, milagrosamente detida por Quim, e para a bomba de meia-distância de Belluschi, com o azimute errado. Um golo, nesta fase, teria equilibrado a contenda. Mas o futebol, como o conhecemos, não é um desporto que administre justiça, a seu bel-prazer.

O encontro era vivido em sobressalto. Num evidente e palpável clima de crispação. Mais uma vez, abro um parêntesis, para enunciar culpados. Ver jogadores, antes do intervalo, de cabeça perdida, apenas confirma uma realidade aterradora. O Porto clube parece uma nau, vagando sem rumo num mar tumultuoso. Os discursos belicistas, o ódio recalcado, a transformação de uma competição numa espécie de guerra santa só podia redundar em algo assim. Um jogo em que a concentração e os índices anímicos teriam que ser irrepreensíveis, de forma a conquistar a vitória, foi logo atraiçoado pela falta clara de um trabalho de bastidores, que deveria retirar carga dramática ao embate.

Com o 2º golo, na obtenção de um livre, o destino da partida ficou desde logo traçado. O Porto pouco teria a ganhar, antes do início da contenda, mas tinha muito a perder. A obtenção da vitória apenas serviria para amenizar a frustração da temporada, provando igualmente a teoria enraizada nos altos comandos da SAD, de que a culpa foi do “túnel”. A derrota, ao invés, colocaria a nu muitas coisas.

A segunda metade foi um suplício. Uma equipa sempre incapaz de criar perigo, com as habituais substituições saídas de um qualquer manual empoeirado. A inclusão de Miguel Lopes foi, como tinha afirmado na antevisão do jogo, um monumental erro, corrigido ao intervalo, numa débil tentativa de fazer funcionar a ala direita, com a inclusão de Fucile.

O jogo terminou, como os mais recentes. Em clima de festa, para os adversários. A humilhação – se mais ainda fosse necessário – surgiu ao cair do pano. Um 3-0 pesado, vexação suprema às mãos de uma equipa que justificou por inteiro o triunfo. E, se custa dizer isto, imaginem escrevê-lo, com as letras todas.

Análise final: Mais do que criar uma noite dos “facas-longas”, em que se procurem ajustes de contas, era bom que amanhã de manhã se começasse a trabalhar na Invicta. De forma séria. O Porto foi batido em toda a linha. Possuindo quatro títulos a adornar as camisolas, o que se pedia era tão pouco, comparado com o esforço hercúleo passado. Apenas vencer mais este. Não era apenas um campeonato. Era O campeonato. Aquele onde o Benfica apostou, desesperadamente, todas as fichas. Conseguindo uma espécie de hara-kiri, internamente o Porto implodiu. Aburguesados, com erros crassos e primários, a época está aí agora à vista de todos. De forma crua. Sem filtros.

A substituição imperiosa de Jesualdo, no rescaldo da jornada europeia, não era um achincalhamento, como alguns quiseram entender, ao treinador que tanto ganhou. Era apenas um acto natural de gestão, procurando preservar a dignidade de um grupo. O resultado da sua não saída está à vista. Um homem transtornado, incapaz de fazer passar a sua mensagem. E assim, arrisca-se, a cada hora de permanência no Dragão, em ser transformado num culpado com costas largas o suficiente para ser ostentar os dizeres de “ÚNICO”. Jesualdo não merece isso, apesar de contar com uma dose industrial de culpa no seu íntimo.

O melhor do Porto: A apontar alguém, atrevo-me a incidir a minha dose suplementar de respeito a C.Rodriguez. Sempre lhe admirei a galhardia, o futebol praticado, mescla de pulmão com músculo, a utilização do dogmático estilo de “antes quebrar que torcer”. Ele foi a personificação do adepto, lá dentro. Dentes cerrados, lutando bravamente contra o infortúnio.

Arbitragem: Gosto de Jorge Sousa. Dizer isso, no actual panorama da arbitragem nacional, é dizer muita coisa. Pese a Lei XII, o “esquecimento” na validação de um golo legal ao Setúbal, no jogo frente aos encarnados e mais alguns pecadilhos menores. Ele hoje foi um árbitro no centro de um furacão, lidando com um turbilhão de sentimentos adversos. Soube, com dificuldade, controlar a partida, evitando que a mesma descambasse para uma batalha campal. Algo permissivo no capitulo disciplinar, com benefício portista, conseguiu não manchar uma final, mantendo a postura sóbria e pedagógica que se requeria.

ps - O batemos no fundo é extensivo a quase toda a gente. Acho inadmissível o comportamento evidenciado pela habitual turba, lesta a desenvolver comportamentos dignos de primatas, enlameando o nome secular do clube ao não resistirem aos apelos mais básicos. Cada pedra lançada contra um adepto contrário constitui, não um acto de valentia ou de identificação com um ideal, mas um desvio comportamental que deve ser travado. A tempo, antes que isto acabe mal.

104 comentários:

  1. Nuno, neste momento odeio-te mais que tudo. Espero bem que na segunda parte do jogo defendas penaltis, livres, remates à queima roupa, remates a 35 metros de distância. Porque não jogou o Helton? Opção ou passa-se alguma coisa?

    ResponderEliminar
  2. Se dúvidas houvesse, hoje ficou claro. Estamos mesmo muito mal. Qualquer merda nos ganha.

    Tal como outros o fizeram, só tenho que agradecer:

    Obrigado, Pinto da Costa;
    Obrigado, restantes administradores da SAD;
    Obrigado, Jesualdo;
    Obrigado, restantes treinadores da equipa principal;
    Obrigado, jogadores.

    Pela miserável época que estão a fazer e por toda a vergonha que nos estão a fazer passar.

    A todos, muito obrigado.

    ResponderEliminar
  3. O que aconteceu ao Nuno podia ter acontecido a qq um.Mas como nós temos sempre muita sorte...

    Jogou o Nuno pq foi o redes escolhido para a Taça da Liga,estás farto de saber isso,não faças filmes onde eles não existem.Já bem basta a realidade

    ResponderEliminar
  4. O Helton não jogou porque na taça da liga é o Nuno. Percebe-se a opção.

    O Bruno Alves está completamente perdido.

    ResponderEliminar
  5. Esta equipa não tem nada,absolutamente nada.Discerimento,friza,concentração,tranquilidade,enfim,aquelas coisas que não são tácticas mas que são igualmente importantes numa equipa...nada,nada disso.

    ResponderEliminar
  6. Não se trata de continuar a bater no ceguinho, mas este não é mesmo o meu Porto.
    Após o azar (mais um na época) do Nuno (mas que não se esqueça da azelhice do Ruben), em vez de se preocuparem em jogar mesmo á bola, estão mais preocupados em porrada e confusão.
    Não devemos ser meninos, é certo, nem deixar que nos calquem, mas quando a preocupação não é defender a camisola, jogando á bola e tentar ganhar...
    E enquanto não arrumarem com a cambada de arruaceiros que lá temos, temo que nos tenhamos que preparar para termos, infelizmente, mais do mesmo.
    Enfim, já tenho mesmo muitas saudades do DRAGÂO. Vê se voltas depressa.
    Vamos lá tentar dar a volta, Força FCP.

    ResponderEliminar
  7. Numa coisa tenho que dar mérito ao Jesualdo. Ainda consegue ser treinador do FC Porto. Qualquer outro treinador que tivesse a onze pontos do primeiro, levado cinco do Arsenal e perdesse sempre com o benfica já teria sido corrido a pontapé. Mas o Jesualdo, não. Deve ser por ser muito bom treinador. Honra lhe seja feita.

    Não ficaria admirado se renovasse por mais três ou quatro anos.

    ResponderEliminar
  8. Que é mais preciso para aquele treinador ir de vela??????

    muito obrigada e adeus

    BASTA

    Mais vale o Rui Barros e o João Pinto até ao final da época,foda-se,chega!Esperar até ao final da época para quê?Para termos mais humilhações???

    ISTO NÃO É O PORTO!

    ResponderEliminar
  9. Entendem-se os desabafos... mas porque será que alguns, muitos, destes comentadores (dos que cometaram até agora) só o são aqui quando nas derrotas?

    ResponderEliminar
  10. Ainda aqui dizem que preferiam ter o Jesualdo como treinador ao Jorge Jesus. Esta equipa está um farrapo. Não conseguiram fazer uma jogada de jeito do início ao fim. Defesa, uma desgraça. Meio campo, sem ligação. Os cruzamentos são uma anedota. Ataque inexistente. E ainda por cima, na 2a parte o benfica limitou-se a gerir. São humilhações atrás de humilhações. Contra o Benfica e o Sporting, em finais, com o Jesualdo conseguimos sempre perder. Taça de Portugal, e supertaça para o Sporting do Paulo Bento, e agora a Taça da Liga para o Benfica. Mais vale livrarem-se já do "velho", que senão nem à final da taça de Portugal vamos... Mas parece que pelas declarações do homem na flash interview está tudo bem...

    ResponderEliminar
  11. Meus caros ...
    Isto h0je não foi do treinador apesar de um erro ou outro como apostar em Valeri que não tem pernas.
    Sejamos frios e realistas:
    A equipa está de rastos e tudo corre cada vez pior.
    Varela, o frango - acontece - do Nuno, o segundo golo - bom - no fim da primeira parte, não temos soluções no banco, o Hulk está sequestrado, os outros lesionados, o Cebola lesionou-se mais uma vez ... é muita coisa má, independente das culpas próprias que não são de agora.
    Que a época acabe depressa.
    E foi péssimo ver o Bruno tão nervoso, o que só dá azo a críticas e gozo.
    Na primeira parte ainda se viu qualquer coisa mas na segunda foi confrangedor, os abutres estão bem, com confiança, tudo sai bem, nós é ao contrário.
    Também já nos sucedeu assim com bons resultados para nós e maus ppara eles.
    Agore é reflectir - muito - e preparar novas conquistas.

    ResponderEliminar
  12. sporting 3-0 fc porto
    arsenal 5-0 fc porto
    benfica 3-0 fc porto

    Bravo, jesualdo. Rica colectânea de sucessos.

    E, mais uma vez, irá o bom do jesualdo tranquilíssimo para casa sem ninguém a chateá-lo. Porque haveria de ser diferente? A malta já se habituou a ser humilhada.

    Cada vez me convenço mais que aquilo que fizeram ao Adriense foi uma injustiça.

    ResponderEliminar
  13. Sou do Porto até morrer e tenho muito orgulho nisso! E continuo a ser portista com muito orgulho apesar das derrotas por 5 e por 3 porque também só acontece a quem joga e muitas vezes (como o caso deste ano) com armas diferentes dos FDP dos gayvotas que não precisam de comprar televisões ou jornais pois já os controlam desde sempre.

    No entanto, e independentemente das lesões, castigos e frangos inacreditáveis e outras asneiras, esta equipa é muito fraquinha e um treinador que ao intervalo mete um jogador como o Valeri, tenham dó. Defendia a saída de Jesualdo após o Sporting e Arsenal e defendo agora porque ele é parte do problema e não será capaz de arranjar solução. Como tenho a certeza de que ele também não é Homem para pôr o lugar à disposição, só quando formos eliminados da Taça pelo Rio Ave é que alguém vai perceber isso. Até o Rui Barros era capaz de dar mais ânimo a esta equipa que tem um capitão que está de cabeça perdida e um sub-capitão que não tem tomates para assumir nada.

    Tivemos algumas oportunidades mas os 2 frangos do Nuno (o 2º também é um belo frango apesar de o 1º ter penas e tudo) acabaram com uma equipa completamente desmantelada e sem alternativas. E ainda ficamos (provavelmente) sem o Christian Rodriguez mais algum tempo o que só mostra como este fim época será o pior pesadelo que nós poderíamos imaginar.

    Que saibam tirar as conclusões deste descalabro e sejam capazes de tomar decisões de ruptura para que o que se passou esta época não volte a acontecer. Estamos fartos de ver isto com os gayvotas e lagartos e fartamo-nos de gozar mas agora temos de os aguentar apesar de os adeptos serem os menos culpados.

    Apesar de das derrotas e do desânimo

    PORTO SEMPRE!

    ResponderEliminar
  14. Nem no tempo de Octavio...

    ResponderEliminar
  15. jesualdo na sic

    "equipa à Porto" e "jogamos com grande atitude" O homem está louco.

    ResponderEliminar
  16. Está louco e senil.
    Mas culpa tem quem o deixa lá estar.

    ResponderEliminar
  17. Mais do mesmo, ...

    3-0 contra uma equipa que jogou na Quinta, percebe-se que o FCP está animicamente mal, muito mal mesmo.

    O R.Micael saiu devido a lesão ou opção, Valeri entra para quê? porque não sair Belushi mais cedo, não acertava um passe...

    Já tinha defendido a saída do Jesualdo, não saiu, nem sei porque espera a SAD para arranjar um novo treinador que prepare a próxima Época com tempo.

    Há cerca de 2/3 semanas que a equipa PARTIU e como este treinador só sabe a mesma formula, mais do mesmo, sofremos primeiro e mais vale desligar a TV.

    Assim até final do ano vai ser um sofrimento assistir a este FCP.

    Será que vamos passar o Rio Ave com tantas baixas? e equipa em desnorte, tenho dúvidas.

    ResponderEliminar
  18. infelizmente disse, mas as conferências de imprensa são sempre deste género. Contra o Arsenal tb não viu o mesmo jogo que o resto do mundo. Enfim.. Para o ano há mais. Venha a taça de Portugal.

    ResponderEliminar
  19. "equipa à Porto" e "jogamos com grande atitude" O homem está louco.


    Mas isto será uma brincadeira de mau gosto?!?!?!

    ResponderEliminar
  20. Apesar das contrariedades (lesões, frango do Nuno ), o FCP foi muito superior aos mouros em jogo jogado e em oportunidades de golo, mas o que conta, não são as estatisticas e ao intervalo , perdiamos por 2-0 sem merecê-lo!
    O que é que o treinador fez ao intervalo?
    Tirou o Ruben ?? e o miguel lopes ?? e o FCP acabou, tão simples como isso!!
    Que fez o Valeri em campo?
    Desculpem-me se estou enganado mas, um treinador em condições e com poucas opções no banco , só pode lançar o Orlando sá e o Tomás costa no decorrer da 2ª parte para...os lugares de Raul Meireles e Bruno Alves que andavam perdidos e nervosos em campo!!!
    Não se aguenta mais o professor..vai ser penoso até ao fim!!

    ResponderEliminar
  21. O "ano horribilis"| Não me lembro de uma coisa assim! Se ao menos se visse arreganho, vontade, mas não, nem isso, é um arrastar até ao final da época!

    Que isto sirva para separar o trigo do joio para a época que se avizinha, regenerar a equipa e voltar ao lugar que merecemos!

    Isto não é o Futebol Clube Do Porto!

    ResponderEliminar
  22. A maior vergonha foi terem ido receber as medalhas. Deprimente.

    ResponderEliminar
  23. Agonia, será por certo a tónica deste final de epoca.Mais que a derrota lamento o resultado final demasiado pesado face ao volume de jogo de ambas as equipas.
    Infeliz o Nuno (já nao é de hoje, foi-o assim na final da taça perdida com Mourinho), é certo pode acontecer, pena ter acontecido hoje, há fases assim, ao que se passa dentro de campo junta-se os azares fisicos que amputam o plantel ja de si mal estruturado (Sim Sr. Pinto da Costa ao contrario das sua palavras de inicio da 2ª volta aquando do nao haver petroleo e nao ser preciso reforços).
    A equipa rebentou ao nivel do psiquico e quando nao ha este elemento as pernas nao reagem, pode pensar-se que o problema é fisico, mas nao!
    Lamento mais que a derrota, os actos das claques ou adeptos ou la o que sejam com as cores azuis envergadas, por certo as culpas nao se assacam so a esses grupos, mas é um facto que isso nao ajuda nem engrandece o emblema que apoiam.
    Desiludido com a falta de fair-play de um jogador como Bruno Alves que admiro quando reflecte a sua categoria e classe, mas ve-lo em acçoes provocadoras e de mau perder, sinto-me envergonhado por nestas alturas nao saberem dar outra imagem, mas nao foi so Bruno Alves, Raul Meireles e ate outros tambem partilham do mesmo mau espirito.
    Sobre o jogo, o Porto ate nao entrou mal, teve o registo de perigo,mas aos 9 min. o jogo acabou e so quem nao perceber de futebol podia acreditar noutra coisa. Aconteceu o que temia que era o 2ºgolo, novamente a felicidade aliou-se ao merito do seu execuntante e depois a 2ª parte so esperava nao ser um calvario.
    Jesualdo apesar de perceber a sua intencao estrategica, nao pode apostar em jogadores que nunca foram opcçoes crediveis noutras alturas da epoca, é aqui que critico Jesualdo apesar de perceber que como treinador tem de tentar algo!!!!
    Por fim Ruben Micael, deem descanso ao homem e nao façam dele um salvador, se a equipa nao estiver bem ele sera apenas mais um!!!
    Espero nao ver discursos de mau pagador, assuma-se que o Benfica foi melhor que mereceu porque sabe estar melhor nos momentos do controlo do jogo, se souber-mos reconhecer isto estaremos mais perto de nos reabilitar e encontrar soluçoes para ser mais forte, isso nao é vergonha nenhuma.
    SEMPRE PORTO!!!!!FORÇA NUNO ESPIRITO SANTO..BOA VIAJEM DE REGRESSO A TODOS OS QUE SE DESLOCARAM AO ALGARVE....

    ResponderEliminar
  24. OH iur, vergonha é nao sabermos estar na hora em que as coisas nao nos correm bem!!!Mais que tudo o que mais gostava de ver no Futuro do nosso Porto era dar um passo em frente face a este tipo de atitudes de pequenez ou de que é sempre o FCP contra o mundo, nao se branqueie tudo aquilo sempre se escreve na imprensa, o andor, o centralismo, e tudo o mais que tem sido um pouco aquilo que nos fortalece, mas que na verdade nos separa de um patamar de reconhecimento de meritos maiores.
    Porque no dia em que der-mos esse passo, talvez as coisas se revelem bem menos contra nós, demagogia, utopias, ok serei um sonhador...

    ResponderEliminar
  25. Sim, culpo o Nuno porque se não fossem dois grandes frangos ao intervalo estavamos a zero e podíamos muito bem ter ganho. E acho isso de definir um guarda-redes para uma competição uma treta. Se era para dar tempo a um redes, que o dessem ao Beto que é um belíssimo jogador mas infelizmente para ele o Helton tem defendido bem. Confesso que nunca pensei que o Nuno fosse fazer o que fez, mas bolas, uma final e mete-se o 3º guarda-redes da equipa???

    Mais uma vez parece que está tudo contra nós. Em dois remates eles metem dois golos, das jogadas que fazíamos nunca saía nada (ou então o sr. Belluschi a falhar em frente à baliza), mais de metade do ataque lesionado ou preso (neste momento temos Orlando Sá e Falcão para o tridente no ataque.) É tão simples quanto isso.

    Até acho que o Jesualdo nem teve muita culpa. Meter o Valeri foi simplesmente estúpido, mas, tendo em conta a quantidade de jogadores indisponíveis, até tenho pena do homem.

    Não fica bem dizer que isto é equipa à Porto, mas a verdade é que não fomos em nada inferiores ao Benfica. A não ser, claro está, na sorte.

    Quando é que vem o próximo Mourinho?

    ResponderEliminar
  26. Perante o jogo que acabei de ver, o discurso de senhor que dizem ser o nosso trinador, venho agora de novo vos colocar a questão:

    "Entre Jorge Jesus e Jesualdo Ferreira, quem gostarias e preferias ver de Dragão ao peito na próxima época?"

    é triste chegar a um jogo destes, e olhar para o banco ver na linha avançada a nulidade do Orlando Sá, a pobreza de jogo de Valeri. Ter de ver sair Ruben Micael, que ainda n entendi porque nao faz um jogo completo! ´Mas certamente estará ligado ao facto da questao dos lesionados este ano, nao ser nada de sorte ou azar, mas algo a reflectir por parte da preparaçao de treino. Não é normal ter tantas lesoes..Custa-me ainda ver um jogador como belushi vestir a camisola do FCP, uma verdadeira madonna em campo.

    Enfim, sou porto ate morrer, mas amnha levem com as capas vermelhas das bolas, os records e os jogos porque merecem..é uma miséria isto.

    Envergonha-me e nevergonha o FCP este treinador

    ResponderEliminar
  27. o QUE ME CUSTA DEPOIS DESTA DERROTA É VER O TREINADOR JESUALDO DIZER, QUE O PORTO FOI UMA EQUIPA COM ATITUDE E JOGOU À PORTO.
    SINCERAMENTE NEM O TREINADOR ENTENDO..

    ResponderEliminar
  28. Bom comentário Bruno Rocha, é mesmo isso,estamos de acordo nos comentários.
    Não estou afectado por não ter ganho a taceta,não a valorizo, sempre o disse, não vou dormir pior por isso.
    O que custa é ver a equipa de rastos e sem soluções, no fundo.

    ResponderEliminar
  29. Caro Bruno Rocha: nós não estamos contra o Mundo. O Mundo é que está contra nós. E não temos feito nada para mudar este estado de coisas!

    É uma falta de personalidade terem recebido as medalhas. Ou já se esqueceu de todo o mal que a Liga nos tem vindo a fazer?

    O termos de arrumar a casa também passa por esse tipo de protestos e de atitudes.

    Vamos permitir que continuem a gozar connosco até quando?

    Se permitirmos, de que poderá adiantar fazer mudanças profundas?

    O slb e a sua super-equipa, como elogia a comunicação social, levam 3 pontos de vantagem sobre o Braga.
    Se não tivessem sido beneficiados, da forma como foram, acha que seriam líderes, nesta altura?

    ResponderEliminar
  30. Tudo bem que as contrariedades têm sido muitas, algumas mesmo em cima da hora e difíceis de ultrapassar; tudo bem que sem nada o fizesse prever, sofremos um golo e num monumental frango do guarda-redes - acho até, que hoje jogamos sem ninguém na baliza... Como é possível, um jogador com 34 anos, experiente, tremer tanto, cometer tantos erros? Tudo bem que sofremos o 2-0 quando as coisas estavam equilibradas e até a diferença mínima não era justa; mas se isso é verdade, não justifica tudo. Esta equipa é uma equipa à deriva, sem liderança, dentro e fora do campo. Uma equipa nervosa, tensa, sem confiança, presa por arames, que desaba à primeira contrariedade, uma equipa muito disponível para reclamar, discutir e pouco, muito pouco, para jogar, para reagir quando as coisas correm mal. Enfim, ou alguém abana as tropas, dá um passo em frente, uma chicotada psicológica no grupo, ou então corremos sérios riscos de nem a Taça de Portugal ganharmos.


    Não era esta Taça que me acrescentava alguma coisa, que limpava a imagem de uma temporada para esquecer - melhor, para lembrar para que não volte a acontecer - mas se ganhar não acrescentava muito, perder desta maneira, sem honra nem glória e ter de aguentar a arrogância, o populismo bacoco e trauliteiro, dos vencedores, ainda piora as coisas e o amanhã não vai ser fácil...


    Valeu Fernando; valeu Rolando; valeu Falcao. Rodríguez voltou a romper e deve estar fora dos restantes jogos...Enfim, uma época par esquecer do Cebola.


    Uma palavra de parabéns aos milhares de adeptos que se deslocaram ao Algarve. Fazer 1200 Km, chegar de madrugada em vésperas de um dia de trabalho, merece todos os elogios. Vocês foram grandes e mereciam mais.

    Não vou criticar Jesualdo, culpá-lo da derrota, pedir que saia, mas sinceramente, o F.C.Porto nesta altura já não tem treinador...

    Termino dizendo o seguinte: a frustação é muita, a tristeza idem, assim como a revolta, mas como portista eu nunca descambo, nunca insulto...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  31. Custa me tanto isto! Que suplicio, como podemos estar tão em baixo depois de jogos que fizemos em que ganhamos por tantos golos. Eu não cuspo na cara de um treinador que venceu 3 campeonatos. " Mas hoje tivemos atitude " Até fico doente

    ResponderEliminar
  32. Ó Iur,

    Não receber as medalhas era, isso sim, um comportamento vergonhoso, que caberia naquele imenso rol de coisa que o Bruno falou. Nunca devemos deixar que a frustração nos tolde o raciocínio.

    Senão, não tarde nada que se comecem a arranjar desculpas para o arremesso de pedras. Como se o acto de retaliar ofensas passadas servisse para alguma coisa.

    Não serve. Foi demasiado visível que o clima de ódio e a crispação por se pretender que aquele grupo lute contra moinhos de vento provocou. Uma imensa mão cheia de comportamentos pouco dignificantes em atletas que envergam aquela camisola. O evidente despautério em que se transformou a temporada não pode, nem deve, eleger inimigos externos para justificar o que quer que seja.

    Perdemos por culpa própria. E a mim, que detesto irracionalmente o Benfica, não me custa nada dizer que a vitória deles, hoje, foi assente no mérito. E que nós apenas nos diminuímos, ainda mais, ao persistirmos em comportamentos de arruaça.

    Haverá quem os defensa. Eu não. A melhor resposta sempre foi dada dentro do campo. É essa a minha opinião. Vencendo.

    ResponderEliminar
  33. Neste momento não devo acrescentar nada que todos não sintamos... Por isso, para desanuviar, apenas digo que coloquei um artigo no meu blogzito de distração

    http://www.longara.blogspot.com/

    a tentar retemperar o ânimo de quem melhor conheço. Estava para ser, dentro do mesmo tema, mas de outro modo e feitio. Assim vistas as coisas, teve de ser como foi e é...
    Agora, nem sei o que dizer mais.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  34. Criticar a 1ª parte do FCP é porque não percebem de futebol!
    Meter o VALERI na 2ª parte foi passar de cavalo para Burro (treinador)
    Valeri e meireles a carburar a carvão e o Fernando a fazer da tripas coração é dose (de treinador).
    A Faltarem 9 ou 10 jogos para o final da temporda sem um extremo de raíz e com um avançado desgastado (Falcao) é muito azar mesmo!
    Pelo menos que ganhem a Taça de Portugal e os reajustamentos do plantel ficam para depois -incluindo o treinador , claro!

    ResponderEliminar
  35. Então, Paulo Pereira, entende que devemos ignorar o apito dourado, a Maria José Morgado (consegue recordar-me o nome do marido?) e o seu "dream-team"; o livro da alternadeira; o filme do botelho, marido do leonor; a campanha porca que fizeram contra nós, na UEFA; o terem-nos tirado 6 pontos; as emboscadas do túnel e os castigos ao Hulk e ao Sapunaru...

    Só porque temos de corrigir o que está mal, na nossa casa (e há muito a corrigir...), devemos esquecer tudo isto? Devemos permitir que continuem a gozar connosco?

    Da mesma forma que, se tivessem ganho não deveriam receber a taça, também~se deviam ter recusado a receber as medalhas.

    Tal como em tempos disse Jorge Jesus, o fair play é uma treta.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  36. Eu sei (muito bem) que estes momentos são bem difíceis, mas deixo só aqui um cumprimento pelo texto. Ainda para mais num dia e jogo tão complicados. Análise muito interessante ao jogo.

    Saudações,

    Alexandre

    ResponderEliminar
  37. Boas

    Vejam e comentem:

    http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/2010/03/benfica-vence-com-bonus-de-nuno.html

    Abraço

    ResponderEliminar
  38. das duas uma: ou vocês não viram e ouviram a cobertura da tv e rádio ao longo de todo o dia de hoje ou não estão a falar a sério!
    estão mesmo à espera que algum dia tratem o FCP da mesma forma do SLB...
    anjos...
    ok. não estamos a jogar nada!
    mas no ano passado, e no anterior, e no anterior, e no anterior (tetra, percebem?), era ao contrário e a culpa sempre foi da "fruta e do café com leite". mesmo com Mourinho foi assim.
    um povo sem memória é um povo sem história. eu posso perdoar, mas não esqueço.
    por isso, nesta altura que estamos na mó de baixo, não nos martirizemos.
    com calma, vamos dar a volta por cima. mas vamos também cobrar tudo o que nos tem acontecido (a época é longa e commeçou há muito tempo)e NUNCA admitir que nos tratem como não tratam os outros.
    FORÇA BRUNO ALVES!!!!

    ResponderEliminar
  39. ... e sou da opinião que quando vierem cá lhes devemos preparar uma recepcção condigna, com um tunel cheio de flores.

    Terei o maior prazer em fazer parte do comité de boas-vindas.

    ResponderEliminar
  40. BRUNO ALVES é uma VERGONHA como capitão !! agressividade, mau desportismo, mau perder.. isto não é raça nem MÍSTICA, é uma VERGONHA!!

    ResponderEliminar
  41. Ó iur, voce devia era ir ver um jogo a LUZ e ser recebido pelo comite de boas vindas encarnadas, talvez depois mude de opiniao , nem sempre na vida as coisas devem ser olho por olho dente por dente....e nao quero com isto dizer que se deva dar a outra face ou nao lutar pela "verdade desportiva" ou la o que lhe queiram chamar!?!?
    É mais um grande post do meu combalido e conformado amigo PAULO PEREIRA, tb eu partilho das tuas agruras, tb eu entendo as entrelinhas e o muito que fica por dizer ainda, jogasse o PORTO futebol como escreves e ves os nossos males e a VIA-SACRA nao seria tao penosa!!!!
    Quanto tempo dura esta quaresma!?!?Entraram em jejum e abstinencia de vitorias e boas exibiçoes???

    ResponderEliminar
  42. "Jogamos á Porto" - esta será a frase do ano! já para não dizer que é gozar com a cara de todos os Portistas e não vou dizer mais nada pois já foi dito tudo...


    espero acordar amanha e ler no site oficial do FCP Jesualdo foi-se!!!!!!

    ResponderEliminar
  43. Em 10 deste mês, após o descalabro de Londres, eu dizia aqui: "A equipa está completamente destroçada, não tem "ponta por onde se pegue". … Nesta conjuntura, o que nos reserva o resto da época? Nada! Temo que cada jogo seja mais um suplício pior que o de "tântalo". … Então que fazer? Bem, eu sei que não é norma, não faz parte dos hábitos da "casa", mas, neste momento, perante as circunstâncias, não é descabido que o treinador saia de imediato. É preciso um safanão, é preciso acautelar o resto da época mesmo com serviços mínimos. Caso contrário vamos continuar a assistir ao descalabro e à humilhação. De Jesualdo já foi tudo dito e não tiro um milímetro ao mérito que todos lhe reconhecemos. Mas basta, Jesualdo acabou, não capitaliza mais nada do que fez, já não lidera. É lamentável, mas é a verdade. Ele próprio, inteligente que é, deveria pedir e forçar a saída - de imediato."
    Pois neste momento continuo a pensar e a dizer o mesmo. E reforço as últimas palavras do texto com a mensagem de Paulo Pereira: "o treinador já não existe". A equipa está à deriva e assim nem à final da Taça de Portugal chegamos. Não acreditam? Oh amigos, com esta postura, com a equipa a jogar (a não jogar…) assim, nem ao último dos últimos ganhamos. Colapsou! É um descalabro! Parece impossível, mas é verdade.

    ResponderEliminar
  44. isto é uma vergonha.Derrota atrás de derrota humilhação atrás de humilhação e ninguém faz nada?para onde caminha este meu FCP?por este caminho nem á liga europa iremos.

    ResponderEliminar
  45. Mais um vergonhoso desaire ! Tão mal se joga no reino do Dragão!
    Nada que eu já não tivesse previsto nos comentários que tenho vindo a fazer.
    Se bem que em alguns pormenores o árbitro Jorge Sousa possa ter tido alguma influência no desfecho do jogo pois foi permissivo para a equipa do Benfica e extremamente rigoroso com os jogadores Azuis e Brancos mostrando aos Dragões alguns amarelos injustificáveis...

    Concordo em absoluto com a opinião mencionada abaixo. Muito bem! Paulo Moreira.

    ...Perdemos por culpa própria. E a mim, que detesto irracionalmente o Benfica, não me custa nada dizer que a vitória deles, hoje, foi assente no mérito. E que nós apenas nos diminuímos, ainda mais, ao persistirmos em comportamentos de arruaça.

    Haverá quem os defensa. Eu não. A melhor resposta sempre foi dada dentro do campo. É essa a minha opinião. Vencendo.

    Saudações portistas

    E aguardemos por melhores dias.

    ResponderEliminar
  46. É vergonhoso a cara de pau do jesualdo.a equipa é um zero á esquerda perdem jogo atrás de jogo e o gaijo ainda continua como treinador do FCP?De que esta à espera a direcção para mandá lo embora?que percamos a final da taça?que não nos qualifiquemos para a liga europa?Rui barros a treinador até final d época.Isto assim não vai lá?

    ResponderEliminar
  47. Bruno: eu já fui à Luz. Sei como é.

    Falando apenas de nós, não compreendo tanta intermitência. Num ápice passam de exibições deslumbrantes a desempenhos vergonhosos.

    Toda a estrutura tem responsabilidades, a começar pelo Presidente. Pinto da Costa fez um trabalho extraordinário mas, por vezes, devia falar menos.

    Para ser franco, neste momento, não sei exactamente quem manda no Futebol Clube do Porto.

    Não conheço o critério das contratações e se são todas a bem do Clube... ou de quem contrata.

    Creio, apesar de tudo, que Jesualdo é o menos culpado. Acho, no entanto, que não tem condições para continuar.

    Mourinho, teve o mérito de construir uma equipa à sua imagem, sem ter sido necessário gastar milhões.

    Temos, como sempre tivemos, por aí espalhados jovens com elevado potêncial.

    Será que é mais fácil incutir a mítica do Clube em sul americanos?

    ResponderEliminar
  48. o jesualdo é o culpado.quem deu o consentimento para se contratar valeris guarins e compannhia limitada.foi o jesualdo.aposte se no catro e no ukra que são bem melhores que estes coxos.O bruno alves teve a atitude que teve no calor do jogo.de cdrteza que depois de vistas as imagens deve estar a sentir se mal pela figura que fez.é outro que deve sair no final da época.não esta com a cabeça no porto claramente.

    ResponderEliminar
  49. Imagino como te deve ter custado escrever estes texto, Paulo Pereira. Um pouco mais do que a mim me custou ver o jogo até ao fim e ainda ver sofrer aquele 3º golo e ver o ar de felicidade daquele FDP Rui Bosta Costa e do mascador profissional.

    Concordo com o teu texto em tudo o que dizes desde os jogadores até ao treinador, passando pelos adeptos que se comportam mal e não dignificam o bom nome do Porto. Desde o início do ano quando fui a Aveiro ver o 1º jogo da equipa contra o Leixões que disse que este plantel tinha os mesmos problemas do ano anterior com falta de soluções especialmente no meio campo agora sem Lucho Gonzalez mas também na frente em que para um treinador que quer jogar num 4-3-3 só tem 1 ou 2 extremos (Mariano e Varela que não é bem extremo). E como o treinador é burro não percebeu isso e nunca pensou noutro esquema alternativo para aqueles jogadores.

    Também eu defendi a saída de Jesualdo depois das derrotas de Alvalade e Londres quer por iniciativa própria quer por iniciativa do clube. No entanto isso não aconteceu e penso que não vai acontecer até ao fim da época até porque ele já mostrou que está agarrado ao lugar e quer receber tudo até ao fim e não é Homem para pôr o lugar à disposição. E aqui eu concordo em absoluto contigo: o Porto está sem treinador. Só que não é de agora, já vem de à bastante tempo e se fizemos algumas coisas foi por que ainda temos jogadores com muita qualidade embora agora estejam absolutamente à deriva. É bom perceber que ainda há uma Taça para jogar e ganhar e um campeonato para se jogar e honrar a mítica camisola azul e branca.

    No entanto, também não consigo esquecer tudo aquilo que nos fizeram este ano com os gayvotas a controlarem tudo e, numa altura em que estavam apertados, arranjarem os túneis de Braga e da Luz contra os oponentes directos sem que tenham eles sido castigados como o foram o Porto e o Braga apesar de os mouros terem sido os causadores (em Braga o Di Maria e na Luz os Stweards vermelhos). Se juntarmos a isso uma Liga escandalosamente proteccionista e árbitros permissivos com David Luiz, Javi Garcia, Ramires e Coentrão como ainda hoje foram (como foram com o Bruno Alves) acho que também não podemos esquecer isso. Quem não se sente não é filho de boa gente!

    Não me custa a admitir que têm jogado melhor e que hoje mereceram ganhar. O que eu não posso aceitar é que se branqueie o jogo da Luz onde para além do túnel marcaram um golo em claro fora-de-jogo. temos que aprender com os erros cometidos este ano e mudar radicalmente mas se deixarmos ficar esta Liga tal como está, de certeza que para o ano vamos ter os mesmos túneis, castigos e proteccionismo aos mouros.

    ResponderEliminar
  50. Eu não sei que conversas têm tido o Presidente PdC e o Professor Jesualdo, nem que combinação já terão entre si, mas, se eu estivesse no lugar deste último, amanhã colocava a minha carta de demissão em cima da secretetária do primeiro.
    PdC deve estar a viver um grande dilema: por um lado, a saída do Professor agora seria um alívio - daria tempo para a entrada de um novo treinador, criteriosamente escolhido, para comprar uma boa vassoura para limpar a casa e para preparar uma nova equipa para o ano, de novo cheia de ambição e a jogar "à Porto", para além de que tais medidas ajudariam a desculpar um eventual desaire na Taça de Portugal. Por outro lado, esta questão moral não pode deixar de o atormentar, será justo sujeitar agora o Professor a uma rescisão amigável, depois da conquista dos títulos que comquistou, mandando-o antecipadamente para a reforma - quando há seis meses até com ele renovou por mais dois anos - não lhe dando sequer a oportunidade de "eventualmente" ganhar a Taça de Portgal?
    Não gostaria de estar no papel de PdC, mas julgo que ele vai fazer aquilo a que nos habituou há muitos anos: silêncio até Maio e rescisão amigável, aí sim.
    Entretanto já terá o novo treinador na mira que, para mim, deveria ser estrangeiro.
    Mas se fosse no papel de Jesualdo que me encontrasse, ai aí já estava sentado à secretária do meu escritório, em casa, a escrebinhar uma cartinha, colocando o meu lugar à disposição.

    ResponderEliminar
  51. Foi mais uma vez com muita tristeza que vi jogar o meu FCP. Enfim, mais uma derrota por um esclarecedor resultado.

    Esta derrota vem demonstrar um conjunto de problemas que o FCP tem neste momento e que resultam de:

    - Vendas constantes de jogadores sem alternativas do mesmo nível. O caso mais premente foi de Lucho que conseguia, com a sua qualidade de passe e preenchimento de espaços solucionar os problemas da equipa;

    - Um treinador que não conseguiu perceber que o 4*3*3 com dois jogadores colados constantemente às linhas é extremamente permissivo pelo meio do terreno, perdendo constantemente com equipas que preenchem o meio campo como aconteceu com o Sporting de Paulo Bento em várias finais. O FCP de Mourinho, com muito melhor equipa, foi jogar a Manchester com um 4*4*1*1, por isso não perdeu por 5 como perdemos agora contra o Arsenal e perdemos por 4 o ano passado;

    - Jogadores totalmente desmotivados e sem confiança na equipa, ao ponto de por diversas vezes perderem a cabeça. Caberia ao treinador inverter este rumo;

    - Erro de casting ao deixar Jorge Jesus ir para o Benfica;

    - Orçamentos demasiado elevados com principal incidência para diversos elementos da SAD. Como será agora sem a liga dos campeões??

    Estes são alguns dos muitos pontos que haveria referir sobre este desastroza época.

    Fui por muitas vezes defensor do Jesualdo, pois apesar de taticamente não ser nada de especial, admiti sempre o facto de terem saído três jogadores da equipa principal por época e termos conseguido ganhar 3 campeonatos e fazer boas campanhas da liga dos Campeões. No entanto, esta época foi demais, pelo que penso que acabou o ciclo.

    Temos que pensar em preparar a próxima época, avaliar muito bem qual o treinador a ir buscar bem como os jogadores a sair e a contratar. Penso que deveriamos reforçar muito o meu campo, com jogadores fortes fisicamente que permitam uma pressão alta, e nunca uma equipa que defende muito atráz como acontece agora.

    Por agora é tudo

    Sempre F C Porto.

    ResponderEliminar
  52. É triste e preocupante ver os nossos jogadores (principalmente o capitão, que devia ser um exemplo para os restantes) de cabeça competamente perdida, ainda antes do intervalo, numa altura em que era perfeitamente possível dar a volta aos acontecimentos.
    Julgo que, neste momento tão mau que a equipa atravessa, é fundamental, mais que fisica ou tacticamente, recuperar psicologicamente estes homens para os jogos que restam, correndo o risco desta se tornar uma das mais marcantes épocas do passado recente, pela piores razões.
    Contratem um psicólogo, mandem-nos ao bruxo, mas façam algo rapidamente. Este jogadores sabem jogar, já o demonstraram várias vezes! O que é necessário é convencê-los que este clube não admite este tipo de postura e de falta de atitude! BASTA!
    Custa-me insistir nisto, mas não posso admitir a violência com que vejo jogar o Bruno Alves! Não fosse capitão do Porto e mais que provável titular da Selecção, e esta violência não lhe seria permitida...

    ResponderEliminar
  53. Boas a todos quero dizer que ver este Porto é um sacrifício a equipa é má mas sobretudo mal orientada, por favor por o Nuno na baliza que é um dos piores gr que conheço, ainda bem que houve alguém que ainda se lembra da taça que perdemos para o Benfica com Mourinho por culpa de outro grande frango, e ainda bem que também alguém viu que o 2.º golo é outro frango pedia-se mais mas o Nuno nunca foi guarda redes, depois por o Bruno como capitão onde se exigia que o fosse outro jogador com outro temperamento, parecia um puto com birrices , essencialmente são precisos homens naquela equipa que transmitam calma tranquilidade e que saibam jogar , o meio campo é muito fraco , fraquíssimo , o Álvaro não é suficientemente bom, o ataque é só Falcão, resumindo são preciso mudanças 1.º saídas : o Treinador 2.º o Nuno já comprometeu muito em muitos anos 3.º Álvaro, Mariano, Meireles etc Entradas contratar 2 bons jogadores para o meio campo com temperamento que lutem e joguem sem birras e mais um avançado para jogar com falcão.

    ResponderEliminar
  54. Não percebo como é que num jogo destes se coloca a jogar um guarda-redes que já não tem reflexos nem consegue tirar os pés do chão.

    ResponderEliminar
  55. para que serviu a humilhação de ontem?para nada.vamos andar a ser torturados até final da época ao ver este fcp jogar.Tem vergonha na cara jesualdo demite te e livra nos da tua incompetência.nunca desejei tanto chegar a julho......

    ResponderEliminar
  56. 58 comentários é obra; lê-los todos ainda mais!...
    1) acho que sobre o jogo de ontem, só há três coisas a dizer:
    a) mandem o Bruno Alves para um spa durante duas semanas... b) é claro que o JJ tem killer instinct (e gosta de sangue) e quando podia ter apenas ganho o jogo, fez entrar o Saviola e o Cardozo para terminar com a chave de ouro; e o Jesualdo é demasiado gentleman (o que atesta ter posto o Nuno a jogar...) e isso até chega a ser ingenuidade c) por mais que a gente estivesse com fé, no fundo todos sabíamos que à primeira contrariedade o castelo desmoronava!...ganhar ao benfica agora é tarefa difícil para qualquer um (quem viu o jogo de marselha, viu isso) ; termos que os defrontar nesta altura com esta terrível carga sobre os ombros, ainda mais!
    (lembro que o segredo do mourinho quando veio foi dizer: ah pá esta época está perdida e está, vamos pensar na próxima: a partir daí começamos a ganhar jogos...os jogadores ficaram bem mais leves...)

    Sobre o nosso clube há que dizer que ganhou em basket, andebol e hóquei,
    num fim de semana impecável para as modalidades.

    ResponderEliminar
  57. Desiludido com a falta de fair-play de um jogador como Bruno Alves que admiro quando reflecte a sua categoria e classe, mas ve-lo em acçoes provocadoras e de mau perder, sinto-me envergonhado por nestas alturas nao saberem dar outra imagem, mas nao foi so Bruno Alves, Raul Meireles e ate outros tambem partilham do mesmo mau espirito.

    Grande amigo dragão

    Força nesta hora triste para ti, mas eu nos últimos ano0s tenho-me contentado a ver o teu sucesso. Agora, é a tua vez.

    Carrega Benfica

    ResponderEliminar
  58. Grande amigo dragão, claro que me refiro ao Bruno Rocha

    ResponderEliminar
  59. 1) Equipa completamente descrente, desmotivada, triste, conformada, à imagem do discurso do nosso técnico.
    2) Banco de suplentes sem qq recurso positivo, mesmo assim o homem teima em fazer substituições sabendo q a equipa ainda vai ficar pior
    3) a divisão do grupo e os frequentes actos de indisciplina demonstram q o técnico já perdeu há muito a liderança daquele grupo, já ninguém o ouve
    4) nas finais o critério do guarda redes devia ser sempre o de jogar o melhor, sempre. Persiste-se no erro.
    5) o facto de ser um treinador submisso e abanar com a cabeça a valeris, guarins, predigers e companhia e DAR SEMPRE PREFERÊNCIA a estes em detrimento dos valores emergentes das camadas jovens (S.Oliveira por exemplo).
    6) O FACTO de nunca ganhar um jogo através do banco, se começa mal é a morte do artista, não há capacidade de leitura.
    7) o processo do professor é já conhecido por toda a gente, não regista inovações tácticas e persiste no seu uso mesmo q condenado ao insucesso.
    7) não é o único culpado e estou-lhe grato pelo passado mas neste momento é mais um problema q parte da solução.

    Obrigado Professor, mas não, isto não pode continuar, já chega.

    E não lhe chamem mestre por favor. O verdadeiro está no céu e até fica corado.

    ResponderEliminar
  60. Quarta feira ESTOU lá no estádio do Rio Ave pelo símbolo q eles trazem na camisola, mas aquele já não é há muito o meu treinador, aliás acho q o pOrto não tem treinador há mt tempo.

    ResponderEliminar
  61. O homem ainda não foi demitido?esta a ser demasiado enervante para mim ver a equipa do porto neste estado e ninguém fazer nada.à cinco anos atrás era treinador do FCP Victor Fernandez a equipa ainda lutava taco a taco com o benfica pelo título e o homem foi demitido.este ano o barco já afundou à muito, os jogadores estão psicologicamente debilitados e ninguém faz nada?esta inércia mata me.

    ResponderEliminar
  62. 600 kms de muita fé, crença e esperança... outros tantos no regresso de frustração, desilusão e tristeza.

    se quanto ao jogo, já tudo foi dito, redito e repetido ene vezes, cabe dizer que as bestas ganharam... e bem, sem sequer ter sido necessário forçar.

    como tantos noutros bem recentes, neste aqui tb, a 'lei de murphy' imperou... se nalguns, não há mal que sempre dure, no nosso, não há mal que não posso ficar pior.

    com muita mágoa, tenho que o admitir e fazer o necessário acto de contrição em face das palavras do Amigo Lucho... de facto, actualmente, não temos treinador, bastando atentar na insistência dos contactos erros de casting e para piorar o clima da tal apreciação, as constantes 'conferências' com discursos de fazer corar o mais sério, ou então... rir a bandeiras despregadas, face a tais barbaridades, que apetece perguntar onde é que raio o homem esteve nos últimos 90m. Sem comentários...

    algo tem que ser feito, de cima a baixo, da direita à esquerda, não sei o quê exactamente, mas tb não tenho que o saber... não sou eu que recebo 'gratificações', pois o meu saco, só serve para retirar fundos para acompanhar o clube do meu coração... como tal, volto (como sempre fiz!), a depositar total confiança no(s) 'decisor(es)', pois quero crer que estes, tal como nós, não são 'quadrados' alguns e saberão perfeitamente que este, o actual, não é o FCPorto de que tantos e tantos em tempos bem recentes idolatram.

    Há que rapidamente fazer algo... para bem do nosso futuro imediato!!!

    ResponderEliminar
  63. para finalizar, uma CRITICA meramente construtiva para quem tiver esse poder de encaixe, pois quem me conhece, saberá que não dirigo palavras para provocar por prazer, mas unicamente para uma discussão salutar... aos que ontem não foram, aos que não viram, aos que emprenharam por tudo o que ouviram via SICN, etc etc etc... em vez de falarem do que não sabem, porque não viram com os vossos próprios olhos, mas sabem apenas o que vos contaram, ouviram ou leram, façam-me um favor, se tal for possivel, continuem a ver o futebol no sofá, e não INSULTEM os vossos que lá vão a expensas próprias, em detrimento da vida particular e familiar, saindo de casa às 6h da manhã, e regressando o ponto de partida, em cima das 24h depois, porque de facto, vocês não sabem nada de nada... tirem o algodão dos ouvidos, e procurem informar-se verdadeiramente do que aconteceu, antes de falaram parvoices e barbaridades... querem alguns exemplos:

    1. área de serviço de alcácer do sal... mini concentração de no name gays, à espera dos 1ºs autocarros, eis que chegados os 1 primeiros, apedrejamento aos mesmos, ene vidros partidos nos 2 autocarros, mas azar dos azares, não eram autocarros das casas do fcporto... eram das claques... azar do caralho... nem tempo tiveram para fugir para a carrinha de 9 lugares mais os 2 carros que estavam ali ao lado deles... galgaram estrada e mato fora, tendo um deles sido capturado... ficou estendido em muito mau estado, para além de lhes terem deixado os 3 veículos em 'bonito' estado... e quê? azar do caralho!!! pena não lhe terem pendurado o escalpe em cima d'uma estaca! só se perderam as que cairam no chão!!!

    2. saída da AE do algarve... encontro de 2 autocarros, uma das casas do fcporto e uma outra dos rabos vermelhos... um rabo vermelho, sai fora, parte 2 vidros do autocarro da casa do fcporto... e quê? azar do caralho... na hora, estão a chegar 5 autocarros com ultras do fcporto... imaginem o cenário... 15m de trânsito bloqueado na saída da AE, carros em contra-mão, tiros pela GNR, mais um rabo estendido... e quê? azarito!!!

    3. chegada das claques do fcporto ao estádio... enquanto todos saiam dos autocarros, aglomerado de milhares de adeptos, nos tantos e tantos autocarros chegados... na frente do estádio, aglomerado de centenas de gayvotas... chovem pedras para os nossos... e quê? azar do caralho... eram ver milhares deles a correr em direcção a eles, com toda a gente a fugir... eis que chega a policia e toca a malhar nos mesmos de sempre.

    4. na AE, no 1º dos 2 autocarros da casa do fcporto de alfena, que ia na nossa frente, na passagem de um autocarro de gayvotas, é apedrejado, na traseira, sem estragos alguns, para depois ser apedrejado na frente, com as pedras a baterem na óptica do lado direito, estilhaçando-a... e então, em que ficamos???

    5. quantos e quantos autocarros de adeptos do fcporto com vidros partidos, a terem que fazer a viagem de regresso com plásticos pretos, agarrados com fita-cola, para ao menos, diminuir o desconforto do regresso???

    ResponderEliminar
  64. nós, os vossos, são uns vândalos, não são??? pois são, vocês é que sabem tudo, vocês é que são uns iluminados.

    moral da história: mas não foi nada disto que ouviram pela tv (principalmente na SICnoticias) ou rádios, pois não? ok, estamos entendidos... continuem a ficar em casa, no sofá, bem restatelados com o copo de whisky na mão, de chinelinho e não me fodam mais o juízo, ok? pode ser? limitem-se à vossa ignorância do que não viram... e apenas ouviram dizer. No dia em que vocês resolverem 'juntar-se' e sentirem na pele o ódio que nos têm, o modo como somos tratados muitas vezes, como animais de gado, talvez, não sei, talvez um dia percebam alguma coisa... enquanto forem adeptos do sofé, calem-se, porque calados, são todos umas casas cheias. Vocês não sabem nada, não viram nada, não sentiram na pele nada, portanto, falam do quê? do que mais uma vez, emprenharam dos ouvidos! Santa ignorância... nós é que somos uns maus, uns vândalos, porque os outros, são uns santinhos, uns meninos de coro... isso, continuem a acreditar no Pai Natal e talvez um dia, venham a sentir na pele, até ao osso, o quanto eles gostam de nós.

    se calhar, se fosse convosco, vocês como bons praticantes da religião, eram homenzinhos para levarem uma e de seguida, iriam dar com todo o gosto a outra face para voltar a levar com outra lambada... o que vale, é que eu há muito que deixei de acreditar no pai natal e portanto, não entro nessa música prós meus ouvidos.

    ps - atenção, atenção, que não estou a desculpabilizar nenhuns excessos que obviamente houveram dos 'nossos', tou apenas a relatar 4 ou 5 casos para vocês perceberem que nem tudo o que parece, é!!

    ResponderEliminar
  65. Amigo Blue Boy:

    Não era necessário ler o q escreveste para estar solidário contigo pois há muitos anos q dou um "desconto" largo ao q a Comunicação Social escreve sobre o nosso Porto e os seus adeptos.
    Evidentemente q existiram cenas dispensáveis dentro do campo (cadeiras) por parte dos Super mas os gays encarnados tb não ficaram atrás. Sobre o q aconteceu nas auto-estradas acredito no q escreveste, aliás já desconfiava q assim fosse.

    Agora sobre a equipa e o destreinador a VIA SACRA que FOI AQUI FABULOSAMENTE descrita na crónica do meu amigo PAULO PEREIRA DIZ TUDO.

    ResponderEliminar
  66. Blue, eu insurgi-me logo - sem saber pormenores - com a reportagem da sicnotícias pois apenas falavam nos nossos e deparei-me com as imagens das nossas camionetes com os vidros partidos, facto a que não foi dado relevo.
    Sabendo que ninguém é santo, no entanto os comentários foram TODOS para o mesmo lado.
    ERscrevi aqui de imediato no Blog e no do Vila Pouca a verberar a situação do tendenciosismo do costume daquela cáfila da des-comunicação social.
    E pelos vistos tinha razão.
    Obrigado pelas informações, isso precisa de ser dito pois não vão faltar alfinetadas em relação ao fair play das virgens e aos nossos "grunhos" afinal provocados e agredidos..

    ResponderEliminar
  67. Bom dia Blue,
    Em primeiro lugar um abraço a todos os que acompanham o nosso clube (sejam vândalos ou não) porque é preciso coragem para isso e cada vez mais. Eu deixei de acompanhar o Porto ao Sul e uma das razões é precisamente por causa dessas provocações e desse ódio às nossas vitórias. Numa das últimas vezes que lá fui (ao estádio do Restelo) tive de aturar um polícia a insultar-me e a mandar-me sair dali só porque eu lhe perguntei onde eram as bilheteiras. Por isso, eu sei do que falas e aquilo que ouvi na televisão entrou-me por um lado e saiu por outro. Sei como é esta CS que tudo desculpa aos mouros mas nada perdoa aos Dragões que, por vezes, também têm culpas no cartório.

    Também te digo que esses mouros são muito fortes com a polícia ao lado mas sozinhos são uns cagões. E se eles foram capazes de enfrentar um autocarro de uma das casas do Porto, também gostaram de enfrentar os SuperDragões e todo o pessoal que não se fica. Os adeptos do Porto não são uns santinhos mas também não são piores do que os mouros. Que eu saiba, nunca mataram ninguém, nem incendiaram autocarros, não fizeram esperas nos viadutos das autoestradas nem mandaram jogadores adversários para o hospital. Imagina o que teria sido se os confrontos que houve entre adeptos lagartos e do At. Madrid tivessem sido no Porto?

    Não aceito qualquer tipo de violência especialmente no desporto mas também não aceito as injustiças que se fazem em relação ao Porto. Se é guerra que os mouros querem, terão essa guerra porque os portuenses e os adeptos portistas em particular nunca viram a cara à luta nem ficam à espera que decidam por eles.

    Além disso, por que carga d'água temos de jogar as finais contra os mouros sempre a Sul do país? Porque é que têm de ser os adeptos do Porto a fazerem o dobro dos quilómetros dos mouros mesmo para a Taça da cerveja? É o país cada vez mais centralista que nós temos e em que se nós queremos ganhar qualquer coisa temos de ser 2 vezes melhor.

    Vou tentar quarta-feira ir também a Vila do Conde para apoiar a nossa equipa apesar de termos um treinador que não assume os seus erros eque não é Homem porque se fosse já tinha ido embora pelo seu próprio pé. Assim, vai ser corrido e os seus sucessos vão ser ofuscados por todos estes disparates.

    PORTO SEMPRE!

    ResponderEliminar
  68. Só mais uma coisa:
    O Nuno é um tipo simpático e também já ajudou o clube mas ontem foi ele que ajudou, e de que maneira, a decidir o jogo até porque os gayvotas não jogaram nada de especial.

    ResponderEliminar
  69. ahhhh, no meio de tanta conversa fiada (se calhar, dirão alguns!), esqueci de mais uma coisa de muita importância para mim...

    4ª feira, estarei em Vila do Conde para 'praticar' o meu Portismo, com apedrejamentos, sem apedrejamentos, com esperas, sem esperas, etc, etc...

    aos que forem, fixe...
    aos que não forem, fixe na mesma!

    ResponderEliminar
  70. A q horas chegaste a casa Blue?

    ResponderEliminar
  71. Amigo Lucho,

    saída de casa às 6h da manhã de domingo... entrada na mesma, à umas horas atrás, marcava o relógio já 6h20 da madrugada!!!

    ps - mas pronto para outra, sempre... quem anda por gosto, não cansa!! perdemos uma batalha, mas a guerra, essa, continua...

    uns Amigos e companheiros de viagem, simplesmente 10 estrelas (um ABRAÇO enorme para todos eles, porque são e foram fantásticos, fazendo do bom convivio, esta louca viagem, uma brincadeira de crianças!), bem de saúde, sem quaisquer mazelas corporais, sem me ter visto envolvido ou criado sequer confusões... mas vi muita coisa 'com os meus olhos', porque estive lá, não me contaram... o que por si só, tem outro crédito!!!

    para além de ainda ter que ter 'aturado', passe a expressão, a minha Santa Mãe, que durante a tarde, não parava de me ligar a saber o que se passava comigo e com o meu irmão, se estava tudo bem ou não, completamente preocupada, quase 'histérica' (pudera!!), em face do que estaria a seguir via directos da SIC no noticiário das 13h (que os do porto, eram uns vândalos, fizeram isto e aquilo, partiram isto e aquilo) e depois ao longo da tarde, via SICnoticias, com o epicentro a dar-se com a tal confusão da chegada das dezenas de autocarros dos ultras do fcporto.

    realmente, a estes tipos da CS, é só quem lhe f*** mesmo o focinho, uma cambada de FDP em letras maiúsculas... bestas do c******, que só vêm e relatam para um lado, tornando-os sempre como os odiosos dos problemas, e fazendo dos outros, uns santinhos, uns meninos de coro, uns tadinhos, uns ingénuos, etc etc.

    ResponderEliminar
  72. Sobre o jogo de ontem não há muito a falar, voltamos a mostrar muitas carências no nosso jogo. Diria que foi mais do mesmo.

    Quero realçar os adeptos que estiveram presentes no Algarve. Foram fantásticos! Só muito amor ao clube justifica os esforços feitos no dia de ontem. Obrigado a todos eles!

    A reportagem da comunicação social relativa aos incidentes foi, mais uma vez, totalmente tendenciosa! Achei curioso os comentadores pouco se terem referido aos vidros partidos dos autocarros dos nossos adeptos que chegavam ao estádio. Até parece que os apedrejamentos foram entre adeptos portistas. Mas estas histórias de que os adeptos do Porto são os vândalos e os do slb são uns anjinhos é algo que a comunicação tem tentado passar desde sempre. Acredita quem quer. Eu, felizmente, penso pela minha cabeça.

    PS: Se o trabalho não me impedir, também irei a Vila do Conde.

    ResponderEliminar
  73. Amigo blueboy ainda bem que estiveste presente e podes de fiel voz relatar aquilo que a imprensa deixa sempre por dizer...eu por mim sobre esses desacatos nao me pronuncio pois ja desconfio sempre das permeditaçoes a que somos alvos, agora quando as vejo na tv, e foi a essas que me referi, as das cadeiras e dos ferros atras da baliza de Quim essas nao podem deixar de me envergonhar ainda que muita argumentaçao possa existir em "desculpa"de tais actos...

    Era ate bom que houvessem muitos mais que como tu dessem voz ao que realmente se passou...pois ja sabemos que as culpas ficaram vestidas de azul, é quase sempre assim...

    ResponderEliminar
  74. Não poderei estar em vila do conde, porque estou sem meios. Mas estarei em belém (SD Lisboa) num jogo que já pouca importância tem. É fácil juntar uns amigos para ir festejar títulos e ver a bola. Neste momento se encontram os verdadeiros adeptos do Porto.

    O que vi ontem doeu muito, treinador apesar de não lhe cuspir na cara já não tenho. Mas aquela camisola, aquele simbolo, são Unicos.

    ResponderEliminar
  75. A entrada no jogo até nem foi muito má...criamos até a primeira oportunidade do jogo. Aparentemente a equipa até demonstrava uma tranquilidade anormal para o que se tinha passado nos últimos tempos.

    Mas, evidentemente, e depois de Varela ter partido o tornozelo num treino (mais uma sorte grande), mais um golpe de sorte fantástico: um frango monumental de Nuno… um golo que é difícil comentar, não sou apologista de paninhos quentes nesta altura, num jogo desta importância, com todo o insucesso dos últimos jogos, era importante que ganhássemos este jogo por todas as razoes e mais alguma (até por ser frente ao Benfica), é difícil de admitir um golo daqueles. Erros acontecem, mas ultimamente, têm acontecido demasiados erros individuais, muitos mesmo…E se de cada vez que há um erro individual, se desculpa sem apelo nem agravo o jogador, porque coitado também tem o direito de errar e tal e tal, então eu pergunto: se alguma vez há um erro individual no processamento salarial de algum dos jogadores do FCP, aí os jogadores não vão desculpar a SAD, pois não?!?!

    Depois do 1º golo, a equipa ficou literalmente ligada à máquina…e depois de uma primeira parte até relativamente equilibrada…Novamente a um minuto do intervalo, e para uma equipa que já se encontrava em estado de coma, mais uma machadada nas aspirações portistas: um remate a mais de 30 metros e bola dentro da baliza. Depois daquele lance, fiquei com a clara sensação de que cada remate à baliza de Nuno seria golo certo. Como tão bem disse o Lucho, num jogo desses deveria utilizar-se o melhor GR, não deveria haver lugar para 3ªs escolhas. Não há que ter medo das palavras: são demasiados erros individuais nos últimos jogos…muitos mesmo!

    A 2ª parte foi um jogo desinteressante e praticamente sem oportunidades até ao minuto 90, em que já não bastava o 2-0, os jogadores do FCP nem tiveram a mínima vergonha de fechar o jogo e um resultado que apesar de tudo não era humilhante…mas não, lá teve de vir o 3º golo, fruto de desconcentração total da defensiva… Depois de Sporting (3), Arsenal (5) e agora o Benfica (3), já são 11 golos sofridos em 3 jogos cruciais para o que resta da época. Sinceramente, nunca me lembro de na mesma época 3 goleadas frente a adversários directos…

    Para o que resta da época, direccionar as baterias para a Taça, e para aguentar o 3º lugar no campeonato… Mas há muito a analisar, muito a reflectir e várias coisas para mudar. De uma vez por todas, alterar a política de transferências, reaproveitar alguns das centenas de jogadores que temos emprestado pelo mundo fora, e que provavelmente não farão pior figura que muitos dos que estão lá… Castro e Ukra farão pior figura que Mariano, Guarin e Valeri? É preciso passar das palavras às acções…não vale a pena estarmos sempre a dizer as mesmas coisas, os mesmos problemas e nunca aparecer as soluções… Começam a ser agoniantes os actuais problemas do FC Porto.

    PS: Claro que todos estão a bater no Bruno Alves, que o homem é assim, assado, cozido ou frito…A minha opinião (e pouco me importa o que os outros pensam) é a seguinte: B. Alves foi dos POUCOS que lutou, correu e gritou quando era preciso gritar…Sim, foi agressivo, mas partiu a perna ou a cabeça a alguém? Não… Sinceramente, todos tivessem o esforço de Bruno Alves e talvez não teríamos sofrido 3 golos… O que me irrita profundamente é jogadores armados em maricas que não se esforçam, que não correm, que entram em campo com a cara de pânico e que não dignificam a camisa do clube…Pelo menos o Bruno Alves, esforçou-se e deixou tudo em campo… ao contrario de muito boa gente que não sujou os calções, talvez com medo de partir a unha do dedo!!!Irrita-me a falta de esforço...

    ResponderEliminar
  76. Nem mais RCBC, corroboro as tuas palavras neste ultimo comentário. Podem dizer que sou um defensor acérrimo do Bruno ALves..numa altura com esta. Sim sou! porque vejo no Bruno e na raiva que emana nos seus olhos a jogar, aquilo que vi naqueles que também os consideramos especiais. O Bruno está a ser um jogador queimado pelo proprio clube já há muito tempo. O futebol é agressivo, é para se dar porradinha em cada disputa de bola no adversário quando o árbitro n vê. e n sejam mais papistas que o papa! só quem não jogou futebol na vida é que nao percebe o Bruno.
    Vi por vezes no jogo de ontem o Bruno fazer coisas feinhas, mas também vi ele ser o único que quando provocado a apontar para as quinas da camisola e dizer que é TETRA, sim vi isso ontem e ja vi noutros jogos e sabem que mais é o unico que lá dentro nos parece defender a 100%.

    Sabem quem mais, entre a atitude de Bruno Alves e a atitude de gajos como o Belushi, que teimam em jogar de saltos altos eu digo e prefiro: BRUNO ALVES!

    Será um erro deixá-lo ir embora..não lixem isto sejamos realistas e nao façam do Futebol uma coisa mais paradisiaca que o sr Rui Santos já faz ao Domingo. é patético.

    abraço

    ResponderEliminar
  77. Caro Blue, pior do que a comunicação social, que já conhecemos bem e são nossos inimigos, é ler portistas - os tais inteligentes, os tais iluminados, os que nunca erram e raramente têm dúvidas - que, como tu dizes, não tiram o cú do sofá, a tratarem os portistas de provincianos, palhaços e outras "simpatias". Mas os momentos maus também servem para alguma coisa: para ver quem é quem, para ver aqueles que estão lá, para ver aqueles que sofrem, mas não ameçam deixar de pagar as cotas, ou de não renovar o dragonset. Esses merecm a minha estima e considerção, os outros são piores que mouros.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  78. O meu sincero OBRIGADO a todos os companheiros da viagem, ontem, ao Algarve. Foi um grupo de Nota 1000!

    24h de convívio, brincadeiras, conhecimento pessoal e profissional, amor ao clube, sem qualquer mazela corporal, sem estarmos envolvidos em qualquer confusão, mesmo que ainda nos tentassem intrometer naquilo tudo...
    Foi absolutamente magnífico conviver com um Grupo assim, fazendo do desporto aquilo que ele sempre é e deveria ser, apesar das Rivalidades. Não é para todos, ter Polícias, Stewards ou mesmo Adversários a admirarem a nossa forma de estar no Desporto, em prol de um Clube!

    Que Grupos como o nosso sirvam para continuamente ajudar a "Lavar a Cara" do conceito de Adepto que a maioria das Pessoas deste País têm de nós. É tremendamente injusto, mas com grupos como o nosso, não tenho dúvida nenhuma que as coisas irão ao seu sítio, aquele que merecem estar.

    ResponderEliminar
  79. caríssimos,

    eu também estive lá, ontem!
    depois de ter feito 1200km para trazer uma enorme desilusão, ainda assim consigo transmitir o que sinto: HÁ ADEPTOS DE AMBOS OS CLUBES que deveriam ficar em casa em vez de se deslocarem a estádios para "apoiarem" a sua equipa do coração. assim sendo, considero que como há portistas que não sabem perder também há muitos benfiquistas que não sabem ganhar.

    acreditem que percebo - e bem! - as palavras do "Blue Boy" e o seu orgulho ferido de adepto que tem(teve) que gramar com as provocações dos «gloriosos» passarinhos. mas, eu também assisti a cenas lamentáveis de alguns dos nossos e que reprovo.
    é por isso que, por muito que me custe, e porque já sou pai de família, a partir de hoje só apoiarei o FCP na minha casa: o Estádio do Dragão - o primeiro local onde um Portista deve fazê-lo!

    por último, também lastimo muito o que vou escrever a seguir: fiz 1200 km para trazer uma desilusão maior do que a distância percorrida. mas - e pior! - é trazer a sensação de que há muito "jogador" naquele plantel que apesar de alguma "classe" não tem a categoria para envergar aquela mística camisola - e recuso-me a citar nomes. quem é Portista sabe bem a quem me refiro. por último, cada vez mais sinto que o Professor está a prazo, que ele sabe disso, e que já não consegue controlar aquele balneário. talvez seja tempo de a Direcção do Clube - que também anda (demasiado) "ausente" - colocar uma Glória do Clube à frente daquela manta de retalhos antes que seja tarde demais - entenda-se: antes que fiquemos só com a conquista da Supertaça esta época

    ResponderEliminar
  80. Amigo Bruno Rocha,

    acredita que a mim, não me aquece, nem tão pouco arrefe, os parabéns ou meios parabéns por lá ter estado... estive porque quis, estive porque me apeteceu, estive porque amo o meu clube e não sei 'praticar' o (meu) Portismo d'outra forma que não esta... por isso, 4ª feira, lá estarei em Vila do Conde, porque é nestas horas que não lhes podemos faltar!!!

    não sei se esta é a melhor, se é a pior, se isto ou aquilo, quero lá saber.

    mas sei, aliás, tenho a certeza absoluta que ninguém é mais Portista do que eu... tal como tenho completa certeza que não sou mais Portista do que ninguém.

    já disse que nestas coisas, e só porque a CS sempre (!) patrocina o nosso julgamento público, porque obviamente lhes convém, ou porque alguém lhes encomenda a 'voz do dono', não posso pactuar, não vou pactuar, não permitirei que façam de mim, enquanto adepto do fcporto, e dos 'nossos', só porque vou, fui ou estive, tb seja catalogado de vândalo, disto e daquilo.

    fora do estádio, as histórias foram mais que as mães, com a convicção que as culpas não podem morrer solteiras, porque se d'um lado não estão só bons, do outro, tb não estão só maus e vice-versa.

    já lá dentro, alguns adeptos nossos portaram-se muito mal com o lançamento consecutivo de cadeiras para o relvado, atrasando qb o período de intervalo... mas tb vi cadeiras a voar do outro lado... se viram, fixe... se não viram, lamento, mas eu vi, porque estava lá eu e muitos outros milhares de Portistas, tb no decorrer da 2ª parte, foram lançadas cadeiras para o relvado, junto do Nuno e do BAlves. Agora, se isso passou na tv, não sei, porque não vi, mas sei que aconteceu, porque estava lá!!!

    com quem estava, não criamos problemas, não estivemos envolvidos em problemas, fomos dos primeiros a chegar ao estádio, daí o tal rol de termos visto muita e tanta coisa, tanto ao perto, mas tb ao longe, a acontecer de parte a parte, e donde estacionamos o autocarro, mesmo defronte da bancada norte, ali sempre nos mantivemos, sem dar um passo prá dta ou prá esq, até entrarmos no estádio... e regressar de imediato ao autocarro.

    agora, se como é já useira e vezeira os fdp da CS querem de novo, voltar a fazer dos do fcporto, os únicos e eternos vândalos do desporto nacional, só me apetece responder-lhes que vão ser facciosos e tendendiosos prá p*** que os p****, porque a mim, não me enganam eles!!!

    ResponderEliminar
  81. comungo em larga parte com os últimos comentários aqui deixados pela 'atitude' de BA em campo... já o disse ontem lá, já o escrevi por aqui hoje, ainda que noutro post, muito me admirou BA, por tanta e tamanha impetuosidade ao longo do jogo, e desde o primeiro minuto, que não tenha ido tomar banho mais cedo.

    mas isso são outras histórias... agora, ver a atitude deste, de ferrar os lábios, de pressionar constantemente os adversários, de impor o seu fisico, de picar a bom picar, de espetar até 4 dedos em riste defronte d'um argentino... se metade da equipa tivesse tido essa atitude guerreira, de antes quebrar que torcer, quase que apostaria que não teriamos saido dali vergados ao peso de mais uma copiosa derrota... mas como isso não aconteceu, e fora esse, não vi nenhum outro com essa raça e atitude, piorando a bom piorar com as mexidas no onze, o resultado, foi o que se viu... como já disse, sem ter sido sequer necessário às bestas forçar mais o andamento, senão o ritmo de treino mais intenso.

    ResponderEliminar
  82. ahhh, e só mais uma coisinha de importância relativa... e cada qual, saberá o valor que lhe dar.

    se deu muita celeuma, em Londres, as atitudes de BAlves e RMeireles, que se pisgaram prós balneários e cagaram literalmente prós adeptos na bancada...

    tendo até dado depois direito a um pedido de desculpas público de BAlves aos adeptos, que a mim, soou-me a 'encomendado' pa lavar a cara, mas nada, mas mesmo nada natural...

    ontem, terminado o jogo, já larga maioria dos jogadores se encontravam junto ao banco de suplentes, outros a caminho e já muito próximos... quando teve que se dirigir a eles, o nosso médico, o Dr. Nélson Puga, que empurrando um a outro, quase que os expulsando dali, os obrigou a ir à bancada agradecer o apoio dos adeptos, tendo até muitos deles oferecido as camisolas aos adeptos.

    moral da história: se durante muito e muito tempo, o técnico Jesualdo Ferreira teve como dupla missão, fazer de treinador e 'dirigente'... ontem, calhou ao Dr. Nélson Puga, fazer de médico e 'dirigente'.

    Agora, cada qual, tire as suas ilações... eu já tirei as minhas.

    ResponderEliminar
  83. Obrigado BlueBoy, obrigado Amigo Paulo, pelo teu esclarecimento sobre os incidentes na auto-estrada. A asquerosa comunicação social moura continua a mentir para todo o País. Quando ontem ouvi a SIC vermelha e aquele f.P. de locutor, cheirou-me a esturro. Claro, o sistema continua viciado. Só mais isto: apesar da derrota, apesar dos lamentos, apesar de todos aqui e à sua maneira dissecarmos as razões do insucesso uma certeza, una e comum a nós todos – FC PORTO SEMPRE, sem desistências, sem rasgar cartões. FC PORTO SEMPRE, contra os mouros e o despotismo da sórdida capital.

    ResponderEliminar
  84. "equipa à Porto" e "jogamos com grande atitude"
    é isto que me tira do sério, mas adiante...

    lamento o Bruno Alves ter perdido a compostura, mas comoveu-me o gesto de mostrar a camisola com a referência ao tetra;

    lamento os desacatos entre adeptos, mas angustia-me a falta de seriedade da comunicação social;

    este não é o nosso PORTO, mas nós somos os adeptos do FCP e dia 2 de Maio EU vou ao Dragão.

    ResponderEliminar
  85. Isto tudo das claques, tem uma explicação muito simples.

    Legalização.

    As nossas claques são legalizadas, o que faz delas, organizações com estatutos onde todos os membros são identifcados quando se inscrevem.
    E traz outro se não, que é a POLICIA, todos os nossos bus, vieram acompanhados por bófias desde o Porto, ou mesmo outros que partiram doutro lados do país, a bófia sabe onde eles partem e há uma organização por trás, que comanda os bus de maneira a que determinada altura junta os bus em escolta para o estádio.
    Por isto a nossa querida sic, sabia por onde enviar os carros exteriores e assim fez chegar algumas filmagens, como na portagem onde era o reencontro dos bus todos pra ir em marcha organizada para o estadio.

    As claques do Benfica não são legalizadas, como tal, não dão cavaco a ninguém , ninguem sabe de onde partem, e se vêem de bus ou de carros, e quantas são, são escoltadas ou a partir das portagens ou mesmo só à chegada ao estádio, por aqui se pode ver porque nao chegam filmagens dos vermelhos...

    A explicação é simples e não é muito dificil de compreender ate o MAJOR dos bofias do algarve disse isso hoje em directo na sic no jornal da tarde, mas o jornalista cagou para ele e ainda o tentou rediculizar...

    ResponderEliminar
  86. Estou muito muito triste. Que esta a situação dê uma volta de 180º rapidamente!

    Só consigo dizer duas coisas:

    1- Um forte abraço a todos os ULTRAS que lá estiveram a apoiar e a defender o GRANDE PORTO! O nosso GRUPO RESPIRA FC PORTO e é uma HONRA viver o clube ao vosso lado! O blue descreveu TUDO o que se passou! Já tive oportunidade de ouvir o que se disse na tv e meu deus... nem dá para acreditar...

    2- Quarta estarei em Vila do Conde a apoiar o alube do MEU CORAÇÃO!

    ResponderEliminar
  87. Mau demais para ser Verdade...

    Não sei o que dizer nem o que pensar. Revolta-me e magoa-me imenso ver o Futebol Clube do Porto a jogar assim e custa-me ainda mais ver um Treinador que é só TetraCampeão Nacional a não conseguir ter mão na equipa...

    Nem nos tempos que antecederam Mourinho as coisas pareciam tão más. Nem o Couceiro teve um período tão mau como o actual de Jesualdo.

    Não sei se as causas desta espiral de auto destruição foram a arrogância do nosso Porto, se foram as Comissões. o Treinador que é Cobarde ou se é a Política de Gestão do Plantel que está a falhar.

    O que eu sei é que se nada for feito o nosso Dragão corre o sério risco de se transformar numa espécie de Benfica e ficar anos sem ganhar nada.

    Saudações Portistas de um Adepto que bem avisou que este cenário iria acontecer...

    ResponderEliminar
  88. essa situação da chegado dos autocarros com os vidros partidos também me chamou à atenção
    mais desconfiado fiquei quando os jornalistas passaram por cima do assunto
    era a confirmação que havia mão de gayvota no ataque

    ResponderEliminar
  89. quanto ao resto, a desilusão é grande.

    mas conto estar no jamor !

    ResponderEliminar
  90. Uma vergonha que tenho de relatar aqui, o facto de em 1200km de auto-estrada só nos ter sido permitida a paragem em UMA(!!!!!!) área de serviço. Em álcacer. Em condeixa tivemos de sair da auto-estrada para pudermos parar num café. INADMÍSSIVEL!

    Mas depois quem ouve os relatos na CS, só se fala mal dos adeptos do Porto...

    SEMPRE COM O PORTO!

    ResponderEliminar
  91. O facto de Bruno Alves ter apontado para a camisola a indicar os quatro titulos consecutivos conquistados pelo FCP, não passa disso mesmo, isto é, um facto que ninguem pode desmentir...
    Tal como poderiamos agora relembrar que nos ultimos 7 anos, vencemos por 6 vezes o campeonato, e que nos ultimos 18 anos ganhamos 13 campeonatos...
    Ou seja, nos estamos com a barriga bem cheia, por isso estranhamos o facto de não ganhar...Por incrivel que pareça ainda podemos ganhar a taça de Portugal...incrivel mesmo que num ano de crise podemos ganhar alguma coisa...até nas crises somos ENORMES!
    Quanto à questao da violencia: ha muito que estou habituado, e já vejo isso com algum humor, à velha historia de que os adeptos portistas sao os malvados e os outros é que são bons...Mas a historia nao engana, e continuo a perguntar alto e bom som: De que clube era o adepto que matou outro em pleno Jamor?!?!? Não, não foi do FCP...pois se fosse, era desencadeada uma guerra civil...
    A estas palermices ja estou habituado...eles sao uns santos, uns santos que não fazem mal a niguém, mas a diferença é que são uns santos que já mataram, e nós não...continuamos por isso (ate haver mais alguma morte) com superioridade moral para falar em claques e adeptos violentos...
    Continuo na minha: Bruno Alves deixou tudo em campo e defendeu o clube, às vezes de forma exagerada...mas defendeu...não foi como muita boa gente que se escondeu cobardemente...para bom entendedor...

    ResponderEliminar
  92. Blue Boy:

    Sou testemunha de tudo o que escreveste. Estava em alcacer e depois já estava no estadio a quando a chegada das camionetas...

    O responsavel da GNR deu uma entrevista, hoje no jornal da tarde, que não conseguem controlar as claques benfiquistas porque estas não estão organizadas em associações! Creio que está tudo dito...

    ResponderEliminar
  93. Só mais uma RCBC:
    De quem eram os adeptos que andaram à pedrada num jogo de juniores e que obrigaram a terminar o jogo antes do tempo?

    E ainda outra:
    Quem incendiou uma camioneta dos SD num parque de estacionamento?

    Mais uma:
    Quem andou à pancada com adeptos do At. Madrid e cujo clube corre o risco de ser castigado?

    Todos nós sabemos que os adeptos do Porto não são santos mas só os mouros para quererem dizer que só os adeptos do Porto é que provocam distúrbios.

    Meu caro Blue: também eu vi na televisão cadeiras arremessadas pelos adeptos gayvotas etambém eu vi as tochas a arder que atiraram para cima do nosso guarda-redes. Isso deu na televisão. Não foram só os nossos. Mas os adeptos do Porto têm as costas largas e servem sempre para levar pancada por parte dos polícias que são tudo menos pacíficos com os portistas. Já vi esse filme em muitos lados.

    ResponderEliminar
  94. as claques dos bestas, de facto, são todos uns santos, uns verdadeiros santinhos... mas se alguém tiver dúvidas em perceber o alcance das minhas palavras, atente-se no comentário ali mais acima do Pedro para perceberem como é que se fazem as coisas por outro lado... mesmo a nível de claques.

    mas se isso não bastar, vejam lá mais esta pérola hoje saída na imprensa (4 dias depois do jogo!), dos meninos de coro do clube das bestas... afinal, é tudo, tudo muitos bons rapazes:

    "Espanha
    Alegados adeptos do Benfica detidos por agressão e roubo
    Hoje

    Os adeptos do clube encarnado foram detidos em Espanha quando regressavam de Marselha depois de assistir ao jogo da Liga Europa.

    A Guarda Civil de uma localidade perto da cidade espanhola de Burgos deteve sete jovens de nacionalidade portuguesa, com idades compreendidas entre os 19 e os 27 anos, por terem sido os presumíveis autores de assaltos a áreas de serviço. São também acusados de agressão a uma empregada e de terem ameaçado outro funcionário com um taco de bilhar. As detenções ocorreram na madrugada de sexta-feira.
    Segundo a informação da polícia, o grupo viajava numa carrinha alugada e são adeptos de uma equipa portuguesa de futebol que jogou em França para uma competição europeia (Liga Europa), e regressavam a Portugal. O Benfica foi a única equipa que jogou em França, nomeadamente em Marselha, pelo que é feita a ilação de se tratarem de adeptos do Benfica.

    A Guarda Civil adianta ainda que as investigações conduziram para um outro caso idêntico ocorrido em 17 de Março (quarta-feira) numa outra área de serviço e que implica também os sete jovens portugueses."

    fonte: http://dn.sapo.pt/desporto/benfica/interior.aspx?content_id=1525531

    ResponderEliminar
  95. É claro que não estou nada feliz, mas dai a desancar o Bruno Alves
    (é uma vergonha como capitão – “desespedrado”)
    – (é vergonhoso a cara de pau do Jesualdo… e gaijo ainda continua a treinador “Pedro”) etc …etc…
    Comigo não aceito tanta ingratidão e tanto enxovalho a quem como poucos e em anos bem recentes, elevou o nosso clube a patamares que causam inveja aos principais emblemas nacionais e internacionais.
    Onde esta a vergonha do Bruno Alves que ao terminar o primeiro tempo, apontar o emblema da camisola e virado para a bancada das papoilas, exibir os quatro dedos num sinal inequívoco de ser TETRA-CAMPEÃO?
    E o professor merece um tratamento quase insultuoso de “gaijo”?
    Tenham tento na língua. Não compreendo frustrações que se transformam em insultos e descabeladas analises, esquecendo sem a mínima vergonha as lembranças do muito que qualquer um deles deram ao nosso Porto.
    Não temos um bom ano desportivo. E dai?
    Dar umas “borlazitas” de quatro em quatro anos será o fim?
    O meu Porto é bem maior do que estas baboseiras mesquinhas de alguns iluminados “bitaiteiros”.
    96 Comentários é obra!
    Se calhar ninguém tem pachorra para ler mais este.

    ResponderEliminar
  96. para quem duvida da versao do bLuE bOy vejam o video:

    http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/NoticiasDesporto/2010/3/prontamente-as-forcas-no-terreno-agiram-e-repuseram-a-ordem-diz-major-da-gnr22-03-2010-162834.htm

    ResponderEliminar
  97. Malta

    lembram se de uma epoca em que começamos com 2.2 com o belenenses , golos de um tal jankauskas, e a seguir uma vitoria complicada no bessa com um tal de nuno na baliza, e golo de um tal francisco costa? e lembram se do que se dizia no inicio dessa epoca, com jogadores baratos e de "refugo", como ouvi logo na velha bancada da maratona? derlei, nuno valente, paulo ferreira, maniche...foi a epoca a seguir aos kaviedes , aos esnaideres e do entao meu vizinho levemente manco e ex grande jogador jogador pizzi...o que isto tem a ver com a noite de ontem? tudo e nada..e porquê? porque esta epoca so pode ser perspectivada, analisada , contextualizada e mais algumas palavras caras, durante a proxima ou as proximas...desde 2002, perdemos um campeonato, repito um campeonato...a importancia da taça da liga é exatamente a mesma que lhe dei antes do jogo de ontem, e caso tivessemos ganho nada mudaria sobre o que penso sobre esta epoca , que é o que é realmente importante...o que detecto depois de ter lido 97 mensagens é que existe alguma desconfiança na visao " politica" sad.ista e que existe um certo receio que os proximos anos vao ser de " pec" desportivo....malta, a derrota global desta epoca pode ser apenas um acidente de percurso, uma epoca menos feliz, uma colheita menos conseguida, ou ate e porque nao, o reflexo de anos e anos de vitorias,que como dizia o camarada mao tse tung , podem ser as maes da derrotas, como estas podem ser os pais das vitorias futuras...vamos esperar por detalhes, sinais de fumo, e noticias para muito breve, para podermos responder a algumas das nossas inquietaçoes...somos BI TETRA! f...se!!!!! orgulho , e novas energias , e novo ciclo!!
    acosta

    ResponderEliminar
  98. Infelizmente os temores que confessei há semanas atrás da eventualidade do que faltava da época se transformasse num suplício estão a confirmar-se.

    São momentos verdadeiramente dramáticos que requerem da nossa parte alguma serenidade e reflexão.

    Apesar de tudo não me apetece contribuir para crucificar quem quer que seja.

    A hora é de unir porque não sou apenas adepto das vitórias, apesar do prazer inquestionável que elas me proporcionam. De resto, seria bem fácil mas demasiado tarde para eleger bodes expiatórios.

    Vou continuar a confiar no bom senso e sabedoria do Presidente.

    Às vezes é necessário cairmos na realidade para tomar as medidas certas.

    Pinto da Costa não nos desiludirá.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  99. Caro Fimoze:1º lugar não considero chamar uma pessoa de "gaijo" insulto nenhum.2ºvocê qualifica o jesualdo como "pessoa que deu muito ao clube"?O FCP deu mais ao jesualdo do que o jesualdo deu ao FCP.Elevou o clube a patamares de prestígio internacional?quando foi eliminado pelo shalcke 04?das duas vezes que foi ao emirates servir de cobaia para os adeptos do arsenal curarem os dissabores que ano após ano sofrem na premier league?Você considera uma mera borla o FCP não ir à pré elimnatória da Liga dos campões?que eu saiba o futebo português e o FCP não nadam em dinheiro.A Champions ano após ano revela se fulcral para que o Porto construa planteis que permitam à equipa competir em todas as frentes.finalizo dizendo que em três anos de jesulado ferreira como treinador do FCP o futebol da equipa sempre foi amorfo e com pouco espectáculo.O jesualdo ferreira viveu estes três anos á custa da equipa que co adriaanse contruiu e da classe de jogadores como quaresma lisandro e lucho gonzalez.

    ResponderEliminar
  100. Não vou falar de futebol, treinadores, jogadores, dirigentes, arbitragens ou adversários.

    Apenas e só deixar um grande abraço a todos os membros do Tribunal que se deslocaram comigo ao Al-Garhb para apoiar o nosso clube, mais uma vez tivemos a prova que ser adepto do FC Porto neste país é muito dificil.

    Que esta seja uma derrota para lembrar, digo mesmo para lembrar o quão mal estamos e o que podemos mudar para que a situação se altere.

    Vou na quarta ao Vila-do-Conde, preciso urgentemente de uma vitória.

    Parabéns às modalidades pelas vitórias, amigo Lucho fico aguardar pela crónica do Andebol porque não tive oportunidade de ver o jogo.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  101. bLuE, 5 estrelas o teu comentário acerca do que se passou! Não acrescento nem uma vírgula!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  102. http://www.record.xl.pt/noticia.aspx?id=38155353-1c89-4ef9-9418-7b987f82509e&idCanal=00000017-0000-0000-0000-000000000017&h=7

    Penso que esta é uma belissima forma de iniciar a preparação da proxima época.
    Como disse o Alvaro Costa, desde 2002 apenas perdemos um campeonato, e porquê? Porque temos sempre sabido ultrapassar as fases menos boas, atraves de um rejuvenescimento quer da equipa tecnica, quer de jogadores. Lembro-me de Jose Mourinho e Adrianse como importantes factores de mudança, quer em 2005, quer em 2002, quando pegaram em equipas feitas em cacos e desenvolveram um trabalho de disciplina e coerencia. Qual o resultado: fomos bi-campeões e vencemos tudo na Europa com Mourinho, com Adriaanse iniciamos a serie de 4 titulos consecutivos, com boas participações na Champions League.
    Jesualdo tem de perceber que o seu tempo no FC Porto irá, no final desta época, atingir o seu termo. Sob pena de sair por uma porta bem pequena.Este ano ainda tem hipoteses de vencer a Taça de Portugal e acabar o campeonato com minima decencia. Sairá portanto com uma boa imagem e pela porta grande. Se preferir iniciar a proxima época arrisca-se fortemente a sair pela porta pequena. Que o Professor pense nisso e reflicta, como pessoa ponderada que é.
    Para a época 2010-2011, necessitamos de sangue novo na equipa tecnica, na equipa de campo e de ideias novas e limpeza de algumas teimosias na propria SAD. Ponham os olhos em bons jogadores que temos no campeonato portugues...quanto ao treinador é necessario primeiro definir-se um perfil para que depois se possa adequar um nome a esse mesmo perfil.
    Agora, é pensar na 4ªF e no Rio Ave. Uma mensagem em forma de repto para o plantel e equipa técnica: Malta, vamos para a 15ª Taça de Portugal?!?!?!Ou vamos tranquila e tristemente caminhar para a pior época nos ultimos 20 anos?!?! É que só há uma maneira da presente época ser melhor que a época horrivel de 2001-2002 (o pior dos ultimos 20 anos até esta data): ganhar a Taça e acabar o campeonato com a maxima dignidade...Não queiram fazer historia pela negativa...

    ResponderEliminar